História YAOI-ZÔO: Personagens gays baseados em animais. - Capítulo 174


Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Coiote, Galinha, leão, Lobo, Ovelha, Papa Léguas, Raposa, Zebra
Visualizações 361
Palavras 681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieeeeeeeee galera!!!!
Aqui vai mais um cap 💜
Espero que gostem!!!

Capítulo 174 - Mais humano.


Fanfic / Fanfiction YAOI-ZÔO: Personagens gays baseados em animais. - Capítulo 174 - Mais humano.

Narrador Dragão 


Bocejo.

Estava no meu quarto jogando vídeo-game.

Contudo uma vida nunca pode ser pacífica. Meu irmão entrou no meu quarto carregando uma bacia pra pegar minhas roupas sujas.

Dino: Eu sabia! já discutimos sobre isso, Drag! Você tem que deixar suas roupas sujas dentro da maquina. Ao menos isso! - Reclama enquanto retira minhas roupas do chão.

- Tanto faz! - Digo tentando ignora-lo ao máximo.

Dino bufou fadigado, mas resolveu não discutir. - Você tem escola hoje. 

- É? E daí?

Dino: Já são meio dia. Tem que se vestir se não chega atrasado!

- Tá, tá! Eu já tô indo!

Nesse momento Dino fica na frente da TV atrapalhando minha visão. - Agora! O Unicórnio já tá pronto. Só tá esperando você descer!

De imediato escuto a típica trilha sonora quando meu personagem do jogo perde a vida. - Afff! Irritante! - Falo levantando da cama.

Dino: Obrigado! - Agradece ao seguir até a porta.

- Ei, Oni-chan! - Clamo atraindo sua atenção. 

Dino: O que?

- O quê é Gozar?

No mesmo instante Dino fica muito vermelho  - OOO QUE?!

- É que ontem fiz o Nico gozar. E eu queria saber se isso é bom. - Explico.

Dino: VOCÊ FEZ O QUE?! - Berra me assustando bastante.

- É tão errado assim?

Dino: AI MEU DEUS, DRAG! EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ... Espera, você gosta dele?

- O quê?! Po-porque tá me fazendo essa pergunta de repente?! 

Minhas bochechas começam a esquentar.

Dino: Aí, não...! O que eu faço agora?! A senhora Jacaré vai nos odiar mais do que já odeia! E eu realmente gostei de ter mais pessoas aqui em casa! PORQUE VOCÊ SEMPRE ESTRAGA TUDO?!

- N-NÃO É MINHA CULPA! 

Dino: É SIM! VOCÊ SEMPRE ARRUMA UM JEITO DE ACABAR COM O POUCO DE FELICIDADE QUE TENHO! Menino ruim! 

Nesse momento sigo até a janela e subo a perceana.

Dino: Vai fugir de novo, covarde!

Reviro os olhos. Passo uma perna pena janela e passo a outra sentando na janela. Era alto, mas eu iria pular mesmo assim!

Dino: ÓTIMO! VÁ! FAÇA IGUAL O PAPAI E SE ESCONDA EM UM LUGAR BASTANTE LONGE PRA NÃO TER QUE ENCARAR A REALIDADE!

- QUE REALIDADE VOCÊ TÁ FALANDO?! EU SÓ NÃO AGUENTO OUVIR VOCÊ FALANDO MERDA O TEMPO TODO!

Dino: NÃO É ISSO E SABE MUITO BEM! 

- NÃO SEI NÃO! ME FALA!

Dino: ELA NÃO VAI VOLTAR! ELA MORREU DRAG! A MAMÃE MORREU! MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE NOSSA FAMÍLIA ACABOU, VOCÊ AINDA TEM EU! E EU AMO VOCÊ! - Declarou. 

Eu o encaro.

Ele faz o mesmo.

Percebo que o Oni-chan tava chorando exageradamente.

O que ele tem?!

Eu sempre tive dificuldade pra entende-lo. Na verdade pra entender as pessoas no geral. Quando estão tristes, elas choram, quando felizes, sorriem, e zangados, elas querem quebrar tudo que vêem pela frente. Antes eu não tinha esses sentimentos, era igual um robô.

Contudo desde que conheci o Nico, estou mudando... Me tornando alguém parecido com meu irmão e por isso...

Desço da janela e sigo até o Oni-chan choram. - Para, Oni-chan... - Peço, ve-lo chorar tava me incomodando bastante.

Dino: Eu sinto saudade dela! - Disse referindo-se à nossa mãe.

- Ei, para de chorar! - Peço novamente.

Dino: Da panqueca, do modo como cuidava da casa e de nós dois tão bem! Eu sinto muita saudade dela!

- Para! Tá parecendo um bebê!

Dino: Desculpa... - Disse enchugando o rosto com as mãos.

- Agora pode me explicar o que significa gozar?

Dino: Não. Pesquise na Internet! - Orientou abrindo a porta e saindo do meu quarto.

- Inútil...!


...

Termino de vestir meu uniforme do colégio. E então tenho um tampinha pra pesquisar sobre a definição de gozar...

Depois de entender o que isso significa, me sinto diferente. 

Todos os garotos gozam quando atingem o prazer, então isso significa que eu dei prazer para o Nico?

Hum...

Arrumo minha mochila e ponho nas costas.

Desço pra sala deparando-me de imediato com Nico sentado no sofá.

- Vamos! - Digo.

Unicórnio: T-tá - Retruca gaguejando um pouco. E então levantou do sofá. 

Vou até Nico e seguro sua mão. Já que ele estava cego, vou cuidar dele.

Dinossauro veio ao nosso encontro segurando as chaves do carro. - Va...mos... - Disse pausadamente ao mirar para minha mão segurando a de Nico.


Notas Finais


Vejo vcs nos comentários 💜 💜 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...