História Yandere - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Assassinato, Japao, Tortura, Violencia, Yandere
Exibições 39
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Violência
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 14 - Por bem ou por mal


Nem eu estava me reconhecendo, eu havia mesmo matado todos os professores, e lá, diante daquele prédio em chamas, não sentia nenhuma culpa ou remorso, somente o sentimento de que eu havia cumprido mais um objetivo. Em dois meses eu vi minha personalidade mudar completamente, eu passei de uma garota ingênua e pacífica, a uma assassina fria. Sabia se minha mãe soubesse, ela provavelmente morreria de desgosto, eu sei que ela me ensinou que isso nunca foi certo, mas o bullyng muda uma pessoa. Certa de que não havia mais nada a fazer por ali, fui para casa.


No dia seguinte, já era o primeiro dia das férias, e eu estava tentando relaxar, e esquecer todos os meus problemas. Me sentei no sofá é liguei a televisão. Já de cara me deparei com uma notícia:

-Foi declarado o nome da estudante suspeita de matar os pais adotivos, o que a perícia deduz é que a jovem Ayumi Saito de dezesseis anos, deu pílulas para dormir aos seus pais e incendiou a casa com todos dentro. A estudante continua foragida, se você ver essa garota em algum lugar, por favor ligue para o número...

Vi a foto da garota. Uma menina loira, que aparentava ter 1,60 de altura.

-Incinerou os pais não é?-disse eu.-Não a julgo, eles devem ter merecido.

Minha mãe aparece na sala, e diz:

-Mayu, por favor vá ao mercado para mim.

-Tudo bem.

Na televisão, ouvi outra notícia:

-No noticiário das nove, serão anunciadas novas notícias sobre o incêndio na escola Mumei que ocorreu ontem por volta do meio dia, e matou 21 funcionarios.

-Que coisa horrível!-disse minha mãe.-Ultimamente tem acontecido coisas terríveis relacionadas a essa escola!

 Se minha mãe soubesse que fui eu...

Saí de casa e fui ao mercado como a minha mãe havia dito, mas no caminho, vi uma coisa que me deixou vermelha de raiva. Hiroshi estava sentado de mãos dadas com a Haruka. Fui em direção deles para tomar satisfação.

-Como vai o casalzinho?-disse eu.

-O que você quer?-perguntou Hiroshi.

-Será que ainda não passou pela sua cabeça que você vai se pai!?

-Eu prefiro não pensar nisso.

-Em vez de você sair com outras, você deveria estar comigo, me ajudando a superar isso, saiba que a minha mãe nem está sabendo ainda!

-Eu já te disse, não tenho nada haver com isso. Ele está dentro de você, não de mim, problema seu.

-Seu canalha! Vagabundo! Mulherengo! Você vai ver, ainda vai terminar ao meu lado, por bem ou por mal, e eu lhe asseguro, não vai querer escolher o "por mal"!

-O que você vai fazer?

-Te mato se precisar!

-Mayu, eu te conheço a muito tempo, você não machucaria uma pessoa nem se a sua vida dependesse disso.

-Isso foi a um tempo, agora estou mudada.

-Garanto que continua a mesma idiota de sempre!

-Hiroshi, acho que vou te perdoar de tudo se você vier comigo e assumir o seu filho, aí eu te perdoo, afinal, você é o pai do meu bebê.

-Viu só? A mesma idiota!

Hiroshi e Haruka riram de mim.

-Então vai ser o "por mal". Tudo bem. Me aguarde!

Saí do local furiosa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...