História Worlds Collide - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Caçada
Visualizações 1
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Sonho


Assim que o loiro abriu os olhos pôde ver dentro de uma casa de uma época perto de 1500. 

"Onde estou?" 

Seu corpo flutuava próximo ao chão quando ergueu o rosto para encarar um garoto sentado encarando a parede com um olhar neutro, sem expressão alguma, suas roupas mostravam ser da realeza. 

-Dan? -Perguntou uma criada se aproximando dele. -Está tudo bem? 

-Está. 

-Bom, seus pais o esperam para ir até a igreja... 

-Não irei. 

-Mas, Dan, se não for eu irei apanhar e...

-Eu resolvo isso. -O garoto moveu apenas os olhos, fazendo a empregada estremecer. -Fica calada. -Ele se levantou de sua cama e saiu do quarto. 

Kenny franziu o cenho com a reação da criança decidindo seguí-lo.

-Oh, lá está ele. -Disse um homem bem vestido abraçando no ombro um outro rapaz. -Quero que conheça o ministro, sabe como é né? Fará bem ao seu futuro e hoje ele nos contará sua grande façanha após a igreja!

-Eu não vou. -Disse o menor, ainda sem expressão. 

-O que você disse? -Perguntou o homem, furioso. -Eu ouvi direito? 

-Dan por favor... -começou a mulher, sua mãe provavelmente, mas foi interrompida pela mão de seu marido. -Está de castigo. E no pior local, depois conversaremos. 

O garoto foi jogado em uma cela no porão da casa, preso em correntes que continham agulhas perfurando a cada segundo que permanência no local. 

-Agora irá aprender o seu lugar. 

-Eu vou me vingar... -Disse o garoto, ainda neutro. -Vou me vingar de todos vocês...

Já havia se passado duas horas e Kenny estava impaciente, queria saber onde estava, mas seu pensamento foi cortado quando pôde ver uma poça de sangue abaixo do garoto, entrando em total desespero achando que poderia ajudá-lo... Foi ao contrário, ele murmurava algo encarando o chão com os olhos sem piscar totalmente fixos até começar a rir alto, parecia estar louco...

-Eu vou destruir vocês... Eu irei matar vocês... Eu irei... Como irei... -O garoto abriu um largo sorriso psicótico movendo os braços. -Meu ódio, minha Ira... vai mover dimensões e em todos os locais irei matá-los!!!!! -As agulhas perfuravam mais os braços do garoto. 

"Pare... isso vai te matar...", Kenny ficava mais preocupado a cada surto que o garoto dava. 

De repente o garoto parou de se mover, ficando inerte no pulmão ou movimentações nervosas do corpo quando seu pai havia retornado abrindo a cela. 

-Tsc, se suícidou né? Moleque inútil... 

O garoto abria outro sorriso largo, apertou as mãos e puxou com uma força acima do normal assustando seu pai que caia ao chão. 

-É do demônio! 

-Sim... Eu sou um demônio! 

-Dan precisa de exorcismo!

O menor pegava o pulso de seu pai, murmurando para que somente ele pudesse ouvir: 

-Você está de castigo, pai. 

Os olhos amendontrados do maior viram seu braço se tornar puro pó junto do resto do seu corpo, assim Dan começou a rir e Kenny acompanhou o garoto destruir a cidade com simples movimento com as mãos ou palavras. Em plena chamas, gritos Dan se virou na direção do loiro, sorrindo e ergueu o rosto, gritando: 

-Eu sou o primeiro líder! Élice! -De repente uma imensa cobra surgia atrás dele, preta de olhos vermelhos. -Sou o Senhor da Ira! -Ele começou a rir alto. 

"Meu avô é louco assim?", perguntou Kenny perplexo, quando o garoto se tornou em adulto, os cabelos negros, o corpo bem definido e o sorriso ainda maléfico. 

-A ira não é a loucura... É o ódio, no coração. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...