História Yari - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~GalaxyTrashy

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Armin, Armyari, Magia, Mangá Original, Mistério, Ojo, Originais, Original, Yari
Visualizações 9
Palavras 1.747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá olá! Não se acostumem com os capítulos vindo rapidinho assim, viu? Estou postando assim freneticamente porque já tinha os rascunhos prontos, então fica bem mais fácil. Vai ser passar do dez e tudo vai se estabilizar....
Aproveitem a leitura, fiz com todo carinho ^^

(Todas as capas são temporárias, então não se acostumem com essas aberrações)



Paciência....

Capítulo 3 - 2-Quem é você?


Fanfic / Fanfiction Yari - Capítulo 3 - 2-Quem é você?

>Yari on <
 

 Continuamos o passeio, Armin resolveu me levar em uma loja de fantasias de uma tal de Sophie, as fantasias são bem bonitas aqui, tem de vários personagens de desenhos e anime.
Dei uma boa olhada nas fantasias para ver se encontrava uma que eu gostasse, e, por incrível que pareça, encontrei uma da Ladybug! Fui correndo experimenta-la pois Armin disse que compraria a que eu quisesse. Ele aproveitou para procurar   uma que o agradasse também.
Cinco minutos foram o suficiente para que eu vestisse a fantasia.

-Yari?
-Ficou legal? Achei uma fantasia da Ladybug- digo saindo do vestuário
Olho para ele e me deparo com um Armin vestido de cat noir
-Há há há! Você é o cat noir!
-Pois é.. hehê
Ele me olha da cabeça aos pés e fica completamente vermelho, então vira de costas para mim e cobre o rosto
-Armin?
-E... então? Ficou legal?
-O quê?- ele vira para mim com uma cara desapontada- Ah! Sim! Ficou bem parecido!
Ele pega minha mão e a beija, assim, do nada, no meio da loja
-AAAH! QUÊ?!- puxo minha mão
-Obrigado, my lady- ele sorri para mim
-Está louco?
-Hein?

Ficamos nos encarando por um tempo até uma moça de cabelos castanhos com uma mecha vinho, orelhas de raposa , alguns piercings logo acima das sobrancelhas e roupas bem... coloridas se aproximar de nós.
- Bravo! Foi uma ótima encenação da Ladybug e cat noir!
-Am... obrigada- digo meio envergonhada
-Agora, poderiam ficar bem perto um do outro? Quero tirar uma foto
Olho para Armin, ele não parece ter gostado muito da ideia, mas eu gostei
-Claro!
-QUÊ?!
A moça pega seu celular rosa que estava em uma bolsa- Vamos lá, façam uma pose bem legal!
Penso em olhar para Armin mas, num movimento rápido, ele pega em minha cintura e me puxa para bem perto de si, o que me faz perder um pouco o equilíbrio e praticamente cair em seus braços. Ele começa a me olhar intensamente até a moça tirar a primeira foto. Percebo que ela já tirou a foto e tento me afastar, mas Armin aperta minha cintura contra a sua, o que me deixa mais constrangida ainda, então ela tira a segunda foto.

-Yay! Valeu, as fotos ficaram ótimas!- ela diz olhando para o celular com os olhinhos brilhando. Não sei porque mas sinto que já conheço essa moça de algum lugar...

-De nada- ele diz e me solta
-Armin! Seu imbecil!
-Am? Porque?!- ele tira sua máscara para me ver melhor
-Oras, por...por...- não consigo terminar a frase e acabo desmaiando. Porque essas coisas só acontecem quando não é hora?!

“ Moça, moça! Acorde!”
Escuto uma voz masculina me chamando, abro os olhos e percebo que tem um garoto loiro de olhos vermelhos com alguns ferimentos leves em seu corpo me carregando
“Am? Quem... é você?”
“Sou Kaname kuuki, Alice estava te atacando então resolvi ir te ajudar. Mas você acabou desmaiando”- diz
“ Obrigada. Como posso lhe agradecer?             “- pergunto
“ Só...- de repente seus olhos ficaram completamente negros e intimidadores- me deixe beber um pouco de seu sangue”
“N-não!”- tento faze-lo me soltar, então saio correndo, porem ele pega em meu braço e me puxa para perto dele
“Vem aqui!”
“Não,não! Me solta”
Tento faze-lo me soltar mas obviamente ele é mais forte que eu, então não consigo me soltar
“Armin!  Me ajuda!”- grito chorando

-Armin!
-O...oi?
Acordei, Armin estava me carregando para fora da loja, já com minhas roupas normais
-O que aconteceu? Outro pesadelo?- ele me põe em pé
-Sim, tinha um cara,e,e,e.... ele ficou com os olhos todos pretos e... depois ele queria beber meu sangue-
-QUE?! Ta, ta, ta, calma, ta? Calma....- ele coloca suas mãos em meus ombros- já passou
-Fiquei com muito medo, Armin
-De que?
-De nunca mais conseguir ver você e a mamãe!- falo com voz chorosa, eu realmente tinha ficado com medo
Do nada ele me abraçou bem forte e apertado
-Não tem que ter medo, eu estou aqui para você...
Quando ele disse isso, pude sentir um pequeno arrepio por todo o meu corpo... o que está acontecendo comigo,cara?

 

>Ketthleen on<

 

-Bem... o que veio fazer aqui?- pergunto para Alicia que estava sentada no sofá ao lado de Yumi
-Eu vim ficar com a minha filha. A guerra entre os anjos e demônios acabou com nossa vitória. Não tenho mais motivos para ficar longe de  minha filha.
Quando ela disse isso, senti meu coração querer parar... ela veio aqui só para me mandar embora? Depois de 15 anos?
- Você já pode voltar para sua casa, Ketty. Seus filhos estão com saudades....
Ela disse essas palavras,o que foi o suficiente para me fazer chora. Meus filhos, Kotori e Jiyuu , todos esse anos eu fiquei longe deles, não faço ideia de como eles estão. Será que estão bem? Será que estão vivos?
-Tem... certeza de que você não corre mais perigo? Pode mesmo ficar com sua filha?
-Posso, não tem mais perigo- ela diz com um sorriso no rosto
-Am...bem... isso é ótimo! Que bom! – digo enxugando as lagrimas
Eu acabei me apegando a Yari nesses 15 anos que protegi ela do mundo magico. Ouvir que posso voltar para minha casa é ótimo, porem é um pouco triste lembrar que não vou mais ver minha sobrinha se eu voltar para casa...

>Ketthleen off<

 

Um tempo depois....

 

>Armin on<

Já é praticamente final do dia, estou carregando as varias sacolas com roupas e acessórios que Yari pediu para mim comprar para ela. Ela parece estar realmente feliz hoje, isso significa que meu objetivo foi alcançado
-Então, gostou do passeio?
-Sim! Adorei!- ela diz com um sorriso
- Que bom!-sorrio de volta- gostou mesmo, né?
-Claro! Tudo com o Armin é bom!
-KYAAAAAAAH!- dou um grito no meio da rua, sim, eu sou bem exagerado quando quero demonstra alegria- AAAAAh..... serio mesmo, né?
-É, né?
-Né,né?
-Há há há! Você é o melhor, Armin!
-S...sou?- digo
-Sim!
-Obrigada!-digo!- O...obrigado!- ela me olha sorrindo
-Como você fica fofo quando tá com vergonha!
Ela diz isso e me da um abraço. Como uma menininha de 15 anos consegue ser tão fofinha e estranha ao mesmo tempo?!

>Yari on<
 

Armin me trouxe para casa ontem, nem me lembro que hora era para falar a verdade... não me lembro de muita coisa que aconteceu ontem depois que voltei para casa...
 

>Alicia on<
 

Entro no quarto de Yari para acorda-la, ela precisa se arrumar e ir para a escola
-Yari, meu amor, hora de acordar
Yumi entra no quarto e se coloca atrás de mim, com o queixo encaixado no meu ombro e com uma expressão preocupada no rosto
-Acha mesmo que foi uma boa ideia apagar a Ketthleen da memoria dela?
-Sim.... se ela visse a gente e ainda achasse que a Ketty é a verdadeira mãe dela, se ela não a encontrasse em casa, Yari ficaria muito preocupada
-É... tem razão
Foi o tempo de eu terminar de falar e ela acordar...
-Bom dia, filha- diz Yumi
-Bom dia, amore-digo
-Bom dia... mamãe...- ela olha o quarto todo como se procurasse algo
-Sim?
-Cadê o Armin?
 Porque você se preocupa tanto com esse cara, filha?
-Ele foi para a casa dele dessa vez
-Ata...- ela passa a mão na testa- o clima está quente?
-Sim
- Mas aqui quase nunca fica calor! Estranho,  muito estranho...
Ela está certa... em netuno raramente a temperatura é elevada.
-oi.. Yari- Armin aparece na janela do quarto dela, como ele subiu?! Já chega invadindo assim?!
-Ah! Olá Armin! Vamos para a escola?- ele levanta de sua cama e vai em direção a janela
-claro, vamos
-Tá, só deixa eu me arrumar
Um tempo depois Yari já estava pronta, conversando com Armin
-Faz tempo que não te vejo assim...- ele diz
-Pois é... faz tempo que não visto esse uniforme- Yari vestia um clássico “uniforme de marinheiro” nas cores azul marinho e branco
-Mas continua linda...
-Huhu
Armin olha para Yari com um sorriso tão bobo no rosto, o que será que esses dois tem? Qual o problema deles? Será que....? acho que não...
-Armin...- Yumi aparece atrás dele- não vá deixar minha filha triste por nada, se não eu te mato, ok?- ele diz para Armin, um pouco baixo para que somente ele escutasse
-E.... o-okay, e-eu nunca faria isso a ela!
-Armin, vamos?- Yari pega na mao de Armin para o puxar para fora.

 

>Armin on<

 

Depois da aula eu levei Yari para casa, porem não fiquei lá hoje, estava com vontade de jogar um pouco, então fui para a casa de minha querida vovó
Chegando em casa, arranquei aquele uniforme quente e suado e fiquei só de cueca porque EU POSSO, véi, e fui jogar. Joguei durante uns 20 minutos seguidos ( pouca coisa) até receber uma mensagem de uma conversa iniciada a um tempo, porem eu tinha ficado no vácuo....

 EU:OII ( 20 MINUTOS ATÁS)
YARI: OIEEE!
EU:TD BM?
YARI: SS, E VC?
EU:TBM, Q FAZ? DESENHANDO ?
YARI:SS, ADV OQ
EU: HM...SLA ‘-‘
YARI:HIAHIAHIAHIA
VC
EU: EU?!
YARI:SS <3
EU: AM... POSSO VER?
YARI: PODE ^^

Ela me manda uma imagem de seu desenho, ficou muito fofo, nem parece que sou eu de tão fofo
EU: NOSSA! MUITO PARECIDO XD
YARI: VC ACHA?
EU: SS
YARI: ^^
Q BOM
EU: QUER VER MEU NOVO AVATAR DO THE SIMS?
YARI: AHAM! MOSTRE

Envio a foto do meu novo avatar para ela
YARI: HIAHIAHIAHAIHAI SOU EU
EU: FICOU LECALW
*LEGAL?
YARI: SS! ADOREEEEEI!

De repente ela me liga, odeio quando ela faz isso! Ainda bem que ela não fez uma chamada de vídeo... imagina só se ela me vê DESSE JEITO?!
-Alô?
*Armin? Oieee! Cê tá bem?*
-É... sim
*Hum... tá, já vou dormir,ok?*
- Vê se não sonha com o capiroto, tá?- brinco
* Nossa, que exagero...*
-Há há há! Ta bem, boa noite my lady- digo tentando imitar a voz do cat noir
* Boa noite, senpai*- ela diz com uma voz muito suave o que me faz sentir um arrepio pelo corpo inteiro e uma pontada lá...deixa quieto.... então ela desliga
“Senpai”? eu? Bah, acho que ouvi demais... me deito na cama, desligo o vídeo-game antes, me cubro até o pescoço e fico pensando....
Porque ela me chamaria de Senpai?
Ah... hora de dormir, eu acho, né? Bem, boa noite...

 

>Voz desconhecida on<
 “Dias estranhos virão... anjos, demônios, todos irão atrás de você... você é nossa peça-chave... YARI...”


Notas Finais


Foi só isso mesmo.... Aguardem ansiosamente pelo próximo capítulo!
Xauuuuuuuuuuuuuuuuuuuun


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...