História You are my love! - Amor Doce- - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Debrah, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya
Tags Amor Doce, Auto-mutilação, Bad Boy, Comedia, Drama, Fria, Morte, Nathaniel, Pais Que Não Ligam, Rebelde, Romance
Exibições 62
Palavras 742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HELLOWWW QUERIDASSS

Noss, primeira vez que eu falo nas notas do autor....

Queridas...
TEM UNS 30 FAVORITOS!
MENINAS, NAU SEJAM TIMIDAS
COMENTEM
MAMÃE NÃO TIRA PEDAÇO!!

Não pstei cap ontem pq aocnteceu MUITA coisa na real e eu tava cansada pr apostar, MAS HJ POSTO 2, PROMETU!

Capítulo 12 - Um termino e um amor nascendo.


Algumas semanas se passaram desde as provas e a relação de Victor  e Natália ficou um tanto como....explosiva.

Mais uma briga entre os dois estava acontecendo, desta vez no refeitorio, Alexy e Rosalya não eprderam tempo e começaram a vender os ingressos.

- SE VOCÊ NÃO FOSSE TÃO VADIA EU NÃO TERIA QUE ME PREOCUPAR!- Ele berrava com o rosto vermelho.
- É, ATÉ POR QUE SE EU FICO ATÉ TARDE CUIDANDO DA PAPELADA VOCÊ JÁ PENSA QUE EU ESTOU DANDO O CU PRA QUALQUER UM!
- VADIA!
- IMBECIL!
- IDIOTA!
- PUTA!

A situação já estava ficando insuportavel para as pessoas que queriam comer.
E entre essas pessoas estavam Rosalya e Lysandre, apenas assistindo a briga.

- Eu já estou sem almoçar na escola a 9 dias!!- Ela suspirou e olhou no rosto de Lysandre, que estava com a boca aberta com a briga.
- Não temos mais tranquilidade com esses dois por perto.... Por que não vamos almoçar em outro lugar?- A pegou pela mão e levantou, a puxando de leve.
A mesma corou, mas disfarçou dando um sorriso de leve.
- Que tal no patio?
- Sim, lá é calmo.

***

Nesses ultimos minutos, os dois estavam piores do que antes.
- SEU CRETINO!
- SUA PUTA!
- EU ACHEI QUE VOCÊ ERA MELHOR DO QUE ISSO!
- NÃO TERIA COMEÇADO A ME RELACIONAR COM VOCÊ SE SOUBESSE A PIRANHA QUE VOCÊ É!

Isso a machucou muito, não sabia que seu namorado era esse tipo de monstro.
E isso tudo por que ela tinha ficado até tarde trabalhando na papelada.
Ele segurou seu pulso,  e  a empurrou com força contra o chão.

Ela iria cair feio se não fosse alguem segurar ela.

P.O.V'S Nathaniel.-
Cheguei no refeitorio e logo notei um pequeno furduncio ( N/A: FELIPE NETO É BLABLABLA )
Eu amo tretas, então fui la ver do que se tratava.
- Vish, nathaniel, tua presidente ta brigando com o namorado.- Castiel falou, dei um tapa em sua orelha e começei a observar a treta , franzindo as sombrancelhas.
Por que eles estavam brigando, por acaso?
E mesmo que não soubesse, ele estava puto da vida com a atitude dele.

Chegou ao cumulo quando ele empurrou sua presidente com muita força, ela foi pega de surpresa, pois normalmente daria um golpe nele que o deixaria em coma. 

" Está na hora de salvar minha presidente .."
***

- Aqui é mais calmo.- Rosalya se deitou na grama do patio, observando Lysandre.
- Também acho. Não dava pra conviver com aqueles dois berrando. - Lysandre pensou um pouco antes de falar.- Hey, final de semana é Halloween, eu e a galera vamos ver um filme...Você quer ir?- Os olhos de Rosalya brilharam, seria o momento perfeito  para eles se aproximarem e talvez até virarem amigos.
- Vai ser um filme de terror??
- É Halloween, esperava uma comedia romantica?- Ele disse o obvio, mas sem nenhum tom de irritação em sua voz. Na verdade , tinha até uma brincadeira nela.

***
Ela estava caindo quando sentiu duas ma~so segurarem ela.
Conhecia aquelas mão, e se deu conta, fez a questão de ficar de pé novamente o mais rapido o possivel, afinal, não poderia sentir seu ego ser mais ferido do que isso.
Seria menos humilhante se ela tivesse caido de cara no chão. ( N/A : Você é retardada, natalia, de preferir cair de cara no chão do que nos braços de um gostoso. Natália: CALADA!! N/A: CALA A BOCA E N ME LEVANTA A VOZ, SE NÃO, KERIDA, EU FODO COM TUA VIDA )
Respirou fundo 3 vezes para concentrar toda a sua raiva em uma unic apessoa.
  No victor!
Lhe deu um soco no maxilar e iria dar outro se sua mãe não fosse segurada de novo.

- Para com isso que esse idiota ainda vai ficar vivo e você vai se foder.- O palavrão vindo dele tomou uma força inimaginavel, que serviu para amendrontar o outro, mas, seu ego inflado o fez levantar ( Victor caiu pela força do golpe ) e continaur a discução.
- NÃO SE META, LOIRO DE FARMACIA! - Ele falou alto, querendo obter alguma reação dele, que por sua vez, ficou quieto, botou as mão no bolso, quero dizer, uma das maõ no bolso, com a outra, ele pegou a Presidente pela mão e a puxou gentilmente até a saida, no final, dizendo.

- É assim que se trata uma mulher.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...