História You And Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capitulo 1


POV Christopher.

Eu nunca pensei em como morreria,mas morrer no lugar de alguém que amo,me parece ser uma boa maneira de se dizer adeus.Essa frase possui um grande significado para mim,desde que fui adotado pela família Ross,uma importante família de vampiros que possuem varias empresas,fui achado por eles enquanto morava na rua,e a matriarca Susan me levou para morar com seu marido Oliver e seus três filhos,Hugo,Zack e Bruno.Aos 18 anos fui transformado em vampiro e para aprender a me controlar fui mandando para um treinamento no sul da França,fiquei por lá por 100 anos e recentemente voltei para casa.Estava em meu quarto olhando pela janela ,ouvindo as conversas que começaram na sala,pois desde que cheguei a casa estava vazia.Sai do quarto fechando a porta atrás de mim,desci as escadas em seguida,e assim que cheguei na sala de estar a mesma ficou silenciosa e olhei para minha mãe a vendo ofegar de surpresa e correr ate mim,me abraçando retribui o abraço sentindo meu ombro ficar molhado e a escutei dizer:

-Meu garotinho voltou,estava com tantas saudades.

-Eu também estava com saudades mamãe-eu disse a apertando em meus braços.

Me separei da minha mãe e olhei para Hugo e Zack que estavam petrificados e disse olhando para ambos:

-E bom ver vocês de novo.

Hugo se aproximou de mim rapidamente e me abraçou fortemente e disse :

-Nunca mais fique sem dar noticias,quase enlouquecemos sem ver você durante esse tempo.

Hugo me soltou e me aproveitando disse me virei para olhar Zack e disse sorrindo brincalhão:

-Vem me dar um abraço vampirinho.

Zack sorriu e balançando a cabeça se aproximou e me abraçou dizendo:

-Olha que fala,você sempre foi o bebe da mamãe.

-Isso e verdade-minha mãe disse nos olhando sorrindo largamente.

-E onde esta o papai e Bruno?-perguntei olhando para mamãe.

-Seu pai esta na empresa e desde que você foi para o treinamento Bruno foi para Londres onde fica cuidando da empresa de la-mamãe respondeu me olhando.

Pensei um pouco e disse a olhando:

-Vou para Londres agora.

Susan me olhou sorrindo,sorri de volta e subi as escadas rapidamente,entrei no meu quarto e peguei minhas malas,desci as escadas do mesmo jeito que subi,sai para fora e coloquei as malas no meu carro,entrei no mesmo,dando partida e acenei para minha mãe,Hugo e Zack que estavam com ela.Sai da mansão e rapidamente cheguei na interestadual onde acelerei.Fiquei 2 horas dirigindo ate que cheguei em Londres,fui direito para a empresa e quando cheguei lá,estacionei meu carro,saindo do mesmo acionando o alarme.Entrei na empresa passando pela recepção sem olhar para ninguém e entrei no elevador apertando o ultimo botão.

Sai do elevador quando ele parou e passei pela secretaria de Bruno que quando me viu tentou me parar,mas somente olhei para ela friamente e disse:

-Eu posso entrar na hora que eu quiser,essa empresa também e minha,nunca mais me impeça de entrar.

Entrei na sala de Bruno e fechei a porta lentamente.Olhei para ele que estava de costas olhando para Londres pela enorme janela de vidro ainda olhando para ele eu disse carinhosamente:

-Bruno.

Percebi o corpo dele ficar tenso e ele se virar na minha direção lentamente,sorri carinhosamente e disse o olhando:

-Estou de volta Bruno.

Bruno andou rapidamente ate mim e me puxou pela cintura e me abraçou fortemente,passei meus braços ao redor de seu pescoço e o apertei contra mim,devolvendo o abraço e ele perguntou se afastando para  me olhar:

-Quando voltou?

-Voltei hoje,vi a mamãe,Hugo e Zack-respondi  o olhando ainda com os braços ao redor de seu pescoço.

-Espero que tenha voltado para ficar-Bruno disse me olhando e  estreitando seu braço ao redor de minha cintura.

-Eu não vou embora por um longo tempo-eu disse acariciando o rosto dele.

Bruno sorriu para mim e beijou minha testa carinhosamente,fechei os olhos apreciando o carinho e eu disse baixinho:

-E bom estar em casa.

-Espero que não fique em nenhum hotel,você vai ficar no meu apartamento junto comigo-Bruno disse me olhando.

-E claro que sim,vou morar aqui por um tempo antes de voltar para a mansão da família-eu disse o olhando e o soltando.

-Agora que você esta aqui,não vou trabalhar mais hoje,quero curtir sua presença-Bruno disse me olhando e acariciando meu rosto.

-Então vamos embora,estou ansioso para conhecer seu apartamento,e alias você veio de carro-eu disse o olhando.

-Não vim de carro-Bruno disse retribuindo o olhar e pegando seu terno e o vestindo.

-Então vamos no meu e você dirige-eu disse o puxando para fora da sala.

-Você nunca gostou de dirigir mesmo-Bruno disse passando um braço ao redor de minha cintura.

Saímos da sala com Bruno ainda me abraçando contra seu corpo e fomos em direção ao elevador e assim que entramos e as portas se fecharam apoiei minha cabeça em seu peito,sentindo Bruno acariciar minha cintura lentamente.Saímos do elevador e fomos direto para o meu carro,onde entramos e Bruno assumiu o volante com a mão esquerda,enquanto a direita estava entrelaçada com a minha e ele disse olhando para a rua:

-Não falta muito para chegarmos no meu apartamento e você descansar.

-Por falar em descansar,em qual quarto vou ficar?-perguntei o olhando.

-Vai ficar no meu quarto junto comigo,espero que não se importe,no meu apartamento há só dois quartos,o meu e o que fiz de escritório-Bruno respondeu me olhando.

Não demoramos para chegar e Bruno entrou na garagem do condomínio e estacionou me carro,descemos do mesmo e Bruno me ajudou a tirar minhas malas do carro.Acionei o alarme e fomos em direção a um elevador e não demoramos muito a chegar no apartamento dele.Entramos no mesmo e eu disse admirando o lugar:

-E lindo.

-Foi a mamãe que decorou-Bruno disse antes de levar minhas malas para seu quarto.

O segui ate seu quarto e assim que entramos Bruno colocou minhas malas em seu closet,enquanto eu me aproximei da cama,passando a mão na ponta,sentindo a maciez da mesma.Senti os braços de Bruno ao redor da minha cintura e fechei os olhos sentindo o nariz dele passando lentamente por meu pescoço,sentindo o perfume de minha pele fria.Me arrepiei ao sentir ele beijar meu pescoço lentamente antes de me soltar e dizer:

-Vou tomar um banho,fique a vontade.

-Tudo bem,vou para a cozinha ver o que tem para o jantar alem de sangue-eu disse ofegante e sai do quarto rapidamente.

Fui para a cozinha e me apoiei na pia,respirando fundo e aproveitei para ver o que iria fazer,afinal Bruno sempre gostou de me ver cozinhar.Antes de começar fui ate a sala liguei radio e começou a tocar uma musica qualquer e voltei para a cozinha e comecei a cozinha,e mexia meus quadris ao ritmo da musica e levei um susto quando me virei para o fogão e vi Bruno me olhando sorrindo de canto.

-Não me assuste desse jeito-eu disse levando uma mão ao meu peito.

-Tudo bem,se quiser pode ir tomar um banho eu termino o jantar-Bruno disse se aproximando de mim.

-Tudo bem-eu disse olhando e saindo da cozinha.

Subi para o agora meu novo quarto e fui ate o banheiro,onde tirei minha roupa e entrei debaixo do chuveiro,o ligando e sentindo a água quente cair pelo meu corpo.Fiquei no banho durante 30 minutos,e logo sai vestindo uma cueca boxer e uma calça de moletom preta,junto com uma regata.Sai do quarto e desci as escadas indo direto para a cozinha e encontrando o jantar pronto e Bruno me esperando sentado.Me sentei na frente dele e coloquei a comida em um prato e jantamos em meio a conversas e brincadeiras,e como estávamos cansados fomo direto para o quarto,onde Bruno se deitou primeiro e me puxou para deitar em seu peito onde adormeci rapidamente e antes de apagar escutei ele dizer:

-Estou feliz por você estar aqui.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...