História You And I - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Amor, Bromance, Drama, Eleanor Calder, Gay, Harry Styles, Josh Devine, Lemon, Liam Payne, Lilo, Lilo Paynlinson, Louis Tomlinson, Niall Horan, Nosh, Nosh Devoran, One Direction, Romance, Sexo, Yaoi, Zarry, Zarry Stalik, Zarry Stylik, Zayn Malik
Visualizações 148
Palavras 2.254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, leitores! Como estão?
Muito obrigada por todos os comentários e favoritos!
Bem, aqui vai mais um capítulo. Espero que gostem e me desculpem por qualquer erro.
Boa leitura x

Capítulo 18 - Maybe


 O toque do smartphone de Zayn ecoava pela décima vez por todo o quarto.

O moreno não atenderia, estava abalado demais para aquilo. A cena de Harry nos braços de outro repetia-se o tempo todo em sua mente.

Não entendia por que estava ali, naquela casa enorme que sequer era do seu agrado. Sua esposa legítima aparentemente já não morava mais ali e isso ironicamente lhe dava a sensação de completo abandono.

O celular começou a tocar mais uma vez. Malik não daria a si o trabalho de olhar e descobrir que era Harry, não aguentaria ao menos ler este nome.

Mentalmente, o rapaz repassou todo o seu relacionamento com Harry desde que vira-o no hospital.

O primeiro olhar…

O primeiro contato…

O primeiro beijo…

A primeira noite de amor…

A primeira declaração…

A última declaração…

A última noite de amor…

O último beijo…

O último contato…

O último olhar.

Era crucial, e Zayn sentia cada uma daquelas coisas. Sentia-se culpado, pois achava que era o responsável pela traição. Não havia sido bom o suficiente para Styles.

Completamente quebrado, Malik silenciou o celular e deitou sua cabeça no travesseiro, deixando suas lágrimas caírem livremente. E, daquela forma, entregou-se ao sono.


   [ … ]

 


- Zayn! Ainda bem que chegou! - Niall falava aflito.

 - O que houve? - Malik perguntou sem animação alguma.

 - Sophie terá que substituir Harry pelas duas aulas que ele tem, hoje.

 Zayn engoliu em seco ao ouvir o nome do cacheado e espantou-se implicitamente por saber que Niall não tinha conhecimento algum sobre o que acontecera na tarde passada.

 - Ele não conseguia parar de chorar, a aparência dele estava péssima… você sabe de algo? - Questionou o irlandês.

 Os olhos castanhos inundaram-se em lágrimas. Niall rapidamente percebeu e arregalou os olhos, um tanto nervoso.

 - Vocês… vocês… brigaram?

 - Ele me traiu. - Malik fungou. - Me traiu com aquele tal de Hayden.

 - Não é possível! - Niall exclamou. - Harry não faria isso, não faria…

 - Eu… eu vou ajeitar as coisas para a aula. - Avisou Zayn, antes que começasse a chorar na frente do amigo.

 Enquanto subia rapidamente as escadas, esbarrou com um corpo magro e bem menor que o seu. Logo reconheceu Sophie, que olhou-o com a preocupação evidente em seu rosto.

  - Zayn, o que aconteceu com você? - Ela perguntou.

 E, sem falar nada, o moreno abraçou a menina, deixando suas lágrimas caírem e seus soluços aumentarem. Sophie apenas retribuiu. De alguma forma, os dois sentiam-se aconchegados. Tinham uma grande amizade, afinal.

 Tiveram que se separar, pois ouviram passos apressados dos jovens que fariam a aula com Harry, naquele dia. Ainda abalado, Zayn terminou de subir as escadas e finalmente começou a se preparar para dar sua própria aula.

  


  [ … ]



 Malik dispensou o almoço. Não estava com fome. Deu suas aulas para as crianças e para os adolescentes pela tarde e então fechou seu expediente. Enquanto organizava suas coisas e limpava a sala, deparou-se com um pote de tinta. Era verde. Tão verde que lembrava-lhe a cor dos olhos de Harry. Tudo parecia lembrar-lhe Harry, especialmente quando aquela sala pertencia à escola de música do mesmo.

 Estava prestes a pensar nele outra vez, quando uma voz feminina ecoou:

 - Zayn? Precisa de ajuda?

 - Não, Sophie, eu… eu já acabei, só estava guardo este aqui. - Apontou para o pote, colocando-o dentro do armário junto aos outros.

 - Eu não estou falando disso, Zayn… Estou falando sobre você. O que aconteceu?

 Malik sentou em cima da mesa ao que Sophie imitou-o.

 - Eu não sei nem por onde começar…

 O rapaz umedeceu os lábios e olhou para seus pés.

 - Eu… notei que Harry estava se comportando de um jeito estranho e achei que era por conta de meus assuntos recentes. Ele parecia aborrecido…

 E então continuou a explicação, até chegar a pior parte. Contou-a rapidamente, evitando dizer como se sentira. Se o fizesse, choraria outra vez e estava farto daquilo. Aproveitou para explicar quem era Hayden na visão de Harry, uma vez que não se lembrava do rapaz.

 - Isso parece horrível. Harry estava tão feliz ao seu lado, sorria o tempo todo, não parava de falar sobre você… - Analisava a garota. - Zayn, talvez Harry estivesse falando a verdade. Talvez ele não tenha o traído.

 - Eu vi, Sophie. Não estou louco.

 - Nunca pensei que estivesse. Apenas… este Hayden me pareceu desconfiável.

 - Eu só quero que ele fique feliz, agora. Não consegui fazer isso, então…

 Sophie ficou em silêncio por um tempo. Malik percebeu e então olhou-a confuso.

- Desculpe - Disse a menina -, é que… depois de tudo o que vi Harry fazer por este relacionamento, fica quase impossível de imaginá-lo fazendo coisas contra você.

- Nem mesmo eu acreditei… Mas meus olhos sabem.

Zayn não sabia o que Harry tanto fizera por ele antes do acidente, mas tinha a certeza de que foram coisas muito boas. No entanto, a mesma certeza tornou-se incerta após o triste ocorrido. Não querendo mais pensar no assunto, perguntou:

- Que horas são?

- Quase seis horas…

- Então encerrou-se o nosso turno?

- Sim. Pensei que quisesse conversar, por isso disse para Niall ficar tranquilo. Ele entendeu perfeitamente e está em seu escritório… com Josh.

 - Josh está aqui?

 - Sim, veio para buscar Niall.

Zayn assentiu como se concordasse e então levantou-se, dizendo:

- Vamos, vou levá-la até sua casa. Seus pais devem estar preocupados.

Sophie riu debochadamente e maneou a cabeça para os lados. Malik não entendeu, mas ignorou.

 - Eu agradeço, Zayn, mas prefiro ir sozinha.

 O moreno nada fez a respeito. Era opção da garota, afinal.

 - Tem razão. Já fiz bom uso da sua conversa por hoje.

 Sophie sorriu e saiu de cima da mesa, caminhando pela sala até chegar a porta. Antes de ir embora, virou-se e olhou intensamente para os olhos de Zayn:

 - Eu não sei de toda a história de vocês, mas sei que ficaram dois anos separados. Por isso, tente levar em consideração o que eu disse sobre a felicidade dele em sua presença.

 - Por quê?

 - Porque Harry foi a única pessoa que correu atrás de você, mesmo quando não sabia para onde ir.

 Sem esperar a reação de Zayn, Sophie piscou um dos olhos e desapareceu da vista alheia.

 Talvez Harry tivesse razão. Talvez Zayn tenha exagerado. Talvez Zayn precisasse ouvir a versão do cacheado. Talvez precisasse dele. Talvez… Talvez não fosse capaz de deixar de amá-lo.

 A ideia atordoava-o, mas pouco a pouco sua mente a aceitou como uma possibilidade. Sem que percebesse, estava pensando em Harry Styles outra vez.

 O moreno desceu as escadas, despediu-se dos dois amigos e foi embora da escola. Quando chegou à sua casa, apenas tomou um longo banho, jantou como pôde e decidiu que dormir seria a melhor escolha a se fazer.

 Só desejava não sonhar com aquele que amava.



    [ … ]



“- Você não vai. - Grunhiu Zayn.

- Eu vou sim. - Insistiu Harry. - Hayden é só um amigo e precisamos fazer este projeto juntos!

- Acorde, Styles! Ele está louco por você, está louco pelo meu namorado!

Harry revirou os olhos com raiva e negou com a cabeça.

- Você está agindo feito um ridículo!

- Só estou tentando proteger você, Harry.

- Isso não pode continuar, estamos ficando loucos, Zayn!

- O único louco nessa situação é você! - Esbravejou o moreno. - Estou lúcido o bastante para ver o que está acontecendo.

- Não está acontecendo nada! - Esbravejou o cacheado. - Pare com esse ciúme e com essa desconfiança em mim!

Zayn balançou a cabeça e se aproximou de Harry. De alguma forma, aquilo os tranquilizou. Para um resultado melhor de suas palavras seguintes, o mais velho acariciou a bochecha direita do namorado.

- Eu confio em você mais do que confio em mim mesmo. - Sussurrou. - Mas não posso confiar em Hayden sabendo que ele te olha sem pudor algum.

Styles suspirou e segurou a mão do namorado.

- Eu jamais faria algo para te ferir. Pode ficar tranquilo em relação a isso. Não vou trocá-lo por Hayden. Nunca. E eu sei que ele não fará nada que eu não queira…

Malik suspirou e revirou os olhos. Ainda bravo, declarou a Harry:

- Faça o que quiser. Confio em você. Só não diga que aquele cara não é obcecado.

- Se confia em mim, não chame Hayden desta forma, ele é meu amigo.

Dessa vez, o moreno riu debochadamente, embora estivesse mais nervoso do que o normal.

- Oh, vai defendê-lo?!

- Controle seus ciúmes, Zayn!

- Então vá e faça a merda que quiser com ele! - Malik esbravejou.

Styles, assustado com o tom de voz e com o rumo que aquela conversa tinha tomado, apenas balançou a cabeça desacreditado.

- Namoramos há quatro anos e três meses… Será que ainda não aprendeu que eu posso muito bem ter amigos?

- Eu tenho outros amigos, isso nunca foi um problema! - Alegou Zayn. - Mas nenhum deles me olhava com desejo e nem era um obcecado.

Sem vontade de prolongar aquela discussão, o cacheado avançou até a porta e a abriu. Antes de sair, virou-se para o namorado e declarou:

- Reflita sobre o que acabou de acontecer. O único obcecado da história… é você.

- Então seja feliz com seu amigo! - Gritou Malik.

Diante disso, Harry saiu furioso do quarto e bateu a porta brutalmente.

Zayn, completamente irado pelo que aconteceu, deduziu que um pouco de ar fresco seria bom. Com isso, saiu do quarto também.

 O mais velho retornou muito tempo depois, quando a tarde já dava lugar à noite. Assim que cruzou o corredor de seu quarto, ouviu a voz de Harry num diálogo com outra que também logo reconheceu.

 - Hayden, eu tive uma briga horrível com Zayn mais cedo, mas isso não quer dizer que nós terminamos…

 - Por que brigaram, Harry?

 - Bem… ele ficou muito enciumado, falou coisas sobre… sobre você sentir algo por mim.

 Malik, que espiava tudo, notou que o namorado falara a frase um tanto apreensivo. Houve silêncio após.

 - Não posso negar que… você… tem olhos lindos… - Começou o outro. - Uma pele que parece tão macia…

 - O quê? - Styles praticamente sussurrou.

 - Seu cabelo, seu cheiro, sua voz… Ah, Harry, você é tão perfeito… Não entendo por que ainda está com aquele homem que não dá o amor que merece…

 - Ouça, nós nos amamos muito! O que está dizendo, Hayden?

 - O óbvio! - Exclamou o rapaz. - Eu estou aqui para você, Harry. Jamais desconfiaria… Te trataria tão bem… Faria-o meu…

 E à medida que falava, Hayden diminuía o tom de voz e se aproximava. Tocou o rosto do cacheado, que paralisou, mas ainda assim pediu:

 - Por favor, se afaste.

 - Me afastar? Harry, não sabe o que está dizendo… Zayn Malik não te trata bem. Você sabe que eu trataria.

  - Zayn Malik é meu namorado e me trata melhor do que como eu o trato. Procuramos agir como se fossemos únicos um para o outro e realmente somos. Tivemos uma discussão,mas no final das contas ele tinha razão. Você está obcecado por mim.

 - Talvez eu esteja, mas não me importo nem um pouco… Agora me beije e verá que sou o homem certo para você.

 Harry se esquivou.

 - Não. Se afaste, Hayden.

 - Harry…

 - Ele mandou você se afastar. E eu também. Saia de perto dele, seu imundo!

 Os dois olharam assustados para Zayn e tinha a mão fechada em punho. Logo, Hayden também tinha, além de seu olhar maldoso para cima do moreno.

 - Escute, Malik, você magoou Harry e eu não vou deixar que trate-o desta forma. Ele merece algo melhor.

 - Eu concordo. - Zayn assentiu. - Harry merece todo o amor do mundo e nem um por cento de desconfiança. Ele é fiel e o melhor namorado que eu poderia ter, além de ser o meu melhor amigo. Se tivemos uma briga, foi culpa minha. Eu o amo e jamais gostaria de vê-lo sofrer. No entanto, sabemos que pertencemos um ao outro, o que significa que nunca vai conseguir tirá-lo de mim.

 Hayden olhou para os dois. Voltando seu olhar para o moreno, declarou:

 - Guarde minhas palavras: Harry um dia se cansará… e eu estarei de braços abertos para confortá-lo.

 - Vá tratar sua idolatria pelo meu namorado, isso é doentio. Se afaste e não volte a encostar nele, entendeu?!

 - Está avisado, Malik. - Grunhiu Hayden, olhando ao de olhos verdes pela última vez antes de sair daquele corredor.

 Harry encontrava-se chocado, trêmulo contra a porta. Zayn correu para abraçá-lo, deixando-o ainda mais sem reação.

 - Harry, por favor, me desculpe. Eu… eu fui sozinho ao nosso-lugar e percebi que não faz sentido algum tudo o que te falei. Não quero que vá para os braços de outro, faço o possível para te deixar feliz todos os dias e eu amo…

 O cacheado interrompeu-o com um beijo completamente apaixonado. Quando separaram-se, murmurou:

 - Vamos esquecer este assunto. Eu já não tenho mais projeto algum com ele e você não deve se preocupar mais comigo. Eu te amo, Zayn, nunca trocaria você por ele. Nem por ele… nem por nenhuma outra pessoa.

 - Nenhuma? Nem em um bilhão de anos?

 - Nem em um bilhão de anos. - Confirmou Harry.

 Abraçaram-se fortemente, e naquele comento seus corações voltaram a bater sem nenhuma sensação ruim guardada.”


Notas Finais


E então, o que acharam? Deixem suas opiniões aqui embaixo.
Bem, era isso. Espero que tenham gostado.
Muito obrigada por lerem, me desculpem por qualquer erro e até o próximo capítulo!x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...