História WolfsBang - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, Tao, V
Tags Bigbang, Bts, Daesung, Gdragon, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Seungri, Suga, Taehyung, Taeyang, Tao, Top, Yoongi, Zitao
Visualizações 18
Palavras 2.189
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Olá Olá!
Como diz Selena Gomez: Estou tentando! hsaushauhsuahs
Sério, não me matem, comecei a faculdade agora e pra não falar um palavrão, está fogo. Mãããããs estou aqui!
Sim, o capítulo está curtinho!
Boa noite pra quem curte a história e pra quem não curte, só noite mesmo rsrsrsrsrs
Boa leitura Bolinhos de Arroz.
PS: A foto de capa é o EunJi e o Daehyun. No caso o EunJi é o Kris (Ex- Exo) e o Daehyun (B.A.P) é o Daehyun mesmo haha.
PS2: Eu não revisei :)

Capítulo 14 - I'm Tryin


Fanfic / Fanfiction WolfsBang - Capítulo 14 - I'm Tryin

Tudo na mais perfeita paz, estávamos na sala, todos assistindo filme inclusive os nossos convidados, Tae ja dormia sentado no sofá. Eunji cochilava deitado em minhas pernas - Eu estava sentada no chão - e Daehyun estava encostado em meu ombro cochilando também. o restante do pessoal estavam espalhados pelos sofás. Eu sentia minhas pernas começarem a adormecer aos poucos. 
- Meninos, melhor irem para a cama, já estão dormindo aqui. 
- Não Noona... - Eunji resmungou alguma coisa inaudível logo em seguida. 
- Meninos, está tarde e se já estão dormindo é porque não tem interesse no filme, vamos. 
- Noona, eu também não quero ir para a cama. - Disse Daehyun se ajeitando em meu ombro. 
- Mas precisam, vamos logo. - Os dois negaram novamente. - Se os dois não forem já para a cama, sofrerão as consequências e não poderão reclamar. - Os dois levantaram em um pulo. 
- Já estamos indo. - Disseram juntos. 
- Melhor assim. - Eu sorri. - Subam, eu vou logo em seguida. Os dois assentiram. - Tae? Vem, vamos dormir também. - Disse mexendo em Taeyang. - Tae, vamos logo, não presta você dormir assim. Vem! - Puxei ele, mas nada de ele acordar. Algumas tantas, tentativas frustradas depois, consegui acordar ele e subimos para o quarto. Os meninos já estavam dormindo feito pedra no colchão do chão, então só deitamos e dormimos mesmo. 

Ji Yong POV's
- Vamos, sem moleza EunJi! Ataca, vai! - EunJi respirava fundo cansado. Ji Yong estava ensinando os meninos a lutarem, assim como havia prometido.
- E se eu te machucar Hyung? 
- Conseguiu me machucar até agora? - EunJi negou. - Então continue! - EunJi tentou desferir um soco no rosto de Ji Yong, este que desviou bem na hora e segurou a mão de EunJi torcendo-a para trás. - De novo. - Soltou a mão dele e falou sem emoção alguma na voz. Novamente EunJi tentou acerta-lo, mas dessa vez com uma rasteira, Ji Yong pulou bem na hora e Eun Ji tentou desferir novamente um soco nele, este que segurou novamente seu braço torcendo-o para trás e com o outro braço imobilizou EunJi pelo pescoço. - Você está sendo precipitado. - Disse ainda segurando ele, mas não com força. EunJi suspirou. - Vá com mais calma, observe o inimigo, note suas fraquezas. - Disse soltando-o. - Não notou nada? 
- Não... - EunJi disse confuso. 
- Presta mais atenção agora. - EunJi assentiu. - De novo. Vai. - EunJi respirou fundo observando Ji Yong e tentou desferir mais um soco, novamente EunJi foi imobilizado. - Viu agora? - EunJi assentiu sorrindo. - Me explique o que viu exatamente então. - Disse soltando-o.
- Seu lado predominante é o esquerdo, você bloqueia com o braço esquerdo para imobilizar com o direito. 
- Exato! Preste atenção nesses pequenos detalhes, isso pode ajudar muito. Preste atenção em Daesung e Daehyun. - Seus olhares foram direcionados para os dois que treinavam um pouco mais longe. 
- Aish, como esse moleque consegue ser melhor que eu? - Ele disse sorrindo. 
- Não é, Daesung está pegando leve com seu irmão. - Nós dois rimos juntos. - Vê como Daesung evita desviar e deixar ele acertar mais golpes? - Ele assentiu. - Então, ele deve achar seu irmão um tanto lento, Daesung não está lutando nem a metade do que sabe. - EunJi ri novamente. - DAESUNG! - Os dois pararam e observaram Ji Yong. - PARA DE PEGAR LEVE COM O GURI, ASSIM ELE NÃO APRENDE NADA! - Daesung assentiu dando de ombros, então fui até eles sendo seguido por EunJi. - Troca vai, você está com pena do garoto. 
- C-como assim? - Daehyun disse cansado. 
- Qual foi? Você acha que conseguiria acertar tanto assim um lobo, ainda mais sem nunca ter tido uma luta corporal com um? - Daehyun parou para pensar, olhou indignado para Daesung, depois para mim. 
- Eu não teria acertado nenhum soquinho? - Daehyun disse desconsolado. 
- Nenhum. - Daesung riu. 
- Droga! - Ele bufou. 
- Vai, deixa que eu cuido de Daehyun e você fica com EunJi. - Eu disse para Daesung, ele assentiu.

Após algumas horas de treinamento, temos dois lobos cansados, dois adolescentes destruídos - No sentido de muito cansados - e uma Hye Ji gritando na porta para tomarmos banho e ir almoçar. 
- Meninos, venham logo, o almoço já está quase pronto! - Todos concordamos. Os meninos entraram correndo e se sentaram na mesa.

Hye Ji POV's
- Pensam que estão fazendo o que? 
- Sentando para almoçar? - Daehyun sorri descaradamente. 
- Não estão esquecendo de nada? - Os dois deram de ombros. - Vão já tomar banho! Não quero dois cascões sujos de terra na minha mesa. - Disse levantando os dois das cadeiras pelas orelhas e saíram correndo e rindo para o banheiro, disputando quem iria tomar banho primeiro passando por Daesung e Ji Yong. - Crianças... - Eu ri. 

Todos se sentaram a mesa para comer, eu amava esse ar tranquilo, os meninos estavam mais calmos quanto a ameaças já que Ji Yong estava cumprindo o que prometeu, que era treina-los. E pela primeira vez, nessa semana não tinha acontecido nada de ruim, eu estava feliz, todos estavam reunidos e bem. Já havíamos acabado de almoçar. EunJi e Daehyun se jogaram nos sofás, estavam cansados. Escutei Ji Yong atentando os dois dizendo que o treino não havia acabado e que eles tinham que levantar. 
- Hyung, eu quero dormir agora. - Disse Daehyun choramingando e EunJi concordou com a cabeça de olhos fechados. 
- Oppa, deixa minhas crianças em paz. - Eu ri.
- Bom, se é minha querida Hye Ji que pede, eu deixo. - Ele disse dando um beijo em minha testa. 
- É assim agora? - Daehyun olhou incrédulo para Ji Yong que riu. Fui até EunJi e levantei delicadamente sua cabeça. EunJi já dormia profundamente, coloquei um travesseiro em baixo de sua cabeça e acariciei seus cabelos. Fui até Daehyun e fiz o mesmo colocando um travesseiro em baixo de sua cabeça e deixando um beijo em sua testa. Ele sorriu. 
- Descansa. - Ele assentiu. 

A noite havia chegado e já estava na hora de dormir novamente, eu estava em meu quarto após ter tomado banho, Tae já estava de banho tomado também e deitado em nossa cama mexendo em seu celular. Coloquei meu short e minha camiseta de dormir e comecei a passar meus cremes em meu rosto e corpo, estava na frente do espelho que tinha na porta do guarda roupas, me analisando, minhas bochechas estavam um pouco mais cheias e eu me sentia diferente, então passei a analisar todo meu corpo. 
- Amor... 
- Huh? - Ele perguntou sem tirar os olhos do celular. 
- Amor, você acha que eu estou gorda? 
- Que? - Ele desviou o olhar do celular para me dar atenção. Olhei para ele com um ponto de interrogação quase visível na testa. - Aigooo, você é linda. - Ele disse jogando o celular na cama e vindo até mim me abraçando pelas costas. 
- Não, olha, estou falando sério, olha essas bochechas gigantes... 
- As bochechas mais lindas que eu já vi. - Ele disse apertando elas, eu ri. 
- É serio amor, olha essa barriga crescendo também... - Fiz cara de chateada. - E esses peitos...
- Amor, você não está gorda e mesmo que estivesse, ainda seria a mais linda de todas e sobre a ultima parte, eu realmente não me importo. - Ele disse rindo com uma cara safada.
- Para... - Eu ri novamente. De repente eu vi sua expressão mudar completamente pelo espelho, sua cara era de espanto. - Que foi? - Eu virei para ele e segurei sua bochecha brincando com sua expressão e rindo. 
- Você notou o que foi dito? 
- Qual parte? A parte em que eu estou reclamando sobre meu peso ou a parte que você gosta dos meus peitos terem aumentado? - Eu ri ficando na ponta dos pés e beijando seu nariz delicadamente. 
- Sim para a primeira parte e não para a segunda - Ele sorriu ainda assim incomodado. - Você disse que sua barriga está aumentado. 
- Isso é um problema para você? - Fiz bico. Mudança repentina de humor. 
- Amor, você está sentindo algo diferente esses dias? 
- Tipo o que? 
- Tipo, sei lá, vontade de vomitar e essas coisas, problemas com cheiros e etc...
- Tae, vai logo ao ponto. - Eu ri. 
- okay, você está grávida? 
- Que? - Olhei espantada para ele. - Eu acho que não. Mas agora que você falou, esses dias eu sinto algo diferente sim, só não sei o que é. 
- Amor, você está gravida! 
- Eu não sei... Prefiro não ficar com esperanças. 
- Mas vamos fazer o teste né? - Ele sorriu. 
- Podemos fazer, mas... ei, olha aqui. - Ele já estava em outra dimensão. - Olha pra mim. - Eu disse rindo do jeito dele. - Sem falsas esperanças, okay? Não quero me decepcionar novamente.
- Certo, certo, sem falsas esperanças... sem esperança. - Ele disse me puxando para fora do quarto. 
- Tae, está fazendo o que? - A gente já descia as escadas e ele sorrindo feito criança. - Tae... Taaaeee... DONG YOUNG BAE! - eu gritei já no fim da escada. Ele pulou se assustando. - Está fazendo o que? 
- Deus, porque a gritaria? - Ji Yong saiu da cozinha. 
- Porque seu Dongsaeng está maluco. Não se pode sair arrastando as pessoas pelas escadas assim. - Eu olhei confusa para Tae. Ji Yong riu da situação.
- O que você estava fazendo? - Disse rindo ainda.
- Teste, precisamos de um teste. - Tae disse. 
- Ah Tae, o que eu falei? Sem falsas esperanças. - Eu disse acariciando seu rosto.
- Esperança de que? - Ji nos olhou confuso. 
- Ela está gravida. - Tae disse sorrindo para Ji Yong. 
- Aish... - Coloquei as mãos no rosto. Não que eu não gostaria de estar gravida novamente, mas isso me assustava, ainda doía a perda dos gêmeos. 
- VOCÊ TA GRÁVIDA? - Ji Yong gritou. 
- Deus do céu... - Eu disse afundando mais minhas mãos na cabeça. 
- Quem tá gravida? - Seungri brotou na sala rapidamente. 
- Eu... eu estou grávido Seungri... - Ji Yong acariciou a própria barriga. - Quer ser o padrinho? - Eu comecei a rir. 
- Aish Hyung! Foi só uma per... Espera, Hye Ji, você está grávida? - Logo todos já estavam na sala iniciando um falatório sem fim. 
- Gente, silêncio! - Ninguém me ouviu. - GENTE, PARA! - Eu gritei e todos me olharam espantados. - E o juízo? Cadê, huh? - Eu ri. - Certo, eu vou falar a mesma coisa que eu falei para o Tae, sem falsas esperanças. Entenderam? - Todos assentiram. 
- Mas Noona, se você está em dúvida, você tem que fazer o teste. - Daehyun disse. 
- Amanhã. Amanhã faremos o teste. 
- Mas eu não vou conseguir dormir sem saber. - Tae disse e todos concordaram.
- Gente, olha a hora, 10 horas da noite... tem ninguém com sono nessa casa não? - Todos negaram. - Mas as farmácias já devem estar fechadas. 
- Farmácia 24h! - EunJi se pronunciou. 
- Okaaaaaay, façam o que quiserem. - Eu disse me jogando no sofá. Tae e Daesung foram até a farmácia e realmente tinha uma aberta, sortudos. Menos de 20 minutos, eles chegaram com o teste. E eu fui até o banheiro, respirei fundo e fiz. Dois risquinhos eu estava feliz e confusa ao mesmo tempo, não sabia se sorria ou chorava. Dei um tempo a mim mesma para me acalmar, preparei minha melhor cara de morte e abri a porta bem na hora que Seung Hyun ia bater na mesma, ele me olhou confuso e me seguiu até a sala. Me sentei no sofá segurando o teste firmemente em minhas mãos, abaixei a cabeça e coloquei o rosto entre as mãos. 
- O que houve? - Tae chegou perto de mim. Eu estava fingindo, é claro. Neguei com a cabeça. - Deu negativo? - Eu comecei a rir com o rosto ainda entre as mãos, o que foi interpretado pelos demais como um choro. - Você está bem? - Eu assenti levantando a cabeça com o rosto um pouco vermelho pelas risadas. Entreguei o teste para Tae que me olhou confuso direcionando o olhar para o teste, caiu sentado quando viu o resultado e eu sorri, logo o teste fora roubado de suas mãos por Ji Yong que resmungou um "Tá grávida mesmo" e sorriu. Nem preciso dizer que os ânimos dos presentes ficaram agitados não é? Depois de toda a bagunça queriam escolher um nome se fosse menino e um nome se fosse menina. 
- Gente, desculpa, mas eu não quero escolher nome. Por enquanto não. - Eu disse chateada. 
- Nós entendemos, está tudo bem. - ji Yong me abraça de lado, já que Tae ainda estava estático sentado no chão. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...