História World of the undead - A esperança - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Resident Evil, The Walking Dead
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Matsuri, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, Pein, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yakumo Kurama, Yamato, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Gaaino, Gaara, Hinata, Ino, Kurama, Naruhina, Naruto, Neji, Nejten, Sai, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Shikamaru, Shikatama, Temari, Tenten
Exibições 68
Palavras 2.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


QUEM É VIVO SEMPRE APARECE NÃO É MESMO MINHAS CRIA?

Booom, eu demorei mais para postar pq estou criando outra fic ( ainda não foi postada ) e eu preciso equilibrar o tempo da escrita para ambas as histórias, e tbm tenho a escola ( QUE VAI ACABAR SEMANA QUE VEM CARALHOOOOO ) Tus tus tus tus

Booom, gente vou ser sincera com outra coisa, estou com problemas de imaginação pois minha amiga que me ajudava, eu acabei perdendo contato, por isso se você, Ray, estiver lendo isso me chame no pv pois estou sem whats e lembre-se que meu e-mail está com problemas de privacidade ¬¬


E esse capítulo é dedicado a Tia-Roh, muito obrigado por todas aquelas palavras gentis, eu realmente precisava..

Capítulo 8 - Esperança part. 2


Os minutos se passavam com lentidão, minutos pareciam horas, segundos pareciam minutos e horas pareceriam dias.. 

 O tempo é realmente muito lento para aqueles que tem pressa.

 - Acha que eles irão volta, amor?- A voz irritante se fez presente nos ouvidos de Itachi. 

 - Eu não acho, eu tenho certeza.- Falou de modo frio, então virou-se para garota com nojo. - E eu não sou seu amor, Kayori.- Falou de modo irritado. 

Kayori por outro lado viu como uma diversão, e já que estava ali, por que não irrita-ló um pouco?? Pensava Kayori.

 - Qualé Itachi, dois dias sem sinal deles.- Começou ela novamente. - E sem contar que, Akane, foi a primeira a perde contato conosco.- Falou de modo maligno, Itachi realmente se deixou levar por essas palavras.

 - E se a vadia estiver morta?- Ela falou num tom de divertimento.

 - A única vadia que tem aqui, querida. - Começou uma voz irritada. - É você!

 Ambos se viraram para trás vendo a dona da voz.

 - Não creio!- Falou Kayori. - O que faz qui, Matsuri?- Falou a mesma com repugnância. 

 - Vim ver como está nosso líder, porém, vejo que ele está com vadias no pé dele.- Ela começou. 

 - Cheguei primeiro.- Ela falou com sarcasmo causando repugnância em Itachi.

 Itachi olhou pra Matsuri de forma desesperada e a mesma entendeu, na hora. 

 - Você chegou primeiro?- Perguntou Matsuri com ironia. 

 - Desde muito tempo.- A mesma falou com um sorriso. 

 - É mesmo?- Matsuri queria rir com ambas as respostas dela. 

 - Garota!- Kayori falou sem paciência. - Onde quer chegar?

 - Só acho estranho, você ter chegado primeiro..- Começou Matsuri. - Sendo que há duas semanas você pegou Itachi-sama no flagra agarradinho com Akane-san.- Disse a mesma em tom divertido pela reação de Kayori. 

 - Ela é só mais uma vadia que ele pega, oras.- Ela falou.

 Aquela foi a gota d'água para ele, Itachi rapidamente pega Kayori pelo pescoço a prensando na parede. Lentamente ele foi há estendendo no ar, pelo pescoço.

 - Se você tiver amor pela vida medíocre que tem..- Ele sussurrou no ouvido dela. -Acho melhor não xinga-lá, nunca mais.- 

Aperto a mão que segurava o pescoço dela para que a mesma soubesse que estava falando sério.

 - Eu.. Eu.. Não.. Eu..- Ela tentava falar, porém, o ar que lhe faltava, não deixava dizer nada. 

 - Itachi-sama!- Matsuri Falou de olhos esbugalhados. 

 - Estamos entendido, querida?- Falou entre dentes.

 - Eu.. Não... Não..- Ela tentava empurrar Itachi, porém, suas forças estava indo embora, aos poucos, mais estava. 

 - Estamos entendido?- Ele apertou seu pescoço com mais força. 

 - Si.. Sim..- Itachi a soltou de forma brusca, fazendo ela cair sentada.

 - Some daqui.- Itachi falou com ódio. 

 O que eu faço sem Akane aqui, para me acalmar? Pensava Itachi. 

 Kayori então se pôs a correr, gritando algo inaudível para Itachi e Matsuri.

 - Ei.- Matsuri começou. - Eles estão bem.- Ela falou para si mesma do que para ele. - Eles estão bem.- Repetiu, agora, com insegurança. 

 - Eles estão bem?- Ela, então, perguntou.

 - Eu não sei.- Itachi disse num suspiro. - Eu não sei.

 Onde vocês estão? Pensou Itachi 

 - Diga a Shisui para não sair do ponto de encontro até que ele voltem.- Itachi ordenou de maneira fria.

 - Sim senhor. 

 - Temos de ter esperança. 


 [.....]


 - Naruto cala a boca!- Temari falou estressada. 

 - Ele tem razão, Temari.- Tenten falou contra gosto. 

 - Eu sei que ele tem razão.- Ela quase gritou de raiva. - Não vamos abandona-los.- Disse para os jovens.

 - Como iremos fazer?- Ino perguntou aflita.

 - Geralmente Akane é quem sabe o que fazer.- Temari falou. 

 - Porém, ela não está aqui.- Gaara completou a frase travada na garganta das garotas. 

 - Estamos por conta própria?- Perguntou Sarada.

 - Sim.- Deidara falou contra gosto. 

Qualé Akane, se Itachi pensar que está morta, ele irá te buscar no inferno.. Pensou Deidara

 - O qu-que faremos?- Hinata falou com medo. 

 - Iremos atrás de Sakura e Akane.- Falou Sasori.

 - Precisamos de um plano.- Kurama completou. 

 - Não me diga.- Karin falou revirando os olhos. 

 - Na verdade, a gente precisa de uma equipe.- Naruto falou. 

 - Uma equipe unida.- Hinata completou.

 - E o nosso plano.- Ino continuou. 

- Tem que ser perfeito.- Gaara falou.

 - Se não, a gente pode morrer.- Temari falou.

 - Eu tenho uma ideia.- Sarada disse animada.

 - Não seguiremos suas ideias, criança.- Karin falou com repugnância. 

 - Escute-a Karin.- Sasuke falou. 

 - Perda de tempo.- Falou a mesma.

 - Diga Sarada.- Sasuke falou se abaixando, ficando na altura dela.

 Quando Sarada explicou o seu plano para aqueles jovens, todos acharam loucura, porém, era o único plano.

 - Certo.- Temari falou quando terminou sua estratégia. - Podemos começar. 

 - Estou com medo.- Hinata sussurrou para Naruto. 

 - Tenha esperança, minha linda.- Ele disse num tom de segurança. - Fique perto de mim e eu te protejo.- Ele disse depositando um beijo na testas ela.

 - Tudo bem. 


 [.....]


 O cheiro de odor era insuportável, as goteiras no canto da parede faziam barulhos e Akane estava tão machucada que não tinha forças para se levantar.

 Sakura estava ao seu lado, com lágrimas nos olhos, porém, não deixaria nenhuma cair.

 - Akane..- Ela chamou tão baixo, quase, inaudível.

 - Eu ainda estou aqui, Sakura.- Ela falou. - Não se preocupe. 

 - Eu estou tão cansada.- Sakura falou tentando se mexer, porém, as dores eram maiores. 

 - Vai ficar tudo bem.- Akane tentou passar segurança. - Eu tenho que te proteger.- Akane virou-se de brusco com dificuldade, ela colocou seus pulsos no chão e colocou forças, para se levantar.

 - Meu trabalho é te proteger.- Akane falou, um barulho foi ouvido e a porta foi aberta. E da escuridão, saiu Kabuto. 

- Se seu trabalho era protegê-lá.- Ele começou caminhando lentamente na direção de Akane. - Sinto lhe informar..- Ele colocou o pé encima das Costa de Akane. - Que você falhou miseravelmente.- Então, pôs força em seu pé, fazendo com que Akane caisse. 

- Sakura..- Akane chamou.

 - Eu sei.- Sakura falou, então, mesmo com dor, ela deu um sorriso macabro. 

 Akane virou bruscamente, causando espanto em Kabuto. Sakura levantou rapidamente, dando um chute no estômago de Kabuto, o mesmo cambaleou com dificuldade. Akane levantou com rapidez, e correu em direção em Kabuto dando um soco em sua mandíbula.

 - Vá pro inferno!- Akane cuspiu em seu rosto e logo depois pisou na cara dele. 

 E pisou novamente.

 E novamente.

 E novamente. 

E mais duas vezes. 

 - Akane, chega!- Sakura empurrou Akane para o lado e quando olhou para Kabuto viu seu rosto deformado e cheio de sangue. 

 Assim que parou Akane sentiu toda a dor de se mover tão bruscamente. 

 - Vamos.- Disse Akane pegando ela pela mão e se pôs a correr, atravessando a porta e dando de cara com um corredor extenso com muitas portas. 

 - Por quanto tempo ficamos aqui?- Sakura perguntou enquanto abria cada porta.

 - Não sei.- Akane respondeu quando fechou uma porta. - Passei há maioria do tempo desacordado, lembra?- Ela olhou para Sakura. 

 - Talvez dois? Três dias?? Eu já nem sei.- Sakura falou. - Perdi a conta depois de 26 horas.- Ela falou. 

 - Muito tempo..- Akane pensou e quando a realidade bateu na porta, Akane esbugalhou os olhos. 

- Merda! 

 - O que foi?- Ela perguntou quando viu Akane correr. 

 - Eles irão atacar!- Akane pareceu aflita. - Eles tentarão nos salvar!

 - Isso é problema! 

 - Um enorme problema.


 [....] 


 O nascer do sol era realmente muito lindo, quem olhava pensava que era mais uma manhã calma no dia de domingo, em que crianças aguardavam cedo para brincar nas ruas calmas..

 Quem dera isso fosse verdade.. Pensou o Moreno. 

 A realidade agora era outra.

 Agora o pensamento não era mais em minis-crianças-diabinhas e sim nos ataques bioterrorista e como sobreviver mais um dia de dor e sofrimento.

 - Neji.- Shizune chamou. 

 - Eu já estou indo.- Neji falou num suspiro. - Tenho esperança que você esteja bem, Hinata.- Ele falou espremendo os olhos. 

 - Você nunca me falou.- Shizune começou quando parou ao lado de Neji. - Como tudo aconteceu, como foi que se separou de sua prima e amigos.

 Ela tinha razão. Era doloroso demais para Neji.

 - Foi há muitos anos.- Neji começou. - Era um dia normal de escola em que adolescentes riquinhos e cheios de si se achavam os maiorais.- 

Ele fechou os olhos com força se lembrando de tudo.

 Quatro anos e três meses antes..

 - Shikamaru se você dormi de novo eu quebro todos os seus dentes.- Disse Neji exaltado.

 - Credo Neji, que mal-humor.- Shikamaru falou num bocejo. - O que houve? 

 - Vai pra merda!- Gritou Neji, chamando atenção dos demais alunos. 

- É a quinta vez que eu te explico isso. 

 - Tudo bem, tudo bem..- Shikamaru falou revirando os olhos.

 - Eu vou te escutar no intervalo, porém, agora não. A aula já vai começar.- Ele mau terminou de falar e o sinal bateu indicando o começo da aula.  

Alguns minutos depois. 

 - SANTO DEUS! ALGUÉM ME AJUDE!!- Alguém gritou no corredor fazendo com que os alunos ficassem alarmados. 

O que estava acontecendo? Pensava Neji.

 A porta foi aberta bruscamente por uma aluna. 

 - Os alunos enlouqueceram! Eles estão se comendo e estão matando a todos.- Ela gritou. - Eles viraram canibais. 

 Ela mal terminou de falar e um aluno do terceiro ano há pegou pelos cabelos e mordeu seu pescoço há fazendo espirrar sangue para todo lado.  

Os alunos levantaram assustados, não sabiam o que fazer.. 

 - Que porra é essa?- Neji falou com os olhos esbugalhados.

 - Neji corre!- Shikamaru gritou assim que viu mais dois entrarem pela porta, para sorte daqueles jovens, existia uma segunda porta naquela sala. 

 A detenção. 

 Assim que ambos passaram por aquela porta, eles fecharam com brutalidade e colocaram mesas e cadeiras em frente a porta e Neji por segurança trancou a porta.

 - O que eram aquelas porcarias?- Shikamaru falou nervoso.

 - Eu não sei e nem quero saber.- Neji falou com tremor.

 - Temos que sair daqui.

 - Como gênio?- Shikamaru falou irritado. 

 Neji olhou para todos os lados, nada. 

 Para o chão, nada.

 E quando Neji olhou para cima deu um sorriso.

 - Oras, vamos pelo óbvio.- Neji falou olhando Shikamaru. - Pelas tubulações. 

 Shikamaru olhou para cima e sorriu para Neji.

 - Já disse que você é um gênio?

 - Vamos logo.- Neji falou revirando os olhos. 

 Shikamaru pegou uma carteira para poderem chegar na entrada da tubulação

. - Neji..- Shikamaru o chamou quando abriu a pequena porta da tubulação. - O que acha que são aquelas coisas?

 Neji ainda não pensou nisso, já que o mesmo estava ocupado olhando a janela. 

- Sinceramente? Parecem aqueles monstros que a famosa Umbrella criou para atacar a Europa.- Disse colocando o dedo mindinho na boca. - Eu realmente não sei, o que aqueles monstros são capazes de fazer. 

 - Seu pai não trabalhava para eles?- Shikamaru perguntou enquanto entrava na tubulação. - Vamos Neji. 

 - Vamos.- Neji então pulou encima da carteira e pulou novamente para chegar na entrada. - Voltando ao assunto, sim meu pai trabalhava para eles, porém, ele trabalha paras empresas daqui de Tóquio.- Neji começou quando entrou na tubulação. - A empresa que criou os monstros, foi dos Estados Unidos.

 - Que estranho.. 

 - O que é estranho? 

 - Esse barulho..- Assim que ambos se calaram ouviram um som estridente, algo vindo do céu. 

 - Isso é... 

- Um helicóptero. 

 Impossível, pensou Neji. 

 - Ora, Ora, Ora.. O que temos aqui!- Uma grossa começou no eco da tubulação. 

 E assim que olharam depararam com um homem.

 - Quem é você? 

 - Eu? Eu não sou ninguém que interessa a você. 

 Então, o radio que estava na cintura do garoto, ligou.

 " - Temos que ir, meninos. " 

A voz que saía do radio parecia irritado.

 " - Não achei sobreviventes. "

Uma segunda voz foi ouvida.

 " - Gaara? " 

 Gaara olhou para aqueles dois jovens, realmente não queria que ele tivessem o mesmo destino que eles. 

" - Gaara?? "

 " - Não Sasuke. "

 [.....] 

 Atualmente.. 

 - Naruto tome cuidado. 

 - Eu sempre tomo, Sasuke. 

 E antes que o moreno falasse mais alguma coisa, o loiro entrou naquela sala de câmeras de segurança.

 - Só vou perguntar uma vez.- O loiro começou. - Onde está Akane e Sakura? 

Sem que o loiro visse todos os três seguranças caíram, mortos.

 - Bem aqui, mané.- Akane surgiu das sombras. 

 - Isso foi divertido.- Sakura saiu das sombras rindo de um segurança que tentou ataca-lá. 

 - Deus!- Naruto murmurou quando viu Sakura cheia de sangue.  


Notas Finais


Geeeeenteeeee, desculpem os erros não tive tempo de revisa-ló.. E outra coisa o Sprint está uma merda para postar! Não sei o que houve, não sei se é só no meu aplicativo mas está uma merda.

Boom, gente, quem tiver alguma ideia me chamem no pv.. Me perdoem a demora.. E só pra avisar.. Os capítulos, por enquanto, estão sem data para serem postado.. Bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...