História Wtfbagtan - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Cevs
Exibições 94
Palavras 533
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Rei da porra toda!


Rei da porra toda

(Encara o mito)
Lazarenta, como ousa
Contestar ordem do Rei da Porra Toda

(Olha pro mito)
Esqueci que é mongada
Amiga, o mito aqui sou eu
Sua desatualizada

O seu cu tá em chamas
Não hesite em enfiar o dedo
Poupe o coitado da ilusão de que vai me derrubar
2 beijos

Olhei pro chão e vi que ele
Devia mesmo é ser sua cara
Porque tava tão sujo ao ponto de eu não querer pisar
Sua imunda
Cópia bem feita de bunda
É bom que tu seja uma bosta pesada
Pois caso o contrário, se eu te empurrar no rio
Tu flutua e não afunda

Sinto o recalque lá do topo
Normal prum rei
Só taco spray
Nos rato de esgoto

S to the U to the G to A fucking king
Sangue real é o que
Sempre correu em mim
Pra eu tá aqui eu não deixei de batalhar
Fala pro papai lavar sua boca
Antes de me mencionar

S to the U to the G to A fucking king
S to the U to the G to A fucking king
S to the U to the G to A fucking king

Olha, eu não pedi para nascer tão fodão assim

O mestre
Chefe dos chefe
O patrão
O dono do seu cu, moleque
Não te esquece
O que enlouquece
Não me inveje
Pois tu tá no topo também
Do ridículo, bem

Só difama quem quer fama ou quem ama
Pensa que engana
Mas eu sei monamu
Que se todo esse meu lacre não te incomodasse
Tu taria lambendo o meu cu
(Fato)
Do meu palácio acordei
Com o barulho do choro dos meus inimigos
Olhei pros sofrido e rachei
(Quanto trouxa!)
Volta pro útero já
Opa desculpa, esqueci que você é uma merda
É pro cu que tu tem que voltar

E não me deixa, não perca
Esse hábito, esse ódio gratuito
Que faz com que a minha fama cresça
Mesmo não sendo o principal intuito
O pior é que tu pensa que arrasa
Amiga, só se for
Em termos de passar vergonha
Alheia né amor?

S to the U to the G to the A fucking king
Pras inimiga aí, eu sou pedra no rim
Pra eu tá aqui eu não deixei de batalhar e
Não vai ser um mero mortal sem sal
Que vai me derrubar

S to the U to the G to A fucking king
S to the U to the G to A fucking king
S to the U to the G to A fucking king

A fodacidade do universo caiu em mim

Só repreender
Sangue de Jesus tem poder e
Vai me proteger de coisa ruim como você
Só repreender
Eu não queria falar mas
Terra de galinha de macumba é no altar

Miga, você
Pode ser um poco útil
Lava aquela louça na cozinha, sua inútil
Se foder
Também é opção
Mas cuidar da sua vida é a base dessa evolução

REFRÃO!

S to the U to the G to A fucking king

Tenho a coroa aqui
Terei até o fim
Se o ato de eu tirar ela acontecer
Claramente só vai ser para eu poder tacar em você



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...