História Yandere Simulator Ayano X Budo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Artes Maciais, Ayano Aishi, Budo Masuta, Hentai, Sexo, Yandere Simulator
Exibições 96
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não consegui esperar até amanhã pra fazer esse capítulo, então fiz logo hoje, pra fazer o sete amanhã, espero que gozem...ops, gostem. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Obs. Eu queria que tivesse alguma foto da Ayano e do Budo transando, mas "infelizmente" não tinha.

Capítulo 6 - Perdendo a Virgindade


Em um sábado de manhã, Ayano descia as escadas para se encontrar com o Budo, que a esperava no parque, ela tomou banho e comeu rapidão e foi embora, quando ela foi abrir a porta, ela deu de cara com...

- Olá!

Ayano não tava acreditando, o Taro estava na sua frente dizendo olá.

- S-Senpai!

- Oque?

- Err, nada, mas quem é você?

Ayano estava fingindo que não conhecia o Taro.

- Oh, que falta de educação minha, meu nome é Taro Yamada.

Ele fez isso beijando a mão da Ayano.

- E qual é o seu?

- A-Ayano...

- Prazer Ayan-chan.

- P-Prazer, mas agora e-eu preciso ir.

- Calma, pra que a pressa?

- É que eu preciso encontrar alguém.

- De quem você está falando?

Ele perguntou bem assustador.

- Err, um...uma amiga!

- Amiga? Porque não marca pra outro dia? Eu queria muito te conhecer.

- Olha, aqui se você não sair da minha frente, eu vou chamar a Polícia.

- Não vai chamar ninguém princesinha!

Taro empurrou a Ayano contra a parede e a beijou forçado.

Ele foi embora.

Ayano ficou supresa, o Taro nunca tinha a chamado de princesinha, pior, nunca tinha a beijado, ela ficou triste e feliz ao mesmo tempo, mas não conseguia entender porque estava feliz com isso.

Ela foi embora até o parque.

Chegando lá, o Budo já estava a espera dela.

- Ayano!

Budo correu até ela e deu um grande abraço nela, mas percebeu que ela não estava feliz.

- Ayano? Oque aconteceu, porque você está triste? 

- Ai, amor, aconteceu uma coisa horrível!

- Oque, amor? Fala!

- O Taro apareceu na porta do prédio, me agarrou e me beijou!

Budo ficou horrorizado e começou a ficar com raiva.

- Ele oque?

- Me beijou...

- MALDITO!!!

- Calma, Budo não se estresse.

- Como eu não vou me estressar?? Aquele cara nunca te deu bola na vida, agora que você tá namorando comigo, ele aparece, te nota, e beija a namorada dos outros??

- Eu sei você tem razão, mas...

- Mas, oque? Mas, oque, Ayano??

- Slá, mas quando ele me beijou, eu fiquei...feliz.

- Oque!!??

- Eu não se...

- VOCÊ FICOU FELIZ PORQUE AQUELE FILHO DA PUTA TE BEIJOU!!!???

- Eu realmente não entendo porque eu fiquei assim.

- Eu pensei que você gostasse de ficar feliz comigo!

- E eu gosto! Gosto não, eu amo! Eu te amo Budo, e sempre te amarei.

- Você me ama, mas parece que também ainda ama aquele escroto, não é?

Ayano não pôde mentir, ela esperou alguns segundos e falou:

- ...sim...

- TÁ VENDO!!?? VOCÊ AINDA AMA ELE.

- Não consigo parar de amar, quando me apaixono por alguém dos meus sonhos.

- Quer saber Ayano! Se você ama aquele imbecil e quer ficar com ele por toda a sua vida, pode ir! Você está livre agora...

- Peraí, oque??

- Você está livre, livre pra fazer oque quiser, livre pra ficar com o seu Senpai, está livre de mim...

Ayano ficou sem voz de tão triste que estava, ela não tava acreditando que o Budo estava terminando com ela, nao durou nem 2 dias e ele já estava terminando com ela.

- B-Budo!

Ayano correu até ele.

- Porfavor Budo, você tem que acreditar em mim, eu te amo, te amo muito, se eu amasse mesmo o Senpai, eu não estava namorando contigo.

- Mas eu e você não estamos mais namorando!

- Porfavor, Budo, eu faço qualquer coisa pra gente voltar! Qualquer coisa...

Budo pensou bastante e teve uma idéia.

- Ok. Tenho uma coisa que você pode fazer pra admitir que me ama mais.

- Oque?

- Me encontre as 9:00 da noite na minha casa.

- Hã?

- É uma surpresa.

Budo foi embora.

Ayano não entendeu oque Budo quis dizer, mas pegou oque ele falou.

Já eram quase 9:00 e Ayano já estava indo pra casa do Budo, chegando lá, o Budo abriu a porta.

- Hum...você veio!

- Claro, eu faço tudo pelo meu amor.

- Só vou ser seu amor, quando você fizer o que vou falar.

- Então fala.

- Vamos ir pro meu quarto primeiro!

Budo arrastou a Ayano até seu quarto e a jogou na cama.

- Ou. Oque você vai fazer?

Budo trancou a porta.

Foi em cima da Ayano e disse:

- A surpresa é oque você vai ver agora.

Budo tirou a camisa.

Ayano já estava começando a entender o que Budo queria.

- Eu já entendi oque você quer.

Os dois deram um amasso gostoso, os dois começaram a tirar suas roupas até ficarem só com roupas íntimas, Budo falou:

- Hum... será que a cachorrinha deixa eu tirar esse sutiã? 

Ayano fez o sinal de sim com a cabeça e o Budo tirou o sutiã.

Ayano com os peitos pra fora, foi sendo beijada pelo Budo.

Budo beijava seu pescoço e foi descendo, ele tirou a calcinha dela e pra terminar ele tirou a cueca, os dois ficaram completamente nús e a festa começou.

ATENÇÃO SE VOCÊ É MENOR DE 18 ANOS, NÃO CONTINUE LENDO, POIS, NÃO TERÁ CENSURA DE PALAVRAS ERÓTICAS. (Já sei que vocês são tarados e vão continuar lendo mesmo assim 😒)

Ayano começou com um boquete bem gostoso, gemia que nem uma cabra com dor de barriga, Budo gozou rápido na boca da Ayano, que estava branca com esperma do Budo.

Logo depois de 5 minutos de boquete, eles começaram a transar de verdade, com piroca na buceta, Budo começava devagar, e a Ayano estava gemendo pra caralho.

Budo começou a ir mais rápido, mas ele sentiu que ia gozar e falou:

- A-Ayano, e-eu vou g-gozar!

- Ai meu deus então tira!

- Budo tirou bem a tempo e gozou depois.

- Será que não é melhor, transarmos com camisinha?

- Ah, é, boa idéia! Assim eu não corro o risco de te engravidar.

Budo colocou a camisinha e começou a festa denovo.

Depois de várias e várias diferentes posições de transa, eles adormeceram como anjinhos.








 


Notas Finais


Humm...! Essa transa foi muito boa, né? Acho que ninguém ligou pro aviso que dei, né? Já conheço vocês, hehe.
Mas, esse foi o Capítulo de hoje, esperam que tenham gozado...ops, gostado e não percam o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...