História Wonderful Wonder world - Capítulo 31


Escrita por: ~ e ~SansyDreemurr

Postado
Categorias LM.C
Exibições 4
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aaaaaaaaa oeeeee :3333 a tia voltou ❤❤ e está quase entrando de férias * joga confete* Aaeeehhh! Oq significa q eu vou ter mais tempo para vcs :33 lalalalala fiquem com esse cap lindju ❤

Capítulo 31 - Capítulo 31: Um beijo inesperado


Fanfic / Fanfiction Wonderful Wonder world - Capítulo 31 - Capítulo 31: Um beijo inesperado

Pov's Aiji

Antes de sairmos de Eidron, lembrei do senhor que havia nos ajudado. Resolvi voltar naquela pracinha para ver se ainda o encontrava e por sorte, eu o encontrei, sentado em um banco:

-" Com licença senhor..."- o pobre homem olhou para mim, sem pressa-" Eu queria lhe agradecer, encontramos minha menina sã e salva"

-" ...Não precisa agradecer, meu jovem, era o meu dever ajudar"- o senhor deu um sorriso contagiante

-" O senhor não sabe o quanto foi importe para todos nós. Se precisar de algo, pode me proucurar, eu sou o rei de Leónidos. As portas do meu reino sempre vão estar abertas para o senhor"

-" Muito gentil da sua parte, obrigado."- o pobre senhor olhou para mim por um bom tempo-" ... Cuide bem da Agatha, Aiji, ela foi um presente do meu chefe para você"- Como ele sabia nossos nomes?

-" Como sabe o meu nome? E como conhece a Agatha"- confesso que fiquei um pouco assustado

-" Você é muito falado lá em cima, geralmente como uma pessoa má e perversa... mas parece que você mudou os seua modos... Por causa dela"- lá em cima? Do que ele estava falando?"- E ela? Também é muito falada entre meus colegas de trabalho..."- ele riu. 

-" M-me desculpe, senhor, eu não sei do que está falando... O que quer dizer com " lá em cima"? ... O céu?"

-" Menino Aiji sempre foi muito esperto, hein?"- ele deu um risada, se levantado-" Continue assim, bondoso e piedoso, foi por muito pouco que você não foi tomado pelos nossos inimigos..."- Tomado? Inimigos?"- Acontece que o meu chefe é um teimoso e persistente"- na hora, o céu soltou um raio e um trovão que fez tremer tudo-" Tá bom, tá bom, não está mais aqui quem falou..."- disse o senhor, olhando para o céu-" Bem, eu acho melhor você e seus amigos irem agora, parece que vai chover"

-" Certo... Obrigado mais uma vez. Aqui, o seu colar"- devolvi o colar para o senhor

-" Pode ficar, é como uma lembrança minha para você"

-" Bem, obrigado. Eu vou indo..."

-" Até mais.. E diga a Agatha que um tal de Miyavi disse que está morrendo de saudades dela. Ô carinha que só sabe falar dela"- hein? 

-" Uh... okay, eu vou dizer"- claro que eu não vou dizer, não quero assusta-la. Cheguei até o portão onde encontrava meus amigos. Reclamações da minha demora é o que não faltou, apenas ignorei e entrei na carruagem, como os outros. A viagem foi normal, com muita conversa, apresentações e o interrogatório do Ruki para Agatha e Mettaton. Ele fez tantas perguntas que eu fiquei sabendo coisas da Agatha que eu nem imaginava. Enfim, chegamos a Leónidos. Logo na entrada do castelo, Allysson e Joyce começaram a me enxer de perguntas:

-" Mestre, onde estava?"

-" Ficamos preocupadas"

-" Sabia que Sora e Umi entraram em depressão porque você sumiu?"

-" Isso é sério? Joyce, vá os chamar, agora. Allysson, pessa aos cozinheiros para fazerem um almoço para Agatha"

-" Sim mestre"- disseram em uníssono

-" Agatha, não prefere tomar um banho antes de comer algo?"- a garota concordou e subiu para o quarto, me deixando com Maya, Ruki e Mettaton:

-" ... Algo está diferente desde a última vez que vim aqui"- disse Ruki, andando pela sala

-" Você quer dizer a bagunça?"- disse apontando para as tralhas que Agatha costuma deixar por aí

-" É, eu acho que sim. E se eu não me engano, o ar costumava ser muito pesado aqui, como uma áurea ruim...Agora está muito mais leve e descontraído. 

-" Isso se chama " poções que a Agatha costuma testar na sala e que geralmente acaba em uma explosão química" "

-" Poções?"- disse Ruki, confuso

-" Agatha é um bruxa... Pelo menos, é o que ela se esforça para ser..."

-" Oh sim, ele me disse na carruagem, que cabeça minha. De qualquer jeito, parece que a garota mudou você totalmente"

-" Digamos que ela foi um presente... Um presente que eu não merecia"

-" Por que diz isso? Não foi bom conhecer a Agatha?"

-" Foi a melhor coisa que já me aconteceu, mas acontece que ela é boa de mais para mim. Ela me ensinou coisas que eu nem imaginaria em aprender. Ela está sendo para mim uma mãe, um pai, uma amiga, uma irmã e... Uma filha..."

-" Ver você assim é um pouco estranho, sabe, mas ao mesmo tempo é bom, porque isso significa que você está mudando. Eu vi sua preocupação com a garota desde o momento que você percebeu que ela havia sumido, fez de tudo para acha-la, fez das tripas coração para vê-la bem. Só o que o desejo para você é boa sorte com essa nova vida de achar cabelo em todo canto do castelo, ter que ouvir as mesma músicas que ela no volume mais alto, ter que ficar apagando histórico de show de ídolos teen no computador e o 'melhor' de todos... Pisar em vidro quebrado na cozinha"

-" Por que você acha que eu ando mancando?"- rimos

-" Certo, adeus Aiji, juízo hein" disse indo embora-" Você vem Maya?"

-" Pode ir na frente, eu voi ficar mais um pouco"

-" Okay"- saiu pela porta e foi embora

-" Ai, estou morto"- disse Mettaton, se jogando no sofá-" Sinto que falta algo dentro de mim..."

-" É fome, come que passa"- sujeriu Maya

-" Não bobo, eu quero dizer que falta MESMO algo dentro de mim, tipo uma peça ou algo assim. Preciso consultar um alquimista..." 

-" Então Aiji, está melhor agora?"- perguntou Maya

-" Claro, minha menina voltou para casa, eu não podia estar mais feliz"

-" Fico feliz por você está feliz... Bem, mas agora eu posso te perguntar uma coisa?"- PUTAQUEPARIUSEGURANAMÃODEDEUSEVAI

-" P-pode"

-" Quando você foi agradecer o senhor que nos ajudou por que demorou tanto?"

-" Bem, é que ele começou a dizer algumas coisas bem estranhas"

-" O que ele te disse?"

-" Ele disse coisas como " a Agatha foi presente do meu chefe para você", " foi por pouco que os inimigos não te tomaram" e " diga a garota que um tal de Miyavi sente saudades"- Maya estava em choque

-" Meu Deus, isso é sério? Como ele conhecia a Agatha?"

-" Eu não sei, por algum motivo ele também me conhecia pelo nome."

-" Que sinistro."- Maya ficou pensativo-" Espera, 'presente do meu chefe'... Você o perguntou de que chefe ele se tratava?"

-" Não, mas ele sempre olhava para o céu quando dizia essas coisas, por quê?"

-" Já pensou na possibilidade dele ser um anjo?"

-" O quê? Tipo, um anjo de verdade?"

-" Não, um anjo de carne moída"- porra...delicado como um coice de mula"- Claro que de verdade!" 

-" Como chegou a essa conclusão?"

-" Pensa comigo: ele nos ajudou, lhe deu um colar com um anjo que brilha no escuro, ele diz que tem um chefe, depois fala que o Miyavi 'sente saudades'. Só pode ser um anjo, pelo menos é no que eu acredito"- isso me fez pensar

-" É... faz sentido. Mas e aquela coisa que você fez com os caras la da floresta, uma palavras estranhas que você recitou"

-" É um exorcismo em Latim que aprendi com o meu pai, foi a primeira vez que eu o usei, não achei que ia funcionar, mas pelo visto..."

-" Interessante"- na mesma hora, Joyce chega correndo na sala toda arranhada e suada, com Sora e Umi nas mãos, e aparentemente putos

-" puf... puf... Mestre, eu consegui os pegar depois de muito correr atrás deles..."

-"Meus bebês, vem no papai"- ai que saudade dos meus bichinhos-" sentiram minha falta? Papai também sentiu falta de vocês"

-" Você trata seus gatos como filhos?"- perguntou Maya, com brilho nos olhos

-" Sim, por quê?"

-" Nada, é que eu sempre achei que você daria um bom pai, agora eu tenho provas concretas"

-" Heh, obrigado..."- eu estava morrendo de vergonha. Só o Maya mesmo pra me deixar assim. Não demorou muito e Agatha desceu com novas roupas e limpinha:

-" Então, se sente melhor, minha princesa?"- disse Maya, se aproximando de Agatha

-" Sim, muito melhor, obrigada... Cadê o Ruki?"

-" Foi embora, por que?"

-" É que eu queria agradece-lo pela ajuda"

-" Eu agradeço ele por você depois. Bem, já que está todo mundo bem eu vou indo..."

-" Mas já?" 

-" É, eu ainda preciso ligar para algumas pessoas sobre o aniversário do Bernard"

-" Bernard está fazendo aniversário?"- interrompeu Agatha-" Que demais! "

-" Sim, ele faz amanhã, eu ainda tenho que organizar a decoração e os convites, essas coisas de festa..."

-" Certo, até mais então, e obrigado pela ajuda"

-" Eu que agradeço em poder ajudar"- foi inesperado, Maya pulou no meu pescoço e me deu um beijo na bochecha.-" Tchau"

-" T- Tchau..."-  eu estava tão vermelho quanto um pimentão e com o coração acelerado. Porra Maya, por que faz isso comigo? Enquanto isso, Agatha e Mettaton me olhavam boquiabertos:

-" Alguem me levanta porque eu to no chão"- comentou Mettaton-" O que foi isso"

-" BERRO!"- gritou Agatha-" Grito da pantera coreana!!"- quê

-" Socorro, dois boys lindos se pegando no meio da sala, é disso que o povo gosta"

-" Cala a boca, Mettaton!"

-" Concordo, melhor que ' Yuri on Ice!!' 

-" Muito melhor"

-" O almoço ta pronto!!"- gritou Allysson da cozinha. Agatha passou por mim mais rápido que o rap de ' HeavyDirtySoul', Mettaton apenas a acompanhou.... Ahr... Que beijo! Eu pude sentir seu delicioso cheiro de doce tão pertinho de mim. Pareceu o céu por alguns segundos. Amanhã tem o aniversário do Bernard, eu podia aproveitar a oportunidade e ficar sozinho com o Maya, nem que seja por algutos, só para provar o seu beijo de novo. 









Notas Finais


NOOOUUSSAANNN Que isso Maya, to loko é? Quer matar o veio antes do casamento? (Parei) sem comentários..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...