História Yandere - Capítulo 47


Escrita por: ~ e ~MorangoPreto

Postado
Categorias Originais
Tags Comedia, Escolar, Luta, Novela, Romance, Shoujo, Violencia, Yandere
Exibições 32
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Harem, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pesssoal. Espero que não tenham esperado muito e nem estejam com tantas saudades. O Morango da Overdose iria postar, mas como ele virou um viciado em toddynho, Final fantasy e Jojo's eyes of Heaven, ele não tem postado tanta coisa. Sem muita enrrolação, vamos começar o cap.

Capítulo 47 - A garota do cabelo cinza


Fanfic / Fanfiction Yandere - Capítulo 47 - A garota do cabelo cinza

Sábado, 10 de outubro, 15:30

Narração Luke

Fui dar uma volta pela escola e ver se esfriava a cabeça um pouco. A Hoshi tinha saído há algum tempo, e eu ainda não consigo parar de pensar no porradão que dei no Hideki. A imagem ficava voltando na minha cabeça, mesmo que pra mim, oque eu tinha visto foi minha família sendo morta. Então, instintivamente eu corri pra tentar fazer algo, um porradaço na cara do indivíduo por exemplo. Quando pisquei os olhos, eu tinha acertado o Hideki na cara. Será que foi o cara que o Hotaro tinha me avisado depois que ele saiu? esse tal de Jean alguma coisa. Meus fones de ouvido não me deixam pensar direito. E afinal que música é essa?

I'm back again, with my box of tissues, got a rolled up magazine and mental issues

With a cold hard thirst, for a girl with booty, take her somewhere nice and revail those boobies.....

Luke- mas que porra é essa? -tiro os fones e guardo dentro do bolso. Um cara se aproxima de mim, e pela cara dele, deve ser esse Jean alguma merda por ai.

Jean- eu ouvi dizer que você é amigo do Hideki Akira?

Luke-.....

Jean- não precisa ser tímido. Somos colegas de classe, parceiros,camaradas entendeu?

Luke- eu nem te conheço -o rosto dele vira uma expressão assustadoramente estranha, com um sorriso psicótico no rosto.

Jean- que pena. Se me conhece-se, já teria corrido -ele me chutou com uma força absurda, para dentro de um beco que terminava em uma área de construção abandonada. Uma névoa cinzenta o envolveu, fazendo-o sumir no ar, como se tivesse se unido a névoa. Ele aparece atrás de mim e me deu um soco forte na cara. Quando tentei correr na direção dele para acerta-lo, oque eu acertei era a névoa cinzenta. Quando percebi, eu estava cercado por, mais ou menos, vinte Jeans.

Luke- cacete -meu braço começou a brilhar novamente, emanando aqueles feixes elétricos. É isso. seu eu acerta-lo, posso cancelar o poder dele com a minha absorção. Isso se eu conseguir tocar nele primeiro. Os feixes começam a ficar maiores e mais fortes, como se eu não tivesse controle do meu corpo, que age sobre eles. Sinto uma dor imensa no meu abdome. Caio de joelhos no chão e eles começam a falar e rir ao mesmo tempo.

Jean- você não controla o próprio poder. Precisa absorver outros poderes deixando o outro portador temporariamente sem eles, para poder controlar a energia que você emana. Ah Luke, Luke, Luke -ele me ataca por todos os cantos, quase me deixando inconsciente e então agarra minha cabeça pelo cabelo.- se você soubesse oque eu sei de vocês. Por quanto tempo eu os observo. Digamos que, eu ei quase desde o início. Vocês e suas vida inúteis, são realmente interessantes, quando se acostuma. Tentei acabar com aquela vadia da....qual o nome dela mesmo? Yumi Koki? ela é a doutora né? Sim então é ela. Tentei manipular a mente dela, mas por ser uma ex-assassina treinada, a mente dela é incrivelmente forte. O do seu colega, Hotaro se não me engano, Também.

Ele acertou uns raios de energia iguais aos meus na minha cara, em forma de um soco. Quando percebi, já havia caído em outra ilusão. Agora eu lutava contra eu mesmo.

Luke2- você realmente é um idiota. Acha mesmo que vai vencer? Pare de lutar. Você é fraco e ainda por cima, com um poder que não controla.

Luke- CALA A BOCA! -eu atirei os raios inconscientemente na direção do outro "eu". Quando percebi, novamente ele tinha trocado de lugar comigo, me colocando de alguma forma, de frente para meu próprio ataque. Eu tomei uma pancada de algo que parecia com um soco feito de energia, quer me arremessou a quase 10 metros dali, me fazendo destruir uma estrutura que eu tinha me feito atingir com as costas. Olhei todo machucado e arranhado para o alto, e vi que as vigas cairiam em cima de mim, quando de repente, tudo voltou ao normal. As vigas haviam caído em volta de mim, e agora haviam três pessoas. Duas lutando juntas e a outra me ajudando. Eu acho. 

Luke- o-oque.......? -eu tento me levantar, mas os ferimentos não permitem. Oque era uma construção, agora virou um campo de batalha completamente destruído. A pessoa que me ajudava era.....uma garota? E era uma garota quase do meu tamanho, com longos cabelos cinzentos, uma saia amarela e uma camisa preta com uma jaqueta vermelha, e luvas pretas com abertura nos dedos e um cinto que dava um estilo a jaqueta. Ela também tinha algo que parecia uma gargantilha, ou melhor, uma coleira preta com algo escrito em uma plaquinha de prata na frente.

Garota- você não vai passar -eu entendi a referência. Ela cravou a espada no chão abrindo o mesmo, fazendo Jean e a outra pessoa, que vinham em sua direção, caírem no buraco.

Jean- vou voltar para acabar co messa luta!

Ela ignorou o Jean e veio me ajudar. Fiquei no hospital só para colocar umas bandagens, que na minha opinião ficaram bem fodas. Quando sai, ela estava lá me esperando. Preciso agradecer, agradecer muito.

Luke- valeu por salvar minha vida lá atrás -eu pus a mão na cabeça, com vergonha.

Garota- não há de que parceiro. Fico feliz que esteja bem, Luke

Como ela sabe meu nome?

Luke- como você sabe quem eu sou?

Garota- errr.........quer dizer, fico feliz que esteja bem, cara. -ela saiu andando como se não tivesse acontecido nada e virou a rua. Quando eu fui atrás dela, a garota havia sumido completamente, como se fosse um espectro ou fantasma. Fiquei olhando a rua por um tempo, até que decidi ir de volta a escola. Quando eu cheguei lá, a menina que me ajudou antes, para minha surpresa, estava na frente da escola, novamente me esperando. 

Garota- oi de novo -ela acenou

Luke- ah oi.......-eu não sei o nome dela.

Garota- Naomi. Naomi Saki

Luke- certo. Valeu novamente por me ajudar Naomi.

Naomi- é. E agora, para te ajudar mais, eu vou estudar aqui

Luke- OQUE?!

 

Continua-------


Notas Finais


espero que tenha gostado desse cap, e como eu disse antes, até o Morango com Overdose voltar, não teremos a mesma quantidade de caps. Bom, de qualquer forma, até a próxima pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...