História Yaoi. Entre lágrimas e risadas Dae VS Dak-ho - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Comedia, Coréia, Diversão, Romance, Shoujo, Yaoi
Exibições 49
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi, prontos para mais um capítulo?

Capítulo 2 - Segundo dia


Dak-Ho trancou a porta do seu quarto e foi em direção a cama afrouxando a gravata do uniforme. Ele bufou exausto e se jogou na cama. Ele finalmente esqueceu a briga de seus pais. E acabou adormecendo de uniforme. 

NO DIA SEGUINTE...

Na mesa do café a família kin estava seria como na maioria das vezes, era desconfortável, mas isso era a muito tempo. 

Dak-Ho se levantou e alertou o motorista que já iria descer para escola. Quando chegou na garagem o motorista abriu a porta do carro preto de 40mil. Durante o caminho, ele pensava no seu empenho escolar e se precisava melhorar. Ele era o aluno com as notas mais altas da escola, e nunca precisou virar a noite oara estudar, geralmente revisava o assunto e então estava pronto para o teste.

Ao chegar na sala foi para o seu lugar de sempre e começou uma conversa com Dang Sun. maioria dos alunos estava de pé, porém foram todos se sentar quando a professar entrou na sala e pediu silêncio. 

A professora de literatura era uma mulher gentil fora de sala, e também muito amigável, porém, na frente dos alunos durante a aula não tinha muito paciência. Mas nao perdia a postura meiga e gentil.

Durante a aula, então todos estavam concentrados, a professora se distraiu com uma batida na porta. Nessa hora todos se distrairam curiosos menos Dak-Ho que não deu a mínima importância. 

- Atenção todos! Este é o novo colega de classe - Um garoto de cabelos negros entrou pela porta enquanto o diretor permaneceu do lado de fora. - Apresente-se!

O menino tinha um sorrisinho natural, o canto de seus lábios era um pouco para cima, isso o deixava fofo. -Meu nome é Min Dae, sou o novo aluno, transferido. Ham... acho que é tudo. - sorriu cimparitico.

Dak Ho oolhou na direção do garoto que se sentou em uma das primeiras cadeiras e quando olhou para os lados percebeu que muitas pessoas estavam sussurrando e rindo.

Estavam rindo da cara do novato.

Ele esprou até os sussurro ficarem mais alto e ouviu uma garota falar para outra. "Ele tem uma bolsa, parece que é muito inteligente, infelizmente é pobre! Tipo muito pobre!" E a outra responde: "essa escola está aceitando porcos da rua! O nivel esta caindo muito, me sinto em um xiqueiro!"

Dak-Ho olhou para o garoto, e percebeu que estava sendo zoado pelos alunos, seu sorriso ficou desajeitado e ele coçou a traz da orelha, tentando ignorar os comentários. 

Dak-Ho ignorou e voltou a prestar atenção ma aula. 

Todos foram em direção aos vestiários para se trocarem, quando  Dak-Ho chegou com Dang Sun eles se depararam com um grupo de caras rindo maliciosamente. 

-Saiam! - ordenou Dang Sul e Dak-Ho sério. Imediatamente todos se afastavam e voltaram a se arrumar para educação física como se fossem inocentes. Porém o menino transferido todo encolhido entre um armário e outro, com o rosto roxo e a bochecha cortada acusavam aqueles alunos de espancamento. 

Dang Sun ficou espantado, se aproximou do rapaz e se abaixou para ficar da mesma altura. Dak-Ho nem se mexeu direito, apenas continuou olhando a sena.

- Você... Está bem? - Dang Sul tentou o ajudar mas o menino, que já estava sem o sorriso natural e com olhar sombrio, se afastou e levantou de presa.

- Não me toque!

Se direcionado a saida que estava sendo meio bloqueada por Dak-Ho ele foi impedido de passar. o mesmo foi agarrado pela gola da camisa e ficou a centímetros do rosto de Dak-Ho 

- Acho bom você controlar sua raiva apenas para aqueles que realmente te fizeram mal... - sussurrou DakHo com raiva pela falta de educação do garoto. E Min Dae realmente sentiu um pouco de medo.

-Dak-Ho! Não o machuque! - Pediu Dang Sun olhando os dois cara a cara com olhares de raiva.

Dak-Ho largou Min Dae o empurrando um pouco e então foi na direção do amigo. 

Dae se sentiu um couco triste com suas ações. Ele sabia que descontou sua raiva na pessoa errada...












Notas Finais


Gente imaginem o Luhan como o Dae, eu sei! Ele nem é coreano, mas vamos fingir.
Kkkkk aconteceu uns problemas na hora de escolher os personagens. Espero que tenham gostado do capitulo, eu sei, eu deveria oostar capítulos maiores... mas eu fico tão ansiosa que acabo querendo ver a reação de leitores mais rápido.
Bjs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...