História You are my light - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Markjin
Exibições 125
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não liguem para a capa do capítulo :v
Não sabia o qual colocar então vai essa mesmo :/

Capítulo 1 - Um


Fanfic / Fanfiction You are my light - Capítulo 1 - Um

Em uma rua pouco iluminada, com tão poucos carros ou sinais de vida humana, caminhava tranquilamente sob a luz do luar um adolescente americano, que por conta do frio usava um casaco – que, diga-se de passagem, era maior que ele –, após atravessar a rua, olhou de novo o endereço que seu amigo havia passado. Ao rever o endereço continuou andando até o seu destino, cantarolando uma música qualquer. Parou em frente à porta daquela casa – rezando ser a certa – olhando novamente o número da mesma. Bateu na porta e esperou uma resposta e ouviu da voz conhecida um “Já vai”.

- Hyung! – disse o moreno ao abrir a porta.

- Oi Bummie! – falou carinhosamente com a praga – apelido carinhoso que Mark chama seus amigos. – Finalmente chegou, achei que tinha se perdido. – comentou Jaebum fechando a porta assim que o americano entrou na sua casa.

- Quase eu me perco... Mas tudo bem, se eu não me perdesse não seria eu. – disse Mark e o moreno riu.

- Sim, isso é verdade. – afirmou Jaebum.

- Quem está aqui? – perguntou Mark ao ouvir um barulho na cozinha.

- Então... – começou JB.

- O que você fez? – perguntou o mais velho, já sabendo que coisa boa não seria, sendo que na última vez que o mais novo fez algo os dois foram para a delegacia e esperaram suas mães com belas broncas e os chinelos de suas mães voando quando chegaram em suas casas.

 - Eu meio que estou namorando. – falou Jaebum com um sorriso não contendo uns pulinhos, que nas palavras de Mark, pulinhos de gazela.

- Ele está aqui? – sussurrou o loiro, Mark já sabia que JB gostava de garotos.

- Está! – sussurrou o moreno animado.

- Aleluia! Ele desencalhou Jesus, glorifiquemos de pé irmãos! – brincou Mark se ajoelhando no chão com as mãos para cima.

- Seu besta. – riu JB. – Você não presta... Por isso não namora! – provocou Jaebum sorrindo.

- Você me respeita! – disse e bateu no braço do mais novo que começou a rir.

- JAEBUM? – gritou uma voz da cozinha. – Com quem está... – começou a falar indo para a sala, mas parou logo em seguida assim que viu que Jaebum conversava com uma pessoa.

- Ah, Youngjae este é Mark! Hyung este é o Youngjae! – apresentou-os animado.

- Prazer em conhecê-lo! Jaebum ficou o dia todo falando que você viria aqui. – estendeu a mão para Mark que sorriu simpático e apertou a mão do Youngjae.

- Jaebum me ama. – comentou Mark e Jae riu. E Jaebum deu um tapa no braço do loiro.

- Cala a boca! – JB fingiu estar bravo.

- Que fofinho! – comentou Jae rindo.

- Eu sei! – disse Jaebum.

- Convencido. – fingiu uma tosse.

- Chato. – JB entrou na brincadeira.

- Irritante. – continuou Mark.

- Infantil. – um sorriso se formou nos lábios do Im.

- Sou mesmo! – confirmou o loiro. – Já chega! – levantou os braços em sinal de “rendição”.

Os três foram para a cozinha e ficaram conversando, até ouvirem umas batidas na porta.

- Eu atendo! – disse Youngjae e foi até a porta recebendo o amigo. – Oi Jinyoung, você demorou! – falou fechando a porta após o amigo entrar.

- Eu meio que me perdi sabe... – falou o mais alto seguindo Jae até a cozinha.

- Oi! – falou um Jaebum sorridente.

- Oi. – respondeu Jinyoung.

- Então, Jinyoung esse é Jaebum. – apontou para o namorado. – E esse loirinho, é o Mark! – falou e Mark, que por conta de sua timidez apenas acenou com um sorriso simpático nos lábios.

- Prazer em conhecê-los. – sorriu simpaticamente.

- Igualmente. – disse Jaebum.

Eles ficaram um bom tempo conversando, quando Jaebum teve a brilhante ideia de verem um filme. Assistiram O Chamado, e Jaebum sabia que Mark amava filmes de terror. No final do filme, todos estavam com medo de atender seus telefones.

-Gente? – perguntou JB.

- Hm... – responderam os outros três.

- Eu nunca mais atendo meu telefone... – continuou JB.

- E o celular? – perguntou Jae.

- Também não. – falou Jaebum e Youngjae riu, enquanto Mark e Jinyoung se recuperavam do filme.

- Gente! – quase gritou Mark ao ver as horas. – Tenho que ir para casa! – se levantou. – Obrigado por terem me chamado. – sorriu.

- E quem disse que você vai sair essa hora na rua? – falou Jaebum.

- Mas... – foi interrompido.

- Vocês vão dormir aqui, porque amanhã vamos todos juntos para a escola... – disse JB. – E sem reclamar Tuan!

- Mereço... – revirou os olhos. – Tá parecendo minha mãe!

- Não, eu sou seu pai. – ele corrigiu o loiro.

- Ok... – riu.

- Tá. Estou com sono e vou dormir. – Jaebum foi se arrumar pra dormir. – Mark! Sua mãe deixou sua mochila lá no meu quarto.

- Ok! – falou o loiro e subiu as escadas indo para o quarto do JB. Olhou em volta do quarto e, achou a mochila “gótica trevosa” em palavras do Jaebum. Pegou sua mochila e foi no banheiro que estava desocupado e tomou um banho. Pegou a toalha que sua mãe havia colocado em sua mochila e se secou, colocando seu “pijama”, por ser apenas uma calça moletom cinza, e uma blusa de mangas compridas – e grandes demais para a sua pessoa – de pandinha. Assim que terminou de se arrumar para ir dormir, pegou sua mochila colocou-a no quarto do Jaeubm, e desceu as escadas.

- Já se arrumou! – falou JB.

- É! Eu não sou que nem você que se depender sua 16° geração ainda esta acordando.

- Não exagera! – se defendeu.

- Amor. – falou Youngjae colocando a mão no ombro do namorado. – Desculpa informar... Mas é verdade!

- Não era pra concordar com ele! – Jaebum cruzou os braços e um biquinho se formou em seus lábios.

- Desculpa. – riu Jae da atitude infantil do namorado.

- Nem parece que JB tem 17. – comentou Mark.

- E nem parece que você tem 17 também. – comentou Jaebum.

- Ok... – riu um pouco do amigo infantil ao seu lado.

- Vou lá me arrumar. – avisou JB subindo as escadas.

- Ok! – disseram em coro. Mark foi em direção ao sofá, sentou-se e ficou mexendo no celular.

- Gente eu vou me trocar, já volto. – falou Youngjae.

- Ok. – disseram os dois.

- Já volto! – andou um pouco, mas logo parou. – E, não se peguem! – saiu correndo rindo alto.

- Ele não presta! – riu Jinyoung.

- Ele e o JB se merecem então! – riu meio sem graça o loiro.

- Com certeza! – afirmou Jinyoung. – Então Mark, eu nunca tinha te visto na escola.

- Eu vim pra essa escola, no começo do ano... – falou Mark. – Vim morar aqui na Coreia ano passado. – continuou.

- Ah, de onde você é? – perguntou o moreno.

- De Los Angeles. – disse o loiro.

- Hm. Entendi! – sorriu Jinyoung. O silêncio tomou conta do lugar, o que não era incomodo para Mark. Já Jinyoung não gostava do silêncio. Mark pegou seu celular e viu suas notificações. Quase todas eram do seu Twitter.

@Bambamdlç te adicionou no grupo “O meu brilho você quer”

@Bambamdlç: CRIEI ESSE GRUPO PRA CONVERSARMOS!

@Yugzinho: Ah, jura?

@Jinprincess: Gente... Que amorosos vocês são

@MarkieTuan: Eu sei hyung :3

@Jinprincess: CADÊ O NAMJOON?

@Chimchim: Namjoon está estudando com uma garota

@Yugzinho: ORRA JIN NUM DEIXAVA

@Bambamdlç: ORRA JIN NUM DEIXAVA 2

@Taetae: ORRA JIN NUM DEIXAVA 3

@Hosukão: ORRA JIN NUM DEIXAVA 4

@MarkieTuan: chega né :v

@Bambamdlç: VOU DORMIR... Pq tenho aula amanhã

@Jinprincess: ~bye suas pragas <3

 

Mark largou seu celular ao seu lado, e nem percebeu que esse tempo que ele estava mexendo em seu celular, Jinyoung observava-o. Quando notou a ação do mesmo o encarou, os olhos fixaram-se um no outro. Nem um dos dois desviaram os olhares, nem contaram quanto tempo se passou. Ambos se sentiram intimidados, mas ignoraram esse fato.

-... – o mais velho ia falar algo quando é interrompido pelo grito de Jaebum.

- CHESGAY – gritou novamente JB.

- Oi... – Mark disse fraco.

- O que aconteceu? – perguntou Jaebum com um tom de preocupação, sabia até quando o “Oi” do melhor amigo mudava.

- Nada Bummie. – disse o loiro sorrindo para JB, para não preocupar o moreno, mais do que já preocupava.

- Ok. Confio em você. – sorriu JB, e pulou em cima de Mark abraçando-o, que por sua vez começou a rir.

- Hello Bitches! – disse Youngjae entrando no cômodo.

- AMORE! – Jaebum saiu de cima de Mark correndo em direção ao namorado o abraçando.

- O que você fez com o Bummie, Jae? – perguntou o loiro para Jae que apenas fez um gesto com as mãos como se dissesse “NON SEI”. – Jaebum tá mais feliz que o normal, tá abraçando mais, sorrindo mais... Nem parece o emo gótico trevoso que eu vi no metro tempos atrás.

- Caralho... Verdade. – concordou Jae. – Eu me lembro dele, com os cabelos negros e só usando roupa preta. Parecia até o Jackson. – continuou.

- Disso eu tenho que concordar! – falou Jinyoung.

- Jackson? – perguntou Mark.

- É o mesmo Jackson que você está pensando. – afirmou JB.

- Aquele estrupício? – perguntou Mark ainda com duvidas.

- Claro. – confirmou JB.

E o resto da noite se passou assim, conversando sobre coisas aleatórias. Até que Youngjae disse que deveriam ir dormir por causa da escola no dia seguinte. Mark e Jinyoung dormiram na sala, e Jaebum e Youngjae dormiram no quarto. Mark como não estava com sono, ficou mexendo no celular.

- Não vai dormir? – sussurrou Jinyoung.

- Estou sem sono. – respondeu no mesmo tom.

- Vamos conversar? Também estou sem sono... – sugeriu Jinyoung.

- Claro! – afirmou o loiro e Jinyoung saiu do colchão que estava e passou para o outro, ficando bem próximo – até demais – do loiro. Os dois, já que estavam próximos, poderiam falar normalmente, mas preferiram sussurrar. Pareciam duas adolescentes contando segredos – bem, era quase isso mesmo.

Mark e Jinyoung descobriram mais um sobre o outro. Jinyoung, por sua vez, descobriu algo durante a conversa com Mark. Ele descobriu que, queria passar mais tempo com Mark, e talvez virar melhor amigo dele – ou até algo a mais –, Jinyoung se encantou com Mark, para ele, foi como “amor á primeira vista”. Bem clichê né?


Notas Finais


Então, desculpa pelo capítulo merdinha :/
Talvez eu poste mais :v
Mas espero que tenham gostado ^^
Comentem, e favoritem me ajuda bastante :3

~Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...