História You and me - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Danielle Campbell
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Danielle Campbell, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags Ashton Irwin, Calum Hood, Danielle Cambell, Luke Hemmings, Michael Clifford
Exibições 68
Palavras 1.545
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá! Como estão? Espero que estejam bem!
Bom, eu melhorei. Muito obrigado a todos que entenderam o motivo de eu dar uma ''pausa" a fanfic. Mas graças a Deus, já estou de volta.
Amores, esse é o penúltimo capítulo. O capítulo 40 será o último da fanfic. E sim, eu resolvi terminar a fanfic logo. Então eu espero que gostem.
Eu realmente não tenho muito o que falar aqui. Né....
Boa leitura!

Capítulo 39 - Confusões


"Esses amigos falam demais. Dizendo que eu deveria desistir de você. Não consigo escuta-los, porque eu estive aqui a noite toda".

Dois meses depois. 26/11/2016 

Essa semana todas as coisas que estavam dando certo passaram a dar errado. Minha mãe descobriu que estava com diabetes, meu pai entrou na justiça para que tivesse a nossa guarda e Luke havia sido expulso do colégio por ser pego com bebidas. Foi o pior mês da minha vida. Diretor do colégio entrou em contato com os pais de Luke que foram até o colégio verem a situação do filho. Por Deus, eu senti tanta dó de Luke. Seu pai é um homem nojento. Disse coisas horríveis para Luke. Eu acho que se não fosse a mãe de Luke -que diferente do pai, é um amor de pessoa- Luke haveria matado o próprio pai. Eu nunca vi Luke assim, com tanta raiva e decepção nos olhos. 

Eu já estava triste por tudo o que estava acontecendo com o Luke. E preocupada também, já que Luke dormiu fora de casa diversas notes pelo fato de não aguentar seu pai. Disse para mim, olhando em meus olhos que isso estava matando ele. Aí tudo piorou quando minha mãe começou a sentir diversos maus estares, ela foi até o médio (aonde ela trabalha), fez todos os exames existentes e descobriu que estava com diabetes e que se não tratasse o mais rápido possível isso poderia mata-la. Ela ficou 5 semanas internadas e em tratamento. Como eu ainda não sou maior de idade e meu irmão por ser maior de idade mas passar a maioria do tempo na faculdade, não poderíamos ficar sozinhos. Eu passei a primeira semana no apartamento de Nanda. Minha mãe nunca aceitou que seus filhos ficassem na casa de amigos e essas coisas. Apesar de eu achar isso uma idiotice já que eu sei me cuidar e o Chris também, ela teve que tomar outras medidas. 

E quando eu digo tomar outras medidas... Minha mãe é divorciada do meu pai no papel assinado e não tem a guarda compartilhada. Já que essa decisão veio de mim e do Chris. Então ela resolveu contratar um advogado para que mudasse isso. Foi uma longa semana, minha mãe foi ao tribunal diversas vezes e enquanto isso eu não estava sabendo de exatamente NADA! Sexta-feira passada fui junto com Chris visitar mamãe quando ela nós disse tudo. Nós tínhamos um mês ou até menos para irmos morar com meu pai ou a justiça tomaria suas próprias decisões. E como meu pai protestou diversas vezes só esse ano para que ele pudesse passar pelo menos o final do ano com a gente, o juiz autorizou tudo. 

Chris e minha mãe estão sem se falar. E eu? Não sei o que fazer, como reagir... Simplesmente não tenho escolha. Scott, o médico que cuida do tratamento da minha mãe disse que o certo a se fazer era passarmos um tempo com o nosso pai, já que minha mãe não poderia sair do hospital enquanto sua diabete não estivesse em um estado menos preocupante. "Ou vocês vão morar com o pai de vocês ou terão que aceitar a dor de perder uma mãe cedo, crianças. Esse é um caso sério! A diabete mata várias pessoas pelo mundo. Não basta só diminuir o açucar, é muito mais que isso. Tirando também que hoje existem várias pessoas que tiverem que escolher entre viver e amputar uma perna ou um braço'' disse ele. Bastava isso para que eu já estivesse em pedaços. Minha única escolha era essa, morar com meu querido pai. 

Eu sei muito bem como a minha mãe é. Ela não permitiria que Chris cuidasse de mim sendo que ele passa a maioria do tempo dele na faculdade ou que eu ficasse na casa de algum amigo. Ela não se concentraria ao tratamento e isso só pioraria sua saúde. Pra falar, eu não sei como minha mãe se tornou uma pessoa diabética. Ela é tão saudável, sempre a vi comendo frutas, verduras e legumes. Mas como disse o médico, não basta ter uma alimentação saudável na semana e aos finais de semana se entupir de guloseimas. Já que minha mãe era uma dessas pessoas. 

Minha vida estava uma confusão sem fim. Tudo estava dando errado. Até mesmo o que tinha tudo pra dar certo. 

As meninas juntos com os meninos tentaram me animar a semana inteira. Luke principalmente. Eu dava um sorriso falso e fingia que estava tudo bem. Como eles são espertos o suficiente, perceberam que era tudo mentira. Como o ano já estava acabando, já havíamos feito todos os tipos de provas possíveis, as férias já estavam próximas. E o meu futuro também. Nanda enviou uma carta para diversas faculdades assim como os outros também. Eu ainda não mandei nada. Minha cabeça está cheia de mais essa semana que até acabei me esquecendo de algo que eu levei anos me decidindo o que iria fazer. Moda, vou seguir a carreira de moda. Já que é meu sonho dês de pequena. 

Eu acabei de me esquecendo de contar como foi a festa de Halloween... Por incrível que parece tudo ocorreu muito bem. Foi uma festa legal. E graças a essa festa eu pude conversar com Ashton diretamente. Eu nunca fiquei tão feliz em toda a minha vida quando ele disse que iria superar e que já estava em outra. E essa "outra" se chama Jasmine. Eles estão de rolo pra ser mais específica. Calum e Nanda estão juntos mas ainda não estão namorando e isso e uma decisão deles. Ashley está namorando o Justin Bieber porém ele ainda não sabe... Piadinhas a parte, ela está solteira. Como a mesma disse, pretende ficar assim até que encontre o homem da sua vida. 

Eu e Luke estávamos indo. Por incrível que pareça. Eu conheci sua mãe meses atrás e ela é um doce de pessoa! Amei conhece-la. É incrível como certas pessoas podem alegrar seu dia com simples palavras, né? Uma pena que durou pouco diante de tudo que estava acontecendo. Eu e dona Liz... Ops! Tia Liz, como pediu que eu a chamasse, disse que eu havia melhorado Luke e o deixado inspirado em muitas coisas. Ah só Deus sabe o quanto fiquei feliz em saber disso. E o pai de Luke eu apenas tive uma conversa rápida como "É um prazer e ao mesmo tempo um milagre em lhe conhecer garota. Já que Luke nunca fez questão de nos apresentar nem uma de suas namoradas. Se é que teve alguma durante todo esse tempo, não é?" palavras dele. Sem contar a parte que ele e Luke discutiram e tivemos que ir embora antes que algo pior acontecesse. 

Todos sabiam que eu iria morar com meu pai e também que eu já tinha as passagens compradas. Luke achou que era uma decisão minha de ir, brigamos durante um mês inteiro por causa disso. Ele é tão inseguro e tão sem noção. Luke quando está irritado não presta atenção no que diz e isso porque ele disse que eu havia me aproveitado da situação da minha mãe para ir morar com meu pai porque não estava mais aguentando namorar uma pessoa como ele. Isso me deixou tão mal que não consegui olhar pra cara dele no resto da semana com medo de ouvir coisas piores do tipo "você só ficou comigo para se tornar popular" ou algo do tipo. Isso foi uma das únicas coisas que eu consegui resolver. E acredite, Calum e Michael disseram para mim que namorar a distancia não seria nada bom e o certo a se fazer seria terminar com Luke. Eu pensei nisso também mas a última coisa que eu faria nesse mundo seria terminar com Luke. Ele me faz bem, me faz sorrir e me faz feliz. Sendo assim eu o quero por perto a vida toda. 

As meninas resolveram fazer um almoço na casa da Nanda. Apenas eu, as meninas e os meninos. Eu aceitei ir, mesmo estando sem vontade já que a única coisa que eu queria fazer essa semana era ficar na minha cama escutando músicas depressivas. 

Tomei um banho rápido e coloquei a roupa que havia separado. Ultimamente eu não ando muito me importando com o modo que eu me visto. Coloco um moletom e uma calça e já está ótimo. Como hoje eu sei que a Jasmine vai vir com essa dê "Madison aqui tem só seu corpo porque sua alma já partiu faz tempo" vou me arrumar um pouquinho mais mesmo achando que não precisa. Coloquei um moletom da Adidas (que eu peguei emprestado da Nanda porque eu não tenho nada da Adidas, só um tênis) e uma calça preta rasgada no joelho. Coloquei um tênis branco e já está ótimo. Vou com o rosto limpo. Madison Cooper é uma pessoa que tem dias que quer passar maquiagem e outros que não. Hoje eu estou a segunda opção.

Penteei meu cabelo, peguei meu celular e desci as escadas. Hoje eu estava na minha casa, Chris me obrigou a vir. Não adiantou insistir que eu ficaria bem na casa da Nanda. Agora eu tenho que ir a pé. Mas tudo bem, ela não mora muito longe e esse tempo de "paz" vai ser bom pra pensar. 

 

Penúltimo capítulo....

 

 


Notas Finais


PENÚLTIMO CAP SZ SZ
beijão amanhã volto com o último capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...