História You are my purpose - Gastina - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Delfina, Gaston, Luna Valente, Matteo, Personagens Originais
Exibições 98
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem :3

Capítulo 1 - Prólogo




Mais um dia da minha vida monótona. Argh eu odiava acordar cedo, mas amava ir para aula. Lavei meu rosto e tomei um banho demorado. Vesti o uniforme, após alguns pedidos dos alunos, colocaram calça no uniforme das meninas, mas diferente da calça dos meninos ela era de malha. E ao meu ver, colada demais. Vesti o uniforme, e sem querer derrubei meu óculos, e pisei nele. Minha mãe não me mataria, mas eu não gostava de ter que usar lentes. Aqueles óculos faziam parte de mim.    

Botei as lentes, afinal, sem elas eu não conseguia enxergar um palmo a minha frente. Eu não usava nenhum tipo de maquiagem para ir a escola, mas o lip balm era de lei, para não ficar com a boca ressecada. Desci as escadas e fui comer algo. Peguei alguns morangos, kiwi e leite condensado. Bebi um pouco de água gelada eu estava pronta. Fui andando a pé, e resolvi passar pelo parque, próximo ao Blake. Eu desejei nunca ter passado por lá, vi o Gastón aos beijos com a Delfina.Sim, eles namoram, mas essa cena me frustou. Prometi a mim mesma: Não vou mais gostar, pensar, amar o Perida. Não mais. 

Eles não me notaram, então suspirei aliviada. Coloquei meu fone de ouvido e fui ouvir Pacify Her da Melanie Martinez, ela descrevia bem o que eu sentia em relação ao Gastón. Cheguei ao Blake atrasada, e para o meu azar o Perida e a Delfina, chegaram logo atrás. O inspetor se dirigiu a ela: -Você irá entrar apenas por ter que apresentar trabalho, Perida e Simonetti fiquem aí, espero que fique de lição para que não se atrasem. O Blake tem regras, é preciso segui- las. 

- Argh, eu deveria ter chegado mais cedo. Resmunguei. 

- Você deveria se sentir especial, quantas meninas no Blake não dariam tudo para ficarem ao meu lado. 

- Hahaha Ri forçadamente. 

Ainda bem que não sou essas meninas. Ironizei. 

- Se você colocou lente para ficar menos feia, missão fail nerd. 

- Dane- se Gastón, minha vida não é da sua conta.

 - Eu sei que você queria que fosse. Ele sussurrou no meu ouvido. Passou os seus dedos sobre os meus lábios.  

- O clichê de sempre, a Nerd se apaixona pelo popular. 

- Quem disse que eu gosto de você Gaston?

- Seus olhos não mentem, Simonetti. 

- Eu sinto pena de você, eu... eu

- Você?

- Eu te odeio, Perida. Desejaria mil vezes não ter te conhecido.

Ele olhou para mim desnorteado, seus olhos demonstravam o choque que minhas rudes palavras o causou. 

Droga! Pensei.

Ele me olhou nos olhos e disse: 

- Você não me odeia. 

- Odeio. Um som fraco saiu da minha garganta.

- Não não odeia. 

- Odeio. Dessa vez um som forte ecoou. 

 Fala isso olhando nos meus olhos. Ele me puxou para si. 

- Eu te odeio Perida. 

 Passado a primeira aula o inspetor nos deixou entrar. Eu estava consternada com o que havia acontecido. Aquilo foi necessário. Ele não poderia continuar achando que gosto dele. Assim seria mais fácil de o meu coração fazer o mesmo.

As aulas se passaram rapidamente e aquela cena não saia da minha cabeça. Foi preciso fazer isso Nina. Passei pelos armários e o Gastón estava lá.


- Simonetti. Ele se dirigiu a mim.

- Perida, o que o popular quer falar com apenas uma nerd? Não quero que gaste o seu precioso tempo comigo. 

- Vim te convidar para ir sair comigo hoje. 

- Mas porque isso? 

- Quero te mostrar que você não tem motivos para me odiar. 

- Tanto faz. 

- Te busco as três horas.

- Eu sei andar sozinha.

- Para de ser grossa, garota.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...