História X-Girls - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias F(x)
Personagens Amber Liu, Krystal Jung, Luna Parker, Sulli Choi, Victoria Song
Tags Kryber, Lutoria
Exibições 29
Palavras 1.506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Luta, Romance e Novela, Super Power, Yuri
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOCÊS ESTÃO PRONTAS CRIANÇAS?
Voltei com mais um capítulo dessa loucura que eu chamo de fic.
Não vou enrolar muito para não me matarem mas adianto que lá vem treta(de novo u.u)
Hoje veremos tudo pelos olhos da garota terremoto.

Capítulo 5 - Sulli's real power


Fanfic / Fanfiction X-Girls - Capítulo 5 - Sulli's real power

Sulli

Minha cabeça doía. Foi necessário apenas um segundo de distração para que eu sentisse uma barra de ferro se chocando contra minhas pernas e logo braços fortes me seguravam pelo pescoço me sufocando. Eu não tinha forças para revidar e muito menos tocava o chão. Não conseguia usar meus poderes assim. Kangin olhava pra mim preocupado e abaixou sua arma e jogando no chão.

-Não faça nada com ela. Eu já estou desarmado. Vamos fazer uma troca ok? Devolve a Sulli e eu me entrego.-Kangin parecia calmo.

-E o que eu vou ganhar com isso? 

-Eu tenho uma Hummer parada lá fira e posso tirar vocês daqui com vida.-Ele disse calmo. Logo pareceu sussurrar algo ao comunicador e eu ouvi que ele tinha chamado Luna e Vic que tinham salvo os reféns.

-Uma proposta interessante. Pena que não vai rolar. Eu e a gatinha aqui vamos sair daqui ilesos.-O ladrão disse antes de me puxar em direção a saída. Eu tentava me soltar mas ele era forte demais e como estava quase sem ar parei de me debater. Olhei para o coldre o de sua arma estava. Podia sentir ela se mexer. Logo ela saiu voando para atrás de nós e foi pega por uma garota de cabelos escuros que não tardou a encosta-la na nuca do homem.

-Solta ela agora ou espalho seus miolos pelo chão.-Ela disse o ameaçando. Mas o homem era astuto. Me jogou para a frente e se virou para agarrar Luna. Iria tirar a arma dela se Vic não o tivesse agarrado pelo pescoço e liberado uma descarga elétrica que o paralisou na hora fazendo com que seu corpo caísse no chão.

Logo senti braços gentis me envolvendo em um abraço e me deparei com os cabelos ruivos de Krystal caindo sobre meu rosto.

-Fique tão preocupada Sulli. Não faça isso de novo com sua Unnie-Amber também me olhava.

-Me desculpe gente. Foi um descuido.-Estava aliviada por todas ali estarem bem. Kangin logo chegou e se ajoelhou perto de mim.

-Está ferida?-neguei prontamente com a cabeça.-Que alívio. Agora temos que correr. Quatro deles estão tentando fugir em um carro forte.

A reação foi imediata. Todos nós levantamos e corremos para o carro. Kangin assumiu o volante e disparou pelo trânsito caótico de Seul. Não tardou para vermos o carro forte batendo em tudo o que estava em seu caminho.

-Trmos que para-lo. Mas não posso atirar nos pneus. Pode ser perigoso para os civis. Estou aceitando sugestões.-Kangin disse enquanto acelerava e desviava dos outros carros. 

Minha reação foi mais rápida do que as garotas imaginaram. Abri o teto solar do Hummer e subi no teto do carro me segurando para não cair. As garotas gritavam pelo meu nome é para que eu voltasse para dentro do carro mas tudo em que eu pensava era em como parar aquele carro. Dei um sorriso antes de saltar do carro em que estávamos para o carro forte quando Kangin se aproximou o suficiente. Caminhei pelo teto do carro em direção ao capô. Me deparei com o motorista que se assustou ao me ver e freiou bruscamente o carro me lançando para a frente. Girei no ar e cai no asfalto. Me levantei e olhei para o carro. O cara que estava do lado do motorista berrou algo e ele acelerou em minha direção. Me concentrei. Se eu errasse podia significar a minha morte. Abri os olhos de súbito e dei um soco no chão. O asfalto começou a rachar indo em direção ao carro que se encontrava cada vez mais perto de mim e formou uma cratera bem a frente dele. Nem deu tempo do motorista freiar e o carro forte bateu com tudo e capotou ficando de cabeça pra baixo. Aquilo havia me deixado exausta. Nunca havia liberado tanto poder de uma só vez. Pude ver Kangin e as garotas chegando em seguida. Fui amparada por Kangin que passou meu braço por seus ombros e me levantou.

-Não faça algo tão imprudente assim novamente. Todos ficamos preocupados.

-Me desculpe Kangin. Ia demorar demais explicar. Eu…-Ia dizer muito obrigado quando os bandidos saíram do carro capotado fortemente armados e dispararam contra nós. Luna estava atenta e parou as balas no ar.  Mas eram muitas até para ela.

-Rápido. Eu não sei quanto tempo vou aguentar.-Ela disse se esforçando para nós manter a salvo.

-Façam exatamente o que eu disser.-Kangin disse para as garotas e ela acenaram.-Krystal congele o chão daqui até lá.

-T-tá bom.-Ela encostou suas mãos no chão e pude sentir todo o ar ao redor dela esfriar. Uma espessa camada de gelo logo se formou abaixo dos bandidos que cessaram os tiros para tentar tirar seus pés do chão que Krystal havia congelado.

-Amber. Queime tudo.-Kangin disse  seguida e amparou Krystal que também estava exausta. 

-Pode deixar- a loira apenas sorriu de lado. Era notável que ela não havia gostado da visão de ruiva deitada no colo do moreno. Esfregou as mãos e logo elas pegaram fogo. Chamas altas saiam delas. Amber as apontou para os bandidos e disparou contra eles. O gelo que os prendia derreteu e virou água. Mas suas roupas pegavam fogo e eles não atiraram já que tentavam apagar as chamas. Luna deixou as balas caírem ao chão e despencou para o lado. Ia se chocar contra o asfalto mas Vic a segurou.

-Vic acabe com eles.-Kangin disse e Vic acenou. Ergueu a mão e logo faíscas elétricas estalavam ao redor de seus dedos. Encostou a mão na água e descarregou uma torrente de alta voltagem que eletrocutou os quatro. Achei que tinham morrido mas logo vi que estavam apenas inconscientes devido a alta carga que havia recebido quando vi o peito de um deles se mexer devagar sinalizando que ainda respirava

-Vamos deixar o resto para a polícia. Melhor a gente sair daqui antes que os repórteres cheguem.-Ele disse e acionou um botão em seu relógio de pulso. O Hummer se aproximou de nós e abriu as portas. Apenas entramos. Todas estávamos exaustas demais para questionar como ele havia feito aquilo. Não tardou e acabei dormindo no banco ao lado de Krystal que também estava adormecida com a cabeça aninhada ao ombro de Amber.

-X- Mais tarde naquele dia -X-

Quando acordei estava de volta ao meu quarto na agência. Me sentei na cama e deslizei a mão pelos fios escuros enquanto meus olhos ainda se acostumavam com a claridade. Olhei para o criado mudo e uma bandeja com alguns sanduíches e uma jarra de suco parecia ter sido posta ali a pouco tempo. Peguei a mesma e puxei-a para meu colo. Me pus a comer devagar enquanto ainda pensava no que tinha acontecido mais cedo. Ouvi batidas na porta.

-Pode entrar -Disse e logo a porta foi aberta revelando Kangin. Ele caminhou calmamente pelo quarto até se sentar ao meu lado.

-Você está bem Sulli?-Ele perguntou e deslizou seu polegar por minha bochecha devagar.

-Estou sim. Acho que acabei exagerando-Disse e acabei por sorrir.

-Não verdade aquilo foi incrível. Eu aínda estava pensando em como parar aquele carro e você resolveu isso em segundos. Você tem um poder ainda maior que o das garotas Sulli.

-Como assim? 

-Você acredita em si mesma. E faz de tudo para ajudar suas amigas não importa o que aconteça. Esse é seu maior poder.-Ele sorriu. Em seguida se levantou da cama e estendeu a mão para mim-Vamos. As garotas estão morrendo de preocupação.

Me levantei e o segui. Elas nos esperavam na sala e fui cercada por braços quando cheguei.

-Eu estou bem Unnies. Não precisam mais se preocupar.-Dei um sorriso e tentei retribuir o abraço de todas.

The Vilain

-Espero um pouco. Você está me dizendo que aqueles idiotas foram pegos por cinco garotas e um agente do governo?

-Eu também não sei como isso aconteceu senhor. A operação tinha tudo para dar certo. Mas me disseram que essas garotas não são comuns.

-Obviamente que não são.-Uma terceira voz foi ouvida na sala e os dois homens que antes conversavam estremeceram. Eles sabiam quem era que estava parado ali. O homem deu dois passos a frente saindo do canto escuro em que estava. Usava apenas uma bermuda jeans e um tênis tendo seu peito descoberto. Tinha os músculos definidos e fortes. Mas longe de ser humano. Seus braços eram escuros como a noite e seus olhos cintilavam em um vermelho intenso que transbordava maldade.

-Se-Senhor… eu posso explicar-O homem mais magro tentou dizer mas teve seu pescoço agarrado pelo homem e foi erguido no ar. O homem apertava sua garganta o fazendo ficar sem ar.

-Não preciso de suas explicações Kibum. O assalto ao banco era apenas fachada-Disse ao soltar o rapaz que caiu no chão levando as mãos ao pescoço.

-Como assim?-Agora foi a vez de Jonghyun se manifestar.

-Acha mesmo que eu preciso de dinheiro Jonghyun? Eu não preciso. Mas eu preciso de poder. Por isso eu mandei roubarem aquele banco. Para que as gansas dos ovos de ouro se revelassem. Agora basta eu ir pega-las.
 


Notas Finais


E ai o que acharam?
Sulli deu uma divada de leve ali porque eu quis u.u
E quem será o vilão misterioso??
estou aceitando sugestões para os nomes de heroinas das garotas. Deixem ai nos comentários por favor.
Desculpem os erros e beijos no heart 0/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...