História YoonSeok - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Yoonseokisreal
Exibições 33
Palavras 673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem-me pela demora. Estou em época de prova e preciso estudar. (Para passar e escrever um capítulo por dia).

Capítulo 11 - Por que você chegou?


Fanfic / Fanfiction YoonSeok - Capítulo 11 - Por que você chegou?

              Capítulo 11

 

Um ano depois...

          Yoongi acorda com J-hope, pelado, ao seu lado. Apenas com um lençol branco cobrindo-o. Ele estava deitado com a barriga contra o colchão; as suas mãos estavam em baixo de seu rosto. Ele dormia suavemente enquanto Suga o olhava. Eles estavam se dando tão bem. Estavam tão felizes juntos.

          J-hope acorda. Com os olhos ainda pesados, olha para suga e sorri. O coração de suga acelerou. J-hope percebeu como o olhara. Deu  um sorrisinho malicioso, ele adorava aquilo.

-Sério mesmo que tu ficou me olhando? -  J-hope fala se virando para o suga.

-Talvez. Perece um bebê dormindo. Achei engraçado, por isso fiquei olhando.

-Tens certeza que é isso mesmo?

- Não. –Suga puxou J-hope para mais perto, fazendo seus corpos se fundirem como um só. Suga olhou para ele, sorrindo. Ele virou J-hope, fazendo as suas costas ficarem contra a barriga de suga. Ele falou perto de sua orelha –Você é tão lindo dormindo.

Suga morde o lóbulo de sua orelha, descendo para o pescoço; Deu-lhe um chupão.

Depois de ter provocado J-hope, ele colocou uma roupa e desceu para a cozinha. J-hope se arrumou para descer também.

 

          Suga e j-hope comiam pão com ovo, quando J-hope teve uma ideia:

- Ei, amor, o que achas de sairmos para jantar hoje à noite? – J-hope da uma mordida em seu pão, deixando um pedaço de ovo preso ao lado da sua boca sem perceber.

-Sim, sim, pode ser – Suga fala distraído, limpando a sua boca. Depois, roubou-lhe um beijo.

J-hope riu. Adorava o jeito como ele o provocava.

 

          Hora do encontro.

 

          J-hope colocava seu perfume. Quando suga chega por trás, agarrando sua cintura, beijando o seu pescoço.

-Eu amo o seu cheiro – fala sentindo-se embriagado – amo esse cheiro.

J-hope sai, provocando-o. Hoje ele ia preparar algo de diferente: Tinha comprado uma langerie. Acho que já sabes o que ia acontecer.

          Suga dirige até o restaurante que J-hope recomendara.

 

          O restaurante era perto do mar; Tinha uma linda vista.  Suga e J-hope escolheram uma mesa do lado de uma janela, para ter uma vista privilegiada do mar.

Pediram ao garçom um prato típico italiano: Carpaccio.

          Enquanto a comida não chegava, um olhava para o outro; ambos olhavam a paisagem.

-Essa paisagem é tão linda quanto você. – Suga disse sorrindo, olhando para J-hope, em quanto J-hope olhava a paisagem.

-E você é tão lindo quanto à lua. – Disse J-hope tirando seus olhos da paisagem. Agora o seu foco era Suga.

 riram um para o outro.  Suga pegou em sua mão. O olhar dele penetrava nos olhos de j-hope.

- J-hope! Que prazer vê-lo aqui.

Um homem fala, interrompendo o clima dos dois.

Suga e j-hope olham para cima.

-CHEN? –fala os dois em sintonia. – O que estas fazendo aqui? – pergunta j-hope surpreso e com raiva.

-Não está óbvio? Eu vim para comer, é claro – ele fala olhando para suga, querendo provoca-lo. – Alias, era aqui que a gente comia... o nosso primeiro encontro...

Suga olha para j-hope, furioso. Na verdade, com ciúmes.

          O silêncio permanece no ar. Fica um clima constrangedor.

Suga começa a ficar vermelho de ciúmes.

-Vou ao banheiro. – Fala com um tom frio.

          Quando Suga vai ao banheiro, se irrita. Tudo estava indo tão bem. Ele entra em uma cabine, tranca a porta e começa a chorar de raiva. Parecia uma pessoa tão fria, mas quando conheceu J-hope, tudo tinha virado de cabeça para baixo.

 

          J-hope e Chen ficam sozinhos. Chen, desejando J-hope, resolve chama-lo para sair.

- O que achas de sair comigo?

- Não. Eu estou namorando o suga e estou feliz com ele. Mas chegas e estraga tudo. Então não, obrigado. – J-hope fala frio.

- Mas não é nada de mais. É só um café. – Chen insiste.

- Está bem. Mas fique sabendo que eu quero estar com o Yoongi – fala ele sendo convincente – e, sem querer ser frio, você ficou no passado. O máximo que podemos ser é amigos.

 

          Suga e J-hope foram embora. No carro, não falaram uma palavra.

    

          Chegaram em casa.

 

                                              ...CONTINUA...

 

 

       



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...