História Yari - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Kyues

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Armin, Armyari, Magia, Mangá Original, Mistério, Ojo, Originais, Original, Yari
Visualizações 34
Palavras 2.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi Oi OIIII
Titia Juvia novamente com um capítulo novo para vocês! yaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaay
Esse capítulo inteiro é narrado pelo Armin, nosso amado trouxa^^

Capítulo 3 - Anjos e Demônios


>Armin on <

- Aaah... não tem como dormir assim!- me levanto de minha cama todo molhado de suor- já é a quarta vez que acordo e ainda é 3:30 da manhã...
Pego meu celular para conferir minhas conversas – Será que a Yari tá acordada? – abro o chat da conversa que tive com ela- Está.... vou mexer com ela.- inicio, porém paro.

-Pensando bem, acho melhor não... ela tem que dormir um pouco. Ultimamente ela está muito perturbada.

Deito na cama novamente e coloco meu celular para carregar.
-Aaah... Yari..- suspiro colocando as mãos no rosto. Porque que eu gosto tanto de você? Só de pensar no seu nome eu fico sem sono, pensando no que você deve estar fazendo para estar online a essa hora.... deve estar escrevendo aquela historia de mais cedo que ela iniciou na sala de aula.
-“Aaah... Yarin...”- meu irmão mais novo me imita
-Budô! Sai daqui!
-Hehehe! Budô!
Depois disso consegui dormir , porem continuei acordando varias e varias vezes.. isso é horrível!

6:20 da manhã, acordei e coloquei meu uniforme, peguei minhas coisas e fui para a casa da Yari pois hoje temos aula...eu não iria hoje pois estou morto de sono, mas como conheço aquela  peça, sei que se eu faltar ela vai vir aqui me perturbar perguntando “Ain, porque você me abandonou?” , “ traidor!”
-Bem, vamos buscar a Yari...- digo já na frente da casa dela, estou com muito sono ainda
- Ya...- não aguento de sono e caio no chão
Um tempo depois, escuto alguém  abrir a porta
-Quem que... Armin?!levanta!-Yari aparece já pronta e me ajuda a levantar
-Tudo bem? Machucou?
Ela limpa minhas costas
-Não... eu estou bem...- acabo cochilando novamente, eu estou realmente cansado por não conseguir dormir na noite anterior
-Acorda! Armin! Acorda!
-Am? Que? – acordo assustado- Ah! Yari?! Desculpe!- me levanto

Olho para o lado e vejo uma garota que parecia procurar por algo. Ela tinha a pele escura, cabelos curtos e cacheados, olhos levemente  avermelhados e uma pintinha no lado esquerdo do rosto perto de sua boca.
-Olá, em que planeta estamos?
Que pergunta mais estranha, moça...
-Netuno, porque?-digo
-Otimo! Estou no lugar certo!- ela abre um grande sorriso e vem caminhando até nós dois- Olá Yari, eu sou Kuroshinku e vim para te proteger dos cinco demônios que estão te atormentando
-
Que?!- como assim,cara? Que demônios?! Da onde essa louca tirou isso?!
-Old Alice, Kaname, entre outros...
-M-mas...porque eu? O que eu tenho de diferente?- Yari parece preocupada agora
-o que? Sua mãe não te contou?
-Não...
-Jesus... tá bem, eu explico.
Falou isso já sei que vai demorar, então tratei de me encostar em algum canto
- você é filha da filha da Lilith, no caso, Alicia. Você tem duas irmãs, Sophie que é a mais velha e Liliki a do meio.
Por você ser filha da Alicia os demônios querem te matar. Por isso no ano de 2011, antes das pragas chegarem no planeta Terra, antigo planeta que os humanos habitavam, começou a guerra entre os anjos e demônios pois eles queriam sua mãe morta.
Quando você nasceu em 2015, Alicia pediu para a prima dela cuidar de você aqui em netuno. Chegou o ano de 2030, você fez seus 15 anos e nossa guerra finalmente chegou ao fim com a vitória dos anjos, porem, quando Barasuishou morreu, deu sua coroa para a sua outra irmã, a Liliki.
Ela passou a ser a dona do império infernal e ordenou que cinco demônios viessem atrás de você e, quando te encontrassem, matassem você. Mas claro que isso não vai acontecer, sabe porque?- ela parou um pouco e respirou, depois continuou falando
Enquanto isso yari estava paralisada, sem reação nenhuma
- Basicamente sua mamãe, agora uma das ajudantes de Deus, ordenou que todos os anjos te protegessem . então sua “Mãe substituta” voltou para o exercito angelical e Alicia, junto de seu pai Yumi, voltaram para cá, Netuno. Entendeu?

-Sim...? – Yari diz com um sorriso inseguro
Deu uma pane no sistema aqui, meu Deus, cara. É muita informação de uma só vez, Yari deve estar tão confusa quanto eu
- Não, né?  Então como eu faço isso?- Kuroshinku diz e como num passe de magica, surgem duas grandes asas atrás de suas costas. Elas eram realmente grandes e bonitas
-Waaah! Que?! Como ela faz isso?!- yari me pergunta
-Eu sei lá....
-Vamos Yari e namoradinho dela! Vocês tem que ir para a academia Angel’s School!- ela grita
-Am?! O que EU tenho a ver com isso?- e porque se referiu a mim como “namoradinho”?! nos somos só amigos ainda!
-Isso é muito legal! Yaeee!- Yari gritou de alegria... ela tem problemas...
-Agora, segurem a mão um do outro e digam “eu te amo” e o nome um do outro para abrir o portal
 

Que? Eu vou ter mesmo que segurar a mão dela e dizer isso? Aqui?! Eu não vou fazer isso nem ferrando, cara
Ela pegou em minhas mãos e entrelaçou às suas...

-Eu...eu te amo, Armin- ela diz com os olhinhos fechados e o rosto corado
AI MEU KOKOROOOOO! Vou desmaiar de tanta fofura! Ela disse que me ama! Bom, já deu, né? S-sua vez... Armin...
-E-e-eu...- não consigo falar isso
-Vai logo, se não o portal não vai abrir- me apressou Kuroshinku
-eu... eu te AMO, Yari!
Logo após eu ter dito essa pequena frase um laço rosa gigantesco aparece na nossa frente. Conforme ele ia se desenrolando pude ver uma espécie de buraco-negro nele
-Abriu! Vamos lá, pulem!- incentivou Kuroshinku, então ela pulou
-Vamos, Armin!
-Quê?!- yari me puxou para que pulássemos juntos e, bem no ultimo instante, ela grudou no meu pescoço, me fazendo segurá-la no colo automaticamente
-Olha lá a porta, estamos quase chegando!- Kuroshinku diz apontando para uma porta branca que logo foi aberta. Fechei meus olhos por alguns segundos e...

-Armin? Armin!
-Hã?
-Já pode me soltar....- eu ainda estava segurando Yari em meus braços... ela é tão levinha que nem percebi. Então soltei ela
- Há, sim, desculpe
-Tá, tá, tá, chega. Agora vamos lá, vistam os uniformes da Angel’s School!
Kuroshinku diz isso com uma de suas mãos levantada e, quando me dou conta, estou trajado com uma camisa branca, um colete sem mangas alaranjado, uma pequena gravata roxa e uma calça de mesma cor. Yari vestia o mesmo, porem usando uma saia de pregas roxa.
-Que lindo! Agora vamos para a escola de anjos?!- Yari está realmente empolgada com a ideia....
-Hehehe.... então.... só 70% da escola são de anjos, os outros 30% são criaturas mágicas tipo híbridos, fadas, sereias, bruxas brancas e por aí vai... a escola é dividida entre eles, um lado para os anjos e outro para os demais. Vocês estão do lado misto
 -E demônios, tem não?
-Shiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiu! Não diga isso!- Kuroshinku diz tapando minha boca
-Ué? Mas porque,Kuro?-Yari pergunta
-Essa palavra é PROIBIDA nessa escola, nunca mais repita isso!- ela diz um pouco alterada, só faço merda...
-Foi mal, Kuroshinku, eu não sabia...
-Nós não vamos mais fazer isso- Yari segura em minha cintura e começamos a andar

Kuroshinku resolveu nos apresentar a escola, então nos levou para vários lugares de lá...
- aqui são os clubes, 5:10 vocês podem estar vindo aqui para participar de algum deles, mas só nesse horário! Antes e depois, não!
-Ai que legal! Tem clube de games!
Tem vários clubes aqui, games, desenho, leitura, esportes, culinária, teatro, entre outros... mais adiante haviam algumas salas
-aqui são as salas de aula, a sala de vocês é a B com o professor representante Guilderam. A aula começa 12:45
Acho que é uma sala para cada letra, são muitas....
-aqui é a biblioteca mais AMAZING do mundo. Claro, so não supera a do governo mágico...

Uma biblioteca realmente grande... as prateleiras são tão altas e parecem não ter fim! São muitos livros, não tem um espacinho entre eles de tantos que são.... aqui também tem algumas mesas redondas com um símbolo que lembra o da escola.

-Este é o vestuário feminino- ela aponta para uma porta roxa- e este é o masculino- aponta para uma porta laranja
 

A escola é realmente grande, porem não vi ninguém até agora.... isso é normal? Foi só eu pensar isso que kuroshinku estalou os dedos e surgiu em nossa frente um tipo de “painel” com quatro seres... estranhos
- Eles são alguns alunos que estão na mesma sala que vocês- disse kuro, provavelmente quer que nos enturmemos com eles.

A primeira é Kimi Kilstinn, hibrida de lebre com fada. Ela é até bonita, não vou mentir. Possi olhos negros, seios consideráveis, um calda, asas, um par de orelhas e um lindo cabelo de cor lilás com cachos bem formados.

O segundo é Rafael Casttyelys, um bruxo-branco. Ele parece ser serio, tem um longo cabelo verde escuro, barba rala e olhos amarelados que parecem brilhantes.

A terceira é Miranna Irasebeth, uma sereia. Ela deve ser diferente fisicamente, mas neste painel.. ela tem um pequeno rabo que lembra o de um demo..., possui escamas principalmente nas pernas e braços, pequenas barbatanas grudadas em seus braços e pernas, guelras em suas bochechas e pescoço( deve ser por isso que ela não tem nariz), olhos azuis claros com a parte que normalmente seria branca na cor roxa bem escura, pele azul clara e um cabelo incrivelmente grande na cor azul marinho.

O ultimo é Lubba Nunimain, um anjo. Creio que seja o mais normal entre eles, tem uma pele clara, olhos azuis, barba rala, cabelos curtos, lisos e avermelhados e um par de asas bem grandes.

Logo depois de vermos o perfil desses alunos entramos na nossa sala.
-Então... onde vamos sentar?- pergunto
-Não sei... alí! Ótimo!- Yari aponta para duas cadeiras vazias que se encontravam encostadas na parede. Sentamos lá e, como não tinha o que fazer comecei a encarar ela.
-Que foi?
-Nada não, é que você está tão...
-Ele está apaixonado por você.- uma voz feminina diz logo atrás de nos, observo e que é a tal da Kimi!
-Waaah! Q-que?!
-Você está louco por ela, fale logo
-Claro que não, somos só amigos!- digo a ela, eu dou  tão na cara assim?
Ela me ignora completamente e vai falar com Yari...
_Ele quer bem mais que só amizade
-aaah... sério?
Ela para e atende o celular
-Alô?
*Oii*
-Miranna, cadê você?
*tô indo comprar roupa*
-Vem logo pra aula
*Peraí, aqui tem sopa*
Como é? Sopa?
-Quê?
*Tem sopa*
- Você está aonde?
* Tô na sopa*
-Saia daí e vá para a ala de roupas, ué
*Okay... tem mais sopa!*
-Como assim “Mais sopa”?!
*Mais sopa,ué*
- Onde você tá?!- ela parecia indignada
*Tô numa soparia... hahahaah...*
-Que loja é essa?!
*A loja de sopa*
- MAS PORQUE RAIOS VOCE FOI COMPRAR ROUPAS NUMA LOJA DE SOPA?!
*... não sei não*
-Affs! Tchau, louca!
Ela desliga o celular ainda indignada

-Ah... louca. Bom, onde eu estava mesmo?- vira para Yari- ah! É! Ele quer casar com você e ter três filhos
-O que?! Ta achando que sou uma coelha?!
-Ceis dois são doido....
-Parem de conversar como se EU não estivesse presente!- tento chamar a atenção, mas falho
- Opa Rafa! Estamos na mesma sala, que bom!- um ruivo fala do outro lado da sala
-Quem são, Kimi?-Yari pergunta
- O uke é o lubba anjinho e o seme é o Rafael bruxinho branco, eles são melhores amigos
-Melhores amigos, é? Shippooooooo!
- AIN, SERIO?! AI MEU CORAÇAO! UMA FUJOSHI!- As duas gritam juntas
-Nunca que eu ia pensar em encontrar uma fujoshi aqui
- Nem eu! Ai meu kokoro, te amo mina!
-vamos sair por ai espalhando purpurina!
I’m alones.....Yari, não me deixe....
Não acredito que fui trocado assim, na cara dura.
-Oi amigo, o que houve?- Lubba vem falar comigo
-É que... a garota que eu gosto me trocou pela primeira doida que viu... O que eu fiz de errado?- choramingo

-Você deixou a sua amada ir para o lado negro da força...
-Que?
- Voce deixou ela mais de cinco segundos com a Kimi
- O que eu faço? Eu sou um fudanshi, gosto das mesmas coisas que ela!
Rafael entra na conversa
-Porque você só não chega na Kimi e pede pra ela sair?
-Não consigo, vergonha- digo passando a mão nos cabelos
-Ai meu Deus....-suspira Lubba- já sei, vamos fazer o seguinte: para de pensar um pouco nela e vai viver
Como se fosse fácil....


Notas Finais


Desculpa se ficou meio sem sal, eu sou meio ruim pra escrever e o Arminzinho é bem iludido, por isso de ser tão trouxa :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...