História Xeque Mate!!! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Bacchus Groh, Bisca Connell, Cana Alberona, Dan Straight, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Hibiki Lates, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Michelle Lobster, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Orga Nanagear, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Rufus Lore, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Gale, Gruvia, Hentai, Jerza, Nalu
Exibições 105
Palavras 3.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIEEEEEEEEEEEE
VOLTEI MEUS AMORES >.<
Desculpe, eu sei que demorei, mais eu já espliquei que tava dodoi e não tava podendo escrever.

agora como um pedido de desculpas, umas tretas BUAHAHAHAHA *-*
E vocês em loucos por um Hentai kkk ta chegando a 50 e logo logo teremos um bem picante cap aqui com a gente. :3

Boa leitura!!!

Capítulo 10 - Dois tabuleiros e um jogador


Fanfic / Fanfiction Xeque Mate!!! - Capítulo 10 - Dois tabuleiros e um jogador

~LUCY ON~ 

 

(TRIM, TRIM, TRIM...) ~despertador ~ 

 

-Ai que saco!!! - digo me levantando bruscamente e jogando o despertador na parede, infelizmente não quebrou. 

 

Me levantei da cama e fui ate o meu computador, o abri e ví que hoje o dia era chuvoso e também tinha uma mensagem da escola avisando que não era necessário usar o fardamento hoje, dei um breve suspiro e fui para o banheiro. Quando entrei no banheiro comecei a me despir, me olhei no espelho e passei a mão em meu pescoço, acabei me lembrando do momento que tive com Natsu ontem no shopping. Meu corpo começou a esquentar e eu senti uma corrente elétrica passar pelo meu corpo, me arrepiei toda, dei um suspiro e entrei na banheira com meus sais de Paris. 

Após  fazer minha higiene matinal, fui até meu guarda roupas e peguei minhas roupas de frio e penteei meu cabelo em um rabo de cavalo alto. ( LINK DA ROUPA NAS NOTAS FINAIS )  

Depois de me arrumar fui até a cozinha, peguei uma maçã e um copo com suco de laranja, não estou com muita fome. Virgo me deu minha bolsa e disse que já estava tudo dentro dela, só fiz pegar a chave do meu carro e ir para escola. 

Chegando lá na frente da escola, vejo que chamei muita atenção de novo, a minha equipe, juntamente com Gray e Levy que agora parecem fazer parte do grupo, se encontravam na frente do portão principal conversando. Sai do carro e fui em dirção a eles. 

 

-Oi pessoal!! - disse normalmente me aproximando do grupo. 

-OI Lucy!! - disseram todos juntos. 

-Oi Lu-chan, como esta? - perguntou Levy me abraçando. 

-Bem... eu acho. -disse a ultima parte quase que num sussurro, mesmo assim não escapou dos ouvidos de Erza. 

-Como assim "eu acho"? - Falou Erza fazendo aspas com as mãos. 

-N-nada de seu interesse! - falei corada, pera por que diabos eu corei? 

-Juvia acha que Lucy fez alguma coisa safada com alguém. - disse Juvia de mãos dadas com Gray. 

-Levy também acha! Ela até corou. - disse Levy imitando o modo de falar de Juvia. 

-Olha só quem fala de fazer coisas safadas não é? - rebati fuzilando ela com um olhar malicioso. 

-J-juvia não sabe do que Lucy esta falando, Juvia é inocente! - disse a azulada maior toda corada. 

-Sei bem esse seu "inocente". - digo fazendo aspas com a mão e todos riram do meu comentário. 

-Bom... vamos parar com esse papo de "coisas safadas" e entrar no colégio logo que eu estou com frio. - disse Hibiki entrando no colégio. Todos nós assentimos e fomos junto. 

 

Entramos na escola e fomos para o pátio para podermos conversar melhor até o sinal da primeira aula tocar. Eu estava sentada na mesa,  Juvia estava falando com Gray e Erza, já Levy e Gajeel estavam conversando com Laxus e Hibiki estava no celular fazendo coisas que não me importo nem um pouco em saber, olhei em volta e nem um sinal de Bisca ai decidi perguntar: 

 

-Ei cadê a Bisca? - perguntei para Hibiki que no mesmo momento parou de mexer no celular e me olhou. 

-Ela esta numa missão urgente que seu pai pediu a ajuda dela. - falou ele normalmente. 

-E o desgraçado nem pediu minha permissão. - falei fazendo bico e cruzando os braços. 

-Também achei estranho ele não falar com você a respeito, achei que já sabia. - falou ele colocando a mão no queixo pensativo. 

-Ah... que se foda! Depois eu tiro essa história a limpo. - disse me levantando. 

-Onde você vai? - perguntou ele vindo atrás de mim. 

-Vou no banheiro e você? 

-Vou pegar uma Coca. 

-Ah é, antes que eu me esqueça preciso que você invada o sistema da escola e me entregue as fixas de todos os alunos que não são bolsistas. - falei colocando as mãos atrás da cabeça. 

-Pra que você quer as fixas dos alunos? - ele pergunta me olhando confuso, me virei para ele e sorri carinhosamente. 

-O motivo é meio obvio, eu analisar cada fixa desta escola, pois uma delas é do herdeiro ou herdeira da família que é dona das empresas Exceeds e com certeza uma pessoa de família ria e poderosa não vai ser bolsista né? - falei na maior tranquilidade do mundo. 

-Tem razão, nem sei como não pensei nisto antes. - disse ele rindo. 

-Estávamos ocupados socializando e acabamos esquecendo da nossa missão. Mais agora.... vamos com tudo! - digo confiante e determinada. 

-Isso mesmo!! - ele falou e logo saímos de perto um do outro. 

 

Depois que fui no banheiro o sinal da primeira aula tinha batido, fui para minha sala e me preparei psicologicamente para entrar na sala. Depois daquele momento que tive com Natsu no shopping e ouvir ele dizer que me ama, eu simplesmente não estou bem, toda hora penso nele e é como se cada toque que ele me deu me deixasse uma marca a qual não consigo tirar a sensação. Respirei fundo e entrei na sala, dou uma olhada em volta e vou para o meu lugar perto da janela. e lá fiquei as 3 primeiras aulas perdida em meus pensamentos, sem expressar reação nenhuma, levei bronca dos professores e pra falar a verdade nem liguei muito pro que falavam até que.... 

 

-Senhorita Lucy? - chamou o professor Macao de literatura em frente a minha carteira. - Senhorita Heartfilia, da para você acordar de seus pensamentos e prestar atenção na aula? 

-Hum... ah sim fessorzinho do meu coração, eu não estava vendo o senhor ai, oque deseja da minha pessoa? - eu disse me despertando dos meus pensamentos e virei para ele com a cara mais simpática que consegui. 

-Percebe-se!!! - falou ele com uma gota na cabeça. - bem a senhorita pode fazer essa cena como Julieta? 

-Fessor não pode pedir a outra pessoa não? - falei entediada me deitando sobre a mesa. 

-Não senhorita Heartfilia, é você que irá me responder! - ele falou bravo. 

-Professor é perda de tempo! essa dai nem sabe ler uma frase, quanto mais um livro, quem dirá encenar um. - disse Lisanna debochada fazendo a sala toda rir. 

-Calada Strauss! Estou falando com a Lucy agora, não se intrometa!! - falou Macao e todos calou a boca. - Agora continuando... pode começar senhorita Heartfilia. 

-Ai que saco! - falei me levantando e indo para frente da sala. 

-Natsu me dá uma força aqui. - falou Macao apontando para minha pessoa. 

-OQUE? NÃO!!! - falou Lisputa se levantando. 

-Senta ai e fica caladinha Lisputa, ninguém chamou o cachorro. - falei debochada e logo minha animação foi ao algio. 

-Vem me fazer sem...  

-Senta logo nessa cadeira Strauss, isso é só uma encenação. - falou o professor com uma aura negra cobrindo seu corpo. Lisanna relutante se sentou e calou a boca na hora, Macao virou novamente para Natsu. - Anda logo, tá esperando oque rapaz? 

-Sim professor! - falou Natsu se levantando e quando passou pelo professor ele disse quase que inaudível: - Cara eu te amo. - e veio para frente. 

-Tá, tá agora comecem! E Lucy, como você não acompanhou a leitura do livro pode dar uma pesca se quiser. 

-Não precisa, conheço as obras de Shakespeare. - falei e voltei a olhar para Natsu. 

-Tá pronta? - perguntou Natsu me olhando nos olhos. 

-Vai logo com isso amoeba. - falei fingindo desanimo, mais por dentro.... tô A.D.O.R.A.N.D.O. 

-Tá bom então. - ele deu de ombros e começou.  

 

ENCENAÇÃO 

 

Natsu-  Posso ter a honra? Se profano for tocar este santo relicário. Espero que com meus lábios possa suavizar este rude contato com um terno beijo. - falou ele pegando em minha mão e se aproximando, nesse momento Lisanna me fuzilou com os olhos. 

Lucy-  As santas teem mãos que são tocadas pelos peregrinos... - falei entrando no personagem de Julieta. Nunca fiz isso mais cá entre nós eu estava ótima. 

Natsu- Não tem lábios as santas? - ele disse colocando a mão livre em minha cintura. 

Lucy- Sim, lábios que devem usar na oração. 

Natsu- Então santa adorada, deixar que os lábios façam o que as mãos fazem. 

Lucy- As santas são imóveis mesmo quando atendem as orações. 

Natsu- Então não te movas enquanto recolho o fruto de minhas preces. Assim mediante vossos lábios ficam os meus livres de pecados. - ele disse e com o rosto bem próximo ao meu e nossas respiração descompassada, Lisana Joga uma borracha em Natsu que se afastou de mim. 

Lucy-  E assim passaria para os meus o que vossos lábios contraíram. 

Natsu-  Pecado do meus lábios? Então devolvei-me meu pecado. 

 

FIM DA ENCENAÇÃO 

 

-E corta! Muito bom, eu achei que vocês iam se pegar aqui na sala. - disse o professor com um sorriso malicioso. 

-O amoeba ai tem uma cadela então não pode fessor. - falei indo pro meu lugar. 

-É sinto pena dessa pobre menina. - disse ele baixinho mais Lisanna escutou. 

-Por que professor? - pergunta ela olhando atravessado. 

-Oque? N-nada. Vamos continuar com a aula.- falou Macao. E assim continuou a aula, chata e eu perdidinha em meus pensamentos, de novo. 

 

Passaram-se uns 20 min depois e finalmente Deus falou: vou liberar minha filha desse inferno. Todos saíram da sala só ficou lá além de mim um certo grupinho de vagabas que eu nem mesmo tô afim de olhar na cara, então eu fechei os olhos, deitei com a cabeça na mesa e fiquei olhando pela janela. Eu estava na paz do senhor Jesus tirando meu lindo cochilo até uma certa cadela de rua vir me atazanar. 

 

-Hora, hora, hora se não é a nossa doce e meiga Julieta. - disse Lisanna com um sorriso cínico no rosto, nem virei para ela, continuei lá sem nem me mover. 

-Essa garota não tem noção do perigo. - disse uma garota alta de cabelo castanho claro e óculos.  

-Ignorando a gente assim... quer mesmo apanhar? - disse a outra garota que tinha cabelos pretos e longos e olhos castanhos claros. 

-EI LOIRA OXIGENADA, PRESTE ATENÇÃO QUANDO FALARMOS COM VOCÊ! - gritava Lisputa batendo a mão em minha mesa. 

-Ai da pra latir mais baixo? eu to tentando dormir aqui. - resmunguei sem olhar para elas. 

-Oque você disse lixo humano? - falou Lisanna puxando meu cabelo. 

-Lisanna... - falei com uma voz calma e de olhos fechados, de repente abri meus olhos e eles pareciam ter mudado de castanho para um vermelho profundo de tanta raiva que eu estava. - Preciso repetir a dose do shopping ou você esqueceu de como é ter seu braço quase quebrado? - terminei de falar com uma aura negra sobre mim. Senti ela me soltar mais ela de repente deu uma risadinha cínica. 

-Aquilo nunca, NUNCA mais vai acontecer de novo. Meninas! - disse Lisanna estalando o dedo. As amiguinhas dela seguram uma cada lado do meu braço e me viraram para Lisanna. - Agora você vai ver que não se deve mexer com um Strauss. - falou ela me dando um belo de um soco na cara, oque fez minha boca sangrar. 

-Nossa Lisanna... bate mais forte, isso não fez nem cocegas. - falei olhando ela nos olhos e dando um sorriso debochado. 

-Você vai ver só Heartfilia. - ela disse e me deu uma joelhada no pé da barriga e mais um tapa na cara. 

-Já acabou? Por que agora é minha vez! - eu disse me levantando. 

 

Com as amiguinhas dela ainda segurando os meus braços, dei um chute na barriga dela, o que fez ela cuspir sangue. Dei uma mortal para trás o que fez as amiguinhas dela me soltarem, eu dei um soco na cara da de óculos, que apagou de vez e um chute que foi defendido pela morena, ela tentou me acertar um soco mais eu fui mais rápida e segurei o braço dela e dei uma bela chave de braço. Lisanna veio até a gente que estávamos deitadas no chão e tento pisar em mim mais eu desviei e dei uma rasteira nela, me levantei e fiquei por cima dela, dei dois socos nela e vi o sangue descer pelo nariz e boca da mesma.  

 

-Agora vê se não meche comigo de novo pois eu não vou me segurar com você na terceira vez. - falei dando um ultimo soco fazendo ela apagar 

 

Eu levantei de cima dela e sai da sala, como estava machucada e toda suja, acabei chamando muita atenção de novo. Pessoas cochichavam e outras só olhavam espantadas com o meu estado. Cheguei no banheiro limpei minhas feridas e retoquei a maquiagem, só tinha cortado um pouco a boca e ficou roxo o pé do estomago por conta dos chutes, tive que tirar meu casaco pois tinha sujado mais tirando isso era como se nada tivesse acontecido. Sai do banheiro e fui até o grupo, desta vez Natsu e Jellal estavam conversando com o grupo também. 

 

-Yo gente! - falei acenado e dando um sorriso largo. 

-Yo Luc...- falou Natsu mais assim que ele virou de frente para mim ele viu o corte em minha boca. 

-Lucy o que aconteceu? - perguntou Juvia e Erza vindo até mim como se eu tivesse muito ferida. 

-Lisanna veio encher meu saco junto das amiguinhas dela. - disse colocando os braços atrás da cabeça. - Nada de mais! 

-Lucy cadê as meninas? - perguntou Gajeel saindo de perto de Levy e olhando para todos os lugares. 

-Como assim "cadê as meninas"? Lucy apanhou delas e você ainda ta preocupado com elas? - falou Luvy olhando meus ferimentos. 

-Lucy... pelo amor de deus me diz que você não... - disse Laxus no mesmo estado de Gajeel e com receio de terminar a frase. 

-Eu deixei duas apagadas e uma com o braço deslocado lá na sala. Como eu disse, nada de mais! - dei de ombros com a situação. 

-Gajeel, Laxus vão lá ver se estão bem, não queremos problemas aqui, não agora. - falou Erza com a mão na testa, os meninos assentiram e correram até a sala de aula. - Hibiki já sabe oque fazer né? 

-Já estou fazendo. - disse ele mexendo no notbook dele. 

-Eu não estou entendendo nada e vocês? - perguntou Natsu para Levy e Gray que só negaram com a cabeça. 

-Oque esta acontecendo? - perguntou Gray para Juvia. 

-Simples, as meninas foram bater em Lucy, mais Lucy deu uma surra nelas e elas estão inconscientes na sala. Juvia queria ter visto isso. - falou Juvia com voz de choro. 

-Mais mudando de assunto... Natsu posso falar com você? - perguntei para ele e todos me olharam. 

-C-claro! P-porque não? - ele disse vindo atrás de mim. Nos afastamos do pessoal e chegamos numa sala vazia que tinha no corredor, entramos e eu me sentei na mesinha que tinha ali. - E então?  

-Natsu eu to afim de jogar! - eu disse olhando bem no fundo dos olhos dele. 

-Jogar? Que jogo? - ele arqueou a sobrancelha. 

-Vem cá Natsu. - eu falei e ele obedeceu, se aproximou de mim, eu puxei pela gola da camisa dele e me aproximei da orelha dele. - Um joguinho muito maldoso e quente. - sussurrei na orelha dele vendo ele se arrepiar todo. 

-Q-quente? - ele perguntou colocando as mãos em minha cintura. 

-Isso mesmo! Más... - eu dei uma pausa e o empurrei de leve. - A parte boa só vai acontecer se você ganhar o jogo. 

-Luce eu já disse que eu vou ganhar esse jogo e você vai ser minha. - ele disse se aproximando novamente, dessa vez ele beijou meu pescoço. - Oque eu devo fazer? 

-Você tem que dar atenção a outras meninas e ignorar sua namorada. - eu disse e ele parou com as caricias e me olhou confuso. 

-Só isso? - ele perguntou e eu assenti com a cabeça. - Eu não vou conseguir da atenção a outra garota que não seja você Luce. 

-Então finja que sou eu por pelo menos 1 semana. 

-Impossível!! - falou ele fazendo biquinho e virando a cara. 

-Se é assim então tchau! - disse me levantando, porem Natsu me pegou pelo braço e me penssou na parede. 

-Tá bom eu faço, más... oque eu ganho com isso? - ele disse me olhando serio. 

-Hum... você joga o meu jogo e eu jogo um jogo seu. 

-Tá certo então! - ele disse me dando um selinho. - E por que você quer que eu ignore a Lisanna? Não é mais facil eu terminar com ela? 

-Natsu, ela atormentou a Levy durante todo esse tempo da escola, perturbou a Erza e me agrediu, eu sou uma pessoa vingativa meu bem. E vingança é um prato que se come frio! - eu disse com um sorriso maligno. 

-Sabe Luce? você me dá medo as vezes, mais isso passa quando eu vejo o seu sorriso lindo e a sua preocupação com seu amigos. - ele falou passando as costas da mão em minha face. 

-Adoro o seu carinho! - eu disse e o beijei, um beijo quente e voraz, cheio de paixão e de ganancia. Natsu pediu passagem com a língua e eu cedi de imediato, seu gosto é bom e viciante, minha vontade é de agarrar ele e não soltar mais. Passei os braços por seu pescoço e acariciei seu cabelos rosado e macio, ele segurou em minha cintura e desceu uma das mãos para minha bunda. Passamos um tempinho ali até o ar se fazer presente e o sinal tocar. 

-É... acho que tudo que é bom dura pouco. - disse ele ofegante e me dando um selinho. 

-Vamos para sala, ou o pessoal vai vir nos procurar. - falei não muito diferente dele. 

-Até mais Loirinha! 

-Até mais amoeba! - disse saindo da sala. 

 

~QUEBRA NO TEMPO~ 

 

As ultimas aulas passaram-se rapidamente, Lisputa e suas amiguinhas foram mandadas em bora por conta dos hematomas e eu acabei indo para diretoria por que a tal da Kagura disse tudo oque aconteceu, - Do jeito delas é claro. - e Makarov me deu uma bronca mais como não tinha provas pois as câmeras não mostravam nada, graças ao Hibiki ele me liberou. 

Passei mais 1 hora falando com a minha equipe e eu contei para as meninas em detalhes tudo oque aconteceu e oque eu planejo para me livrar de Lisanna, quando nos estávamos na sorveteria. Levy ficou perplexa com tudo que ouviu, já Juvia e Erza davam risada como duas Loucas. 

 

-Lucy você sabe que pode contar com a gente para tudo não é? - falou Erza se recompondo da crise de risos. 

-Sei mais nesse momento eu to de boa. Quando for necessário eu peço ajuda. - falei tomando meu sorvete. 

-Juvia acha que Lucy-san esta se arriscando de mais em brincar com uma qualquer, você vai perder o foco. - falou Juvia e eu neguei com a cabeça. 

-Que nada eu posso jogar dois jogos de uma vez. - eu falei orgulhosamente. 

-Juvia se preocupa não Lucy não faria isso se não estivesse com tudo no seu controle. - falou Erza comendo sua torta de morando. 

-As vezes vocês parecem esconder algo de nós, como se estivessem falando em códigos. - falou Levy e eu olhei para ela com a sobrancelha arqueada. - Mais isso é só por que vocês se conhecem a mais tempo, eu acho. 

-Aff to cansada, vou indo meninas. Até mais! - falei e me levantei, peguei minha bolsa e a chave do carro. 

-Tchau Lu! - falaram todas juntas.  

 

Depois que sai da sorveteria, fui direto para casa e tomei um belo de um banho relaxante. Desci até a cozinha peguei uma pera e uma coca, sentei no sofá e fui assistir na Netflix the walking dead, Virgo me troxe um balde de pipoca com manteiga e eu fiquei assistindo até bater o sono pois Já eram 23:46 Hrs quando eu olhei meu celular. Desliguei a tv e fui pro quarto dormir, minha semana será longa e não quero perder nem um minuto de meus maravilhosos joguinhos.


Notas Finais


E ai gostaram?
deichem sua opinião nos comentários.

Roupa de Lucy:https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/01/33/4a/01334acd8562afe414194441537339e0.jpg

Carro de Lucy:http://cdntbs.astonmartin.com/sitefinity/news-images/Aston-Martin-DB11_Embargo-010316-1400CET_01.jpg

Roupa de Lucy depois depois da briga:https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/77/71/b0/7771b02f8e1cd41b3e1f47456115cc8e.jpg
**Essa ultima roupa estava de baixo casaco dela no primeiro link mais ele é longo e do dava pra ver a meia preta e o sapato.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...