História You are my everything ( Yoonmin hybrid ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hybrid, Namjin, Sugamin, Taekook, Vhope, Vkook, Yami, Yoonmin
Visualizações 466
Palavras 2.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem voltou mais cedo não tao cedo assim ;-;
A ideia veio e então ta ai kkkkk
obrigada pelos + 100 fav gente eu to muito feliz ( snif snif )
Queria lembrar que dentro da fic o que eu coloco entre parenteses não é um pensamento meu e sim do personagem caso tenham pensado que sou eu, são tipo notas mentais quando se fala consigo mesmo
Boa leitura

Capítulo 11 - The Party


Fanfic / Fanfiction You are my everything ( Yoonmin hybrid ) - Capítulo 11 - The Party

 

JIMIN

            1:30 P.M

Segundo o que Tae disse enquanto almoçávamos a festa começaria as duas horas e terminaria as dez e o viado queria ficar lá do inicio ao fim. Então temos somente uma hora pra nos arrumar e chegar no local 

— Tae — o chamei enquanto ele vestia a camiseta social branca e abotoando deixando alguns botões abertos que trouxe na mochila 

— essa festa ... E onde é ? Tem que pagar ? 

— é em um estacionamento e sim tem que pagar. Mas — remexeu um pouco em sua bolsa erguendo três ingressos extremamente coloridos de lá — eu ganhei esses ingressos em uma aposta — disse se abanando com eles em forma de leque 

— agora vá se vestir e use branco 

—  ta mas porque branco ? 

— vai saber quando chegarmos lá — OK eu to começando a ficar curioso. Fiz o que ele pediu e coloquei uma camiseta branca sem estampa alguma, junto a Jeans  escuros e all star preto, arrumei meus cabelos jogando-os pra trás e desci, quando cheguei ao fim as escadas Tae logo me agarrou pelo pulso me arrastando ate a porta 

— estamos atrasados 

— calma Tae, vamos ter muito tempo lá 

— calma o cacete, ainda temos que passar na casa do Kookie 

— espera Tae — pedi parando quase na porta 

—vamos de quê ? 

— no meu carro invisível, agora vamos !? 

— OK OK vamos apressadinho — falei o seguindo e rezando pra não ser longe. 

Agora na entrada da festa que por Deus não era muito longe da casa do Yoongi, mas da casa do Jungkook era quase uma ida e volta pro Japão e sem contar que a mãe dele não queria deixar ele vir e tivemos que mentir que ele iria dormir na minha casa. O que com toda certeza daria errado. Rodeei os olhos pelo local e agora entendi o porquê das camisetas brancas e eu basicamente estaria muito, mas muito ferrado. Junte nariz sensível a orelhas sensíveis e coloque em um local com um som de estourar os tímpanos e a cada hora joga pozinhos coloridos no ar. 

— Tae — chamei manhoso — minhas orelhinhas vão doer quando chegarmos mais perto — afinal enfrentamos uma fila enorme junto a grandes murmurinhos com um som alto distante 

— trouxe isso pra você — falou colocando dois abafadores nas orelhinhas da mesma cor que meu cabelo, foi como desconectar o fio dos fones e ficar um silêncio mas com som abafado vindo de fora 

— melhor ? — perguntou " baixinho" e eu percebi função das orelhas humanas que ate o momento nunca havia ouvido por ela, ou talvez só nunca percebi. Apenas concordei com a cabeça voltando a observar o local, Jungkook arrumava seus óculos redondos com os dois dedos do meio e estava com uma camiseta branca tão grande que batia no meio de suas coxas.

Nos aproximamos da entrada e Tae entregou os ingressos, os seguranças da porta nos pediu pra estender os pulsos e colocaram pulseiras com a mesma coloração do ingresso junto a dois saquinhos de pó colorido pra cada um. O estacionamento era gigante com um palco ao fundo junto a uma mesa pelo qual julguei ser o aparelho de DJ, nas laterais tinha grandes caixas de som com um grave tão alto que me fazia estremecer por dentro, fomos direto pro bolo de pessoas que dançavam loucamente e o Tae foi o primeiro a começar a remexer o quadril nos incentivando a fazer o mesmo. Eu não sabia dançar mas a única coisa que as pessoas estavam fazendo era pular  loucamente com os braços pra cima, eu não sou copião nem nada mas, assim, fiz o mesmo ( não me julguem). Eu estava tão imerso na música e dançando que só percebi que Jungkook tinha saído quando voltou com saquinhos compostos por um liquido colorido e entregou pra mim e pra Tae, eu o olhei com uma interrogação na cara 

— toma, é fraquinho, você vai gostar — Jungkookie disse levando o seu de colocação azul aos lábios e bebendo tudo de uma vez ficando com o centro dos lábios azulados, Tae fez o mesmo ficando com os lábios alaranjados. O meu era vermelho, olhei mais uma vez para os dois e levantei os ombros em sinal de rendição bebendo o líquido, quando ele entrou em contato com a minha boca eu senti o gosto de cereja e bem ao longe o sabor do álcool, minha mente ficou meio lerda quando terminei de tomar e logo voltei a dançar com os meninos.

O relógio grande acima do palco fazia uma contagem regressiva com a musica no mudo e com todos gritando, cinco, quatro, três, dois, um, e uma explosão de cores invadiu o ar e o DJ soltou o som no ultimo volume, no inicio eu prendi a respiração mas não consegui por muito tempo, meu nariz vai cair, eu estava espirrando de cinco em cinco segundos, Tae e Kookie perceberam e se entreolharam, Tae retirou da cabeça sua bandana e a desenrolou e a dobrou as pontas formando um triangulo, me virou e a amarrou na altura do nariz 

— obrigado Tae — falo alto perto de seu ouvido. Depois dessa explosão teve varias outras só que dessa vez eu não espirrei eu apenas tirava a bandana pra beber mais saquinhos coloridos. O sol já estava se pondo fazendo o céu ficar laranja meio arroxeado pro lado de azul escuro, passei os dedos nos mais fios que agora estavam coloridos de todas as cores do arcos-íris e saiu meio quilo de pó da minha cabeça, eu já tinha perdido a conta de quantos saquinhos coloridos ei tinha bebido, eu só sei que meu corpo estava flutuando e minha mente não conseguia pensar direito, estava cheio de lacunas, me lembro de algumas pessoas tentarem me agarrar mas os meninos não deixaram, obrigado por isso Deus 

— ô Tae, Ô guukkie, oljjHa ta niegon — levantei o braço com a pulseira que agora brilhava fortemente e eles começaram a rir batendo no meu ombro as vezes, eu me sentia tao leve, parecia que eu tinha levado uma surra de unicórnios fofinhos, já era quase dez e quase todo mundo havia ido embora e agora éramos três desengonçados abraçando de lado e balançando de um lado pro outro em uma música mais lenta, meus pés estavam muito doloridos mas isso é um mero detalhe.

Anunciaram o fim da festa e a única coisa que reinou no local foi gente cambaleando ou beijando o chão, minhas pernas estavam desobedientes, qualquer obstaculo na minha frente eu cairia mas quem acabou caindo foi Jungkookie que se segurou em Tae o levando junto e ele tentou se segurar em mim mas meus braços estavam escorregadios pelo banho de bebida que eu levei, a questão é que eu cai por rir da cena e quando você cai bêbado é impossível se levantar, com muita dificuldade Tae se levantou e ajudou Jungkookie que já não tinha mais seus óculos, ele me estendeu a mão mas eu não consegui pegar ela ficara " girando " , então ele desistiu e me pegou igual um bebê me colocando de pé mas eu não conseguia parar de rir e firmar as pernas, acho que eu era o mais bêbado entre os três. 
Com muitos tombos no caminho chegamos ao apartamento do Yoongi e a maior dificuldade do dia foi enfiar a chave no buraco da fechadura

— bocês podiam me ajudar — e Jungkookie empurrou Tae conseguindo de primeira abrir a porta e logo nos jogos no sofá, isso, assinamos a sentença de morte sujando todo o sofá com pó colorido 

— bocês saviam gue se uma fumiga cair de um lugar muto glande ela não morre ? — perguntei começando a rir antes de terminar a frase e os meninos imitaram uma foca parindo, a porta se abriu e o Yoongi entrou incrédulo nos olhando e nós nos entreolhamos rindo mais ainda só que agora de desespero 

— Kim Taehyung e Jeon Jungkook eu vou bater em vocês com um cachorro morto ate ele latir — Yoongi falou se agachando do meu lado e me olhando preocupado enquanto eu tentava inutilmente focar o olhar em si 

— o quanto você bebeu — perguntou balançando a cabeça negativamente, fiquei bons minutos o olhando nos olhos quando consegui mas logo meu olhar desceu pra sua boca entreaberta 

— quero farofa  — falei e Yoongi se levantou rindo e foi ate a cozinha, voltou e se agachou novamente 

— abre a boca — antes que eu pudesse assimilar suas palavras com minhas atitudes eu estava com a boca aberta e ele enfiou um cubo de gelo a fechando para eu não cuspir e depois nos outros dois parecendo defuntos no sofá 

— Hyungii — chamei manhoso arrastando a fala e ele me olhou ajeitando os óculos com uma das mãos pousando na cintura

— bamos adotar uma baca ? — ele arqueou uma sobrancelha e rio soprado 

— ok adotamos uma vaca — falou e olhou pros dois retardados estirados no outro sofá 

— Jimin, faz um favor pro seu hyung e fica quetinho ai no sofá que eu vou levar os defuntos pro Jin cuidar, porque eu não consigo cuidar de três crianças ao mesmo tempo — Yoongi falou e Jungkookie estava fazendo caretas pro Tae. Ele pegou os dois pelo pulso e saiu pela porta, olhei pra cima vendo o teto girar, apesar do gelo que comi agora pouco minha boca estava seca e meu estômago se revirando, os abafadores tinham caído no caminho pra cá e agora um minimo ruído de som estava muito alto. Yoongi voltou e fechou a porta o que fez um barulho muito alto pra mim

— hyunngi por favor naum fash barulho — pedi tampando as orelhinhas 

— Jimin você precisa de um banho 

— Não foi eu, o Tae me obligou a culpa é dele — falei com a voz fanha e Yoongi bateu a mão na testa e veio me ajudar a levantar mas minhas pernas falharam e novamente eu fui pro chão de joelhos 

— ah Jimin, me lembre de nunca te dar bebidas 

— Jimin ? guem é Jimin — ele sorriu e me pegou no colo subindo as escadas e me levando pro banheiro que tinha banheira, me sentou na tampa do vaso que tinha uma caba felpuda por cima e ligou o registro fazendo a água cristalina encher a banheira e eu o olhei assustado 

— relaxa gatinho eu não vou te dar banho, só vou ajudar no que precisar e no que você pedir — abaixei os ombros aliviado, porque ele estava sendo tao legal comigo ?

— consegue entrar ? — perguntou e eu neguei com a cabeça

— hummm — estalou os lábios

— pode tomar banho de cueca então eu te ajudo a entrar — nessa hora alguém derramou um balde de tinta vermelha na minha cara só pode, mas eu não conseguiria fazer isso sozinho. Concordei com a cabeça 

— amm .. Eu posso ?.. — apontou pra minha camiseta 

— pode ... — se é pra passar vergonha eu queria acabar logo com isso, levantei os braços pra ele tirar a camiseta completamente colorida agora. Senti os dedos gelados de Yoongi deslisando em meu dorso junto a camiseta, quando ele a retirou e jogou no chão uma leve camada de pó levantou, ele não me olhou por muito tempo, por sorte, pois eu estava todo arrepiado

— consegue desabotoar ? — perguntou apontando pros botoes, apenas desci minhas mãos e desabotoei demorando mais que o normal de uma tarefa tão simples, ele se agachou tirando meus sapatos e puxou a calça pela barra que também levantou pó, ergui o quadril para ajuda-lo e depois ele me pegou no colo me levando pra banheira, a primeira coisa que entrou em contato com a água foi minha cauda e a água não estava quentinha como eu imaginei, estava em uma temperatura natural mas meu corpo se estremeceu todo e eu a levantei fazendo espirrar água no Yoongi 

— ah Jiminie me ajuda que eu te ajudo, eu poderia ta dormindo 

— dexsculpaah hyungii — falei fazendo biquinho — a água ta gelada 

— isso é pra te fazer melhorar e não ta tão gelada assim — e dizendo isso ele me abaixou de uma só vez na banheira e por reflexo o puxei junto e ele começou a rir, tenho quase certeza que era pra não chorar 

— hyunngi bocê parece bum bantasma — falei apontando para os fios loiros e ele continuou a rir 

— hyunng me perdoa — pedi abanando a cauda fora da água, ele se levantou e me entregou shampoo e sabonete, depois saiu do banheiro

— vou ficar no meu quarto quando precisar me chame 
Enquanto eu lavava meu cabelo fiquei hipnotizado pela água colorida, estava tão maravilhosa, retirei a ultima peça com muita dificuldade, tomei meu banho lentamente e descobri que tinha pó em lugares inimagináveis. Tentei me levantar sozinho vacilando umas três vezes ate conseguir ficar de pé, não me enxuguei direito e entrei no quarto levando o escorregão e batendo a bunda no chão, logo escutei as gargalhadas do Yoongi soltando o celular e vindo me ajudar, me sentei na cama e ele pegou roupas folgadas e jogou na minha cara se virando pra eu me vestir. A camiseta pegava no meio das coxas e ele não havia me dado outra peça alem da cueca mas pouco me importei com isso 

— pode se virar — falei me deitando em sua cama 

—  você vestiu a camiseta errada —  falou rindo 

— senta, vou arrumar ela —  me sentei muito sonolento e ele retirou apenas as mangas a virou e vestiu novamente 

— Agora me diz, o que aconteceu com a sua boca ? — foi a ultima coisa que ouvi antes de sentir meu corpo totalmente relaxado e pegar no sono 
 


Notas Finais


desculpem se decepcionei vocês com a festa, a questão é que ..
ainda não acabou e o próximo sera na visão do Yoongi ( ͡° ͜ʖ ͡°)
bjos
(invadindo aqui depois de postar kkkk caso queiram ter uma melhor visão da festa vejam este vídeo > https://www.youtube.com/watch?v=8n1TAVyBqvY )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...