História Would you like some coffee? - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren
Exibições 236
Palavras 3.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa os erros e boa leitura <3

Capítulo 16 - 16


POV Normani

Eu estava na casa de Dinah esperando ela terminar de se arrumar para irmos comemorar com as meninas o contrato de Lauren, eu estava feliz pela minha amiga, ela sempre sonhou com isso e agora estava conseguindo concretizar seus desejos.

- Dinah, rápido! – bati na porta do closet na qual se encontrava fechada e só ouvi resmungos dela. Admito que não sou a mulher mais rápida para se arrumar, mas Dinah me ganha nesse quesito... Apesar de que no final ela quase me mata do coração com toda aquela beleza.

- Vira de costas amor – ela gritou lá de dentro e eu apenas obedeci suas ordem. Ouvi a porta destrancando e logo me virei para fitar a mulher que eu amo.

- Minha nossa senhora das calcinhas, você está linda DJ – vi suas bochechas ficarem vermelhar e eu apenas sorri indo em direção a ela e passando meus braços pelo seu pescoço sentindo seu doce perfume – eu espero que ninguém bote os olhos em você – dei um selinho nela e me afastei pegando meu celular e carteira.

- Mani – me virei para fita-la que me encarava com um sorriso malicioso no rosto – eu já disse que é a mulher mais linda que já vi?

- Sinceramente? Já amor – entrelacei seus dedos nos meus e descemos as escadas nos despedindo dos pais dela e então indo em direção ao carro para irmos até a casa de Vero, já que tínhamos combinado de nos encontrarmos lá.

POV Ally                                                    

- Tem certeza que não quer ir Troy?

- Tenho amor, é uma noite entre vocês garotas, aproveita.

- Que fofo você – dei um selinho nele e então saí do carro acenando para ele. Eu tinha passado a tarde na casa dele e tinha aproveitado para me arrumar lá também para o que Vero tinha planejado, ela só tinha falado que era para estarmos arrasando, e segundo Troy eu seria a garota mais linda da noite, eu amava seu jeito romântico. Assim que eu entre na casa de Vero vi que Lucy e Camila já estavam lá, e nossa, realmente estavam vestidas pra matar.

- Boa noite meninas... Cadê o resto?

- Não chegaram ainda, Lauren acabou de mandar mensagem avisando que já estava chegando e Norminah também deve estar a caminho – Lucy falou dando de ombros enquanto mexia em seu celular.

- E a Vero?

- Ela não estava pronta ainda, mas já deve estar descendo – foi vez de Camila que olhava seu celular também. Assenti e então me sentei no sofá de Vero e comecei conversar com as meninas sobre o que faríamos, nenhuma delas sabia, só Vero, eu até estava ficando aflita, Vero não bate muito bem da cabeça às vezes.

- A rainha chegou – uma voz tão conhecida invadiu o lugar, a tão conhecida Dinah Jane Hansen – as rainhas na verdade.

- Oi meninas – Normani apareceu atrás dela e então as duas se juntaram a mim no sofá.

- Ally, até com salto você consegue ser pequena – demorou para Dinah me provocar.

- Eu vou me vingar um dia de você DJ.

- Eu esperarei, tenho fé em você mesmo sendo esse toco de gente.

- Fofa você hein.

POV Lauren

- Pegou dinheiro?

- Sim.

- Vai dormir em casa?

- Não sei, qualquer coisa eu aviso.

- Se beber não dirija.

- Ta bom, amo vocês – beijei meus pais e saí apressada, eu já estava atrasada as meninas já deviam estar na casa de Vero. Liguei o som no máximo e arranquei com o carro rapidamente. O transito de Miami estava até que calmo, o que eu estranhei por ser um sábado e  é normalmente o dia em que as pessoas saem para ir em festas ou curtir com os amigos. Quando eu estava virando sinaleira meu celular começou a tocar e apareceu o rosto da Lucy.

LIGAÇÃO ON

- Oi Lucy.

- Está vindo Jauregui, se não vamos te deixar.

- Sim, eu só vou sair da sinaleira e já chego aí.

- E prepara o colete balístico quando chegar.

- Por quê?

- Porque a Mila está vestida pra matar, e tente não babar na sua roupa que garanto ser algo chique não sendo suas roupas de banda.

- Engraçadinha.

- Obrigada, vou desligar antes que a Ally pule na Dinha,

- Okay.

LIGAÇÃO OFF

Assim que eu desliguei eu já estava na rua da casa de Vero, vi o carro das meninas assim que me aproximei, estacionei cuidadosamente meu xodó vulgo Mustang. Ele estava com uma aparência bem melhor, o motor tinha um som espetacular, os bancos tinham um estofado claro e novo, e não tinha mais aqueles arranhados na lataria, o amigo de Charlie fez um ótimo trabalho. Saí do carro e entrei na casa sem tocar a campainha mesmo, eu estava atrasada.

- Finalmente! Iriamos comemorar sem o principal motivo.

- Oi para você também Mani, oi meninas – cumprimentei todas e senti falta de Vero e Camila na sala onde todas estavam – cadê a Camila e a Vero?

- Vero estava demorando e Camila foi ver se ela ainda estava viva – Lucy falou rindo e logo ouvi risadas vindo da grande escada. Vero desceu sorrindo e abraçou Lucy. Quando eu vi Camila descendo eu fiquei de boca aberta. Camila estava deslumbrante, usava um vestido vermelho que ia até um pouco acima de seus joelhos, seus cabelos caiam soltos em leves ondulações e ela tinha uma maquiagem leve juntamente com um batom vermelho – eu falei para não babar Jauregui.

- Vai se ferrar Lucy – falei assim que Camila parou em minha frente – você está linda Camz.

- E você também Lolo, até quando usa vestido fica gótica não é?

- Sempre – deixei um selinho em seus lábios e encarei Vero que nos diria onde íamos.

- Por que estão me olhando?

- Porque é você que planejou tudo.

- É verdade, bom, abriu uma boate nova no centro e dizem que é muito boa, e só toca música boa.

- Então vamos... Espera, como vamos todas nós? Não cabemos no carro e creio que vão querer beber – Ally falou nos parando na porta e Vero fez uma carinha de quem já tinha cuidado disso.

- Primeiramente, guardem seus carros na minha garagem para que não fiquem aí fora na noite, segundo eu já tinha pensado no transporte, e quero é encher a cara – assentimos e eu saí para ir guardar meu bebê na garagem de Vero que não era nada pequena, coube nossos carros e ainda tinha espaço para mais.

{...}

- É uma boate LGBT? – Vero assentiu enquanto esperávamos na fila – deve ser por isso que toca música boa, estou doida para Queen B tocar né DJ – Mani disse animada enquanto abraçava sua grandona.

- Com certeza, se prepara pra Formation.

- Já vim com o salto preparado meu amor – aquelas duas eu vou te contar, elas tem o vício pela Beyoncé, então elas pegam todas as referências e sempre, SEMPRE, saem preparadas caso comece a tocar Beyoncé em algum lugar.

- Ah eu quase esqueci, peguem aqui – Vero estendeu várias identidades falsas para nós já que éramos menores de idade.

- Por isso demorou tudo esse tempo lá em cima? – Camila a fitou seriamente e ela pareceu estremecer.

- Sim.

- Camz, você já bebeu na vida? – perguntei baixinho em seu ouvido enquanto eu a abraçava por trás.

- Não muito, não sou acostumada.

- Então eu vou cuidar de você pequena.

- Opa, não Lolo, eu vou beber hoje para comemorar seu contrato, vou beber para comemorar junto com minha namorada que está tendo seus sonhos realizados – ela me deu um selinho – e eu quero aproveitar esse tempo contigo, temos um mês antes de ficarmos afastadas.

- Se você diz – um cara gigante com a voz grave falou para seguirmos a fila e apresentamos as identidades a ele e assim entramos na boate que estava cheia, era muito bonito e tinham luzes coloridas por todos os lados, desenhos pelas paredes e um bar imenso. Caminhamos um pouco pela multidão e nos sentamos em uma mesa que ficava mais afastada de todos – eu pago!

- Opa, opa opa querida, vai pagar nada aqui não bunda branca, estamos comemorando por você, então se tem alguém aqui que não vai pagar é você vampira gótica das trevas – revirei os olhos diante de Dinah que deu um sorrisinho de lado e tirou seu dinheiro da carteira – a primeira é minha, o que vão querer? – todas nós pedimos o que queríamos e Dinah sumiu pela multidão.

POV Camila

Lauren estava querendo me matar, ela conseguia ser linda de qualquer jeito, aquele vestido curto e preto com alguns zíperes na saia, sua maquiagem era escura, o que ressaltava seus lindos olhos verdes.

- Voltei meninas, aqui estão suas bebidas – Dinah chegou com diferente copos nas mãos e ajeitou todos na mesa respectivamente a nossos pedidos. Eu tinha começado leve, era Vodka com refrigerante, estava só no começo da noite e eu não queria beber muito já no começo.

{...}

Estávamos conversando e rindo loucamente quando começou a tocar Beyoncé e Norminah quase teve um treco, as duas levantaram e puxaram Lauren junto que relutou um pouco, mas foi assim mesmo sabendo que elas a levariam a força. Estávamos longe da música, mas a tinha uma vista ótima da pista de dança e do local onde o DJ estava. Eu tomava meu terceiro copo de Vodka com refrigerante e comecei a olhar as meninas dançando, Dinah e Normani faziam a coreografia toda sincronizada e Lauren apenas rebolava com elas, mas não era um rebolado simples, era provocativo.

Lauren dançou mais 3 músicas e voltou se sentar com a gente enquanto o Dinah e Normani dançavam. Tinha restado apenas Ally e eu já que Lucy e Vero tinha sumido por ali e não tinham voltado ainda, se duvidar estavam transando no banheiro. Lauren estava um pouco ofegante e tinha um sorriso enorme no rosto.

- Fazia tempo que eu não me divertia assim – ela tomou um gole de seu Bacardi – cadê Vercy?

- Devem estar se pegando por aí – Ally deu de ombros e sorriu para Lauren. Eu dei um selinho em Lauren e então meus olhos arregalaram quando começou a tocar Ariana Grande, eu adorava ela então eu puxei Lauren e Ally comigo para a pista de dança. Ally começou a dançar perto de Normani e Dinah enquanto Lauren e eu ficamos onde tínhamos chegado primeiro. Eu dançava na batida da música que entrava pelos meus ouvidos fazendo com que meu corpo apenas seguisse com a batida. Lauren dançava em meu lado enquanto sorria para mim, o sorriso que me detonava, nossos olhares eram tão intensos que as poderiam até ver faíscas se fosse possível. Meus pés já estavam me matando, mas eu queria continuar dançando, então eu voltei para a mesa e deixei meus saltos lá junto com os de Ally que tinha reclamado antes. Quando eu voltei eu vi uma mulher praticamente que se esfregando na Lauren, meus ciúmes tinham disparado na hora. Quando eu cheguei Lauren parecia desconfortável.

- Oi amor – cheguei abraçando ela que me abraçou de volta e seus braços pareceram relaxar ao sentir meu toque – quem é essa?

- Então é por essa que me trocou Lauren? Uma qualquer, meu deus você é melhor que isso.

- Não há nada melhor que ela, e não, ela não uma qualquer, é simplesmente a melhor garota do mundo.

- Abre seus olhos, olha pra ela, não passa de uma adolescente que só está contigo por sua beleza, ela não te ama Lauren – Lauren tirou seus braços de mim e deferiu um tapa na cara da mulher, eu juro que tentei não rir com a cena, mas eu não me conti.

- Você não sabe o que é amor – ela tinha um verde escuro nos olhos demonstrando sua raiva, mas quem era aquela mulher? – você me usou, e depois saiu da cidade com aquela idiota, eu te odeio mais do que qualquer ser humano – Lauren estava se alterando um pouco e eu tentei segurá-la mas ela era mais forte, logo Dinah e Normani apareceram atrás e começaram soltar fogo pelas narinas quando viram a mulher.

- O que faz aqui sua piranha, já não destruiu o coração de Lauren o bastante? – será que aquela era a garota que Dinah tinha me falado na época em que Lauren e eu estávamos separadas – saia daqui Keana antes que eu pegue essa sua cara de puta e esfregue no asfalto – e a Dinah maternal estava ativa. Então aquela era a Keana, uma raiva súbita subiu pelo meu corpo ao lembrar do que ela fizera a Lauren, como alguém tinha coragem de ferir alguém como minha namorada? A mulher ficou encarando Dinah e se virou saindo pela multidão, Lauren ainda estava um pouco tensa e Normani a abraçou falando algo para ela.

- Ela não merece sua raiva Lauren, okay? – Lauren assentiu e então eu entrelacei seus dedos aos meus vendo ela sorrir.

- Camz, eu te amo – ela me deu selinho que tratei de aprofundar na hora.

- Te amo Lolo – dei mais um selinho nela – vamos chamar as meninas para fazermos o brinde oficial.

- Temos brinde oficial?

- Claro, não fizemos brinde a você ainda, só bebemos e dançamos até agora.

- Okay então – juntamos as meninas na mesa quando achamos Vero e Lucy que estavam em um estado deplorável, com seus lábios inchados e vestido todos bagunçados.

- Vamos fazer um brinde pra branquela aqui – Dinah tinha pego uma dose de tequila para todas – primeiramente eu quero falar que eu tenho muito orgulho de você branquela, nos conhecemos desde sempre e esse sempre foi seu sonho, quer dizer você queria fazer a faculdade, mas aí apareceu essa oportunidade, e sei que lutar por ela, sei porque você sempre lutou pelas coisas que acredita e gosta, sempre foi essa garota maravilhosa e simpática, sempre esteve comigo quando eu precisei, me ajudou com a Normani principalmente, e eu agradeço por tudo, você é uma garota incrível, e nunca deixe te dizerem o contrário – Lauren tinha lágrimas se formando em seus olhos e foi a vez de Normani.

- Pois é Lauren, como Dinah disse você é uma garota incrível e sempre esteve com a gente quando precisávamos, eu vou sentir sua falta durante esses meses, sei que depois desses três meses sua carreira vai crescer pois o seu talento merece ser reconhecido pelo mundo inteiro, você merece o mundo garota. Vou sentir falta de nossas longas horas de conversa sobre tudo, vou sentir falta de você falando que minha pele é única e ninguém tem o direito de me julgar pela cor, vou lembrar dos dias em que eu estava mal por alguma coisa e você me abraçava e me ouvia desabafar, e você nunca me julgou, nunca deixou de me apoiar na decisões, você é a melhor amiga que alguém poderia ter Laur, e boa sorte nesse seu futuro próximo, vai precisar – Normani já tinha desabado no meio de seu texto e eu ainda olhava para Lauren que segurava para não chorar.

- Deixa eu falar agora, e acho que vou falar pela Ally e Lucy, a miss bumbum granada ali fala depois – revirei os olhos para o comentário de Vero e ela riu começando a falar – sabe Lauren, nos conhecemos a pouco tempo, e nesse pouco tempo você se demonstrou fiel as pessoas a sua volta, se mostrou uma garota de personalidade incrível e espero que tenha um futuro ótima nessa indústria musical, você merece, e eu quero que saiba que você, mesmo em tão pouco tempo como eu disse antes, conseguiu um lugar em nossas vidas que não pode ser substituído por ninguém – as meninas assentiram para as palavras de Vero e então todas olharam para mim. Encarei Lauren que ainda fazia um esforço enorme para não chorar e respirei fundo.

- Lolo, eu nem sei direito o que dizer, eu estou orgulhosa de você, orgulhosa que está seguindo seus sonhos, orgulhosa pelo fato que não se deixa abalar por ninguém, defende tudo que acredita ferozmente, tem um coração enorme, adora ajudar as pessoas e se preocupa com elas mesmo que não as conheça e... – algumas lágrimas começaram a se formar em meus olhos – e eu sou a garota mais sortuda do mundo por ter conhecido você, com certeza a mais sortuda, é uma garota de uma beleza indescritível e uma personalidade rara. Gosto quando me protege das coisas, quando abre a porta do carro para mim, me aninha em seus braços quando estou com frio, gosto de seus lábios que são tão viciantes, gosto de tudo em você, até seus defeitos e vou amar para sempre, eu nunca me senti assim com ninguém como eu me sinto com você, é o meu porto seguro, minhas lágrimas e sorrisos, você é meu coração. E vai ser difícil passar esses três meses longe de você, é minha mais preciosa droga, você vicia Lauren Jauregui e eu garanto que vou ser sua fã número um assim como já sou, quando estiver cantando para milhões de pessoas eu vou estar lá segurando um cartaz para lhe incentivar, incentivar a mostrar seu amor pela música ao mundo inteiro, mostrar suas ideias nas quais tanto defende e... Eu te amo Lauren Jauregui, e lhe desejo boa sorte ao buscar seu sonho, você me faz a garota mais feliz do mundo, eu te amo, eu... Eu te amo – eu já não aguentava mais e ela também não desabou ali mesmo a abraçou todas as meninas que não estavam diferentes, ela me beijou logo em seguida, mas um beijo apaixonado e viciante, era como se precisássemos daquilo para viver, e era realmente preciso Lauren Jauregui, como já dito, era a minha mais preciosa droga. Erguemos todas os copos para o alto e nos olhamos sorrindo.

- A Lauren! – Normani gritou e todas batemos nossos copos e bebendo aquele líquido que descia queimando por tudo, mas uma sensação boa. Olhei naqueles olhos verdes que tinham um lindo brilho e eu apenas sorri, sorri ao apreciar ela, a mulher que eu amava.

{...}

POV Lauren

Estávamos todas na praia naquela madrugada, devia ser umas 3 ou 4 eu já nem fazia ideia, Troy já tinha ido buscar Ally e tinha restado apenas Normani e Dinah, Lucy e Vero, Camila e eu. As meninas estavam sentadas conversando enquanto eu olhava aquele imenso mar de Miami.

- Vou sentir falta disso – falei para mim mesma e peguei uma concha na mão jogando-a no mar. Senti pequenos braços rodearem minha cintura e sorri ao sentir o contato de minha pequena.

- No que tanto pensa?

- Em tudo, em como está acontecendo tudo tão rápido, meus sonhos estão finalmente se realizando Camz, isso é incrível.

- E vão continuar se realizando Lolo, basta acreditar – sorri para ela a abracei tomando seus lábios para mim, os lábios que eu sentiria falta ficando tão longe por meses, minha linda morena.

- Eu te amo Camz.

- Te amo Lolo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e não esqueçam de comentar e favoritar, beijos e até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...