História Wrong Message -- Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Red Velvet, TWICE
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Irene, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Momo, Personagens Originais, Rap Monster, Seulgi, Suga, V, Yeri
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Bts, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Menção Vrene, Myinfireszzz, Seulmin, Yoonseok
Visualizações 235
Palavras 1.856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAA, IAI NEGADA?
SENTIRAM SAUDADES?!
Só um avisinho, eu estou demorando para postar os capítulos, por que estou investindo em outro imagine do doutor coelho aqui :')
Fiquem ligados!
Espero que não chorem nesse capítulo. Nome: Último Adeus.
Se você tem alguma dessas músicas, sugiro que coloque para tocar:
Melted — AKMU
Broken Heart — Monsta X
Promise — EXO
Dead Leaves — BTS.
Boa Leitura 🌸

Capítulo 25 - T W E N T Y - F I V E — Last Goodbye — WMJJK.


Fanfic / Fanfiction Wrong Message -- Imagine Jeon Jungkook. - Capítulo 25 - T W E N T Y - F I V E — Last Goodbye — WMJJK.


Continuação.. 


S/N está sentada no sofá, assistindo a um drama que tanto gosta.

— O Yo é mais trouxa que você, Jackson! — diz a garota rindo para Jackson, que está ao seu lado.

— Pra quê um P'Pha, se você tem o P'Forth!? — Jackson entra na brincadeira.

S/N ri, em seguida. A garota escuta uma buzina de um carro.

S/N corre até a porta sorridente.

— Olá Jungkook.. — diz abrindo a porta.

— O Wang estragou minha surpresa.. — Jungkook diz triste saindo do carro.

Ele caminhava até S/N.

— Então.. — o Jeon envolveu os braços na cintura da garota — Vamos sair, senhorita aniversariante?

S/N riu, ela estava rindo muito esse dia..

Algo estranho ia acontecer..

S/N nunca foi de se alegrar em seu aniversário..

— Assiste tudo! — Diz olhando para Jackson — quando eu chegar, quero que me conte tudo que aconteceu!

Jackson ri.

— Vamos? — Jungkook sorri estendendo a mão para S/N.

Ela assente.

Os dois entram no carro.

— O lugar que irei te levar, ele é muito import-

Jungkook foi interrompido por um toque em seu celular.

Alô..? — Atendeu — Sim.. O QUE?!

S/N o olhou assustada.

Isso está errado.. — Jungkook diz chorando ao telefone — Isso não pode ser verdade! Não! Me diz que é mentira Hyung.. EU ESTOU INDO AÍ AGORA!

S/N estava certa, nada em seu aniversário da certo..

Jungkook acelerou.

— Aonde estamos indo? — ela pergunta.

— Para o Hospital.. — Jungkook a olha — Minha mãe está a um fio de morrer..

S/N respirou fundo. Ela via as lágrimas desceram pelo o rosto de Jungkook.

— Vai ficar tudo bem.. — diz colocando a mão no ombro do moreno — Eu te amo..

Jungkook sorriu, ele tinha sorte de ter S/N com ele.

A viagem até o hospital fora silenciosa.

E ao chegar lá, Jungkook rapidamente desce do carro junto a S/N.

O Moreno corria a toda velocidade por entre aqueles corredores.

Olhava em todos os quartos, até que uma multidão de médicos o chamou atenção.

— Saiam! Saiam! — Jungkook gritava tomando a frente de vários médicos.

A cena que viu ali, fez seu coração bater devagar. Seu corpo doía..

A Senhora Joomin estava ajoelhada perto a cama, os olhos estavam fechados, o coração da mulher batiam compulsivamente.

Em sua mão esquerda, ela segurava uma faca, que a mesma estava apontada para o pescoço.

— Quando eu cheguei ela já estava assim, Jungkook.. — O médico disse.

Jungkook respirou fundo.

— Mãe.. — tentou chamá-la.

— SAIA! NÃO SE APROXIME! — ela gritava. — Saia daqui Jungkook..

— Mãe solte isso.. — Jungkook chorava — A senhora disse que nunca ia me deixar.. faça isso por mim.. por Yugyeom.. pela a Irene..

— Não quero mais viver nesse mundo.. cheio de traições.. cheio de pessoas falsas e sem sentimentos, que só se importam com suas riquezas..

— Não faça isso.. me escute.. mãe.. — Jungkook tentava se aproximar.

S/N suava frio.

— Senhora Joomin.. — a chamou, a mulher olhou para S/N, a menina sorrio — Por favor.. não faça isso..

— Você irá entender um dia, menina. — A senhora Joomin engoliu em seco — Não deixe que essa doença mate sua vida.. eu só irei fazer isso.. por que não adianta eu está viva aqui.. e morta por dentro..  esse mundo não me faz mais feliz..

— Mãe.. me escute.. eu amo a senhora.. não vá.. por favor.. não me abandone.. — Os olhos de Jungkook se enchiam de lágrimas.

— Até algum dia, filho. — A mulher respirou fundo — Mamãe te ama..

Logo em seguida. A faca desliza para o lado esquerdo, cortando o pescoço de Joomin, espelhando sangue em meio a todo quarto.

Enquanto todos saiam daquele quarto, por medo de se sujarem, Jungkook ficava ali. Vendo o corpo da mãe morrer aos poucos..

Suicídio.

Engasgada com o próprio sangue..

O médico disse que de qualquer jeito ela morreria..

Joomin havia tomado dezenas de remédios.

Se não fosse por uma "garganta cortada" seria por "overdose".

Jungkook estava ali, paralisado com o que via..

Sua mãe ali, sem vida. Sem alegria, ele não veria mais aquele sorriso, não ouviria mais a voz da senhora Jeon ecoar em seus ouvidos.

Não ouviria mais os sermões, apenas um vazio..


Por que o gelo é tão frio..?

Por que as pessoas são tão frias..?


[N/A: Isso é um trecho de uma música, chamada "Melted" da dupla "AKMU"]


Jungkook se ajoelhou pegando o corpo de sua mãe.

— Por-Por que..? — Ele chorava enquanto se molhava de sangue — por que..? — sua voz ia ficando mais alta e mais dolorosa — POR QUE?! — até que enfim um grito fora ouvido.

S/N colocou a mão no ombro de Jungkook.

— Eu sinto muito.. — diz. A garota se abaixa — Ela era uma boa pessoa.. — diz olhando para a mulher morta no colo de Jungkook.

Jungkook se levantou devagar, virou-se, a abraçou S/N.

— Nunca me deixe.. — disse ainda com os olhos cheio de lágrimas. — Não quero perder mais ninguém.. prometo te proteger..


- Dois dias depois - Enterro -


Tudo parecia tão frio..

E não era só por está nevando.. mas tudo que estava acontecendo..

Jungkook sentia que ia morrer, era isso que queria. Mas tentava ser o mais forte o possível, e S/N sabia disso.

— Vai ficar tudo bem.. — ela diz abraçando Jungkook por trás — Eu estou aqui..

A porta da sala se abre. Revelando um dos irmãos de Jungkook, Yugyeom.

S/N nunca tinha o visto antes. Ou não se lembrava de seu rosto.

O rapaz aparentava ter a mesma idade que Jungkook, estava de terno cinza, o olhar negro observava S/N e Jungkook abraçados.

— Yeom.. — Jungkook correu e abraçou o irmão — Ela se foi..

Yugyeom fechou os olhos, e abraçou o irmão.

S/N observava a cena de longe, algo dizia para ela ir embora. Não fazia parte da família.

Jungkook se sentou na janela. Olhando a neve cair. Se lembrando do primeiro dia que viu a neve, lembrando-se de sua mãe, tudo naquela casa lembrava de Joomin.

Realmente, uma perda inaceitável.

— Kook.. — Irene abraça o irmão — Não chore..

— Ela nunca mais irá voltar Bae.. — disse ainda chorando — Nu-Nunca mais..

— Mas ela sempre estará presente em nossos corações.. — Irene diz beijando a cabeça do irmão. — Fique calmo..

A Loira se afastou, e cochichou algo para S/N, a garota andou até aonde Jungkook estava.

— Sabe Jungkook.. ontem, eu tive um pesadelo.. — disse ela, Jungkook a olhou preocupado — Eu me via na frente de um espelho, via meu passado.. era terrível..

— Você já está melhor? — Jungkook perguntou segurando as mãos de S/N.

Ela balança a cabeça positivamente — Havia uma pessoa no sonho.. — S/N sorriu. — Ela cantou uma canção pra mim.. quer ouvir?

Jungkook sorriu triste.

— sim.. — disse.

It's a beautiful life

(É uma bonita vida)

Nan neoui gyeote isseulge

(Eu estarei ao seu lado)


Jungkook ergueu a cabeça ao ouvir o começo da canção.


It's a beautiful life

(É uma bonita vida)

Neoui dwie seo isseulge

(Eu estarei de pé atrás de você)


Os dois cantaram juntos..


Beautiful love

(Bonito amor)

Haneurarae neowa issdamyeon

Sumswineun geosmaneurodo joha

(Se eu estou com você sob sua pele

Apenas respirar sozinho me faz feliz)


Ao finalizar uma parte da música, os dois sorriram.

Jungkook fechou os olhos.

— Minha mãe costumava a cantar essa música para mim.. — diz.

S/N se sentiu culpada, ela queria fazer ele esquecer essa dor por um estante, mas só fez ficar mais forte.

A garota abaixou o olhar.

— Desculpa.. — pediu.

— Obrigada por me fazer ter boas lembranças dela.. — Jungkook diz abraçando S/N — Eu te amo..

Ela sorrio.

— Eu também te amo.. — disse.

A porta da sala fora aberta, Jungkook não esperava encontrar seu pai ali, pois soube que ele estava nos estados Unidos.

— Jungkook. — o homem o chama. Jungkook se levanta

— Pai.. — Jungkook não tem coragem de encara-lo. Se fizer isso, é capaz de jogar todas as verdades que tem de seu pai guardadas em seu peito.

— Quem é ela..? — pergunta apontando com o olhar para S/N, que estava distraída olhando para a neve que caia lá fora.

— Minha namorada.. — Jungkook diz ainda mirando o chão.

Surpreendente, um fracassado como você conseguir uma namorada! — o pai diz. Jungkook sente seu coração despedaçar.

S/N olha para o pai de Jungkook, e no mesmo instante a garota caminha até eles.

— Jungkook.. vamos sair daqui.. — cochicha.

— Como é seu nome menina? — O senhor Jeon pergunta.

S/N sente o estômago embrulhar.

— Kang S/N. — responde, o senhor Jeon se surpreende com o sobrenome da menina. Talvez ela fosse uma fortuna para si.

Logo a porta se abre, revelando Taehyung, Hoseok, Jimin, Yoongi e os outros.

— Senhor Jeon.. — Taehyung diz, todos reverenciam o mais velho. — Meu sentimentos..

— Jungkook! — Jin empurra Taehyung e corre para abraçar Jungkook. — Está tudo bem com você meu menino?

Jungkook sorri e aperta mais o abraço.

— Por que ela se foi, Jin? — pergunta com a cabeça entre o pescoço de Jin — Isso é injusto..

Todos os outros vieram abraçar Jungkook.

S/N se afastou um pouco deles, indo em direção ao quarto de Jungkook pegar uma roupa que havia deixado ali.

Ela entrou no quarto, observando algumas coisas com mais cuidado.

Quando ouviu a porta ser trancada.

Se virou rapidamente pra trás.

Oi Cunhada.. — Yugyeom falou com seu sorriso descarado.

S/N respirou fundo.

— O que quer aqui?! — perguntou andando para trás, até encostar na cama.

— Aquela cena sua cantando uma música com meu irmão foi bem.. clichê. — Yugyeom diz com voz de nojo — Aposto que Jungkook nunca soube aproveitar você..

Yugyeom foi andando devagar até aonde a garota estava.

— Não se aproxime mais! Eu vou gritar! — S/N diz sentindo aquele pavor de anos atrás tomar conta de si novamente.

— Se você gritar.. eu vou ser obrigado a usar a violência com você.. e olha.. eu não gosto de bater em quanto transo.. se é que me entende..

— SAIA DAQUI! — A voz de S/N saiu um pouco mais alta que o normal.

— Cale a boca! — Yugyeom corre até S/N tampando sua boca.

Com passo rápido, S/N está deitada na cama de Jungkook, com uma mão, Yugyeom tampava a boca dela, e com a outra rasgava sua blusa.

S/N apenas murmurava uns "Não" e se debatia.

Toda a cena a fazia lembrar de tudo que aconteceu no passado.

Depois de rasgar a vestimenta de cima de S/N, Yugyeom puxa a calça e se descuida ao tirar uma das mãos da boca de S/N.



JUNGKOOK!! — ela grita.







Em baixo, na sala. Jungkook está tão ocupado com sua dor, que não prestou atenção na pessoa que mais ama. A mesma pessoa que está prestes a ser estuprada novamente. . .








E como sempre.. ele não pode fazer nada. . . 


Notas Finais


Não me matem..
Sério.
Desculpem.
O próximo capítulo será doloroso pra mim
Não fiquem tristes..
Yugyeom é um filho de um pai mesmo!
(Falei pai porque quero honrar a morte de Joomin..)
A mãe do JK fará falta moçada..
Vamos pensar positivo..
Mesmo com essas circunstâncias..
...
Até o próximo capítulo ❤😭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...