História Would you be less irresistible - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Tiffany, Yuri
Tags Yulti
Visualizações 44
Palavras 1.507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Festa, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nada a declarar...

Capítulo 10 - Isso não pode tá acontecendo.


Fanfic / Fanfiction Would you be less irresistible - Capítulo 10 - Isso não pode tá acontecendo.


Yuri


- Amor, e-eu, eu posso explicar! - Tiffany disse desesperada.

- Então explica Stephanie, se não eu sumo de verdade. O que diabos eu não posso saber? Huh? Falem porra! - disse alterada já com a situação.

- Yuri é meio complicado... - Yoona se manisfestou.

- Cala a droga da boca, Yoona! Quero ouvir dela! - disse olhando raivosa pra Tiffany que estava a ponto de chorar.


Tiffany ia começar a falar até que sinto uma presença atrás de mim, que passa e se aproxima dela.


- Nichkhun? O que faz aqui? O que esse puto faz na droga do nosso dormitório? - disse segurando o choro me preparando pro pior. 

Yoona e Tiffany ficaram sem palavras. Pareciam pálidas e isso pra mim só afirmou o que eu pensava.

- Ora, ora, Yuri. Fany não te contou? Estamos namorando! Oficialmente! - Nichkhun disse com um sorriso diabólico no rosto e abraçando Tiffany de lado, que pareciam sem ação.

- Seu babaca! Isso é mentira! MENTIRA! Stephanie me diz que é mentira! - disse ainda segurando o choro, não queria mostrar fraqueza perante esses idiotas. 


Esperei, esperei, ele sussurou coisas no ouvido dela e mantinha sua mão nas costas dela, e ela ficou em silêncio.


- Tudo bem, Stephanie. Já entendi. Seja feliz, você e esse PUTO! - gritei e sai correndo sem olhar pra trás.



Corri e peguei o primeiro elevador que vi, e destinei para a garagem da SM.

Assim que a porta do elevador abriu, busquei meu carro na vaga dele com o coração doendo muito, assim que o achei, vi uma figura muito conhecida por mim, agachada, chorando ali... Era Jessica.


Fiquei segundos em pé de frente pra ela e ela ainda não havia notado minha presença, me abaixei e a chamei, seu rosto estava tomado por lágrimas, ela parecia realmente mal.


- Hey, Sica o que houve? - mesmo mal, eu sempre me preocupo com o próximo.

- Não quero te incomodar, Yuri. - ela disse levantando e saindo do caminho do carro quando a puxei e nos aproximamos. 

- Fala, o que houve Jessica? - insisti e ela tentava segurar o choro.

- Meu pai sofreu um acidente e corre risco de vida! Ele está muito mal, e já te disse como eu e meu pai somos próximos! - 

Procurei em seu olhar algum sinal de mentira ou algo relativo mas só consegui ver dor no seu olhar. Jessica realmente ama muito o pai.

Não esperei mais um segundo e a abracei forte, e ela caiu no choro novamente e eu também. Meu coração doía e o dela também.


Depois de segundos abraçadas, o choro dela diminuiu, e ela tentou inutilmente limpar seu rosto. Ela sorriu fraco e me agradeceu pela ajuda.


- Vai fazer o que agora, Jessica? 

- Vou pra casa, preciso pegar uns documentos do meu pai, pra levar a minha mãe no hospital, só que meu carro está em casa, você poderia me levar em casa? - pediu tímida, o que era raro de ver Jessica assim.

- Tudo bem, Sica, entra aí. 


Ela entrou no carro, colocou o cinto e ligou em uma rádio com músicas populares. 

Manobrei o carro e assim que fiz a curva pra saída, vi a figura de Tiffany correndo no Estacionamento, ela vê meu carro fica aliviada mas vejo seu sorriso morrer quando vê Jessica dentro do carro, meu coração doía só de ve-la, então pisei forte no acelerador e corri dali.


Cerca de vinte minutos depois, chegamos na casa de Jessica e ela agradeceu, pedindo permissão pra me abraçar, nos abraçamos e ela saiu.


Corri pra casa que tinha fora do dormitório, e assim que cheguei, tranquei a porta e me joguei no sofá, e chorei, chorei muito.

Isso não poderia ser verdade.

Tiffany e Nichkhun?

Por que?

O que eu fiz pra merecer isso?

Isso não vai ficar assim Tiffany.

Eu me entreguei pra você.

Isso não vai ficar assim mesmo



Horas depois..



Acordei com meu celular tocando muito mas quando fui atender já tinha dado chamada perdida.

Levantei, fui ao banheiro lavar meu rosto e voltei ao sofá e aí percebi que tinha caído no sono enquanto chorava.

Já eram 22h57.


Peguei meu celular e haviam várias notificações de meus fãs e várias mensagens das meninas:


Seobaby:

Unnie, como você está? Quero saber como está? Precisa de algo? Estou aqui!

Yoong:

Yuri,por favor, precisamos conversar! Yuri, você precisa nos ouvir! 

Soo-Girafa:

Yul, cadê você? Estou com saudades!

Yureeeee

Yuriiii

Hyo:

Preta safada, cadê você? Huh? 

Me abandonou na nossa folga da bebida

Decepcionada!

Aparece

Taeng:

Yuri? Cadê tu, mulher?

Tu soma na folga da bebida pow!

Já estamos bebendo e Hyoyeon tá perdendo pra mim dessa vez!

E tu não tá aqui!


Apesar de ter ciúmes da TaeYeon com a ... Com ela, Tae é muito engraçada e só elas pra me fazerem rir.


Baby Ny: (é a Tiffany)

Yuri, pelo amor de Deus, vamos conversar. 

Por favor, por favor Yuri! 


Fechei minha conversa com ela e abri outra, meu coração ainda doía.


Sunny Bunny:

Kwon Yuri

Eu preciso te ver

Onde você está?

13 chamadas perdidas de Sunny Bunny.


Ia responder Sunny quando vi uma outras mensagem..



Jessi:

Yul, muito obrigada por tudo!

Vim ver meu pai e entregar os documentos.

Ele já ficou consciente o que já é muito bom.

Estou um pouco aliviada. 

Te senti mal e as meninas me contaram o que aconteceu... Quer sair pra lanchar? 

Juro que não vou te embebedar ou dar em cima de você, rs.

Mensagem enviada há cinco minutos


Que mal tem?


Yuri:


Tudo bem então.

Onde vamos nos encontrar?


Jessi:


Wow, Kwon Yuri me dando a honra de sair com ela? 

Daqui a vinte minutos no Mc Donalds perto da SM? 


Yuri:


Okay Jung, te encontro lá.




Exatamente vinte minutos depois, eu estava na porta do Fast-Food. E alguns fãs me reconheceram e vieram falar comigo, e eu me distraí com a presença deles, a maioria dos fãs são maravilhosos. Ouvi o grito estérico de alguns dele e percebi que Jessica havia chego e eles ficaram ainda mais animados, tirando mais fotos com nós duas.

Nos despedimos deles e entramos no estabelecimento, fizemos nosso pedido e enquanto esperávamos, ficamos conversando e o que achei incrível é que em momento algum, Jessica deu em cima de mim, cumpriu o que disse. 

Na estabelecimento, começou a passar nosso clipe, Mr.Mr, e todas as partes que eu parecia, Jessica me fazia rir fazendo reações de fangirl

Yuri-ah está tão linda

Aaaah, Yuri Unnie maravilhosa

Como ela está linda

Aaaahhhhhhhh


E isso por mais bobo que seja me arrancou boas risadas. E Nosso lanche ficou pronto e comemos em meio a brincadeira e risadas. Ela estava me distraindo.


Quando terminamos de lanchar, pegamos um sorvete e eu infelizmente teria que voltar ao dormitório porque amanhã começa os ensaios pro comeback.


Entramos em silêncio no dormitório e eu já não me senti bem ali. Jessica se despediu de mim com um abraço e entrou no seu quarto e eu fui pro meu. 

Assim que fui abrir a porta, o quarto estava trancado, puta merda! E eu estava sem a chave. Pensei, pensei. Pensei até em dormir no sofá mas não queria esbarrar com Tiffany. Só me restou uma opção, quarto da Jessica.


Com vergonha, bati na porta e esperei.


- ... quem ousas bater na minha porta essa hora? - ela disse meio sonolenta e se espantou por me ver ali. - Yuri? O que houve?

- Bem é que.. Hyoyeon e Seohyun trancaram o quarto e eu esqueci a chave em casa. Posso passar essa noite aqui? - perguntei envergonhada e ela riu baixinho.

- Pode sim, deu sorte que TaeYeon está dormindo na casa dos pais hoje, vem entre.


Assim que passei pela porta, ela fechou. 

O quarto delas era bem organizado, grande e limpo, tinha duas cama de casal, com uma distância entre elas e Jessica pulou na cama que deduzi ser dela.


- Meu closet é esse da esquerda, pegue o que quiser pra dormir, e essa cama daí é da TaeYeon. - disse meio sonolenta e com o olhar ficou me observando me movimentar.


Assim que dei na cama, ela simplesmente fechou os olhos. Mesmo caindo de sono, ela me esperou... Isso é.. fofo.

Não demorou muito, eu caí no sono também.



Tiffany


Minha noite foi horrível!

Horrível!

Sem Yuri aqui foi horrível.

Não teve como desmentir Nichkhun na cara dela pois ele estava com uma arma nas minhas costas, pronto pra atirar se eu o desmentisse. 

Apesar da arma está nas minhas costas, meu medo foi ele atirar nelas. Não aceitaria perder o amor da minha vida e minha melhor amiga no mesmo dia.

Demorei muito pra dormir.

O que me deixou nervosa, foi que lembrei que hoje começa os ensaios pro comeback. Ou seja, Yuri está aqui... E sei que está com muita raiva de mim.

Onde será que ela dormiu?


Fui ao banheiro, lavei meu rosto e vi que o quarto estava vazio, Yoona já levantou.

Sai do quarto no silêncio e vi Sunny sair também, me desejou bom dia. 

Até que ouvi vozes no quarto da Jessica.


- YURI-AH NAO FOGE DE MIM. 

Yuri? No quarto da Jessica?

É o que?

- SAI JESSICA SUA FANGIRL LOUCA! - ouvi a voz de Yuri e meu coração doeu. E logo em seguida, ouvi a risada das duas e a porta sendo aberta.


Elas saíram brincando e não tinham nos visto. Jessica pulou nas costas de Yuri e a mesma riu indo pra cozinha.


Sunny me olhou incrédula e eu não estava diferente.


Isso não pode tá acontecendo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...