História Work! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Comedia, Drama, Exo, Jikook, Namjin, Yoonseok
Exibições 109
Palavras 1.672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não vou poder postar na segunda por causa da peça de teatro que eu vou participar e até eu chegar em casa vou estar morto

Capítulo 3 - Mais alfa do que você e mais ômega do que eu


Fanfic / Fanfiction Work! - Capítulo 3 - Mais alfa do que você e mais ômega do que eu

Acordei ouvindo resmungos e choros, era de manhã. Estranhei por ouvir alguns berros e choros, então me levantei só de calça e fui em direção á porta do meu quarto. Que não foi bem uma boa ideia. Dali pude ouvir os gritos e resmungos mais claramente, pertenciam á minha omma e meu appa. Então eu repito novamente, não foi uma boa ideia. Realmente, foi a pior das ideias.

- Nós não o criamos direito! – Berrou meu appa.

- E você acha que eu não sei disso?! –  Berra minha omma.

- É claro que eu sei que você sabe! Apenas estou repetindo para sua informação! – Ele fala alto.

- Da onde já se viu! Um ômega não querer um alfa! Só falta ele namorar ômegas! – Ela berra e eu cerro os punhos.

- Nosso filho tem problemas! Seria muito melhor se seu status fosse de alfa, não ômega! Seoyun nós não o criamos direito, veja o Jin, tem um namorado e já vai casar com ele!  O Yoongi! Já está casado! – Ele berra.

- Está me culpando Sook? – Ela o pergunta alto.

- Não! Não estou meu amor, mas veja você na educação do Jungkook, não esteve muito presente... – Ele diz.

- Era só o que me faltava Sook! – Ela berra.

Eu entro no meu quarto novamente e fecho a porta a trancafiando, vou em direção á ponta da cama e pego meu moletom. O visto e coloco uma bota, arrumo minha mochila e pego meu celular. Isso já não era uma novidade pra mim, mas ainda assim não deixava de me machucar, mas logo não precisaria me preocupar mais com isso. Faço minha higiene matinal e olho para a porta novamente e faço silêncio, ainda conseguia escutar as reclamações sobre mim em formato de berro. Imagino que o Jin e o Yoongi já estão acordados, também ouvindo a gritaria. Tadinho de mim.

Pouco me importa, assim que for independente, não terei que aguentar meu appa, nem minha omma. É só seguir em frente e aguentar o quanto tiver que aguentar e logo depois sair dessa casa. E assim eu espero que seja sinceramente.

Fui em direção á janela e desci por lá mesmo, o resultado foi cair de bunda no chão no final da descida. Mas nada muito grave., não doeu muito. Escondi-me num canteiro para que minha omma não me visse pela janela. Eu pego o meu celular. Pretendia pedir que Tae viesse me buscar mais cedo, senão teria que achar o caminho do colégio sozinho, e eu provavelmente me perderia. 

Jungkook:

Tae vem me buscar.

Tae:

Já tá acordado?

Jungkook:

Com as gritarias da minha omma e appa sim.

Estão reclamando do fato de eu não ser o ômega perfeito.

Tae:

De novo Kookie?

To indo te buscar então.

Não demorou muito para que o Tae chegasse, ele veio correndo e eu o mandei esperar na esquina. Andei discretamente até ele e assim que sai de perto o suficiente da casa, para eles não me verem, me estiquei e dei um sorriso.

- Como é bom respirar oxigênio pela manhã. – Digo sorrindo mostrando meus dentes.

- Não comeu nada? – Pergunta preocupado.

- Preferi não ser assassinado. – O respondo sorridente.

- Então vamos pra minha casa, eu não deixo você ir pra o colégio sem comer nada. – Diz sorrindo e colocando o braço nos meus ombros.

Fomos em direção á sua casa, que era perto do colégio, então não nos atrasaríamos, além de que era cedo demais para ir ao colégio, ele nem deveria ter aberto ainda. Graças á Deus, não aguentaria mais um atraso na minha vida. Assim que chegamos fui recebido pela mãe do Tae, com um sorriso no rosto. A omma dele é tão gentil!

O sorriso dela era reconfortante, eu gostava bastante da família do Taehyung, eles não eram tão tradicionais, e não eram tão rígidos. Se fossem, nem estaria aqui.

- Oi querido, o que te traz aqui? – Ela diz me abraçando.

- A omma e o appa dele. – Tae a responde.

- Ah, sim. Tudo bem com você, querido? – Me pergunta delicada.

- Sim, só é o mesmo de sempre, já me acostumei. – Digo enquanto Tae me empurrava para a cozinha.

Sento-me na cadeira perto do balcão, e encaro as costas do Taehyung. Tae não era maior do que eu e continha cabelos coloridos. Ele tinha um sorriso quadrado fofo, e era meu melhor amigo desde sempre. O conheci naquela mesma escola onde levei um tapa forte do alfa ridículo, mas então depois ele teve de se mudar pra cidade grande... Não o vi desde então, mas quando ganhei um celular voltei á falar com ele. Nós dois éramos zoados, chegava á ser totalmente deprimente. Mas pelo menos estávamos juntos.

- Vai querer o quê? – Me pergunta.

- OVO FRITO! – Quase dou um berro.

Minha omma não me deixa comer ovo frito, porque acha que vou engordar. Muitas vezes eu tenho vontade de mandar ela á merda, mas lembro de que ela é que me sustenta ainda. É deprimente, parece que não posso ser feliz sem ter um enchendo o saco.

- Até parece uma criança! – Diz rindo.

- Diz a pessoa que mal sabe passar uma base. – Digo.

- Como se tu soubesse. – Diz de volta.

- Fui obrigado á saber, pra sua informação. – Digo olhando meus pés.

- Mas á final, o que tem haver o cu com as calças? – Me pergunta.

- Não sei... Desculpe Tae, eu estou nervoso e ansioso. – Eu resmungo.

- Você nervoso? É hoje que eu arranjo um alfa. – Ele diz e me arranca um riso.

Ele pega um prato e coloca o ovo frito nele e coloca na minha frente, depois pega um banquinho e senta na minha frente. Faz uma expressão curiosa e eu começo a comer. Tae era bom em cozinhar, do contrário de mim. Se eu quiser morar sozinho, não vou poder depender de Cup Noodles. Deprimente de novo, bosta de vida. Pelo menos torrada eu já sei fazer, talvez eu possa viver de torrada.

Que cu.

- Diz logo o que aconteceu! – Diz e eu paro de comer.

- Minha omma quer me casar. – Digo e o Tae explode em risada.

- Ah essa é ótima, maravilhosa, bora, diz logo. – Diz sorrindo quadrado e eu o olho sério.

- Isso é sério? – Me pergunta e eu volto á comer. Faço sinal de joinha.

- Puta que lhe pariu de quatro pra um alfa no cio, sua mãe enlouqueceu?? – Pergunta espantado.

- Ela fez a mesma coisa que fez com o Yoongi, uma “reunião de família”. – O respondo entretido no ovo frito.

- Mas o Yoongi casou com o Hoseok por casamento arranjado?? – Me pergunta curioso.

- Não, o Yoongi se rebelou e foi pra casa de um amigo ômega certinho, aí acontece que o ômega certinho tinha um primo, e o primo era o Hoseok. – O respondo novamente.

- Parece uma novela mexicana. – Digo.

- Parece mesmo, gostaria de uma novela mexicana dessas! – Tae diz e eu solto um riso.

(...)

Uma hora depois fomos ao colégio depressa, Taehyung queria me apresentar á dois amigos seus. Chegando lá quase não havia ninguém, talvez por ser muito cedo. Entrando no pátio do colégio avistei dois prováveis alfas, eu parei no meio do caminho e olhei para o Tae. Ele sorriu quadrado e começou a me puxar. Se o Taehyung tentar me desencalhar da areia confortável em que estou não falo uma semana com ele.

Oh que bosta.

- ÔW CAMBADA DE CUZÃO! – Taehyung berra.

Vejo os dois alfas voltarem a sua atenção á nós dois.

O da direita parecia um poste de tão alto e o da esquerda mais parecia um anão de jardim de tão pequeno, eu provavelmente sou maior do que o da esquerda. Acho que se não fosse pelo o cheiro dele eu o confundiria com um ômega. O da direita aparentava ser fortão, enquanto o da esquerda aparentava ser fofinho. Do tipo panda, sabe? Aquele fofinho que dá vontade de guardar num potinho. O alfa maior tinha cara de gangsta, talvez aparentasse ser isso por causa da expressão fechada que ele continha.

Enquanto o menor tinha cara de um filhotinho de panda fofinho que precisa ser protegido, apesar dele ser um alfa, e poder muito bem se proteger sozinho. O menor tinha cabelos cinza e o maior tinha cabelos um tanto esverdeados. O que mais me chamou atenção mesmo foi o alfa pequeno, as bochechas pareciam tão fofas de se apertar!

- A-yow, quem é o novo ômega? – O alfa maior pergunta.

- Meu amiguinho e fiel escravo, Jeon Jungkook! – Tae o responde sorrindo quadrado.

O encaro e vejo soltar um riso, imbecil. 

- Brincadeiras á parte, ele vem estudar aqui. – Diz enquanto tentava me abraçar por trás

- De qualquer forma, bem-vindo. – O alfa menor diz com eyesmile.

Parece um hamster, nem me dá vontade de colocar num potinho.

- É verdade, eu não te apresentei o Jimin nem o Namjoon. – Tae diz.

- Então, deixe-me apresenta-los. Namjoon é um poste abobado com cara de durão, mas mais parece um mel de tão doce do que uma porta. Jimin, nosso anão de jardim, hamster, bolinha fofa, como você preferir, é lindinho de se ver, mas dentre eu Namjoon, Jin é o que tem mente mais poluída. – Ele os apresenta e eu solto um riso desviando minha atenção ao Jimin.

- Não vai me dizer que quando você o viu não achou que fosse um panda fofo? Admita, até nos mesmos achamos. – Namjoon diz.

- Acho que não fosse pelo cheiro dele eu não acharia que ele é um alfa. – Digo rindo.

- Jimin de aparência é mais ômega do que o Jungkook. – Tae diz.

- Eu sei que sou fofo, um hamster, um pandinha, mas vocês não precisam comentar toda hora. – O menor se pronuncia.

- Não confie tanto no que eles dizem, não sou malicioso como os imbecis disseram. No entanto espero que goste do colégio. As pessoas podem ser bastante legais se gostarem de você! – Ele diz. 


Notas Finais


Razão de eu estar postando adiantado tá lá nas primeiras notas! Espero que vocês gostem, se eu tive algum erro de português, desculpe, se quiser dar alguma sugestão minhas portas estão abertas para sugestões! O meu Twitter é @Asaiyko_ e eu tenho uma página de desenhos, aqui o link caso queiram ver: https://www.facebook.com/Minnie0106/

Eu to morrendo de sono, até mais espero que vocês gostem/rt


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...