História Wrong (Longfic Min Yoongi) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Bts, Exo, Menção Chanbaek, Suga
Visualizações 13
Palavras 1.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIES!!!
Voltei com mais um capítulo!
Boa leitura <3

Capítulo 7 - Manter distância? - capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Wrong (Longfic Min Yoongi) - Capítulo 7 - Manter distância? - capítulo 6

•∆• Liza, às 21:10 •∆• 

•∆• - Estou em uma moto, com um cara que era um desconhecido arrogante, depois virou um conhecido arrogante e agora é... Bom, agora eu sei que ele se chama Min Yoongi e que é estranho. Estranhamente estranho. Mas, não tem tanto problema, eu acho, quer dizer, eu não faço a mínima ideia de que estrada é essa. Espera aí, eu estou em uma moto, com um estranho, quer dizer Min Yoongi o estranho, e estou completamente perdida sobre nossa localização, ou seja, fudeu. 

•∆• - Yoongi é... Onde estamos? - Acabei falando alto, por causa do forte vento que a velocidade da moto fazia.

•×• - Estamos pegando um atalho, pode ficar calma, eu só vou passar em um lugar antes.- Ele também acabou falando alto.

•∆• - Hum... Mas, você não ía passar nesse lugar depois? 

•×• - Liza, relaxa! É rápido... Eu não vou te rapitar, colocar em um cativeiro, para te tornar minha escrava... - disse sério.

•∆• - QUE? -Eu acabei gritando. 

•×• - A parte do cativeiro era brincadeira! - Ele deu uma risada alta. Que me deixou arrepiada. Não quer dizer, foi o vento, certeza! 

•∆• - Você é um idiota! - acabei rindo também. 

•×• Você chama desconhecidos que acabaram de te ameaçar, de idiotas, ou algo do tipo? Também devemos dar destaque que você está andando na moto dele, com ele! 

•∆• - Normalmente não sou tão aventureira. Agora se concentra na estrada!

•×• - A suas ordens. - Ele deu um sorriso, e acelerou. 

•∆• A estrada está livre, e o céu acima está incrível, as estrelas parecem organizadas em desenhos, formas, e a lua cheia só dá contraste em tudo. O vento balança as folhas das árvores, e nossas roupas. Não sei onde estamos indo, mas essa vista vale por tudo. 

A moto começou diminuir a velocidade, até que parou em frente a uma bela casa, nem grade, nem pequena, não muito luxuosa, mas muito bonita. " Meu motorista " estacionou em frente, e desceu, fiz o mesmo. 

•×• Você quer entrar? - Perguntou com receio.

•∆• - Claro! Está congelando aqui fora! - Comecei observar os detalhes da casa, ela tem um pequeno, porém lindo jardim, e parece ter uma piscina no fundo. 

Ele abriu a porta da casa e ofereceu passagem para que eu entre primeiro. Assim que entrei pude ver quatro pessoas na sala. Elas olharam para mim, e para Yoongi que estava logo atrás, depois alternaram o olhar entre sí. 

•×• - Não vão se apresentar? - Os quatro se levantaram e vieram até nós. Fizeram uma reverência e começaram se apresentar. 

- Sou Kim Seokjin, mas pode me chamar de Jin.

- Jeon Jungkook! 

- Prazer Jung Hoseok!

- Sou Park Jimin! 

•∆• - Liza So-Hyung! É um prazer! - Fiz uma reverência- Vocês são amigos do Yoongi? - Os quatro se olharam surpresos. 

•×• - É... Liza eu vou pegar uma coisa que esqueci aqui, Jin pode me ajudar a encontrar? - Ele concordou. - Podem conversar com a Liza, eu já volto! 

ו Kira •×•

- O que ela tá fazendo aqui? 

•×• - Eu encontrei ela, ofereci carona, e falei que estava hospedado no Lotte Hotel, e agora preciso que você consiga um quarto para mim, no hotel, você consegue, né? 

- Você sabe quanto isso foi arriscado? E o Tae? Esqueceu que ela viu ele?

•×• - Nossa verdade! Cadê ele? 

- Está dormindo! Yoongi, como pode ser descuido assim?

•×• Eu esqueci! Vai me ajudar, a conseguir o quarto ou não? 

- É meu trabalho! Cuidado para não vacilar assim de novo. 

•×• Eu não vou! Avisa os meninos, que ainda vou conversar com eles. Tenho que ir agora.

- Quando conseguir o quarto te mando uma mensagem. Jimin te leva algumas roupas.

•×• - E se você não conseguir? - Perguntei, já sabendo a resposta.

- Yoongi, eu já falhei? - Neguei - Eu vou conseguir!

•∆• Liza, às 22:00 •∆•

•∆• - Então, vocês são irmãos do Yoongi?

- De consideração! - Hoseok respondeu animado. 

- Nós somos amigos a bastante tempo! Temos um amizade muito forte! - Jimin disse fofo. Todos eles são adoráveis.

•×• - Vamos Liz? - Yoongi apareceu na sala, seguido de Jin. 

•∆• Vamos sim! - Me levantei e fiz uma reverência para os meninos, Yoongi falou algo para Jin, e abriu a porta para mim.

- Até mais Liza! - Jimin e Jungkook acenaram e Hoseok deu um enorme sorriso. São tão fofos. 

•∆• Saí, e fui em direção a moto, coloquei o capacete e Yoongi fez o mesmo, subiu na moto e eu subi em seguida, abracei sua cintura. E ele acelerou pela estrada.

 •∆• Após dirigir por um tempo, paramos em frente de uma pequeno restaurante. Olhei para Yoongi confusa, que já estava indo em direção a porta.

•∆• - Ei! Você disse que ía me levar para o hotel! - Ele se virou para mim com um sorriso no rosto.

•×• - Tô com fome. - Falou simplista.

•∆• - Yoongi! - Fiz manha, era especialista nisso.

•×• - Aish! Vem logo, nós vamos daqui a pouco! - Disse me puxando pelo braço, quando eu e ele ficamos íntimos assim?

•∆•  Entramos no Restaurante e sentamos nas últimas mesas. O garçon chegou, ele pediu um pedaço de torta de morango, e eu pedi um refrigerante, ele insistiu para que eu pedisse algo para comer, mas sendo uma pessoa de natureza teimosa insisti que estava sem fome, não ía deixar um desconhecido/cara que já fui na casa e andei de moto, pagar a conta para mim. Nossos pedidos chegaram em 5 minutos. A torta dele parecia tão gostosa, doce, e olha só essa calda, os morangos. Quando eu insisto que não quero uma torta, ela aparece sendo " A Torta", que vacilo.

•×• - Quer um pedaço? - Perguntou com um sorriso nos lábios. Ele claramente viu meu amor por aquela maravilha.

•∆• - Não, estou sem fome. - Maldito orgulho.

•×• - Certeza? - Ele começou mexer nela, MEXER NA TORTA, não dá, orgulho? Que se dane!

•∆• - Só um pedaço, eu acho, só para provar... - Liza, um dia a sua fome, vai acabar te ferrando.

•×• - Uhum... - Ele riu alto, e se sentou do meu lado, cortou um pedaço da torta, e deu na minha boca. Tão doce, deliciosa, e... ESPERA. QUE? ELE. DEU. A. TORTA. NA. MINHA. BOCA. Como dito a alguns segundos antes, A COMIDA ME FERROU! 

•×• - O que foi? - Eu estou corada, não estou vermelha, não estou como um tomate, um... Não sei, uma coisa extremamente vermelha. - Você tá passando mal?

•∆• - Não! - SIM! - Estou bem! - Me mata! - Só vou beber meu refrigerante, é isso. - Ops, eu falei isso alto.

•×• - Ta bom! Quer mais um pedaço?

•∆• - NÃO! - eu gritei, as pessoas estão me encarando. O que fazer? - EU TÔ BEM! MUITO BEM! ERR... REFRIGERANTE! - Ke? Eu falei isso alto? Comida, o que eu te fiz?! Okay, foi só uma torta na boca, normal, de boas. 

•×• Liz, vamos embora.- Ele falou após olhar o celular. Se levantou e foi em direção a porta. Levantei por conta própria, sem ajudas, e segui ele até a moto, finalmente vou para "casa", lar dos doramas, doces, cobertas e livros, ou seja, minha paz.

•∆• Liz, Lotte Hotel Seul, às 23:00•∆•

•∆• Chegamos no hotel e Yoongi foi na recepção, e pegou duas chaves, a minha e de seu quarto, então fomos pegar o elevador. Entramos, e um silêncio constrangedor se estabeleceu, até Yoongi falar, o que só fez meu dia ser ainda mais vergonhoso.

•×• - Você tem namorado? - O que eu estou fazendo da minha vida? Quem sou eu? Onde estou? Eu sou um merda.

•∆• - Er.. Eu.. E-eu não. Não tenho. - Meu coração está batendo tão rápido que parece que vai saltar do meu peito. 

•×• - Uhum... Isso é bom! 

•∆• - Por que?!

•×• - Não sei, só acho que fica melhor assim. - Aquele sorriso, aí, aquele sorriso dele. Como posso estar viva ainda? - Chegamos no andar. - Ele saiu do elevador e eu fui logo depois, de rosto corado, coração rápido, e para finalizar o dia com chave de ouro. Um abraço, não um abraço qualquer, O Abraço, com direito a tudo que um ótimo abraço deve ter, e um beijo na testa, nesse momento minha cova já estava cavada. Yoongi andou até a sua porta, duas depois da minha,  olhou para mim, jogou a chave, que foi pega no ar com sucesso. E sorriu fechado.

•×• - Boa noite Liz! - Ele piscou e entrou em seu quarto. 

•∆• Como a boa trouxa que sou fiquei parada em frente da porta, com a chave na mão, e uma cara de boba, pensando sobre o que tinha dito a Baek antes da viajem "Quero distância de estranhos" , Mas, mesmo me distânciando de Min Yoongi, sinto que estamos ligados. Qual é meu problema mesmo?








Notas Finais


Até o próximo capítulo BBs ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...