História You and Me - (Taekook/Vkook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Drama, Novela, Romance, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 14
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pode avisar pra Ludimila que é hoje porque EU CHEGUEEI. Okay vou me retirar.
Mas antes, Boa leitura pessoinhas, espero que gostem <3

Capítulo 4 - Surpresa...


            ....JEONGGUK

                       ^-^

Acho que fiz merda, passei o caminho todo pensando se iria falar isso ou não pra ele, mas não estou conseguindo mais esconder esse sentimento uma hora ou outra ele vai descobrir e se ele não sentir o mesmo é bom porque já tomo um choque de realidade. É melhor ele ficar sabendo por mim do que por outra pessoa.

Estava esperando o pior acontecer depois da reação do Tae até que ele me beijou. PERA QUE?? O TAEHYUNG ESTA BRINCANDO COMIGO NÃO É POSSÍVEL. Foi um selinho bem demorado, até que ele pede passagem e sim nos beijamos, foi um beijo tão calmo e tranquilo, foi um beijo perfeito eu diria, ele pegou em meus cabelos enquanto eu estava com minhas mãos em sua cintura até que tivemos que nos separar pela maldita falta de ar.

- Isso é um sonho?- eu perguntei ainda de olhos fechados.

- Se for eu não quero acordar- ele disse me abraçando.

- Kookie, eu estava tentando me enganar sobre esse sentimento que venho sentido sobre você, mas impossivel. Eu Te Amo Jeongguk - Essas palavras mexeram comigo meu coração começou a acelerar. Eu comecei a chorar mais.

- Calma, calma. Vai tomar um banho okay? que você está todo molhado e pode acabar pegando um resfriado, e depois me conta o que aconteceu. Pode ser? - Disse olhando fundo em meus olhos e pegando em minhas mãos.

- Claro Hyung.

Tae me mostrou aonde ficava o banheiro. Tomei um banho quente, que me alívio bastante tirou um peso das minhas costas. Já vestido saí do banheiro e fui a procura do quarto do Tae, quando abri a porta me deparei com o Taehyung SEM BLUSA, INFARTO EM UM. DOIS..TRÊS...

                      TAEHYUNG

                            ^^

Enquanto o Kookie foi tomar banho eu fui ao meu quarto, arrumar as coisas dele, ver aonde ele vai dormir, será que ele vai achar muito estranho se eu sugerir de dormimos juntos?? acho que não né, então só vamos.

Acho melhor trocar de roupa pq essa aqui tá acabadinha gente, quando o boy vem pra tua casa pela primeira vez, e ainda dormir com você se veste bem mona porque vai saber o que vai acontecer depois não é mesmo meu povo?

Enquanto estava me trocando, passava pela minha cabeça milhões de coisas sobre o que aconteceu com o Kookie, sinceramente estou preocupado e não é pouco. Quando eu estava sem camisa o Jeongguk entrou em meu quarto, logo de cara me assustei e quando olhei pro mesmo percebi que ele estava envergonhado, suas bochechas parecia um camarão.

- Nossa Kookie mal confessou seus sentimentos, nem convidou pra um café, e já quer logo o principal?? - Falei fazendo uma cara safadinha, ele me olhou mais envergonhado ainda, ele nem se mexia. Confesso que estou achando engraçado.

- Calma kookie tô brincando - falei dando risada, e colocando minha blusa.

- Então pode começar a contar o que aconteceu, para você ficar naquele estado. Estou preocupado você não é de chorar, muito menos na frente de outra pessoa- disse sério.

- Hyung, Lembra do dia que a gente se conheceu? - Disse ele sorrindo, okay ele fumou enquanto estava tomando banho não é possível.

- Kookie para de mudar de assunto.

- Não estou mudando de assunto, hyung é o começo de tudo.

Sim eu me lembro perfeitamente daquele dia, a uns seis meses atrás eu estava na minha sala de aula, fazia uns 2 anos que fazia aula de canto. Estava no intervalo, até que eu o avistei, ele estava sozinho com o olhar de *estou perdido socorro*

Então resolvi ir falar com ele, mal sabia eu que estava indo falar com o garoto que eu sou apaixonado.

- Oee, como se chama? - Perguntei sorrindo

- O-Ooe, m-meu nome é J-jeongguk

- Você é muito fofo com vergonha Jeongguk. - ele me olhou com os olhos arregalados e estava todo corado, então deu aquele sorriso único, e que sorriso.

- O-obrigada

- Quer ajuda pra algo? se quiser pode me chamar pra qualquer coisa que precisar okay?

- Okay, obrigada. - Disse baixinho

- Quer sair comigo depois do curso? - perguntei animado.

- Sair?

- Sim, Tomar um sorvete que tal?

- Siim, Pode ser

- Então está combinado?

- Claro. Te vejo na saída - Disse o mesmo se despedindo e indo pra sua sala, eu fiz o mesmo.

Depois disso que começamos a conversar e ficar mais próximos a cada dia, Jeongguk já fazia parte de mim. Eu o amava mas não queria acolher esse sentimento pois sempre achei que o mesmo não gostasse de homens. Sempre que falava de seu irmão que é gay, tinha uma expressão triste no rosto, então pensei que o mesmo não curtia muito o lado lgbt. Mas pelo visto estou bem errado disso.

- Sim Kookie eu lembro desse dia, mas o que tem haver? - perguntei saindo dos meus pensamentos.

- Então hyung foi a partir daí, que, bom, que tive certeza do que eu era. Não queria admitir ser gay, por causa do meu padrasto e minha mãe. Como você sabe meu irmão é gay quando ele contou isso pra eles, foi um horror, eles brigavam direto, toda vez que o namorado do meu irmão ia pra lá eles o tratavam mal ou às vezes nem o recebia, meu padrasto transformou a cabeça da minha mãe de uma forma absurda. Por isso que eu nunca te falava nada deles, porque eu não aceito isso, minha mãe se distanciou muito quando meu pai morreu, e quando se casou de novo piorou a situação. - Não sabia o que dizer, ele estava chorando de novo e isso acabava comigo, ver meu pequeno sofrer tanto dessa forma, queria ajudá-lo mas não sei como.

- Kookie eu..

- Hyung deixa eu terminar a história primeiro antes de tudo. - Disse ele me interrompendo.

- Só meu irmão sabia da minha sexualidade. Era a única pessoa que eu confiava pra dizer tudo, até disse de você pra ele, que achava que estava gostando de você mas eu não queria te contar.

- Por quê?

- Porque eu já tinha gostado de um garoto antes, e quando fui falar pra ele sobre isso, eu ainda falei como minha família era, ele começou a se distanciar e me tratar mal. Eu sofri muito com isso, e não queria que você se distancia-se também porque não sei se consigo ficar sem você Taehyung, eu te amo e não sei mais como viver sem você ao meu lado, eu simplesmente vou perder o rumo. - Essas palavras, espero poder guardar pra sempre em minha memória.

- Então eu briguei com meu padrasto hoje, e ele disse que se eu não parasse de falar com você, já podia sair de casa porque ele não aceitaria um "viadinho" na sua casa. Acho que você já sabe minha escolha né? - Disse o mesmo rindo e todo vermelho por chorar tanto. - Eu o abracei na hora e não conseguir conter minhas lágrimas.

- É óbvio que você escolheu sua família né - Disse eu desfazendo o abraço

- Como é que é? - Disse o Jeongguk com quase uma interrogação na cara

- Tô brincando - Disse dando risada e sentando ao lado do mesmo na cama

- MDS Hyung não faz isso, já basta ter visto você sem camisa quase tive um infarto imagina isso - Disse ele, depois que percebeu o que disse colocou a mão na boca e arregalou os olhos e olhou pra mim.

- Quer dizer não é isso, é que, bom, eu não, é você sabe Hyung

- Sei é? Que eu saiba quem tem um corpo escultural aqui é você meu caro. - Disse dando um beijo no mesmo. Ele se assustou com o ato mas retribuiu, e depois me abraçou, essa foi a hora que eu fiquei surpreso.

- Obrigada Taehyung, Por tudo que tem feito por mim, e pelo o que ainda fará, isso é importante demais pra mim. Tenho sorte de ter você ao meu lado.

- Mds garoto como eu te amo viu. - Disse o abraçando mais forte.

-Vamos dormir certo? para amanhã ir na sua casa.- Disse arrumando a cama para deitarmos

- Pra minha casa? Ficou louco Tae?

-Vou conversa com sua mãe dizer que está tudo certo que você está com alguém de confiança, e a propósito você vai morar comigo a partir de hoje. Vamos pegar suas coisas porque tenho certeza que todas as suas coisas não estão naquela mochila.- Disse apontando pra mochila dele no canto do quarto.

- Nossa Hyung você é mais maturo do que parece - disse rindo

- Eu sou um homem maturo okay? - Disse fazendo uma voz grossa e rindo junto a ele

- Mas vamos de manhã por favor

- Por quê?

- É um horário que meu padrasto não ta em casa. Não quero ver ele nem tão cedo.

- Okay Kookie vamos de manhã então. - Disse me ajeitando já na cama.

- Aonde eu vou dormir Tae? - perguntou me olhando

- Ué, você vai dormir aqui comigo - Disse batendo no meu lado vazio na cama, sim ele ficou morrendo de vergonha tanto que no começo exitou mas veio e deitou.

- Relaxa que eu não mordo, ao menos que você peça. - Disse sussurrando no seu ouvido e me virando rindo pois tenho certeza que o mesmo ficou vermelho


Notas Finais


Escrevi e sai correndo..
Espero que tenha gostado sz. Sei que não é um dos melhores mas irei tentar melhorar sempre.
Obrigada por estarem acompanhando <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...