História Wonder - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Death Fic, Letters, Taekook, Vkook
Visualizações 12
Palavras 419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Poesias, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIIIII
Wonder novamente,mal sabíamos que zumbis levantam da tumba não é mesmo?
Mas agora não é Sope é TAEKOOK.
Talvez a fic seja sem sentido (porque pra mim até agora não tem sentido nenhum)
E também,eu coloquei o Kook nessa história com depressão pra me representar um pouco,e também deixar mais triste do que é (opa spoilers rss)
Podem ler ^^

Capítulo 1 - Sentir falta


Seul,11 de Setembro de 2011
 

Está tão gelado ultimamente,as enfermeiras ligaram os aquecedores agora a pouco,é bem raro passar um dia sem sentir o cheiro de ar condicionado por aqui. Tomara que não comece a nevar, neste exato momento você deve estar em seu horario de aula,certo? Não fique doente JeonGukkie -ah.

Você vêm me visitando toda sexta-feira depois das aulas,isso está deixando alegre,tem algum motivo secreto por trás disso? Provavelmente sim . Isso soa como algo que você definitivamente faria.

Eu estava pensando no dia em que nos conhecemos,éramos pequenos não éramos? Tomara que eu não esteja confundindo com outro menino,mas de qualquer maneira,você sabe que minha memória é fraca.

Umas das coisas que me recordo é de quando tínhamos em torno de uns 7 anos,estava chovendo e você não dava um sinal de vida. Eu fui te procurar depois de que sua mãe havia telefonado perguntando se você estava aqui comigo e que você não tinha chegado em casa,depois de tanto te procurar te encontrei perto de um parquinho embaixo de uma árvore com a carinha vermelha de tanto chorar.

Meu guarda chuva era pequeno,então deixei que você segurasse para que se protegesse mais até chegarmos na minha casa. Você chorava e dizia que estava com medo, foi naquele dia eu tinha prometido que iria te proteger sempre que precisasse,não foi?

Pensar nisso atualmente me faz pensar que sempre fomos um não casal fofo.

Depois de um tempo desde que isso aconteceu você (infelizmente) descobriu que tinha depressão,você me evitou durante meses por achar que eu iria te abandonar por isso,mas parece a situação se reverteu,hoje sou eu que estou "doente".

Sabe,até pensei em me afastar,mas você é praticamente a pessoa que eu mais amo,seria difícil te evitar,além que somos muito grudados um no outro. E eu não acho que você me abandonaria por algo assim,nosso amor é grande demais pra acabar por algo estúpido desse tipo.

E eu acho que eu nunca gostei tanto de usar tocas na minha vida,me pergunto como não gostava delas antes,agora tenho um monte dessas,mas gosto mais de usar aquela preta que você me deu logo depois que comecei a quimioterapia. 

Sabe,eu venho sentindo muita vontade de chorar durante esses dias em que estou aqui,sozinho nessa cama,em uma posição horrível,comendo comida de hospital (que foi uma das piores que já comi em minha vida),sinto sua falta enquanto vejo aquele reality show que passa todo santo dia. E sinto sua falta mais ainda quando vejo casais andando por aqui.

Acho que sinto sua falta,e sem você venho me definhando,fio por fio.


Notas Finais


Oie novamente.
Eu não consigo ver sentido nessa história :v
Mas se vocês gostarem eu posto um capítulo por semana (é short fic,não demora pra acabar. Isso que já tá terminada)
Caso isso fique muito flop/ruim,ninguém nunca soube de nada,viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...