História World Kawaii - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 9
Palavras 814
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - "Efeito dessa droga em que sou viciada chamada BTS."


Candy on:

Eu estava arrumando o meu quarto por que tinha chamado a CL pra ver as coisas do grupo, e tals.

Meu quarto ta sempre meio bagunçado mais olha, essa semana eu estou de parabéns.

- Cindy!- Gritei- Já acabei de arrumar o meu quarto, pode vir.

- Nossa! Primeira vez que eu vejo o seu quarto assim... Quando eu vim aqui primeira vez você não arrumou o seu quarto assim- Ela disse.

- Ah para, eu tinha doze anos.- Eu disse.

Eu e cindy nos conhecemos quando tinhamos 12 anos, e somos amigas até hoje.

Enfim. Depois disso fomos pra sala, ligamos a smart tv e colocamos no YouTube a musica mais linda da vida, Butterfly!

Coloquei no volume máximo pra mostrar pros vizinhos que não são só eles que podem ouvir música alta.

Fazendo a maior farra, cantando, dançando, gritando, surtando, tudo efeito dessa droga em que eu sou viciada chamada BTS.

Kookie on:

Cheguei no endereço. Obviamente era ali, de umas duas quadras dava pra ouvir Butterfly tocando.

Olhei pela janela e vi a Cindy e a Candy pulando em cima do sofá igual duas malucas, enfim, deixa elas serem felizes.

Acenei pela janela, por que provavelmente elas não iam ouvir a campainha tocar.

Cindy me viu e tentou chamar a candy, não deu certo ela não estava ouvindo, ela tentou cutucar ela mais ela continuava pulando feito louca. E eu só ria de tudo. Então a Cindy agarrou a Candy e começou a sacodir ela e eu não conseguia ouvir nada que ela tava gritando. Eu não conseguia parar de rir.

Então a Cindy começou a procurar alguma coisa. Pegou o controle da tv e pausou a música.

- Pq vc pausou a música na melhor parteeeeee?- Candy gritou.

Ela apontou pra janela.

- Ah, oi kookie!- Ela acenou.

Eu fiquei rindo daquilo por uns cinco minutos.

Entrei na casa e a única coisa que eu consegui ouvir foi um vizinho gritando "Glória a Deus parou essa música! "

Eu só conseguia rir, nem falar eu tava conseguindo.

Depois de uns dez minutos eu consegui parar de rir.

O Jony chegou lá na sala, me deu oi e voltou pro quarto dele.

Fomos até o quarto da Candy.

Sinceramente eu não imaginava que o quarto dela fosse daquele geito.

Eu acho que tinha pepel de parede azul escuro que mal dava pra ver por causa dos pôsteres que iam até o teto. Poster de tudo que era série da Netflix, de vários grupos e bandas, tudo que é artista.
Uma estante enorme de livros, muito grande mesmo.
Sua cama tinha várias almofadas fofas. Vaaaaaaarias canecas de série também. 
Nem parece aquela garotinha que só usa maria chiquinha.

Por isso que eu digo que você nunca conhece uma pessoa até ver o quarto dela.

- Kookie eu vou te apresentar os meus dois amores.- Ela falou- Espera só um pouco ai.

Ela saiu correndo. Demorou uns 5 minutos e ela voltou com um Golden (um cachorro filhote) lindo!

- Kookie, conheça o Tae.- Ela disse apertando o cachorro que até parecia que ele ia morrer.

Depois ela começou a olhar em cima das prateleiras a procura de alguma coisa.

Como ela era muito baixinha ( o que deve ser de família por que o irmão dela também) ela puxou a cadeira que estava encostada na escrivaninha e subiu. De lá de cima pegou um gatinho muito fofo, todo branquinho.

- E ele.... bom eu ainda não dei um nome pra ele. Os dois eu peguei a pouco tempo. O Tae a um mês e esse fofinho aqui a uma semana.- Ela falou deixando o gatinho no chão.

- Então, vamos falar de negócios?- Cindy falou.

- Vamos.- Eu disse.

- Então, nós já temos quase tudo "resolvido" só faltam duas coisas, uma quarta integrante e uma música pra nós fazermos um cover .- A Cindy falou e eu fiquei surpresa, não achei que elas tivessem tanta coisa resolvida assim tão rápido.

- Nossa vocês são bem organizadas, a quanto tempo estão planejando isso?- Perguntei.

Elas se olharam.

- Dois anos.- Elas disseram ao mesmo tempo.

E fiquei literalmente de boca aberta.

- Poxa gente, então esse é realmente o sonho de vocês.- Eu disse.

Elas balançaram a cabeça.

Ficou silêncio por um minuto até que Candy falou:

- Galera eu tenho a solução para um dos nosso problemas. - Ela disse empolgada.

- Qual deles?- Eu perguntei.

- Já sei quem pode ser a nossa quarta integrante. - Candy disse com um sorrisinho olhando pra Cindy.

- Ah não, não, não ela não!- Cindy falou.

- Ela sim!- Candy falou sorrindo mais ainda.

- Não ela é muito chata. - Cindy retrucou.

Fiquei me perguntando de quem elas estavam falando.

- Será que vocês podem dizer de quem estão falando?- Perguntei.

- Não, eu quero fazer uma surpresa.- Candy disse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...