História Wonderwall - Second Season. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Londres, One Direction, Romance, Second Season, Segunda Temporada, Sophie Marshall, Wonderwall, Zayn Malik
Exibições 244
Palavras 2.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi oi gente!!
Nem demorei tanto hein?
Apareci logo dessa vez!

Prontas para mais um capítulo?

Mil obrigadas suas lindas! Leitoras novas, sejam bem vidas!!
Obrigada mesmo! Não consigo não agradecer a vocês!

E não esqueçam de me contar o que estão achando aqui ou nas redes sociais!

Twitter: jaque_lobo
Instagram: @jaquelobo
Snapchat: jaque.lobo

Boa leitura!

Capítulo 10 - Breakfast and Flowers.


Fanfic / Fanfiction Wonderwall - Second Season. - Capítulo 10 - Breakfast and Flowers.

Acordei e abri os olhos, Harry ainda dormia ao meu lado agarrado em mim, estava de costas pra ele e me espreguicei. Suspirei e lembrei que não tinha ativado o alarme do meu celular, dei um pulo da cama e ele resmungou.

 

— Ah merda! – Xinguei baixinho e peguei meu celular que estava carregando na tomada. Olhei, eram oito e quinze. – Ah saco! – Xinguei de novo.

— O que foi amor? – Ele disse sentado na cama apenas de cueca e lindo com aquela carinha de sono.

— Estou atrasada! – Disse séria pegando o sutiã na pilha de roupas, foi só então que me lembrei. – Ah meu deus Harry! – Disse em desespero o olhando.

— Já sei. Sua calcinha. – Ele riu e se levantou apenas de cueca.

— Exatamente! Urgh! – Ele riu – Eu te mato Styles. – Disse brava e ele me pegou pela cintura.

— Aguenta um minuto, já venho te socorrer. – Ele sorriu, deu um selinho em meus lábios e saiu do quarto.

 

Suspirei e comecei a me arrumar, não podia atrasar ainda mais. Coloquei tudo o que podia, menos claro a parte de baixo da roupa. Ele voltou segurando uma calcinha branca e sorrindo.

 

— É de Gemma. – Ele sorriu e me entregou. – É nova, então ela disse que pode ficar pra você.

— Amo a Gemma.

— Não senhora. Você me ama! Fui eu quem busquei a calcinha. – Ele riu e se sentou na cama me olhando enquanto eu me trocava.

— Mas também foi você quem rasgou. – Disse séria e ele riu me olhando.

— Porque tem que ir mais cedo?

— Porque preciso estar no Hyde Park até as nove ou Dean me mata. – Suspirei.

— No Hyde Park?

— Isso, tem editorial hoje lá.

— Hum... Interessante.

— Não começa. – Ri e ele sorriu.

— Vou te levar né?

— Sim.

— Ok! – Ele se levantou e se trocou.

 

Oito e meia conseguimos estar prontos e sair de lá depois de nos despedirmos apressadamente de todos. Entramos no carro e fomos correndo pro Hyde Park, Harry me deixou na ponta que era mais próxima de onde seria o editorial e depois que o beijei ele saiu com o carro. Corri o quanto pude e cheguei até Dean eram 09h10min. Ele sorriu e eu ri apoiando nos joelhos, morta por ter corrido.

 

— Você não é mesmo inglesa. – Ele riu vindo até mim.

— Dormi na Ann, em Dulwich. – Disse séria e ele riu.

— Dez minutos, está perdoada.

— Obrigada. Já começamos? – Disse sentando em uma cadeira e colocando minha bolsa por ali.

— Vamos começar agora.

— Ótimo. Arrasou no cenário, está lindo mesmo! – Sorri e ele riu.

— Obrigada! Vamos lá então, ao trabalho! – Ele sorriu e eu me levantei em um pulo. Acho que ficamos uma meia hora naquilo e tudo era apenas ajuste. Poses e mais poses, fotos e mais fotos.

— Acho que agora está ok. Isso Maggie, um pouco mais para a sua direita. – Eu disse a orientando.

— Jason! – Dean disse bravo. – Para a esquerda! – Ele riu e sinalizou com a mão.

 

Fotos foram tiradas, olhei pro lado e vi um buquê andando em direção a gente. Suspirei e olhei pro Dean ficando de costas para o “buquê”.

 

— Por favor, me diz que aquilo ali não é o Harry. – Disse séria e ele gargalhou quando olhou pra onde eu apontei. – Pare de rir! – Disse séria.

— Sim, é o Harry. – Ele me olhou e sorriu.

— Ele não tem noção às vezes! – Disse brava e ele riu.

— Ele está sendo romanticamente perfeito e é isso que você fala? – Ele revirou os olhos. – Está chegando.

— Tudo bem, você tem razão. – Disse séria e virei pra olhar Harry que trazia um buquê de rosas vermelhas nas mãos, não era enorme, mas ainda sim era grande. Na outra mão tinha uma bandejinha com dois cafés do Starbucks e uma sacolinha.

— Passei no Starbucks e me lembrei de você. – Ele me entregou as flores e eu o agarrei o beijando e ele me levantou com um braço enroscado na minha cintura. Ouvi vários barulhos de disparos e sabia que Dean tinha mandado Jason, Claude e Ryan tirarem fotos de nós dois então não me importei.

— Não precisava meu amor. – Sorri e coloquei as flores em uma cadeira ao lado da minha bolsa e ele fez o mesmo com o que trazia.

— Você precisava comer, não tomou café. – Ele me olhou sorrindo e foi cumprimentar Dean. – Oi Dean! – Eles se abraçaram.

— E ai Harry! – Ele sorriu e piscou pra mim.

— Estou faminta.

— Eu sei. – Ele riu. – Vem comer.

— Eu cuido aqui, coma e depois você me ajuda.

— Ok! Vamos em um banco?

— Tem um aqui na frente, vem. – Ele pegou nosso café e foi, se sentou na parte do encosto com os pés no banco e eu me sentei entre suas pernas. Ele me entregou meu café e eu dei um gole, estava divino então gemi em comemoração. – Acertei?

— Em cheio. – Sorri e o olhei ele me deu um selinho.

— Trouxe o lanche de queijo. – Ele sorriu e eu me virei de lado para poder olhar pra ele, fiquei apoiada em sua perna direita.

— Ótimo! Estou com fome. – Ri. – Acho que se vou trouxesse algo com ricota eu comia.

— Você não gosta de ricota.

— É, eu não gosto. – Ri e ele sorriu me beijando e depois me entregou o lanche.

— Tenho um “evento” hoje.

— Sério? O que é?

— Um “evento” pra BBC. – Ele sorriu e mordeu seu lanche.

— A TV?

— Uhum.

— Ao vivo?

— Sim.

— Que horas vai ser?

— Temos que estar lá as duas. Acho que o programa começa as 3. – Ele sorriu.

— Hum! – Mordi o meu lanche. – Então não vai ensaiar? – Disse depois de engolir.

— Não. Vou ficar com você aqui. – Ele sorriu e eu o olhei.

— Não vou conseguir trabalhar com você aqui.

— Prometo não te incomodar. – Ele riu e eu sorri.

— Você não me incomoda você me distrai. É diferente.

— Eu te distraio? – Ele disse com aquela carinha maliciosa.

— Muito. Você tira a minha atenção.

— Ótimo. Posso ficar atrás de você, amo ver sua bunda nessa calça jeans mesmo. – Ele riu.

— Essa calça jeans é da tua irmã. – O olhei.

— E ficou perfeita na sua bunda. – Ele me beijou e eu ri.

— Cala a boca vai.

— Ele tem razão! – Dean gargalhou e eu o olhei.

— Obrigada Dean! – Harry riu e Dean acenou pra ele.

— Fale mais baixo. – Disse séria e ele riu.

— Você que falou alto baby. – Mostrei a língua pra ele e ele me beijou. – Eu te amo. – Ele beijou minha testa e eu sorri o olhando.

 

Passar metade do dia ao lado do Harry não foi nada fácil, ele ficou me agarrando, me beijando e me olhando quando tínhamos uma brecha ou uma parada para trocas. Dean ficou conversando com ele boa parte do tempo e ficamos juntos, ele até nos deu algumas opiniões. Foi divertido, complicado, mas divertido. Conseguimos terminar tudo eram 11h30min e até arrumarmos tudo eram 12h00min.

Harry nos ajudou e assim que entrei no carro com Dean ele correu se arrumar para o compromisso que tinha à tarde na BBC. Fomos conversando o caminho todo sobre o editorial e sobre o Harry também, Dean simplesmente o adorava, era engraçadíssimo.

Quando chegamos ao jornal Jess me avisou que Johnny pediu que eu fosse até a sala dele, não eram nem meio dia ainda e então corri até lá. Ele me falou que teria que cancelar a nossa reunião das duas horas e que não voltaria mais essa semana. Ele estava indo fazer uma viagem para NY na i-D de lá, para que não fosse preciso eu ir, mas ele me avisou que provavelmente eu teria que ir no ano seguinte. Falei que tudo bem e voltei para a minha sala e me sentei na frente do PC pra poder trabalhar.

Uma meia hora depois Dean passou na minha sala parando na porta.

 

— Oi... – Olhei pra ele.

— Você não vai almoçar?

— Eu preciso sair as 14:00, já que não teremos mais a reunião e não vou voltar mais. Então, preciso ficar aqui. – Sorri pra ele.

— Te trago um lanche? – Ele sorriu.

— Seria ótimo. – Sorri me abaixando para pegar minha bolsa e o dinheiro pra ele.

— Eu pago e depois você me dá.

— Ok! – Sorri e ele mandou um beijo saindo dali.

 

Aproveitei para pegar meu celular já que pretendia ir ver como a nossa casa estava ficando, ia avisar Emma, Alice, Gemma e Ann se elas queriam ir ver também. Mandei uma mensagem diretamente no nosso grupo, assim era muito mais fácil para falar com todas de uma única vez.

 

Sophie Marshall

Oi minhas lindas! Bom dia!

Alice Marshall

Bom dia! E logo cedo já vemos você e Harold nos jornais! lol

Sophie Marshall

Ah! Sério? O que é agora?

Emma Smith

Bom dia! Super sério. Lol

Sophie Marshall

Emma! Que saudades! Como está meu afilhado?

Emma Smith

Muito bem! lol

Sophie Marshall

Quero saber o sexo logo! lol

Emma Smith

Se controla menina!

Alice Marshall

O que vocês foram fazer no Hyde Park hoje? Estavam só tomando café mesmo?

Sophie Marshall

Ah! Então foi essa foto? Lol

Eu estava trabalhando e ele ficou lá comigo.

Alice Marshall

Ah! Entendi! Tem umas 4 fotos só. Vocês tomando café, se beijando e ele te dando um buquê.

Sophie Marshall

Hum... Tudo bem. Não tenho o que fazer mesmo. lol

Sugarspace?

Emma Smith

Exato. Harold sendo Harold.

Gemma Styles

Minhas Gatas! Bom dia! Como vocês falam! Lol

Sophie Marshall

Oi Gemmy!

Alice Marshall

Oi Gemma!

Emma Smith

Oiiiii Gem!      

Gemma Styles

Corrigindo a Em... Harold sendo apaixonado. *-*

Sophie Marshall

Besta. Sabe o que queria falar pra vocês?

Gemma Styles

Se você não falar, não. =D

Emma Smith

lol

Sophie Marshall

Ai senhor! Me lembre do quanto eu gosto da minha cunhada.

Gemma Styles

Você não gosta, você me ama! Afinal, a calcinha que você está usando é minha, porque né? O quarto do Harold ficou pequeno ontem. ¬¬’

Alice Marshall

Sei beeeem o que é isso.

Sophie Marshall

Ah Gem! Lol Desculpe. Teu irmão é complicado.

Gemma Styles

Ele é viciado em sexo com você isso sim. Mas ok, me diga, o que você ia nos falar?

Sophie Marshall

Vou hoje em casa, aliás, na minha casa e do Hazz. Os móveis começaram a ser montados! *-*

Gemma Styles

To dentro! Que horas? Vamos eu e mamãe.

Alice Marshall

Passa me pegar em casa?

Emma Smith

Vou também! Me pega no Liam?

Sophie Marshall

As duas lá, ok Gemmy? :D

Passo pegar vocês sim meninas.

Gemma Styles

Perfeito! Estaremos lá!

Sophie Marshall

Agora vou trabalhar. Beijos!

 

Bloqueei meu celular e o deixei sobre a mesa para poder fazer o máximo de coisas que eu conseguisse. Com certeza passaria o resto da tarde na nossa casa arrumando e vendo tudo o que precisava. Levantei para ir ao banheiro, era hora do almoço e a revista estava praticamente vazia, nosso setor mesmo não tinha ninguém.

 

Assim que voltei para a minha mesa vi que uma rosa branca estava em cima dela e um envelope estava embaixo. Olhei a minha volta ainda parada na porta e não vi ninguém, absolutamente ninguém. Fui até minha mesa e peguei a rosa, aparentemente era normal. Poderia ser do Harry, mas ele já havia me dado flores pela manhã.

Deixei a rosa de lado e peguei o envelope, aparentemente estava tudo normal, porém a única coisa escrita ali era meu nome: Sophie B. Marshall. As letras foram escritas pelo computador e uma etiqueta foi colada, não conseguiria identificar a letra. Abri e olhei o cartão que estava ali.

 

Eu quero conversar com você.

Por favor Sophie.

Eu preciso explicar algumas coisas e simplesmente falar de outras.

Eu te encontrarei hoje.

 

B.

 

Novamente uma mensagem daquele tal “B”. Me encontrará hoje? Oi? Como assim? Eu olhei séria para aquele bilhete, não é possível que esse tal “B” fosse simplesmente me encontrar. Peguei meu celular e logo consegui ouvir os toques de que estava chamando.

 

— Sophie? Está tudo bem? – A voz grave dele logo perguntou, afinal eu não costumava ligar aquele horário.

— Ron, acabei de receber mais um bilhete. – Disse indo até a porta da minha sala e a fechando. Se eu dissesse que não estava preocupada com aquilo estaria mentindo.

— E o que diz? – Li o bilhete que estava em minhas mãos pra ele. – Sophie, se acalma. – Ele disse sério. – Eu vou falar com Robert para que possamos verificar isso de perto.

— Ron, não quero que você envolva Robert nisso. Harry vai ficar sabendo e ele já tem preocupações demais. Por favor, não fale nada. Apenas fique comigo hoje o dia todo, pode ser?

— Tudo bem. Eu já estava com essa descrição mesmo.

— Obrigada Ron.

— Tem alguma ideia de quem poderia ser?

— Não faço a mínima ideia. Nada. “B”? Se fosse Vitor ele colocaria o nome como fez outras vezes, mas B? Eu simplesmente não consigo associar a ninguém.

— Alguma outro ex seu ou quem sabe do Harry?

— Meu não. Do Harry? Acho que não. Será alguma fã meio psicopata?

— Não, acho que não. – Ele disse pensando.

— Bom, você está por perto?

— Sim, estou indo ai pra frente e ficarei até a hora que você sair.

— Tudo bem. Obrigada Ron.

— Por nada. Qualquer coisa me avise, estou aqui por perto.

— Ok, obrigada Ron.

 

Desligamos e eu voltei ao trabalho. Dean voltou com o meu lanche não muito tempo depois e ficou na minha sala comigo, conversando enquanto eu comia. Comentei com ele e mostrei o bilhete enviado por “B” a mim e depois de pensar ele disse que também não fazia ideia de quem poderia sim.

Eu sabia que podia confiar neles para fazer o que era necessário e essa semana já estava ficando mais parada, sexta-feira eu trabalharia de onde estivesse com o Harry. Julia me ligou avisando que chegaria na sexta as 10 da noite, então eu poderia passar o dia com o Harry e depois iria buscá-la.

Estava realmente empolgada para que ela viesse e quem sabe também resolvesse ficar em Londres e não voltar mais, seria realmente ótimo. O caso dela era um pouco diferente por causa do visto, mas acho que conseguiríamos ajustar isso. 


Notas Finais


Aaaah que capítulo calminho... hahaha.
Ou Não.
Olha o B ai de novo! :)

Me digam o que acharam suas lindas!
Obrigada mais uma vez!
Aguardo os comentários!

Mil beijos!
J.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...