História Would you love me? - Imagine Jungkook - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Idiotice, Imagine, Imagine Bts, Imagine Jungkook, Referencias, Romance
Exibições 763
Palavras 1.000
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Sequestro e sentimentos!


Fanfic / Fanfiction Would you love me? - Imagine Jungkook - Capítulo 12 - Sequestro e sentimentos!

S/N POV

Quando acordei Jungkook não estava na cama comigo. Ouvi um barulho vindo da cozinha no andar de baixo e desci.

Encontrei Jungkook lá fazendo algo. Sorri e cheguei por trás dele, rodeando seu peitoral com meus braços e deixando um beijo em sua nuca.

Jungkook: Vai me provocar no meio da cozinha? - disse rindo.

S/N: Não estou provocando ninguém! - disse rindo com ele. - O que está fazendo?

Jungkook: Estou tentando fazer um bolo.

S/N: Alguma ocasião especial?

Jungkook: Não. Só queria fazer um bolo.

S/N: Quer ajuda?

Jungkook: Eu adoraria...

Comecei a ajudar ele a fazer o bolo e acabamos nos sujando muito porque ficamos brincando.
Colocamos o bolo no forno para assar.

S/N: Uff! Acho melhor a gente tomar um banho!

Jungkook: Uhum. Vem, vamos.

S/N: Espera... Juntos?

Jungkook: Qual é o problema?  Já vi tudo mais cedo mesmo. - disse saindo correndo para o segundo andar rindo da minha cara vermelha.

S/N: Jeon Jungkook! Volta aqui! - corri atrás dele e no final tomamos banho juntos mesmo. Jungkook ficava beijado as marcas no meu pescoço.

Depois descemos e limpamos a cozinha e começamos a enfeitar o bolo.
Até que ficou bonito.

Colocamos ele na geladeira, já que iria ficar melhor gelado. Hoje era sexta, então poderíamos aproveitar bem o dia.
Jungkook me levou para casa e disse para eu me arrumar porque ele iria me buscar depois para sairmos.

Coloquei um vestido branco solto e uma botinha preta. Fiz uma maquiagem leve, mas bem bonita, e fiz uma trança no meu cabelo.

Quando acabei de me arrumar bateram na porta. Eu pensando que era Jungkook fui abrir...

... Mas não era ele.

???: Te achei... Minha querida...

S/N: N-não! Você não! - estava aterrorizada. Ele me encontrou.

???: Que medo é esse querida? Venha cá, da um abraço no "papai". - ele aproximou-se e logo senti o cheiro de bebida alcoólica.

Corri para dentro de casa e me tranquei dentro do meu quarto. Peguei meu celular e quando ia ligar para a polícia ele derrubou a porta do quarto e me agarrou. Comecei a gritar por ajuda.

???: Calada sua vadia suja! Você vem comigo! - ele bateu a minha cabeça no chão com força e tudo ficou escuro.

Jungkook... Socorro...

Jungkook POV

Estava a quase chegando na casa de S/N para buscá-la para o nosso encontro. Mas quando cheguei lá haviam viaturas do lado de fora, policiais por todos os lados e a mãe de S/N chorando.
Estacionei o carro e corri para lá.

Mãe: Jungkook! - ela me viu e me abraçou aos prantos, retribui o abraço.

Jungkook: O que houve?! Cadê a S/N?! - perguntei deixando o desespero tomar conta de mim.

Mãe: Levaram ela... Ela deve ter aberto a porta pensando que era outra pessoa, já que a porta da frente não mostra sinais de ter sido arrombada. Mas a porta do quarto dela estava no chão e no celular dela estava discado com o número da polícia. Levaram a denha menininha... - ela começou a chorar cada vez mais e eu tentava processar tudo.

S/N foi levada. Não sabemos quem foi. Não sabemos para onde.
Nem sabemos se ela deve estar viva...

Não! Não pensa isso! Ela está viva! Eu sei que esta!
Ela precisa estar...

Sem nem perceber direito comecei a chorar junto a mãe de S/N.
Onde estava o meu anjo?

Vou achá-la... Nem que seja a última coisa que eu faça!

S/N POV

Abri os olhos devagar me deparando com a escuridão.

Pela maciez embaixo de mim concluí que estava em uma cama, ou pelo menos em um colchão. Tentei mover minha mãos mas não consegui, estava presa na cama com algemas.

Ah sim... Aquele desgraçado!

Me remexi tentando de algum jeito me soltar, mas era inútil.

Nessa hora a única coisa que passava pela minha cabeça era o Jungkook.
Como ele estava? Sabe que eu sumi?

Estranho... Era para eu estar preocupada comigo, mas estou preocupada com ele.

Ouço a porta do lugar se abrir e a luz que vem de fora ilumina o cômodo, que agora vi ser um quarto.

???: Que bom que acordou princesinha...

S/N: Você... Seu desgraçado... Me solta Marcos!

Marcos: Ah não querida. Você e sua mãe me abandonaram... Agora vocês precisam sofrer as consequências... Mas, já que você está aqui, vamos começar por você...

Nisso ele aproximou-se mais ainda e ficou por cima de mim na cama.

S/N: O-o que vai fa-fazer? - perguntei morrendo de medo. Sei que quando está com raiva e bêbado é capaz de tudo.

Marcos: Calma meu Amorzinho... Você vai gostar. - ele rasga meu vestido e joga ele em algum lugar do quarto, lambendo e beijando minha barriga, o que me causa repulsa.

Tentei me soltar mais uma vez, mas foi inútil.

Não tinha saída. Ele iria fazer o que quisesse comigo... E por mais que eu tentasse me livrar não conseguiria...
É provável que eu nem saia viva dessa...

Mãe, meninos... Jungkook...
Acho que já posso ir dizendo adeus...
Vai ser triste morrer... Sem ter dito o que realmente sentia por você Jeon...

Jungkook POV

Acordei novamente no meio da madrugada com um salto na cama.
De novo esse pesadelo...
Um pesadelo onde S/N está presa a fazem coisas horríveis com ela, enquanto a mesma grita por ajuda... A minha ajuda...

Ah S/N... Minha S/N... Cadê você?

É estranho... Nesses dias cuidando dela eu me acostumei a tê-la ao meu lado, de ter seu calor, sua presença comigo.
Agora a cama está fria, vazia...
Eu quero ela comigo.

Começo a chorar e soluçar novamente.
Realmente sentia muita falta dela aqui comigo.

Acho que fiz algo que não deveria...
Deixei ela invadir a minha vida, roubar meu coração, ser o motivo dos meus sorrisos, entre várias outras coisas...
Tenho ciúmes quando ela está com outro garoto que não me passe confiança.
Não gosto quando está longe de mim. Eu realmente fiz algo que não deveria ter feito...

Eu me apaixonei por ela...


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!!
Bjos de coxinha! :3 <3

Qualquer coisa podem me chamar no tt: @Lilith0kamiFics

Ou pelas mensagens aqui no spirit mesmo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...