História You are my destiny - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eliane Giardini
Personagens Eliane Giardini, Personagens Originais
Tags Eliane Giardini, Werner Schunemann
Exibições 50
Palavras 657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E quando eu sinto, que teus braços se cruzaram em minhas costas, desaparecem as palavras, outros sons enchem os espaço, você me abraçar, a noite passar, me deixas loucas🎶

- Elis Regina

Capítulo 13 - Me deixas louca


Werner a beija e não deixa responder e o desejo tomar conta dos corpos, necessitavam um do outro,ansear da carne se fazia necessária.. Então se perdem no desejo, ficam nus no chão da sala, se beijando e se amando, sem pressa, existia apenas eles e mais ninguém, os fatores externos não eram importante, o necessário era apenas satisfazer um ao outro.

E nesse sentido, Eliane estava se deleitando com pênis do Werner, lambia toda extremidade e Werner ficava de olhos fechando falando sussurrando palavras e momentos de transe, Eliane chupa o pênis por inteiro, chupa como se fosse doce e Werner segura o cabelo dela com uma mão e acariciando o seu seio com a outra, Eliane intensificava e Werner estava quase perdendo o controle e tentar interrrompe-la, mas ela o impede e para, e manda Werner deitar no chão, Eliane fica em cima de Werner e encaixar seu sexo no dele.

E no movimento intenso, Eliane calvaga em Werner de forma desesperada para atingir o climax, enquanto Werner ora dava tapas na coxas e bunda, ora apertava os seios de Eliane. Ambos estavam inebriados pela luxúria, e os sons de prazer preenchiam o todo ambiente.

E o clímax para os dois chega, ambos suados e anestesiado de prazer, mas não satisfeito, em questão de poucos minutos, Werner sorrir de forma maliciosa e assume a posição, sugando desta vez os seios de Eliane, beijando e chupando de forma ofensiva o corpo andente de sua amada. 

Chegando onde procurava, Eliane estremeceu quando ele sugou o seu sexo, e a penetrou com dedo, Werner não perderá tempo, sugava,lambia e a penetrava sem demorar, quando notou que ela estava insadecida, a penetrou novamente, mas desta vez foi com seu pênis, a preencheu. 

Eliane por sua vez entrelaça suas pernas na cintura de Werner para melhor senti-lo e Werner a penetrava e a beija e dava leves mordidas e os dois se perderam alí naquela sala até a noite se despedir.

Acordaram já era quase 12:00, havia diversas ligações no celular dos dois de Carlos de Lima, desesperado esperando por uma notícias para organizar os últimos detalhes para viagem..

Enquanto Eliane resolvia os problemas pelo celular com Carlos, Werner falava escondido na cozinha com Tânia que também ligará para Werner de forma compulsiva, ela sabia que ele iria passar noite fora, apenas não esperava que fosse demorar tanto, preocupada, ligou para saber como ele estava.

Eliane terminou de falar com Carlos e foi atrás de Werner para contar que as recomendações de Carlos e escultou parte da conversa.

Werner no celular

Werner - Tânia, não precisa se preocupar é só resolver as coisas que eu resto deixa comigo, estou próximo de casa.

Tânia - Estou saindo as 15:00, você já vai está em casa?

Werner - Vou chegar em casa daqui a pouco.

Tânia - Tá certo! Beijo! Tchau!

Werner - Outro, Tchau!

Eliane não entendeu bem a conversa,  porque Werner falou muito baixo,mas sentiu que havia algum estranho, preferio fingir para Werner que não tinha escutado nada, mas iria esperar o momento certo para conseguir entender bem a história...Eliane conhecia muito bem o Werner e sabia do relacionamento com Tânia estava achando estranho a frequência de ligações de Tânia para Werner.

Eliane - Amor, acabei de falar com Carlos, ele disse que amanhã é necessário irmos todos para Teatro para fazer um ensaio para São Paulo, parece que não vamos ter tanto tempo para ensaiar por lá.

Werner - Tudo bem, amor, agora eu preciso ir, vou tomar um banho e vou pra casa, ok? ( Deu um selinho)

Eliane - Está tudo bem, amor?

Werner - Está sim ( deu um leve sorriso)

Eliane - Depois vou na sua casa para a gente assistir um filme, já que temos dia todo de lazer, só vamos trabalhar amanhã. ( Disse para ver reação dele)

Werner - Acho melhor não amor, depois eu te ligo para a gente sair hoje à noite.

Eliane ficou pensativa com ação de Werner e decidiu que mais tarde iria fazer uma supresa na casa dele.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...