História Y Love My Boy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 18
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Demorei um pouco mais saiu mais um capítulo
Desculpe se não tiver me saído muito bem , só espero compreensão.
Me avisem de erros se encotrarem e Boa leitura

Capítulo 8 - What does my boy want?


Fanfic / Fanfiction Y Love My Boy - Capítulo 8 - What does my boy want?

Vincentt ON 

-Humm ... amor..- Escutei uma vozinha manhosa me chamando, me virei pro lado e pude ver Pietro engatinhando pelo sofá vindo na minha direção.

- O que foi baby? - disse enquanto passava um braço por sua cintura e o puxava pro meu colo .

- Estou tãooo intediado - choramingou pra mim enquanto beijava meu pescoço e passava as mãos pelo meu peito .

O deitei em cima de mim igual uma criança pequena e manhosa, fazia carinho no seu cabelo esperando ele dormir , afinal passamos uma tarde meio agitada e Pietro parecia cansado ,mesmo insistindo que não .

- Não quero dormir Vince , quero brincar com você ! 

- Você não quer não anjinho , fica quietinho e descansa .- O repreendi autoritário .

Vi meu garoto fechar os olhos ainda contrariado mas  aproveitando o carinho e dormir um tempo depois .

Levantei do sofá , com Pietro no colo e o levei para meu quarto , o aconcheguei na cama e fiquei a observa-lo dormir .

Havia se passado pouco mais de um mês desde que pedi meu anjinho em namoro e as coisas estavam indo surpreendentemente bem em todos os aspectos . Caleb e eu conversamos e finalmente nos resolvemos , ele entendeu que o que "tínhamos " ficou no passado e aceitou bem . Seguimos nossas vidas e continuamos amigos ,apesar de termos nos afastamos um pouco .

Quando eu e Peitro falamos do nosso namoro para nossos pais eles ficaram feliz e até comemoraram ,o que nos deixou surpresos ,afinal tínhamos ficado jundos por "acaso".

Minhas notas na escola estavam melhorando muito e meu quarto estava repleto de desenhos que Pietro fazia pra mim .

Nossa relação era perfeita ,mas a única coisa inusitada que percebi depois de um tempo ,era como meu namorado parecia um gato no cio .Ninguém segurava aquela criatura e isso me rendia noites de tranza sem descanso .

Sai do quarto sem fazer barulho e fui pra sala assistir um filme qualquer .

Eram 22:00 horas de uma sexta a noite e estava um tédio .

Meus pais haviam chegado havia pouco tempo e se emcaminharam direto pro quarto .

Pietro ainda dormia e aquele silêncio todo estava me incomodando ,resolvi então subir pro quarto , entrei, me despi peguei uma toalha indo direto pro banheiro .

Entrei debaixo do chuveiro e senti a água quente relaxar meus músculos , fechei meus olhos aproveitando o momento até que senti duas mãozinhas me agarraram num abraço apertado .

- Ja acordou amor ?

- Sim Vince , estava com tanta saudade que não consegui dormir .

Pietro tinha uma carinha tão safada e uma voz tão manhosa que me deixavam excitado só de obverva-lo e ouvi-lo .

O olhei com um sorriso safado e o puxei para um beijo necessitado .

O beijo foi se tornando cada vez mais quente , as mãos de Pietro passeavam sem pudor pelo meu corpo e as minhas apertavam com uma força gostosa a bunda farta do corpo alheio .Nossas ereções se chocavam deliciosamente o que só me deixava com mais vontade de possuir o meu garoto , o virei de costas pra mim bruscamente , comecei a passar minha glande na entrade de Pietro o deixando enlouquecido. 

- O que meu garotinho quer ? Fala pra mim - pedi com a voz calma .

- Me possua... Vince - ele falou entre gemidos sôfregos .

- De uma maneira mais suja ! - ordenei exigente.

- VINCENTT ME FODE ,PORRA! 

Sorri de canto e me enterrei em Pietro de uma vez só, o que provocou um grito tão alto do mesmo que eu jurava que até os vizinhos haviam escutado .

Esperei até que meu menino se acostumasse e quando recebi sinal positivo comecei com estocadas calmas que aos poucos foram se tornando rápidas ,intensas e profundas .

Nós dois gemiamos enlouquecidos , a água ainda caia em nossos corpos e o som das peles se chocando eram a mais pela sinfonia aos meus ouvidos .

Pietro gemia alto a medida que eu surrava sua próstata ao mesmo tempo que o masturbava no ritmo das estocadas , não demorou muito para que ele se desfissese em minha mão e eu em seu interior , numa sincronia quase perfeita .

Acalmando nossas respirações ao mesmo tempo em que sorriamos abertamente um para o outro terminando o banho , nos secamos e voltamos ao quarto para nos vestirmos . Coloquei apenas uma cueca e calça de moletom , enquanto Pietro vestia uma camiseta minha de mangas compridas , que em seu corpo esguio mais parecia um vestido .

Peguei sua mão e descemos calmamente a escada indo em direção a sala de cinema .

Coloquei um filme qualquer para assistirmos e me sentei confortavelmente no sofá logo em seguida aconchegando Pietro no meu colo .

Pai Alan apareceu um tempo depois e parecia impaciente e curioso com algo , o olhei e calmamente sem nem ao menos sair do lugar perguntei .

- Precisa de alguma coisa pai ?

Ele me olhou com um sorriso sacana e perguntou em seguida :

- Filho ,depois me ensina o que  você fez com o Pietro para ele gemer tão alto ? Quero testar com o seu pai .

Pietro corrou instantaneamente escondendo o rosto no meu peito, e tudo o que eu pude fazer foi rir da situação. 

Eu tinha pais malucos e um namorado fogoso .

Minha vida não podia ser mais perfeita .


Notas Finais


Obrigado por lerem e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...