História WWW.SECRETS (interativa) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags Segredos
Exibições 64
Palavras 1.931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorei mas saiu, acho que foi difícil fazer o primeiro, afinal é minha primeira Fic interativa. Espero que gostem e que eu tenha conseguido representar da melhor maneira os seus personagens.
Qualquer erro me informem.

Boa leitura 💜

Capítulo 2 - A Noite Que Antecede o Caos


Fanfic / Fanfiction WWW.SECRETS (interativa) - Capítulo 2 - A Noite Que Antecede o Caos

Charlie Benoit.

Umedeci os lábios pela vigésima vez enquanto encarava um grupo de bullies fazendo suas típicas piadinhas sobre minha aparência.

Já havia visto de tudo no pouco tempo em que estivera ali, com certeza encher uma casa de adolescentes e oferecer-lhes álcool não era a melhor ideia do mundo, me pergunto o porquê de Rosalya ter feito isso.

Apenas saí de meus devaneios corriqueiros e me dirigi ao bar da festa, ajeitando minha saia azul bebê na pequena banqueta, optei por tomar apenas uma cerveja, jurando para mim mesma que aquela seria a única da noite. Enquanto encarava de maneira melancólica as bolhas da bebida subindo para o topo do copo, notei que gradativamente uma sombra cobriu a pouca iluminação do lugar onde eu estava sentada.

-Oi...- Uma voz doce porém distinta surge atrás de mim.

-Ah, olá- Sorri amigavelmente ao ver que se tratava de Ruby, e não de qualquer um dos outros idiotas que zombavam de mim- Ansiosa para amanhã ?- Questionei-a.

-Muito... É bom não estar em casa- Respondeu assoprando alguns cachos de seus cabelos castanhos que insistiam em cair sobre a face negra de Ruby.

-Adorei o que fez no cabelo- Comentei enquanto puxava levemente uma das mechas para analisar melhor sua nova coloração rósea.

-Fico feliz que tenha gostado- Disse enquanto tomava um gole de minha bebida, se desculpando após lembrar-se de meu egoísmo- A intenção era deixá-lo vermelho, mas aí... deu no que deu- Riu sem graça me fazendo acompanhá-la.

Kalereh Blood.

Me mantive ocupada com a companhia de Violette desde o início da festa, era difícil me aproximar dela, mesmo que tivéssemos muitas coisas em comum.

- Pensei que eles tivessem terminado- Violette me faz parar de encarar um canto qualquer da sala de estar.

-Ham ?- Murmurei não fazendo a menor ideia do que ela estava falando.

-Castiel e Debrah. Acabei de vê-los subir em direção aos quartos- Explicou de modo confuso.

-Sexo casual nunca fez mal a ninguém, Violette- Kim zombou do comentário da menor. 

Ri ao ver seu rosto ligeiramente ruborizado após a piada de Kim.

- Estão ansiosas para amanhã ?- Perguntou a garota de cabelos roxos tentando mudar o foco da conversa.

-Puff, nem um pouco. Detesto acordar cedo- Respondeu Kim bebericando o último gole de sua vodka.

-O que tem amanhã ?- Questionei de modo constrangido, esse tipo de situação era normal para mim.

-Mas guria, tu esquece de tudo, não ?- Kim riu mais uma vez de minhas falhas de memória- Amanhã começam as aulas.

Respirei aliviada ao obter sua resposta, eu gostava de Sweet Amoris, por ser um colégio interno era quase como uma segunda casa para nós. Além disso, era ótimo não estar em casa...

Takeshi Yamoto.

-Tem certeza que não vai beber ?- Dake se aproxima com uma garrafa de vodka quase vazia em suas mãos.

-Não...- Respondi em um tom frio, sem muito interesse naquela conversa.

-Já foram três!- Castiel se aproxima de nós com um sorriso perverso em seus lábios.

-Que rápido hein. Não faz nem 5 minutos que você subiu com a Debrah- Dake gargalhou zombando do amigo.

- Vai a merda!- O ruivo se jogou no pequeno sofá fúcsia localizado em um canto qualquer da festa.

- Oi gente, desculpem o atraso...- Ayato entra no recinto.

- Ayato!- Gritei me jogando em seu pescoço e dando-lhe um abraço apertado. 

- T-Takeshi está me sufocando- Grunhiu, sua voz soava cortante.

-Desculpe, é mania- Respondi sorrindo minimamente enquanto segurava suas mãos.

-Acho que vou pegar a Ambre- Castiel comenta bebendo o conteúdo da garrafa que a pouco tempo me foi oferecida por Dake.

-Se fizer isso e vou ter que te matar- Dake respondeu em seu típico tom ignorante.

-É serio que está gostando da irmãzinha do representante ?- Castiel gargalhou no final de sua frase- Esperava mais de você, Dake.

-Por que não param de ser tão infantis ?- Ayato se manifestou de maneira sarcástica, me fazendo rir ao revirar os olhos.

Rafael Santos.

-O que o 6° ano faz aqui ?- Castiel se aproximou bagunçando meus cabelos.

- Estamos na mesma turma!- Retruquei ouvindo-o rir da situação.

-Podem parar de agir como crianças ? Eu ficaria lisonjeado- Lysandre se pronuncia enquanto escrevia algo em seu amado bloco de notas.

-E então, o que fizeram no verão ?- O ruivo encostou-se na parede dividindo o peso de seu corpo apenas para perna.

-Nada de excepcional, apenas fui para a fazenda de meus pais- Lysandre fazia questão de demonstrar seu desinteresse na conversa.

-Nada. Detesto o verão- Respondeu rindo de meu próprio comentário- E você Castiel, o que fez ?

-Aturei meus pais por um longo tempo- Respondeu revirando os olhos.

-Eu queria ter essa sorte...- Finalizei sentindo minha respiração falhar, era difícil lembrar disso.

Lira Shiumasaky.

-Ainda bem que te encontrei!- Alexy me arrasta para outro canto da festa, o tom de embriaguez era notável em sua voz.

-Eu te disse que estava com Íris- Retruquei.

-É mesmo!- Concluiu batendo em sua própria testa com a palma da mão- E então, falou com ela ?- Alexy sorria de maneira sugestiva.

-Graças a você, não- Me exaltei.

-Sorry, acho melhor eu ir embora.

-Eu também acho- Ri enquanto envolvia meu braço por cima de seus ombros.

Retornei até as escadas na sala de estar. Apenas Violette, Kim e Kalereh estavam lá. Íris ainda me aguardava sentada no primeiro degrau, soltei um sorriso bobo ao vê-la tirar os olhos da tela de seu celular e direcioná-los a mim.

-Está tudo bem ?- Perguntei enquanto me sentava ao seu lado.

-Não tanto quanto eu gostaria- Disse após um longo suspiro- Papai está com problemas na empresa, isso provavelmente irá afastá-lo de mim.

-Nossa...- Eu estava pensando em um jeito melhor de respondê-la- Espero que fique tudo bem.

- Eu também- Finalizou rindo de seu próprio comentário e eu a acompanhei.

Lina Donnêt.

-Droga, sabia que não devia ter vindo...- Resmunguei em baixo tom ao notar que Rosalya havia se afastado.

- Li!- Alexy se aproximou cambaleando.

- Meu deus Lexy, o que há com você ?!-  Bronqueei após vê-lo com uma garrafa em sua mão, quase não havia bebida dentro do recipiente.

-Foram só algumas doses de tequila...

-Se só com algumas doses você já está assim...- Comentei fazendo-o rir- Mas mudando de assunto, viu o Castiel ?

-Até vi, mas foi no começo da festa. E pelo o que ouvi ele não fica no mesmo lugar por mais de cinco minutos- Respondeu sincero, mesmo sabendo que aquilo iria me irritar.

-Que estranho, ele disse que precisávamos conversar urgentemente...- Murmurei para mim mesma antes de vagar em meus devaneios e suposições.

-Vocês podem conversar amanhã.

-Amanhã ?- Vaguei insistentemente em minha memória, não me lembrando do que haveria amanhã.

-Porra Li, depois eu é que estou bêbado- Respondeu me fazendo rir- Primeiro dia de aula.

-Droga! Juro que tinha esquecido.

-Novidade...- Riu enquanto se afastava em direção ao bar.

Penny Foster.

Já era a quinta unha sem esmalte após descascá-lo. Minha  hiperatividade estava cada vez mais aflorada e Dajan já estava ficando irritado.

- Qual é o motivo da vez ?- Riu enquanto bagunçava meus cabelos.

-Hey, não faça isso- Ri arrumando as madeixas com as pontas dos dedos- Ainda não consegui falar com Castiel.

-Lá vem...- Revirou os olhos arrancando mais uma risada.

- Não seja assim, eu e ele somos só amigos. Sempre foi assim.

-Se você diz, Srta. Pen...- Cortei sua fala posicionando meu dedo indicador em seus lábios.

-Não se atreva!- Bronqueei.

- Por que não gosta do ser chamada de...

-Vai mesmo insistir nisso ?- Berrei fazendo-o rir ainda mais.

-Acho que Castiel está te procurando- Finalizou apontando para o ruivo em meio a multidão.

-Castiel!- Chamei-o me aproximando do mesmo.

Amber Mogenstern.

-Deveríamos ter ficado em casa, poderíamos estar assistindo filmes agora- Armin resmunga pela décima vez.

-Não, nós não deveríamos. Qual é Armin, você prometeu que não iria passar a festa toda jogando!- Esbravejei revirando os olhos- Trato é trato.

-Só falta uma fase...- Resmungou em protestou- Ei!

-Eu disse que iria pegar- Respondi travessa enquanto guardava seu PSP em meu bolso- Podemos aproveitar a festa ? Já basta não ter conseguido te ver as férias todas.

-Okay, você venceu- Ergueu os braços em rendição.

Sorri enquanto o levava para um lugar mais próximo de onde a música estava tocando. O excesso de pessoas no local gerou aproximação em nossos corpos, algo que me fez ficar ainda mais animada, Armin não tirava seus olhos azuis de mim, e céus. Como esse garoto poderia mexer comigo desse jeito ? 

Corei de maneira rápida, sorrindo minimamente enquanto dedicava meus pensamentos apenas ao rapaz a minha frente, desci meu olhar para seus lábios que agora se encontravam entreabertos. O moreno parecia desconfortável com tamanho tempo em que eu estivera encarando-o. Respirei fundo focando em meus tênis dourados e me inclinando para a frente, roubando um beijo seu.

O vi ficar sem reação, tentei rir para descontrair o que dessa vez não deu certo. Apenas desviei o olhar incomodada com a situação. Essa noite seria longa...

Gaia de Beauharnais.

Eu estava odiando tudo aquilo, Ambre e suas “queridas” amigas não me deixaram em paz nem por um segundo desde a hora em que cheguei.

-Eu adorei os seus sapatos, onde comprou ?- Charlotte pela milionésima vez fazia algo que eu detestava, mexia em meu cabelo.

-Comprei em Milão- Sorri minimamente.

Era bom ser admirada, eu adorava toda essa atenção, mas não delas. Parecia tão... falso e sem noção.

-Você vai se sentar ao meu lado amanhã, não ?-Ambre pergunta pela quarta vez.

-Ambre, já é um pesadelo estarmos no mesmo colégio, imagine uma ao lado da outra- Respondi me levantando da cadeira onde estávamos sentadas em frente a piscina.

-Aonde vai ?- Li questiona, e céus, ela não poderia parecer mais desinteressada na resposta.

-Preciso de distância, de preferência de vocês- Finalizei adentrando a casa de Rosalya.

Eu sinceramente não sabia nem porquê ela havia me convidado, nós conversamos no máximo duas vezes em todos os três anos em que estudo em Sweet Amoris. Ri com o pensamento de que talvez ela quisesse apenas se aproximar de mim, Rosalya sempre foi do tipo que tem muitos amigos.

Caminhei até o bar da festa, Charlie conversava animadamente com Ruby, uma aluna nova que por sinal já estava muito conhecida pelo colégio. Era estranho ver Charlie tão íntima de alguém, mesmo conhecendo-a pouco sabia que ela geralmente se mantinha quieta e misteriosa, está aí um ponto em que tínhamos em comum.

Pedi uma taça de vinho, sentando-me na pequena banqueta em frente ao balcão. Senti meu celular vibrar dentro de minha bolsa, liguei seu visor vendo um convite para um evento no Facebook. Comecei a ler sobre o tal evento, aparentemente seria um debate sobre a descriminalização do aborto.

Olhei para o lado vendo Debrah Blanchard sentada bem ali, não sabia muito sobre ela, apenas sobre sua fama de “piranha de Sweet Amoris”, isso não era novidade, era quase impossível manter uma boa imagem naquele colégio. Sabia também que já havia sido expulsa de algumas aulas por debater com alguns professores, algo também comum para aquela escola.

-Soube que vai a palestra de Suellen Bouvier- Comentou dando uma tragada em seu cigarro.

- Sim, é uma proposta de debate interessante...- Respondi sem olhar para ela- E você, não imaginei que conhecesse Suellen Bouvier.

Ouvi-a rir em um tom debochado.

- E se conheço, fui criada por ela- Respondeu focando seus olhos nos meus.

-Justo- Finalizei bebericando mais um pouco de meu vinho.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Até o próximo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...