História World Apart - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Soosun, Sooyoung, Sunny, Taengsic, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yoonhyun, Yulsic, Yuri
Exibições 139
Palavras 3.724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Esporte, Luta, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


TUTS TUTS TUTS TUTS TUTS TUTS QUERO VÊ \o/

EU FICU CUM CA OOOOOOOOOOOOOUTA PENSANDUUU EM VOCÊ


E com isso eu lhes desejo uma boa leitura^^

Capítulo 10 - KrysTae


Fanfic / Fanfiction World Apart - Capítulo 10 - KrysTae

POV Taeyeon

 

 

Pensei muito,mentira,não pensei nem duas vezes,é obvio que eu vou investir na Krystal mesmo sabendo que ela é irmã do capeta em pessoa.Ta,Jessica vai comer o meu cu?Claro,mas posso correr esse risco,alem do mais,ela não é dona da Krystal certo?Certo.Quando Krystal saiu com sua irmã eu voltei para onde meus tios estavam,a gente ficou mais um tempo,pois meu tio Jimin estava indeciso com tudo,por sorte,Jungkook é mais sensato com as coisas e deixou para terminar as compras em outro dia.Quando cheguei em casa só fiz trocar de roupa,coloquei um blusão que eu poderia chamar de camisola e me deitei.Como ainda estava cedo para dormir resolvi chamar Krystal no Kakao,sabe,não sou de ficar enrolando,se eu to afim da pessoa(E sim,eu estou afim dela) não fico fazendo cu doce e espero que ela também não faça.Beleza,mandei mensagem e ela me respondeu alguns minutos depois,ficamos conversando coisas que todos conversam quando estão se conhecendo:Que tipo de musica ela curti,se ela gosta de outro gênero a não ser terror,se ela gosta de esportes,qual é o passatempo favorito dela,cor favorita,se é bolacha ou biscoito...Enfim e o mais importante,se ela tem namorado ou namorada,para minha alegria,ela disse não pros dois,claro que só com isso não daria para tirar conclusões,então perguntei se ela gosta da fruta(Eu odeio fazer esse tipo de pergunta,acho muito grosseiro,mas fazer o quê?Eu não sou vidente) e adivinha?Ela gosta!Como não queria atropelar as coisas,agi como se fosse apenas uma pergunta como todas as outras,continuamos conversando até dá umas duas e meia da madrugada já que nós duas estávamos com sono.

Na manha seguinte acordei por obrigação,meu corpo pedia pela cama e eu até continuaria deitada se eu não tivesse um tio escandaloso.Vesti uma roupa qualquer do meu armário e fui pra escola.A primeira coisa que eu fiz quando cheguei foi conversa com minhas amigas(Tirando a Sunny,é claro) sobre o que aconteceu sexta,elas juraram de pé junto que nenhuma delas fizeram essa armação contra a Sooyoung,acreditei e espero que elas estejam falando a verdade.As três primeiras aulas eu tive com Sunny e Hyoyeon,a gente ficou zoando é claro que só na hora que o professor não passava assunto,pois como já disse,tenho que levar a sério os estudos aqui.No intervalo fui para enfermaria dormir um pouco para não me desconcentrar na aula,os dois últimos horários foi de biologia e  tive com Seohyun,Yoona e Hyoyeon,o professor passou um pequeno trabalho em grupo para fazer ainda na aula,juntou eu Seohyun,Yoona,Hyoyeon e uma garota chamada Momo.Como sou uma ótima amiga,fiz questão de deixar Yoona e Seohyun o mais próximo possível,foi fofo e irritante ao mesmo tempo,fofo porque elas interagindo é tão cute que da vontade de vomitar arco-íris e irritante pois foi uma viadagem da porra para uma puxar assunto com a outra,aliais eu quero fazer uma observação,Momo não tem bunda é a bunda que tem a Momo,eu cheguei até a ficar sem graça quando ela foi se levantar pra pegar o lápis que estava com a Seohyun e a bunda dela ficou quase colada na minha cara,são nesses momentos que eu amo ser baixinha.Depois da aula me despedi das meninas e fui para casa já que ainda estou de “castigo” e tenho que ficar trabalhando na floricultura dos meus tios,almocei o que eles tinham deixado no micro-ondas pra mim e fui tomar um banho,vesti uma calça jeans justa preta e uma blusa cinza folgada,não tava afim de arrumar o cabelo então coloquei um boné preto com a aba pra trás,calcei um tênis qualquer e fui para a floricultura.

Chegando lá meus tios nem deixaram eu cumprimentar a atendente linda que trabalha com eles e já mandaram eu ir pro fundão colocar as plantinhas dentro dos vasos.Isso era só o que eu ia fazer hoje,então tratei de termina o mais rápido que pude.Quando terminei tudo eram umas duas e meia da tarde e como o dia ta bonito mandei uma mensagem para Krystal.

Você:Ta ocupada?

Krystal:To não,pq?

Você:Ta afim de sair?

Krystral:Depende,pra onde?

Você:Depende??

          E se eu disser que é surpresa?

Krystal:Eu não vou^^

Pelo visto,a frieza está no sangue da família....

Você:Ok,você venceu

         Humm...Deixa eu pensar

         Que tal tomar um sorvete,hum?

Krystal:Pode ser,a onde a gente se encontra?

Você:Sabe onde é a floricultura para dias melhores?

Krystal:Sei

            Que horas?

Você:Se possível agora

Krystal:A gente se vê lá então

Bloqueio meu celular e vou lá pra frente conversar com a atendente enquanto Krystal não chegava,quase uma hora depois meu celular vibra.

Krystal:Cadê vc??

Leio a mensagem e bloqueio meu celular de novo.Olho pra fora da floricultura e vejo ela sentada em uma das cadeiras da cafeteria do lado.Vou furtivamente até ela e a pego de surpresa dando um beijo em sua bochecha.

-Que susto!-Ela diz ficando vermelha e rindo me dando um tapa quase sem força em meu ombro.

-Não queria perder essa oportunidade.-Digo sorrindo e sento do lado dela.-Não tem pena de mim não?-Digo a olhando dos pés a cabeça.

-Ham?Como assim?-Ela pergunta totalmente confusa.

-Como você vem me vê tão bonita desse jeito?-Digo fingindo está incrédula mas logo dou um sorriso de orelha a orelha quando a vejo corar com um sorriso toda sem graça.

-Aish...-Ela diz toda desconcertada.Meu deus,como alguém pode ser tão fofa?-Eae,a gente vai ou não tomar sorvete?-Ela pergunta.

-Humm...Depende.-Digo pensativa.

-Depende o quê?-Ela pergunta arqueando uma das sobrancelhas.

-Eu só vou se me der um selinho.-Digo com um sorriso divertido,ela me olha surpresa e envergonhada.

-E se eu não quiser?-Ela diz semicerrando os olhos.

-Eu não vou.-Digo com uma tentativa de eyes-smile,não sou vingativa,só estou provocando mesmo.Ela resmunga me fazendo rir.-Estou brincando Krys.-Digo e acaricio sua bochecha.-Vem.-Seguro em sua mão e me levanto.-Vamo tomar sorvete.-Digo sorrindo e ela retribui também se levantando.-A sorveteria não fica muito longe,apenas alguns minutos daqui.-Digo colocando uma de suas mechas de cabelo atrás de sua orelha,ela assente com um sorriso.Começo a andar ainda segurando em sua mão mas ela continua parada,me viro a ela sem entender.-Que foi Kr- Para minha surpresa ela sela nossos lábios me deixando um pouco atordoada,fecho os olhos aproveitando mais o contato,ela faz menção em se afastar mas antes que isso de fato aconteça seguro em sua nuca e mordo seu lábio inferior pedindo passagem,ela me concede,o beijo é calmo como todo primeiro beijo deve ser,minha mão repousa em sua cintura,ela entrelaça os dedos em volta do meu pescoço,minha outra mão que estava em sua nuca desce para sua cintura a puxando mais para perto de meu corpo,depois de alguns minutos nos separamos lentamente,passo a encará-la com um sorriso bobo,já ela está com um sorrio tímido e suas bochechas levemente coradas.

-Eu vou querer o sorvete mais caro que tiver lá.-Ela diz me fazendo rir.

-Humm...Vou pensar no seu caso.-Dou um rápido selinho em seu lábios e entrelaço nossos dedos.-vamos?-Pergunto.

-Vamo.-Ela diz e assim começamos a andar.Chegamos na esquina e tentamos atravessar a rua mas um louco passa voando por nós quase que nos atropelando.

-BARBEIRO!-Grito pro carro que acabou de passar.-Você ta bem?-Pergunto preocupada para Krystal.

-To sim...-Ela diz um pouco assustada.-Que estranho.

-O que é estranho?-Pergunto.

-Esse carro parece com o da minha mãe...-Ela diz mais pra se mesma do que para mim.

-Deve ser coincidência.

-Deve ser...-Ela diz assentindo.

Depois disso fomos tomar o sorvete e realmente,ela pediu o mais caro que tinha no estabelecimento,foi quase um rombo em minha carteira mas eu comprei de bom grado.Tomamos o sorvete e ela me pediu para andarmos pelo bairro,paramos em um parque familiar e por lá ficamos conversando e trocando algumas caricias,principalmente beijos,nem estávamos nos importando com alguns olhares estranhos direcionados a gente.Lá pelas seis horas chamei um taxi para Krystal,eu queria levá-la até sua casa,mas com eu já disse pra ela,Jessica não gosta muito de mim,sim,ela sabe que estudo com a irmã dela.Demos o ultimo beijo do dia e ela entrou no carro,dei o dinheiro mais que suficiente para o taxista e assim ela partiu para a casa dela.Voltei para a floricultura quase que saltitando cantarolando musicas aleatórias.Depois do expediente voltei pra casa com meus tios,tomei outro banho e coloquei meu pijama,chamei a Krystal no Kakao mas ela não me respondeu.Bom,talvez ela esteja ocupada,sei lá.Desci para o primeiro andar e coloquei um filme para assistir,na metade do mesmo adormeci.

 

                                                ~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Só acordei no dia seguinte e ainda por cima atrasada,troquei de roupa,peguei uma maça e parti para a escola.Minha  sorte foi que o primeiro horário era vago,quer dizer,nem tanto assim...

-TAEYEON!-Sooyoung me grita no refeitório da escola,sua expressão não é a uma das melhores.

-Que foi?-Pergunto rindo do seu desespero ao se aproximar de mim.

- Você é idiota?-Ela segura em meus ombros.

-Ham?Com-

-Espera,vem comigo!-Ela me interrompe segurando em meu pulso,ela me arrasta para cozinha do refeitório.-Acho que aqui você vai está segura...-Ela diz baixinho pra se mesma.

-Segura?Como assim vey?Tu ta cheirando Sooyoung?-Pergunto estranhando seu comportamento.Ela começa a olhar pelo canto da porta,alguns segundos depois ela volta a me olhar.-Vai me responder ou não?

-Você ficou louca?-Ela pergunta ignorando minha pergunta.

-Eu vou ficar se você não me explicar!-Digo irritada.

-Eu que quero explicações,como é que tu fica com a irmã da Jessica vey?!-Ela sussurra exaltada.Sabe quando sua visão escurece por alguns segundos?Pois é,exatamente o que está acontecendo comigo.

-C-c-c-como você sabe?-Meu corpo gela.

-Como eu sei?Eu vi!-Ela diz olhando pros lados.

-Mas contou pra Jessica?-Agora é eu que estou preocupada.

-Não.-Ela diz e um sentimento de alivio invade meu corpo.-Porque ela também viu.-Ai meu coração...-Ta tudo bem?!-Ela pergunta me segurando.

-Eu escuto...

-O quê Taeyeon?!-Ela me balança.

-Uma voizinha...-Digo com um olhar vago.

-O que ela diz?!

-Se fodeo Taeyeon...-Digo com a voz falha.Eu já até consigo ver meus pais chorando no meu enterro...

-É serio Taeyeon!Jessica vai comer o teu couro!-Ela diz.

-Você acha que eu não sei?!-Pergunto franzindo a testa.-Como ela viu Sooyoung?

-Ela seguiu a Krystal junto com a Yuri e eu!

-Como?Eu não vi nenhuma de vocês!-Por que Senhor??Eu sou jovem de mais pra morrer!

-Com o carro da mãe dela!-Ela falando histérica desse jeito só me deixa mais nervosa.,,Pera!

-O carro que tentou atropelar eu e a Krystal!-Aponto pra ela incrédula.

-Ei!Pera aí,ninguém queria matar ninguém,quer dizer,só a Jessica!Mas eu e a Yuri impediu.-Ela se explica revoltada.

-E agora Soo?Quê que eu faço?-Pergunto desesperada.Por que um beijo custa tanto?!

-Fuja para as colinas!-Ela diz sem saber o que falar.

-É serio vey!Que que eu faço?-Ai que vontade de chorar.

-Eu não sei,mas cedo ou mais tarde ela te pegar.-Ela fala passando as mãos nos próprios cabelos.-O melhor a se fazer é dizer que nunca mais vai acontecer.-Essa é a ultima coisa que eu vou fazer.

-Não.-Digo firme.

-Não?Ela vai te matar!-Ela diz sem entender.

-Que se foda!Ela não é dona da Krystal e não vou deixar de ficar com ela só porque a irmã mimada dela não quer!-Digo e ela arregala os olhos.-É isso mesmo que eu vou fazer!-Digo firme,ela aponta pra mim.-Que foi?-Pergunto confusa.

-O-oi Jessica!-Eu me entrego ao senhor!Pode levar,eu deixo.Me viro lentamente pra Jessica que estava atrás de mim.-E-eu encontrei ela pra você!-É assim mesmo,quando o bicho pega ninguém fica pra ajudar.

-Vou deixar você se explicar...-Jessica diz fria com um olhar mortal.Vai Taeyeon,pensa rápido!Já sei!Caio de maduro no chão torcendo para que elas pensem que eu desmaiei.

-Taeyeon!-Isso Sooyoung!Ela segura em meus braços tentando me levantar.-Vem cá Yuri,me ajuda!-Ela diz desesperada.Só não ri Taeyeon,pelo amor de tua vida!

-Calma ai.-Yuri segura em minhas pernas.-Vamo levá-la pra enfermaria.-Não acredito que isso ta funcionando,eu sou muito gênio!-Aish...É pequena mas é pesada.-Yuri reclama.Só vou deixar passar porque estou desmaiada.Elas me levam pra a enfermaria e me colocam em uma maca.

-E gora quê que a gente faz?-Sooyoung pergunta e logo depois o sinal toca indicando o inicio da segunda aula.

-Vocês vão voltar pra aula,Yuri,você vai me dá cobertura lá na sala enquanto eu cuido da anã.-Jessica diz no mesmo tom frio de sempre.

-Você?!-Yuri e Sooyoung dizem juntas em tom de surpresa,concordo com as duas,VOCÊ?!

-Sim,por que?-Só a voz dela me deixa inquieta imagine se eu estivesse de olhos abertos.

-Nada...-Não me deixa aqui sozinha com ela Sooyoung!-E qu-

-Então vai pra aula.-Falando desse jeito até eu ia.

-Ta bom,ta bom...Não faça coisas que você vai se arrepender depois Jessica.-Sooyoung diz,depois de alguns segundos o silencio prevalece na enfermaria.Escuto passos pra lá e pra cá me deixando agoniada e se ela estiver caçando um veneno pra me matar?Não,ela não teria coragem...Ou teria?Os passos cessão e um barulho de água escorrendo se faz presente,nem me atrevo a abrir os olhos mesmo que me coçando de curiosidade.Ela coloca alguma coisa na estante do lado da maca e se senta na maca onde estou,sinto um arrepio em minha nuca ao que sua respiração quente bate em meu pescoço.Meu deus,ela vai me morder!Meu rosto esquenta quando ela se aproxima do meu ouvido me fazendo arrepiar de novo.

-Acorda anã...-Ela diz com uma voz rouca,o estranho é que eu achei extremamente sexy.Não vou “acordar”,isso é um teste!Não vou cair nessa.Ela da um risada e se levanta da maca,meu corpo gela mais ainda,um sensação ruim percorre meu corpo,instantes depois sinto meu corpo ficar molhado,me levanto da cama assustada e caio de mau jeito no chão.-Tu não tava desmaiada anã desgraçada?!-Jessica fala rindo.

-Por que você fez isso Jessica?-Pergunto me levantando.-Pra quê me molhar?-Pergunto irritada.

-Eu só digo uma coisa,fica longe da minha irmã seu projeto de pervertida!-Ela diz seria.

-Vai sonhando garota.-Digo andando para saída da enfermaria mas ela me impede.

-O que você disse?-Ela pergunta segurando no meu braço.

-Eu só vou me afastar se ELA querer.-Digo,solto meu braço e vazo de lá deixando-a a ver navios.Vou mesmo molhada pra sala de aula e lá eu encontro Sunny,que ao perceber minha presença arregala os olhos.

-O que é isso Tae?-Ela pergunta pasma.

-Passei por um tempestade...-Digo me sentando ao lado dela.

-Tempestade?Me explica isso direito Taeyeon!

-Uma tempestade chama Jessica conhece?-Pergunto e ela parece entender um pouco.Com o passar das aulas expliquei o que aconteceu para Suuny,ela teve a mesma reação que a Sooyoung.No refeitório os meus amigos me zoaram pelo que aconteceu,as duas ultimas aulas para minha sorte não tinha a presença de Jessica.Me despedi das meninas e fui para minha casa pra poder tomar um banho.

                                     

                                                                 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

Que ótimo!Por culpa daquela garota fiquei resfriada.Tive que passar dois dias inteiros em cima de uma cama tomando um negocio que o Jimin chama de sopa curandeira mas que ta mais pra uma intoxicação alimentar instantânea.Sunny,Seohyun,Yoona,Hyoyeon e até Sooyoung vieram me visitar,Sooyoung em um momento separado das outras,ela me convidou para uma festa que vai rolar no sábado e pediu para que eu ajude ela com a Sunny,é claro que aceitei.Mas nesses dois últimos dias o que me incomodou mesmo foi o fato da Krystal não ter me respondido,mandei varias mensagens perguntando se estava tudo bem ou qualquer coisa parecida mas ela só visualiza e não respondia e ainda não respondeu.Será que ela só queria ficar?Bom,é isso que vou descobrir hoje.

 

                                                                ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

 

-Soo.

-Fala Tae.

-Você pode fazer um favor pra mim?

-Manda aí!-Ela diz voltando o olhar para mim.

-Tu me mostra onde Jessica mora?-Ela me olha com os olhos arregalados.

-Pra quê?

-Eu quero falar com a Krystal.-Digo e ela me olha meio hesitante.

-Ta bom...-Ela aceita depois de alguns segundos em silencio.-Vai ser bom mesmo...

-Tu ta concordando comigo?-Pergunto e ela assente confusa.-E aquele papo de que Jessica vai me matar?-Pergunto com um sorriso cínico no rosto.

-Até Jessica ta pensando melhor sobre isso..-Ela diz suspirando pesado.

-Jessica?-Ela deve ta zoando com minha cara.

-Depois que Jessica colocou Krystal de castigo,elas nãos tem se falado e mesmo Jessica sendo orgulhosa e tudo a bichinha ta na bad.-Ela explica e agora consigo entender o porque da Krystal não me responder.

-Soo,me responde uma coisa,elas não tem pais não?-Pergunto curiosa.

-Tem mas eles viajam muito,então é com se eles fosse apenas parentes que pagam as coisas pra elas...-Ela fala e da um sorriso triste.-Olha Taeyeon,Jessica parece muito controladora com a Krystal,mas ela só não quer perder a irmã também,entendeu?-Ela pergunta.

-Não...-Eu realmente não consigo entender o porque dela agir assim com a irmã,mas eu não posso me intrometer em assuntos de família dos outros...-Mas respeito.-Dou um sorriso fraco.

-Pelo menos isso.-Ela retribui o sorriso.O resto das aulas foi normal,mesmo tendo aula junto com a Jessica,até porque quando ela me viu deu uma desculpa pra não participar da aula para Juniel.Saí andando pela cidade sendo guiada por Sooyoung,depois de meia hora chegamos na casa da Jessica,perguntei pra ela qual era o quarto de Krystal e ela mesmo sem entender me mostrou,com isso levei Sooyoung na casa dela e fui para minha.Almocei,tomei um banho e fui para a floricultura.Quando voltei pra casa eram umas seis e meia da tarde.Tomei outro banho pois hoje mexi com muita terra,vesti um moletom preto, uma calça jeans azul e um tênis Gucci branco.Disse pros meus tios que ia sair e parti pra casa da Krystal.Quando cheguei eram umas sete e quinze da noite,demorei tanto tempo pra chegar pois passei em um mercado para comprar um caixa de bombom,sabe,quando quero sou romântica.

Passo pela cerca da casa dela sem muitas complicações,rodo a casa chegando ao quintal de trás da mesma,pego algumas pedrinhas no chão e começo a jogar na janela que Sooyoung me disse ser do quarto da Krystal.Depois de alguns pedrinhas serem arremessadas a luz do quarto acende,meu coração acelera,talvez porque eu nunca fiz isso antes.Meu coração acelera mais ainda quando quem sai não é exatamente quem eu queria ver,me escondo em uma moita do jardim e rezo para que Jessica não tenha me visto.Eu não acredito que errei a janela!Quando escuto o barulho de janela fechando resolvo sair de minha moita ainda meio hesitante.Pego mais pedrinhas e vou para a outra janela existente ali.Jogo as pedrinhas e como na ultima,a luz acende mas dessa vez um sorriso bobo se forma em meus lábios quando vejo Krystal olhando pros lados ainda sonolenta.

-Krys!-Sussurro e meio que grito também para chamar sua atenção.

-Taeyeon?-Ela pergunta coçando os olhos varias vezes.

-Quem mais poderia ser?-Digo sorrindo e mesmo de longe da pra ver ela revirar os olhos.

-O que você ta fazendo aqui sua loka?-Ela pergunta sussurrando.

-Posso subir antes de te explicar?-Pergunto.

-Como você vai fazer isso?Já viu a altura que eu estou?

-Posso ou não posso?

-Pode...-Ela diz com um sorriso.

-Ok,segura ai!-Jogo minha mochila e mesmo que um pouco desengonçada ela pega a mesma quase que deixando-a cair.Tomo distancia da casa e corro para mesma,escalo sem dificuldade a parede chegando na janela.-Nem é tão alto.-Digo sorrindo saindo da janela e ela retribui.-Como v- Mais uma vez ela me pega de surpresa selando nossos lábios,mas dessa vez foi só um selinho demorado,tempo o suficiente para que eu possa  abraçar sua cintura e ela laçar o meu pescoço.-Está...-Eu não consigo não ficar com um sorriso bobo estampado na cara quando vejo ela.

-Com uma vontade de te beijar...-Ela diz um pouco corada.-E você?-Pergunta com um sorriso encantador.

-Já eu ainda estou...-Selo nossos lábios e peço passagem com a língua,ela me concede iniciando um beijo calmo mas mais intenso que o nosso primeiro,suas mãos acariciam meus cabelos enquanto eu aperto sua cintura aproximando ainda mais os nossos corpos.Nos separamos alguns minutos depois por falta de ar,ainda com ela em meus braços dou uma olhado em seu quarto,um pouco bagunçado mas que comparado ao meu...-Seu quarto até que é bonito.-Digo brincando e ela me da um leve tapa no ombro.

-Com certeza é muito mais arrumado que o seu!-Ela diz em tom divertido.

-Ta se achando sem nem ter visto meu quarto?-Pergunto.

-Posso imaginar como é.-Ela diz com o nariz empinado se soltando de meus braço e logo depois sentando em sua cama.

-Para o seu conhecimento,meu quarto é muito mais arrumado do que você pensa.-Digo me sentando ao seu lado.-Então nada de ficar se achando viu mocinha?-Toco em seu nariz com meu indicador.

-Duvido muito...-Ela diz passando as pernas por cima das minhas.

-Será que vou ter que te mostrar o meu quarto?-Pergunto com um sorriso malicioso.Ela assente inocente,seguro em seu queixo e selo nossos lábio novamente em um selinho demorado.-Fiquei sabendo que está de castigo...-Digo ao que nos separamos,ela assente e dá um sorriso triste.-Eu não queria que isso acontecesse.

-Não foi sua culpa,além disso,você não me obrigou a nada...-Ela escora a cabeça no meu ombro.

-Mas você e sua irmã estão brigadas por minha causa...-Digo e ela inclina o rosto para mais perto do meu pescoço.

-Quem te falou isso?-Ela pergunta.

-A Sooyoung.

-Bom,a gente estava brigadas mas tudo já se resolveu.-Ela me fita com um sorriso mais alegre.

-Serio?-Pergunto e ela assente me deixando um pouco mais aliviada.

-Jessica me pediu desculpas e agora ta tudo bem.-Ela volta a escorar a cabeça em meu ombro.

-Jessica te pediu desculpas?-Pergunto surpresa e ela da uma risada.

-Minha irmã só é durona por defesa mesmo,mas comigo ela é diferente,apesar de ser um pouco fria é muito carinhosa.-Um sorriso se forma em meu roto ao que ela diz.

-É bom saber.-Digo me ajeitando na cama dela para poder abraçá-la.-Mas você ainda está de castigo?

-Sim.-Ela volta a me fitar.

-Então quer dizer que você não pode conversar comigo via mensagem,né?

-Poder eu posso,mas não tenho mais celular pra isso...-Ela diz meio sem graça.

-Não entendi.-Digo confusa.

-Eu meio que joguei o celular na direção da minha irmã quando estávamos brigando.-Ela diz coçando a nuca.

-Já percebi que a agressividade é de família...-Digo fazendo-a rir.

-E como...-Ela fala rindo.

-É uma pena que você ainda esteja de castigo,eu queria te chamar pra ir em uma festa comigo...-Digo um pouco triste.

-Que dia vai ser?-Ela pergunta.

-Amanhã á noite.

-Fique aqui em casa comigo,minha irmã vai sair amanha de noite também.-Ela fala manhosa.

-Bem que eu gostaria,mas eu tenho que ajudar a Sooyoung com a crush dela.-Digo em tom triste.Eu tenho muito azar mesmo...

-Aah...Então não tem problema,você vem pra cá outro dia.-Ela diz com um sorriso de tirar o fôlego.

-Com certeza eu vou vir.-Digo e selo nossos lábios,mordo seu lábio inferior iniciando um beijo mais feroz,passo minha mão pela sua nuca e a outra livre desço para sua bunda apertando de leve a fazendo arfar  entre o beijo.A gente ficou trocando caricias nada mais forte que apenas alguns beijos no pescoços,conversamos,comemos os bombons que eu trouxe e brincamos uma com a outra até dar umas nove e foi quando me despedi dela para voltar para casa.

 

 

 

 

                                    

 

            

 

 


Notas Finais


NÃO FIQUE ESTRESSADINHA,CALMA AMOR NÃO SE EXPONHA
NÃO FIQUE ESTRESSADINHA,CALMA AMOR NÃO SE EXPONHA
VOCÊ É TIPO PANTUFA
EM CASA É GOSTOSINHA MAS FORA PASSO VERGONHA

TUTS TUTS TUTS TUTS TUTS QUERU VÊ

Pronto parei

Ai ai Taeyeon,foi realmente de proposito essa confusão de janela?O.o
Sei não...

Espero que tenham gostado u.u

Até o próximo capitulo^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...