História You are my Angel. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cosmic Girls, Seventeen
Personagens Bona, Junghan "Jeonghan", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Wen Junhui "JUN"
Tags Jeongcheol, Seventeen
Exibições 54
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Party.


Bona Pov's on.

Assim que aquele garoto gentil me deixou no quarto do Jeong eu peguei algumas roupas para ele, depois de pegar tudo eu saí e fechei a porta. 

Andei calma até o hospital que não era muito longe, assim que cheguei tudo estava um desastre, pessoas corriam pra lá e pra cá e tinham até policiais. Eu me aproximei do balcão para falar com a recepcionista. 

- Desculpe incomodar, mas o que está havendo? - Perguntei a ela. 

- Estão todos loucos porque um garoto foi assassinado. - Assim que ela disse que era um garoto imaginei que fosse Jeonghan, e corri o mais rápido que pude até o quarto onde ele estava. Ao entrar me alíviei ao ve-lo sentado numa cama vazia, eu me aproximei e percebeu que Jeong estava chorando. 

- Hey, o que houve? - Jeonghan me olhou com seus olhos cheios de lágrimas enquanto soluçava. 

- Seung está... Ele está... - Jeonghan se levantou e me abraçou apertado chorando mais, fiquei aliviada que Jeonghan estava bem, mas quem foi o garoto assassinado. Logo me veio a mente que poderia ter sido esse Seung, Jeonghan chorava muito então eu comecei a ter certeza disso. 

____x____


Eu estava levando Jeonghan de volta ao seu dormitório, não gostava de ver meu irmão triste, então iria cuidar dele por um tempo. 

Nós continuamos andando, mas Jeong parou. - Jeong? 

- Bona, podemos passar em um lugar antes? - Jeonghan disse levantando sua cabeça para me olhar, eu não gostava mesmo de ve-lo daquele jeito. Nós não estamos irmão por parte de pai, eu puxei muito meu pai, padrasto do Jeonghan, exceto quando sorria, meu sorriso era muito parecido com o dele, que nós dois puxamos da mamãe. 

- Claro, aonde quer ir? - Eu disse com a minha voz suave.

- Vem. - Jeong andou na frente até chegar em um dormitório não muito longe. Eu me lembrei de mais cedo quando cheguei, era o dormitório daquele garotinho fofo. 

Woozi Pov's on. 

Esse meu irmão não tem jeito, já faz muito tempo que está dormindo, estou começando achar que ele morreu. Ele era muito bobo, porém, quando ficava nervoso era de dar medo. 

De repente alguém bateu na porta, eu suspirei e me levantei para abrir. Quando abri Jeonghan estava me olhando enquanto seus olhos se enchiam de lágrimas. 

- Jeonghan? - Perguntei um pouco assustado, o mesmo me abraçou com força enquanto chorava, eu não estava entendendo nada. - O que houve? 

- Ah Woozi, Seung ele está... - Jeonghan fez uma pausa. - ...Morto... 

- O que!? - Eu falei assustado. Então era isso? Eu me soltei do abraço e levei Jeonghan até minha cama e o deixei sentado em um pequeno esforço, ja que Jun estava tomando a cama pra ele.

Jeonghan Pov's on.

Assim que eu e Bona entramos no dormitório de Woozi percebi um garoto deitado na cama dele. Por um momento fiquei com ciúmes, sei que não deveria mas estava confuso com meus sentimentos por Woozi, desde que nos... Beijamos. 

Reparei que Bona estava me encarando, ela com certeza estava mais confusa sobre Seung. E também devia estar pensando porque estávamos aqui. 

- Ah, por favor não liguem pra ele. - Woozi falou apontando para o garoto dormindo em sua cama. - Este é Jun, meu irmão "mais velho". - Woozi disse fazendo sinal de aspas com os dedos. 

- Por que isso? - Perguntei. 

- Porque ele é muito infantil pra ser meu irmão mais velho. - Woozi me fez rir, não pensei que conseguiria. Me senti mais leve ao saber que era apenas o irmão dele. Eu expliquei toda a história ao menor que estava concentrado em tudo.

- Puxa... Eu não sei o que falar. - Meus olhos e os olhos de Woozi se encontraram e ficou um grande silencio até que Bona resolveu falar, porém foi cortada pelo irmão de Woozi que havia acabado de acordar dando um pulo na cama.

Ele olhou para Woozi e deu risada, em seguida sentou-se na cama olhando para mim e depois para a Bona, e parou seu olhar nela.

- Uau... Parece que ainda estou dormindo, que belo sonho é esse. - Em seguida abri um grande sorriso para Bona. O que ele estava fazendo? Ele estava dando em cima da minha irmã? Woozi bateu nele e claro eu dei risada, porque ele mereceu. - Aí! - Jun gritou olhando para Woozi. 

- Tenha modos, seu crianção. - Woozi olhou irritado para Jun, chegava a ser fofo isso. - Desculpem pelo comportamento de Jun. 

Jun Pov's on. 

Pelo o que entendi da história o namorado do Jeonghan havia sido assassinado, porém não estava prestando atenção nisso e sim em Bona. A mesma tinha percebido e ficou vermelha, Jeonghan e Woozi perceberam o que deixou um grande silencio no quarto novamente.

Porém todos, inclusive eu, voltamos a nossa atenção a um brigadeiro que tinha deixado na mesinha mais cedo, ele rolou até cair no chão. Então vi uma boa oportunidade, não iria deixar passar. 

- Bona, você viu? - Perguntei a ela e me levantei me sentando ao seu lado.

- Vi o que? - Ela perguntou me olhando, reparei que nossos olhos se encontraram, aliás ela tinha olhos lindos. 

- O brigadeiro rolou. - Falei para ela, nós estávamos muito perto, de modo que eu sentia sua respiração, podia sentir os olhos do seu irmão queimando minhas costas, mas quem liga pra isso? 

- É, eu vi. - Ela falou se afastando um pouco, notei que ela estava ainda mais corada. - O que tem isso? - Ela perguntou sem jeito. 

- Será que um beijinho rolaria? - Estava concentrado em seus lábios que não percebi Woozi chegando. 

- JUN! - Woozi me puxou para perto dele. 

- WOOZI! - Eu não acredito que esse nanico estragou meu momento com a Bona. Tenho certeza que não ia gostar de eu estragar um momento dele com o Jeonghan. 

____x____


O silêncio surgiu outra vez, acabei lembrando que um amigo me chamou para uma festa de máscaras, seria uma boa oportunidade de sair com aquele anjo. 

- Então... Daqui alguns dias um amigo meu vai dar uma festa, e queria chamar chamar vocês. 

- Não estou pra festa. - O amigo de Woozi falou abaixando sua cabeça. 

- Vamos Jeong, vai ser bom pra você. - Woozi disse se sentando ao lado do cabeludo e o abraçou, ele levantou sua cabeça e ficou com o rosto bem próximo do meu irmãozinho. 

Aproveitei que os dois estavam ocupados se olhando então me aproximei daquele anjo, eu segurei a mão da garota e a olhei no fundo dos seus olhos. Seu rosto ficou vermelho o que me fez sorrir. O cabeludo acabou perdendo e me deu um tapa forte na cabeça. 

- Aii! - Me afastei dos dois e formei um bico nos lábios. 

- Fica longe da minha irmã, seu tarado. Sei muito bem o que você quer com ela! - Woozi começou a rir. 

- Devia me proteger, surfista de aquário. - Woozi parou de rir e se levantou vindo em minha direção. Woozi deu outro tapa em minha cabeça e suspirou, o cabeludo começou a rir assim como a Bona, ambos tinham um belo sorriso. 

-É bom ver você rindo Jeong. - Woozi falou se sentando outra vez. Acho que estava entendendo o que estava acontecendo ali, Woozi gosta desse cabeludo, ao pensar nisso acabei tendo uma ideia, além de ser um bom paquerador, eu sou um maravilhoso cupido.

- Então Bona, pode vir comigo? - Eu segurei a mão da garota e a puxei para fora do quarto e fechei a porta. Ela tentou se soltar mas não deixei. 

- O que você pensa que ta fazendo?! 

- Estou tentando juntar o seu irmão com o meu. - Cochichei no ouvido dela e a levei para longe dali.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...