História YOU ARE MY HERO - Yoongi - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Suga
Tags Romance, Terror
Visualizações 52
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie

Me desculpem por não ter postado o capítulo 9 ontem, estava sem muita ideia para escrever o capítulo e acabou que não tive tempo para continuar escrevendo. Mais uma vez, desculpa

~AVISO!~

Esse capítulo é apenas do Hoseok. Conta um pouco sobre a vida dele e seus planos para um futuro próximo.

Sobre o título "Boy meets evil pt.1", é porquê vai ter outras partes, cada parte vai ser de um personagem como: S/N, Suga, Jimin, etc.

Esse capítulo conta quase uma semana depois do capítulo 8. O capítulo 8 se passa no dia 22 e o capítulo 9 se passa no dia 28, ou seja, 6 dias depois.

Capítulo 9 - Boy meets evil pt.1


Fanfic / Fanfiction YOU ARE MY HERO - Yoongi - Capítulo 9 - Boy meets evil pt.1

28 de Março de 2018, 00:00

Hoseok on

Já se passaram 6 dias desde que fui preso, bem, fiquei dois dias na cadeia e depois de ver o meu histórico me mandaram para uma clínica psiquiátrica. É incrível como os psiquiatras agem achando que vão mesmo conseguir tirar alguma palavra de mim, tão tolos. 

Me sentia péssimo por quase ter matado a minha pequena, mas o que posso fazer? Ela iria me denunciar, uma pena que tenha conseguido escapar, quer dizer, quase. Mandei um amigo a observar escondido, ele me passa todas as informações, ou seja, querendo ou não, sei tudo o que a S/N faz, sei a hora que ela sai de casa, sei com quem ela anda saindo, sei o que está acontecendo em sua vida. Pena que existe apenas uma coisa que me deixa furioso, S/N está na casa de um homem cujo nome é Min Yoongi, ele está prestes a se casar a força com uma mulher chamada Jung Soo Ahn, pelo que soube, a empresa de seu pai estava falindo. Mas não interessa, não importa se minha princesa está ou não machucada, Park Jimin pode muito bem cuidar dela, e se esse homem fizer algo ruim a ela? E se ele a magoar? Acho que ele não sabe o perigo que corre. Meu caro amigo, você faria uma ótima decoração para o meu quarto, realmente, adoraria ir dormir com a visão de sua cabeça na minha parede, assim eu poderia dormir tranquilamente sabendo que você nunca mais irá encostar na minha garota. 

Hoje foi um dia realmente chato, por que? Simplesmente por ter tido mais uma das consultas que não adiantam absolutamente nada, ter que ficar ao ar livre na hora do almoço e etc. 

Ar livre. Isso me lembra S/N, ela gostava muito de passear por lugares assim, como parques, campos e etc. Sabe, pode não parecer mas eu a amo muito, amo tanto que faço qualquer coisa por ela, sei que sou maluco mas o que eu sinto por ela é verdadeiro. Muitas vezes não pude dormir por ficar pensando se ela estava bem, se havia conseguido dormir, muitas vezes chorei por ela simplesmente ralar o joelho, S/N é muito preciosa para mim e eu a perdi. Sempre quis contar a minha história para a minha garota, mas se eu contasse, a deixaria com medo, poderia fazer a mesma se afastar de mim e eu não queria isso. 

ㅡ Eu só queria que alguém me amasse. É tudo o que eu quero e pesso. Amor. ㅡ Disse já com lágrimas escorrendo em meu rosto. 

Quando era criança todos se afastavam de mim, eles diziam que eu era estranho. Meus pais sempre me levavam ao médico mas sempre diziam que não havia jeito. Eu sería assim para sempre. Papai fazia de tudo para me fazer feliz, ele só queria que eu fosse uma criança normal como todas as outras, mas não, tudo o que ele me dava, nada me fazia feliz, eu me sentia vazio, triste, solitário. Minha mãe sempre me disse exatamente a mesma coisa "É normal, também fui assim. Espere, um dia irá conhecer uma pessoa que lhe fará se sentir feliz". Eu cresci e todos me tratavam com desprezo, até que eu cansei e passei a fingir ser quem não era e só assim as pessoas pararam de me tratar diferente, mas do que adianta fingir ser feliz, fingir ter amigos,  fingir ter sentimentos, quando você não sente nada, quando você não tem amigos de verdade, quando você simplesmente não tem uma vida normal. Um dia estava indo à escola e parei para observar uma briga que estava tendo. Era algumas garotas batendo em uma menina que parecia indefesa, achei aquilo ridículo e então fui até elas dizendo que se não parassem iria chamar a polícia,  as garotas saíram correndo na hora. A pobre menina chorava e estava machucada, me agradeceu e olhou em meus olhos. Foi apartir dessa exato momento que senti meu coração bater com uma força que nunca havia sentindo, S/N, ah S/N estava tão linda naquele uniforme e toda vermelhinha de vergonha. A levei para a enfermaria da nossa escola, agradeci por sermos da mesma classe. Fiquei o tempo todo com S/N, matei todas as aulas apenas para cuidar dela, dei comida em sua boca, lhe fiz carinho, a deixei em sua casa e depois disso passamos a ser muito amigos. 5 meses e já estavamos namorando. Mamãe estava certa, um dia eu iria encontrar alguém que me fizesse feliz e sim, eu encontrei, era S/N, ela é a pessoa que me faz feliz. Com o tempo eu fui me tornando uma pessoa muito possessiva, não podia a perder, não podia deixar nenhum homem encostar nela, ela não poderia ter amigos homens, caso contrário todos eles morreriam. 

Quando a vi pela primeira vez, na mesma hora fiz planos para nós. Iriamos namorar, morar juntos, nos casar, ter filhos e viver como uma família feliz. Mas agora com Yoongi no caminho vai ser mais difícil, fora que pelo jeito S/N parece estar começando a gostar dele mais do que um amigo qualquer. Precisava pensar em um bom plano para fugir desse lugar, pegar minha princesa de volta, mas talvez eu tenha que eliminar algumas pessoas. 

ㅡ S/N meu amor, minha vida, achou mesmo que iria escapar de mim não é? Saiba que sou apenas um homem apaixonado e que precisa do seu amor. 

Um dos enfermeiros entra na minha cela para me dar mais daqueles remédios ruins. Acho que eles realmente querem me matar. Uma vez ouvi alguns homens falando que estavam me dando remédios mais fortes do que precisava e que isso provavelmente estava mexendo muito com o meu psicológico, agora estava explicado o porquê de ter me tornado mais louco do que antes. Pode não ser bom para uns mas para mim isso é ótimo, afinal, não tenho mais medo dos policiais, não tenho medo de S/N saber do que estou fazendo, não tenho medo de morrer. Passei a conviver com tantas pessoas loucas que aprendi muitas outras formas de matar alguém, realmente, estou muito mais assustador, quem sabe um dia eu não pare as noites de todo o país? 

ㅡ Sr. Jung Hoseok, estique as mangas por favor. ㅡ Esticar as mangas? Como assim? Eles queriam me dopar? Desculpa mas ninguém me fura com uma agulha.

ㅡ Não. 

ㅡ Não é um pedido, é uma ordem. 

ㅡ Você não manda em mim. ㅡ Ele ía se aproximando mas fui mais rápido e peguei a seringa de sua mão. ㅡ VOCÊ NÃO VAI ME FURAR COM ESSA MERDA! ㅡ Primeiro injetei o remédio nele e depois comecei a furar o mesmo em todos os lugares de seu corpo. Pobre enfermeiro, gritava tanto por ajuda e ninguém o escutava. Bati sua cabeça muitas vezes na parede, o que resultou em sua morte, peguei seu corpo e joguei da janela. Uma hora iriam ver o corpo alí, mas não íam desconfiar de mim pois eles acham que minha janela é trancada, digamos que eu tenha pego a chave escondido apenas para abrir o cadeado. 

Depois de lavar minhas mãos na pequena pia que tinha no cantinho da parede esquerda, fui dormir. 

Sonho on

ㅡ Por favor não faça isso. Não me mate. Não seja assim. Eu só quero uma vida, só quero ser feliz. Se você me ama então me deixe ser feliz. Essa é a única  coisa que lhe pesso. POR FAVOR. ME DEIXE EM PAZ, NÃO ME MATE. VOCÊ  É UM MONSTRO.

Era como um filme. Me encontrava sentado em um banco observando o meu outro eu matar a minha princesa. A Garota gritava de desespero, medo, dor, muita dor, era de fato uma cena muito forte. S/N estava morta.

Sonho off

Acordo em um pulo. Esse pesadelo de novo. Tenho que controlar a minha raiva, não posso matar a S/N, se ela morrer então eu morro junto. Não posso viver sabendo que matei a pessoa que mais amo. 

Esse pesadelo é a única coisa que me dá medo, pois é ele que diz a verdade, se eu não me controlar posso acabar a matando e a morte de S/N é o meu pesadelo, é o meu maior medo. 

Min Yoongi, me aguarde. 

Hoseok off


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpem se tiver erros

Até ♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...