História Write About Us. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade Colorida, Briga, Chris Colfer, Colegial, Desafio, Dúvida, Gay, Logan Lerman, Proibido, Revelaçao, Romance
Exibições 20
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus amores, a história realmente está indo no caminho que planejei. Se estiverem gostando, comentem. Boa leitura 💜💜

Capítulo 14 - Luz!? (Parte 2)


Tudo de repente ficou lento. Vi tudo o que aconteceu, na verdade senti tudo. A luz? Era um carro, e não foi nada bonito. Senti batendo no meu quadril, me fazendo voar por cima do carro rolando. Foi tão rápido que, não deu tempo nem pensar na dor. Fui atropelado, e por mais ruim que isso seja. Eu só pensei no Chris.

Depois que eu estava no chão e vi que o motorista tinha fugido. Comecei a sentir dor, muita. Gritei, para ver se surgia alguém para tentar me socorrer. E no meio de tantos gritos e tantos choros, Julie escutou e desceu correndo pra ver o que era. Depois de uns minutos encheu de gente ao meu redor, eu não sabia no que pensar. Meu celular, nem sabia onde estava mais. Mas isso é o de menos.

Christopher

Eu não tinha ideia do que tinha acontecido, estávamos falando no telefone quando eu escutei um barulho muito alto. O celular ficou mudo, mas mesmo assim fiquei na linha, esperando alguma resposta. Passaram uns 10 minutos no mudo, quando de repente escuto uns ruídos. Era tão baixo, que não consegui saber. Mas o volume foi aumentando, aumentando. Quando enfim, escuto a voz de um homem...

-Alô, responde por favor. - falei nervoso.

-Alô...Você é o que desse menino? - falou o homem com muita falha na voz.

-Sou amigo dele, o que houve ? - falei ainda mais preocupado.

-Ele foi atropelado aqui, ele tá aqui no chão.

Fiquei mudo e meus olhos encheram-se de lágrimas. Não tive reação nenhuma. Eu só pensei se o Logan morrer, eu mato ele.

-Ai meu Deus, o senhor sabe pra qual hospital estão levando ele?

-Para o hospital do centro da cidade.

-Tá certo, muito obrigado. - desliguei.

Naquele momento, eu não pensei em nada. Só peguei minhas malas e comprei a primeira passagem que vi pela frente. Quando estava saindo do hotel dei de cara com o treinador.

-Ei, ei, ei. Você pensa que vai pra onde? - falou o treinador correndo.

-Preciso voltar pra casa, agora. - falei muito nervoso.

-E porque voce vai?

-Eu vou socorrer uma pessoa, que talvez possa ser o amor da minha vida.

Simplesmente virei, e fui direto para o aeroporto.

Logan

Depois de uns 20 minutos no chão, finalmente chegou a ambulância para me socorrer. Eu sentia muita dor no corpo, não conseguia falar, só pensar e gritar. Os para-médicos estavam falando alguma coisa, do tipo. “Estamos perdendo ele. Carrega em 200.” Também ouvi algo sobre doações, mas como não conseguia falar, eu só chorei.

Ao chegar no hospital fui encaminhado direto pra uma sala, não sei bem. Como estava sentindo muita dor e gritando muito, me aplicaram uma dose de morfina. Ao poucos fui apagando. Me levaram para a cirurgia.

Eu só queria que o Chris parasse de ser idiota, e falasse que me amava antes que eu morra.

Christopher

Finalmente consegui entrar no avião, agora era só esperar chegar em Nashville. Mas esse é o problema, não quero esperar. Espero que a Julie esteja com ele pelo menos.

Passei a viagem inteira ligando várias vezes para a Julie, e cada vez que caía na caixa postal. Eu pensava em mil coisas, e não eram nada boas.

[...]

Cheguei em Nashville, e peguei um táxi. Fui direto pro hospital. Chegando lá, vi Julie e a mãe do Logan sentadas na sala de espera. Corri.

-Christopher? - falou Julie espantada.

-Ai meu Deus, onde ele tá ? - falei chorando.

-Como você soube? - Julie respondeu.

-Eu estava falando com ele quando aconteceu.

-Ele ta cirurgia. - falou Julie olhando para mim.

-Cirurgia? - engoli seco o choro. -Só vou aqui no banheiro rapidinho.

Fui ao banheiro, e eu precisava de um tempo só para processar. Desabei, chorei muito. Logan não pode morrer, não pode mesmo.

Logan

Acordei e minha vista estava um pouco embasada, minha respiração estava pesada e com muita dor de cabeça. Fui abrindo os olhos devagar e tentando sentar na cama. O médico entrou, e disse que eu tinha visita. Fiquei animado e disse que poderia entrar.

Então, entrou minha mãe e a Julie. Abraçei as duas. Quando pensei que tinha acabado. Olhei para porta, e me aparece uma pessoa que eu pensei que jamais viria. Não naquelas circunstâncias.

Sim era o Christopher.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...