História Wolves - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Personagens Originais
Tags Taeny, Yulsic
Exibições 141
Palavras 1.768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Luta, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOi gente!
Eu queria agradecer pelos favoritos e pelos que comentar e continuam acompanhado, até os que não comentam ^-^
Também me desculpem a demora pra postar, é que eu não tava com tempo, essa semana tá corrida com trabalhos e provas,e ainda tem o bloqueio, não to processando direito! kkkk
Mas aqui estou eu, me desculpem pelo capítulo pequeno, mas espero que gostem e aproveitem amores!
amo vocês, bjos e até lá embaixo..

Boa leitura...

Capítulo 6 - Mess


Jessica POV.

 

Nunca me arrependi tanto em vir para a escola! Quando eu e Taeyeon chegamos, cada uma seguiu para suas salas, até aí tudo bem, mas depois de um tempo, Yuri havia chegado e o sorriso satisfatório que mandei em sua direção, foi sustentado por um olhar mortífero vindo de sua parte. A morena sentou-se ao meu lado, onde era o seu lugar e por incrivel que pareça, ela não proferiu uma só palavra! E isso aconteceu durante três dias. Eu estava fodidamente sentindo falta de quando ela falava aquelas idiotices para mim, tê-la ao meu lado, mas ela estava fria e sarcástica. Eu sabia que ela planejaria algo contra mim, a sua "vingança" qual não veio até agora. Desistiu talvez?

 

Segunda-feira, na hora do lanche, Yuri passou por mim e esbarrou propositalmente em meu ombro, mas sequer me olhou, Taeyeon que estava ao meu lado junto de outra garota que eu julgo ser Tiffany, achou estranho, pois nem parar para conversar, a morena fez. 

 

Enquanto comíamos, sequer a vi e nem ouvi sobre Yuri. Talvez eu tenha pegado pesado, talvez! Foi só uma pequena brincadeira, ela não deveria ficar tão irritada e já se passaram tantos dias! Se bem que eu estava sendo grossa com ela também, mas ela merecia! Como o refeitório estava muito barulhento, eu segui para o pátio e logo depois para o campo de futebol, onde alguns garotos praticavam arremessos, tinha poucas pessoas aqui e ali, era calmo.

 

Retirei um livro de minha mochila e passei a lê-lo. Folheei alguns capítulos, até que algumas risadas me tiraram a atenção, fui obrigada a olhar, porque já estavam irritando! Porém, quando olhei, acabei levando uma bolada no peito, e as risadas aumentaram. Olhei completamente irritada para a direção de onde tinha vindo, apertei minhas mãos em punhos, Yuri estava com eles! Ela me lançou um olhar debochado, me levantei furiosa, mas ao mesmo tempo tentando me controlar e não passar dos limites. Caminhei até eles.

 

– O que pensa que está fazendo, Yuri?! – os fitei friamente, mas continuavam a me olhar com deboche e principalmente ela. Que raiva! 

 

– Ora, foi um acidente.–  sorriu de lado e se aproximou com suas mãos nas costas e fitou em meus olhos. Bufei soprado.

 

– Um aciden--- antes que eu terminasse a frase, senti minha roupa molhando, fui pega de surpresa novamente. Uma roda de garotos se vazia presente em minha volta enquanto todos arremessavam balões de água em minha direção. Isso era o cúmulo! Minha raiva já era presente e a única coisa que eu queria era massacrar todos esses idiotas, principalmente Yuri. Mordi meus lábios com minhas presas  e meus olhos procuravam por ela. Seu sorriso satisfeito e debochado era esboçado, enquanto que eu rugia silenciosamente para ela.

As investidas contra mim cessaram e fui humilhada na frente desses brutamontes! Eu permanecia estática no lugar.

 

– Podem se mandar, eu cuido do resto. –  Yuri pronunciou e os rapazes se foram. Ela caminhou em minha direção e eu a olhava com toda minha raiva, se pôs a um passo a minha frente. Quando ouvi novamente a sua risada irritante, de pronto lhe desferi um tapa ardido em seu rosto. 

 

– Você é uma completa criança, Yuri! Eu poderia te matar aqui e agora! Não sabe com quem está brincando. Eu odeio você! Não chegue perto de mim, nunca mais! –  falei tudo apontando o dedo em sua direção. Ela foi longe de mais, e por mais que eu estivesse furiosa, era um milagre eu não fazer nada contra ela. Me virei e passei a caminhar, mas meus passos foram cessados, pois ela me segurava pelos pulsos. 

 

– Jessica! –  foi o bastante, me virei contra ela a empurrando, mas a idiota se segurou em mim em busca de apoio, resultando em nós duas caídas naquela grama. Eu pus meus braços ao redor de seu corpo a prensando contra o chão. Meu olhos provavelmente já estavam mudados.

 

– EU JÁ DISSE PARA NÃO TOCAR EM MIM! Não chegue mais perto! – proferi tapas em sua direção a arranhando. Os locais acertados, que eram os braços, já sagravam, mas eu continuava. Essa garota! Eu não sabia porque tinha tanta raiva dela, eu sentia muitas emoções idiotas, coisas que eu passei a não sentir, mas agora estava tudo uma bagunça! 

 

– Sica, SICA! –  chamou segurando meus braços fazendo-me parar com minhas investidas. –  Eu não gosto do jeito que me trata! Simplesmente por nada você é rude e grossa comigo! 

 

– VOCÊ ME DEIXA CONFUSA, IDIOTA! EU ODEIO VOCÊ! – me soltei para tentar levantar, mas Yuri segurou fortemente em minha cintura me fazendo ficar sobre ela. Rugi fortemente e mesmo assim ela não vacilou. Ela me fitava profundamente, eu não sabia o que seu olhar transmitia, mas era um olhar sério e penetrante. Eu estava com raiva, porque eu era desarmada facilmente por ela, eu odiava ser fraca perto dela!

 

– Você não me odeia! 

 

– Odeio! 

 

– NÃO! –  repetiu e segurou forte meus braços nos fazendo se aproximar cada vez mais, a ponto de nossas respirações descompassadas se misturarem.

 

– EU.TE.ODEIO! – sustentei seu olhar e ela vacilou, olhando para todos os lados, voltou a me fitar e ficamos em silêncio em uma troca de olhares que possuíam raiva, ódio, e eu não consegui decifrar os outros e que eu fui obrigada a desviar. Suspirei fundo. – Yuri, me sol--- abri meus olhos em surpresa, a morena tinha selado seus lábios nos meus, senti uma corrente elétrica por meu corpo e eu fiquei sem reação alguma, mas tentei me soltar, mas ao mesmo tempo eu...eu não queria.

 

Eu tentava a empurrar para longe, minhas investidas a estavam machucando, mas mesmo assim ela não me soltava, ela levou suas mãos para o meu rosto o prendendo firmemente enquanto seus lábios macios se moviam contra os meus, não me dei conta de quando eu passei a corresponde-la, eu seguia seus movimentos, nossos lábios se encaixavam perfeitamente, eu estava perdida, sem saber o que pensar, ou fazer, eu estava beijando uma garota, mas eu, assustadoramente gostava. Ela chupou levemente meu lábio inferior e sua língua passou a explorar minha boca. Levei minhas mãos para seus ombros e os apertei firmemente, e em resposta recebi suas mãos em minha cintura. 

 

O beijo não era mais forçado e nem eufórico, agora era calmo e carinhoso, eu mordi seu lábio quando sua mão adentrou minha regata branca fazendo um leve carinho em meu abdômen. Eu me afastei e permanecemos nos olhando. Yuri sorria bobamente, e eu já não sentia mais raiva, era uma mistura de tudo, essa garota mexia de mais comigo. Mas e o beijo? Por que ela me beijou e por que eu correspondi? 

Bufei intrigada e me afastei dela. Agora seu olhar era confuso.

 

– O que foi? – perguntou.

 

– Eu só...eu nunca fiz isso Yuri, eu nunca beijei alguém, e agora meu primeiro beijo foi com uma garota! – ela fez uma expressão surpresa, mas se aproximou.

 

– E o que tem de ruim nisso? – acariciou meus cabelos molhados e beijou minha testa me fazendo corar com tamanho carinho.

 

– Yul...Eu, eu não sei o que se passa aqui...ta uma bagunça.– falei de maneira que ela intendesse.

 

– Está tudo bem...não vou fazer nada que não queira.

 

– Eu preciso pensar em tudo isso...

 

– Mas, promete que não vai se afastar, ou deixar de falar comigo? – perguntou fazendo uma carinha fofa me fazendo rir.

 

– Não vou. –  ela sorriu e se aproximou selando nossos lábios com um beijo rápido.

 

– Obrigado...

 

 

Taeyeon POV. 

 

Esses dias estavam tensos, eu podia sentir que não estava um clima muito bom entre a minha amiga e Jessica, mas eu não iria me meter, deixarei que elas se resolvam. Depois que a castanha deixou o refeitório reclamando que o mesmo estava barulhento, bem estava, mas acho que, como seu humor não estava o melhor, seus sentidos estavam um pouco delicados, fazendo com que eles se intensifiquem.

Comi minha comida em silêncio, não estava prestando atenção no que Tiffany dizia, recebendo um pequeno beliscão vindo dela.

– Yah! Está me ouvindo? – perguntou fazendo uma careta estranha, mas fofa. Sorri.

 

– Não...

 

Sorriu sarcástica. – Francamente Taeyeon! – reclamou. – Bem, vou repetir, mas preste atenção desta vez, babo! – rolei os olhos e ela continuou. – Terá uma festa a fantasia para os alunos da escola, você que ir comigo? 

 

– Não sabia disso, mas sim, quero ir. – sorri largo ao responder. Ela parecia animada, mas agora, com que fantasia eu iria?

 

– Está pensando sobre o que? – perguntou e eu pigarrei.

 

– Ah, sobre que fantasia usar...De que você vai, Fany-ah? – perguntei para ter uma ideia.

 

– Humm, eu ainda não sei TaeTae...

 

Ri do seu jeito fofo e me concentrei em terminar o meu lanche,assim como ela. 

 

Uma coisa que eu irei dizer é que, estranhamente, meu sentidos, meus batimentos se agitam quando estou perto dessa garota. Eu fiz perguntas para as meninas, mas a única que eu consegui uma resposta concreta foi de Amber, ela me contou que isso pode ser perigoso, que talvez eu precisasse me fastar de Tiffany; que foi uma coisa que eu me recusei, mas ela não entrou em mais detalhes.

Eu tinha a necessidade de estar perto dela se não eu não me sentia feliz, como uma grande mudança de humor. A tamanha ansiedade de ir para escola, pois é, eu me sentia ansiosa para ir para a escola, mas era por uma boa causa; Tiffany.

 

Mas deixando isso de lado. Eu tenho que arrumar uma fantasia, mas do que posso ir? Aah, não sei! Como que Tiffany ficaria fantasiada de gatinha? Minha mente processou pensamentos impróprios sobre como ela ficaria sexy com aquelas orelhinhas, ou com um bigodinho, ou com... Taeyeon, se concentre, idiota! 

Que confusão está minha cabeça! 

 

~~~~

 

A aula terminou e eu me ofereci para levar Tiffany para casa, a mesma se recusou dizendo que morava longe, mas mesmo assim insisti a fazendo aceitar. Fomos caminhando e conversando coisas aleatórias, mas a morena sempre me arrancava sorrisos bobos. 

Ao pararmos em frente a casa dela, me pronunciei após um tempo em silêncio.

 

– Bem...até mais Fany. – despedi-me.

 

– Ah... – deixou de fitar o chão para olhar em meus olhos. – Até Tae. – sorri e me afastei, porém a ouvi chamar por mim novamente. – Tae! – me virei e fui pega de surpresa por um beijo roubado em meu rosto me fazendo ficar estática no lugar. Ela sorriu; provavelmente por minha cara de idiota. – Tchau TaeTae...– não respondi, eu não conseguia nem processar nada direito, ela entrou em sua casa e não me dei conta de um grande sorriso brotando em meu rosto corado.

Segui a direção da minha casa dando alguns pulinhos, cantarolando uma música qualquer e com um enorme sorriso nos lábios. Só posso estar louca!

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Slá, nada a declarar...
Um capítulo simples, mas bem, gostaram?

Comentem.. ^-~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...