História Yes,Sr.My Daddy!(Namjinlong-fic.) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Romance
Visualizações 118
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Droubble, Ecchi, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Policial, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente. Eu estou muito feliz por esta fanfic ter tido uma percurso muito bom.
Eu achei que ninguém iria gostar... Mas vejo que me enganei. Muito obrigado amores.
Eu queria pedir a ajuda com a Fic da minha princesa, pois panfletar o que é bom... Há de ser panfletado.
https://spiritfanfics.com/história/first-love-jung-hoseok-10848490.
Obrigado pela atenção.

Avisinhos básicos :

Q. S. T= Quebra de tempo.
~= narrador.

Capítulo 4 - Four.


As ruas desertas daquela cidade davam um clima assustador. Como se houvesse um dos piores malfeitos do mundo ou do país. Ás 4 horas da matina os policiais deixaram de estarem dormindo para distribuir panfletos por todas as paredes. 

Um folheto ao qual procurava-se o bandido. Kim Namjoon não era muito de se expor a colocar recompensas pelo favor. E Taehyung apenas colava os papeis sorrindo. 


—Ele não é nada feio Namjoon. —Taehyung falou. 


—Cala a boca Taetae. —Yoongi fala bocejando. —Que sono... 


—Quanto mais cedo terminarmos com isso... Mas rápido saimos.. —Hoseok disse. 


—Tem razão Hobi. —Park Jimin diz. 


—Tá bem...tá bem... Vamos acabar com isso. —Kim Namjoon disse. 


Continuaram com a tarefa e quando as folhas vieram a acabar, todos se entreolharam e sorriram. 


—Haha finalmente. —Yoongi diz. 


—Sim... Agora podemos ir. —Jungkook falou sorrindo caminhando atè o carro. 


—Espera por mim. —Park Jimin fala. 


—E por mim... —Taehyung disse correndo. 


Kim Namjoon passou o braço sobre a testa e sorriu. 


—Vamos nessa né caras..  —Kim Namjoon se abaixou adentrando o banco do passageiro. 


Voltaram para o distrito policial e começaram a conversar. 


—Tomara que isto funcione. —Yoongi disse. —Não aguento mais perder nem uma noite de sono. 


—Tô saindo... Até amanhã galera! —jungkook falou. 


—Tchau Jeon. —Kim Namjoon falou. 


—Também vou... Você vai conosco Taehyung? 


—Acho que sim.—Taehyung fala coçando a nuca.—quer dizer... Vamos logo. 


—Vocês não vem? —Hoseok se vira perguntando referente a Namjoon e Yoongi. 


—Ficarei mais um pouco. —Kim Namjoon responde-o. 


—Yoongi? —Hoseok pergunta. 


—Acho que vou ficar com ele. —Yoongi responde. 


—Estar bem... Até depois.—Hoseok se vira de rente se despedindo acompanhando os outros. 


Kim Namjoon estava ancioso. Não se aguentava de ansiedade para finalmente prender o bandido. Já havia se passado dois dias que o crime havia sido cometido e a cidade estava num estrondoso medo. Naquele mesmo instante Yoongi tinha caído no sono debruçado sobre a mesa. E Namjoon apenas revisava uns papéis olhando o aparelho telefone a sua frente. Ele queria que naquele mesmo dia, o telefone tocasse anunciando uma boa notícia. 


Kim Seokjin. 

Quem disse que eu conseguiria dormir?. Sentado sobre a cama apenas com meus pensamentos aleatórios rondando em minha cabeça. 

'Será que vão me descobrir? O que acontecerá depois que isso acontecer?'

Que aflição. Eu poderia jurar que estou sem saída. Fechei os olhos me jogando á cama. Respirei fundo e me virei de lado ficando de conchinha. Queria dormir. Queria dormir, mas em nenhuma das tentativas eu conseguir pegar em um sono. Eu estava preocupado, e tinha medo. Minha única saída seria admitir ou fugir. Mas fugindo eu já estou, e isso vem acontecendo várias e outras vezes. 


~~~

Já haviam passado 4 horas quase alcançando as 8 horas da manhã. Kim Namjoon havia caído no sono assim como Yoongi. 

—Acorda! — Disse Park Jimin sacudindo Yoongi. 


—O que você quer? —Yoongi perguntou ainda sonolento. 


—Já amanheceu. —Park Jimin disse. 


Kim Namjoon acorda esfregando seus olhos depois de uma longa noite de sono. 

—Bom dia... 


—Bom dia Cinderela. —Park Jimin disse. —Levanta. Olha na minha cara quando falar comigo. 


—Que? —Kim Namjoon perguntou sem entender. 


—....Tem Alguma novidade? —Park Jimin perguntou. 


—Não né Jimin, você acha mesmo que se tivesse,a gente estaria aqui? —Yoongi perguntou. 


—Não. —Park Jimin franziu o cenho. 


—Pois é...—Yoongi se levantou de onde estava. —Alguém quer café? 


—Eu quero. —Kim Namjoon falou. 


—Então vem buscar. —Yoongi falou e sorriu. 


Q. D. T


As horas se passaram-se rapidamente. A noite já caía sobre a cidade E todos os jovens policias ali, estávam intediados. Enquanto isso, uma moça que passava pelas ruas da cidade depois de mais um dia de trabalho, olhava ao redor as diversas folhas de papel. Curiosa, ela se aproximou. Tocando cada centímetro da folha lendo o que tinha em escrito. Ela pensou. 

—Mas este, é o senhorito que chegou recentemente ao prédio... 

Ela correu até o prédio novamente, agarrando o telefone-fixo e abrindo uma agenda de número e começou depois discando o número escolhido e esperando uma resposta do outro lado da linha. 

Kim Namjoon. 

Eu estava apenas conversando sobre coisas fora do contexto de trabalho com meus amigos. Coisas como acontecimentos passados de nossas vidas. Nossas missões de trabalho, e os diversos malfeitores ao qual prendemos. 


O telefone toca. Eu atendi. 


—Alô, quem fala? —eu perguntei. 


No outro lado da linha, pude perceber a voz de uma mulher e ela falava que sabia onde Kim Seokjin se encontrava, Fiquei contente. Anotei o endereço apenas para não esquecer e desliguei. 


—Boa notícia! —Eu disse. 


—Qual seria? —Jung Hoseok perguntou encostado a porta. 


—Parece que encontramos o tal Kim Seokjin. —Eu falo. 


—E o que estamos esperando? —Yoongi perguntou sorrindo. 


—Primeiramente, onde ele se localiza? —Taehyung pergunta. 


—Isso não interessa. Vamos galera. —Yoongi fala. 


—Interessa sim. —Taehyung fala. 


—Calma ... Kim Seokjin está em prédio bem distante de nós...e certamente fez isso por está se encondendo. 


—Tá..  Agora podemos ir? —Yoongi perguntou. —É...já explicou tudo não foi? 


—Sim. —Eu respondo. 


—Vamos. —Yoongi falou. 



Notas Finais


Olá meus anjos!

Quem tá esperando algo? Porque eu...
eu quero ver sangue ksksks....

E então, bebês estão gostando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...