História (Yaoi) Um amor verdadeiro - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Koisuru Boukun
Tags Romance, Romance Escolar, Yaoi
Visualizações 48
Palavras 456
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá tenha uma ótima leitura.

Capítulo 7 - Sim!


Morinaga continua aquele beijo ardente em Yamato até que ambos ficam sem folego e param. Yamato coloca o braço sobre a boca e olha para Morinaga, com uma expressão tímida e envergonhada, seu rosto ainda tem rastros de suas doces lagrimas.

Yamato:........Porq...Porque fez isso? Por piedade? Se for por piedade eu não preciso dela. A única coisa que queria e ainda quero é somente seu amor mas se não posso telo não me iluda.( som da voz alta ).  

Morinaga agarra fortemente o braço de Yamato dando um leve solavanco em seu corpo para acorda lo pra realidade 

Morinaga: E é neste ponte que se engana, nunca iludiria alguem, se te beijei significa que gosto de você.

Yamato o olha espantado.

Yamato: Mas se gosta de min assim como fala então porque não me deu uma resposta quando me declarei? Porque iria embora sem me avisar? Porque..  

Morinaga: Quer mesmo que eu te responda? 

Yamato: Sim! Se possível é claro.

Morinaga: Sua primeira pergunta foi porque não havia te respondido quando me fez sua declaração, e minha resposta é eu fiquei espantado não esperava isso. A segunda você me perguntou porque não o avisei que iria em bora, ou primeiramente porque iria, esta resposta é simples eu acabeu me apaixonando por você, todos os dias refletia isto em casa e agora que me dei conta disso, mas  sendo seu professor não poderia ficar com você do jeito que eu quero agora então me demiti. Isto responde suas perguntas.

Yamato não acreditava no que acabara de escutar isso era tudo que ele queria e o próprio acreditava que era indigno deste sentimento.

Morinaga alisa o cabelo de  Yamato descendo os dedos suaves ao seu rosto.

Morinaga: Agora entende meu doce Yamato. 

Morinaga se encurva para de novo  beijar os labios suaves e macios de Yamato mas, o mesmo é mais rápido e o beija primeiro coisa que queria em tempos. 

Morinaga se espanta com o ato espontâneo dele  mas depois não aguenta a tentação e mais uma vez ataca aqueles sensíveis lábios que pediam por ele.

Qdt.....

Morinaga e Yamato saíram da antiga sala de equipamentos de esportes que se mantia e foram os dois para o carro (sim o carro de Morinaga). 

Os dois já dentro do carro saíram das redondezas e foram até um parque longe da vista da escola. Já estando fora do carro no parque.

Morinaga: Yamato namore comigo.

Yamato se espanta e fica vermelho.

Yamato:O-oque? Esta falando s-sério sempai.

Morinaga: Sim eu falo sério! E ai você aceita?

Os olhos de yamato começam a marejar em lágrimas de felicidade. O mesmo se joga aos braços de Morinaga o abrassando fortemente.

Yamato: .. S-Sim! Sim! E mil vezes sim!!

Morinaga se espanta mas logo da uma gargalhada de felicidade gira Yamato que ainda se mantem em seus braços.

Continua....... 

........................................








Notas Finais


Espero que tenham gostado deste cap. Continuem lendo e tenham uma boa noite. Obrigada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...