História You are my angel - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Soneyondan, Bts, Jihope, Jikook, Namjin, Vhope, Yoonkook
Exibições 124
Palavras 1.501
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, vou explicar o por quê da demora nas notas finais... por tanto leiam, será importante
Agora, partiu ler, negada!

Capítulo 8 - Voltar


Fanfic / Fanfiction You are my angel - Capítulo 8 - Voltar

Narradora POV

Logo após todos serem apresentados, Jimin convidou Jungkook para sentar-se com ele e os outros. O mais novo até estranharia, se não fosse inocente demais e se não tivesse ficado feliz demais com a educação repentina do ruivo. Os mais velhos, de cara agradeceram Jungkook pelo que fez por Jimin, eles sabiam do que ocorrera na ponte, mas não do incidente de horas atrás (na realidade, ninguém além do anjo sabia o que havia realmente acontecido). Jin ainda sentia a presença indesejada, fazendo com que a todo momento ele girasse a cabeça, procurando tal figura, mas... anjos da guarda só aparecem quando querem e para quem querem, e mesmo Seokjin não sabendo que Yoongi agora era um anjo da guarda, ele era um humano há quase 10 anos, não conseguia ver mais nenhum tipo de anjo. Jungkook também sentiu algo estranho, como sentiu mais cedo, mas dessa vez o que ele sentia era mais fraco, e a medida que foi se acostumando, vez ou outra fixava seus olhos no Kim mais velho, percebendo que aquilo que sentia estava vindo do mesmo.

-..ook .. Jungkook... JUNGKOOK! –o mais novo estava tão perdido em seus devaneios que não percebeu o ruivo lhe chamando.

-Ah.. me desculpe hyung, o que disse? –tirou sua atenção de Seokjin para olhar o ruivo ao seu lado.

-Eu te perguntei onde estão Taehyung e Hoseok –disse visivelmente impaciente.

-Eles estão no quarto do TaeTae.

-Hm, parece que foi hoje que o Hoseok me pediu uma chance... –o ruivo disse mais para si que para os outros, porém o mais novo se encontrava do seu lado e ouviu com clareza

-O quer dizer com isso, hyung? –questionou com curiosidade

-O que você acha que eles estão fazendo naquele quarto? –respondeu o ruivo com certa malícia em sua voz, fazendo com que Jungkook ficasse completamente vermelho.

O silêncio se instalou por alguns segundos, tempo suficiente para que Jimin bebesse mais um gole em sua garrafa de cerveja (a quarta do dia).

-Bom, seja lá o que estiverem fazendo, não vamos atrapalhar, já vamos indo. –pronunciou Namjoon, fazendo com que Jin se levantasse e acompanhasse o namorado.

Quando o ruivo foi se levantar, não sabe ao certo o que aconteceste, mas derrubou boa parte do conteúdo da garrafa em sua mão esquerda em cima de Jungkook, molhando-lhe a blusa.

-Ah, droga! Desculpe Jungkook, levante-se e vá se trocar. –mais pareceu uma ordem do que uma desculpa, mas o mais novo não se importou, ele hesitou subir para se trocar, já que as roupas que usava eram as de Taehyung, mas depois do que Jimin disse, ficou com medo de entrar no quarto e ver o que não queria. Percebendo sua hesitação, Jin acompanhou o mais novo, querendo ajuda-lo.

Ambos foram para o andar de cima, Jin empurrou Jungkook para o quarto de Hoseok, que estava vazio.

-O que está fazendo, hyung? –perguntou estranhado. –É o TaeTae que me empresta roupas, ele está no outro quarto.

-Ah, tenho certeza que Hoseok não vai se importar, mas tenho que te dizer algo.... –fez uma pausa e o mais novo acenou para que ele continuasse. –olha, eu sei o que você é, e eu também sou um. –mostrou-lhe a marca –Mas eu preciso que você se afaste do Yoongi. –o mais novo assustou-se, não pela marca, já que a mesma explicava o que ele havia sentido, mas por SeokJin saber o nome de seu hyung e por ele ter pedido que se afastasse do mesmo.. o que Jin sabia sobre ele?

-Mas... por que devo me afastar do meu hyung? Ele é meu único amigo e família... por que está me dizendo isso? –frustração e medo eram evidentes na fala de Jungkook.

-Confie em mim, afaste-se dele, Yoongi vai acabar lhe fazendo mal. –o mais velho dizia com tanta certeza que pôs várias dúvidas na cabeça de Jungkook, ele estava visivelmente perdido. –Olha, eu estou trabalhando no restaurante da senhora Gong, vá até lá e eu te explico, mas por enquanto, mantenha distância de Min YoonGi. É por seu próprio bem. –logo após que disse se retirou do quarto, deixando Jungkook.

O mais novo procurou uma blusa de Hoseok e colocou a outra que usava para lavar, enquanto fazia isso ele permanecia pensando. SeokJin não pareceu nem um pouco duvidoso sobre Yoongi, ele não mentiu, e isso deixou Jungkook com um nó na cabeça. Será que seu hyung já fez algum mal para Jin ou algum outro anjo? Será que foi ele que fez aquilo com Jimin?

Só de pensar nisso o corpo do ex-anjo se arrepiava... não podia ser.

 

~

Duas semanas haviam se passado, e desde aquele dia as coisas não têm sido muito boas, Hoseok e Taehyung ficaram mais próximos, mas se distanciaram dos outros dois. Era como se estivessem em um mundo deles, Jungkook até tentou conversar com Tae, mas não adiantou, sendo que na primeira semana ambos foram embora, dizendo que não poderiam mais ter folga do trabalho... deixaram Jimin e Jungkook sozinhos. Não que precisassem de supervisão, mas era raro Jimin parar em casa, ele ia para o restaurante durante a manhã e só saía a noite, mas ele não voltava para casa. O ruivo descobriu uma boate noturna de acompanhantes perto do restaurante da avó, e quase todo dia Jimin parava naquela boate, ele ainda pensava em muitas coisas, estava atordoado com tudo o que acontecera e ainda tinha aquele garoto...

Quando o mais novo se fazia presente, Jimin não conseguia pensar em mais nada, de alguma forma, Jungkook mexia muito com a cabeça do ruivo e ele odiava isso. Nunca havia sentido atração por homens, mas nosso ex-anjo era quase como irresistível. Jimin não parava de pensar um segundo naquele corpo, aquela boca, aquela inocência que o mais novo possuía, tudo isso enlouquecia o mais velho. O ruivo ainda tinha algumas crises de luto pela avó, ainda mais depois da primeira vez que foi visitar o túmulo da senhora Gong, ele ainda sentia falta dela, e essa mais nova obsessão pelo mais novo só piorou as coisas... ele estava confuso, e não tinha para quem contar isso, não tinha para quem pedir ajuda, por isso, procurou distrair sua cabeça na bebida e em prostituas. Pareceu funcionar...

(eu disse pareceu).

Mais uma vez Jimin chegou na madrugada, como era sexta-feira ele sempre chegava mais tarde, deve ser pelo movimento, mas dessa vez o ruivo chegou mais bêbado do que de costume, e pela primeira vez nessas semanas ele levou uma acompanhante (se é que me entendem) para casa. Ele não se importava com mais nada a não ser comer aquela mulher que estava ao seu lado, ao chegar ele a levou para a parede mais próxima e a pressionou lá, beijando-a com todo desejo que continha em seu corpo. Ficaram um tempo se beijando até que o ar faltou, o que os fez se afastarem, mas Jimin prontamente desceu seus lábios para o pescoço da mulher, chupando, lambendo e mordendo, arrancando gemidos um tanto altos da mesma. O ruivo enlaçou as pernas da loira a sua frente em sua cintura, logo subindo com ela para seu quarto e a jogando em sua cama, ele não se importou em fechar a porta, não se importou com mais nada.

No quarto a frente, onde Jungkook dormia, ele ouviu um barulho no andar de baixo, o que o fez levantar na hora, achando que poderia ser Jimin e que ele poderia ter se machucado, mas quando saiu do quarto, viu o ruivo com uma loira em seu colo a levando para seu quarto. Jungkook não entendeu o que estava acontecendo, até chegar no quarto do mais velho e ver a mulher, já despida, debruçada sobre o membro de Jimin. O mais novo corou e imediatamente voltou correndo para o quarto. Por que a cena que acabou de ver doía tanto?

Nessas duas semanas, o mais novo tem sido ignorado por Jimin, por mais que tentasse se aproximar do ruivo, cuidar dele (como prometera para sua avó), ser gentil com ele, o mais velho simplesmente não ligava para o outro. Isso estava machucando o ex-anjo, ele também sentia algo pelo mais velho, suas mão tremiam toda vez que chegava perto do mesmo, seu coração acelerava quando eles conversavam, sentiu uma dor no peito quando viu a cena que acabou de acontecer. Ele já ouviu falar sobre paixão... sobre amor... mas será isso? Ele foi se apaixonar por aquele que o machuca?

Jungkook dormiu (depois das 4 da manhã, quando os gemidos resolveram cessar) com lágrimas nos olhos e dúvidas na cabeça. Pela manhã ele teria que conversar com Jimin, já não aguentava mais. Até esse dia ele não havia ido ao restaurante conversar com Jin, mas ele não iria, não queria saber de mais nada ele apenas queria voltar aos tempos antigos, onde ele não sofria por amor, onde a única decepção que ele tinha era quando encaminhava um jovem para os céus... Tempos onde não havia Park JiMin.


Notas Finais


Então, meu word maravilhoso resolveu dar pau e apagou o capítulo 8 que já estava pronto, então tive que reescrever, por isso a demora, mas semana que vem o cap. 9 sai rapidinho!
Gente sobre o comeback... não sou capaz de opinar, eu queria estar viva para dizer que queria estar morta
Enfim, eu prometi mais Jikook, então está aí, e calma gente, as coisas vão melhorar... eu juro
Não se esqueçam de comentar pra eu saber se vocês gostaram, ou não. Me deixem saber!
Muito obrigada pelos favoritos, eu quase chorei quando vi que tinham 35, juro, eu amo muito vocês s2
Desculpem qualquer coisa
Beijos no kokoro
Eu i love you vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...