História You Are My Wonderwall - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Emblem3, Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 65
Palavras 2.491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey galeris! Fiquei o dia inteiro tentando postar, eu tava sem internet e perdi o capítulo 3 Fodendo vezes, mas aqui estou eu!YEEEY
Espero que gostem do capítulo!
LEIAM AS NOTAS FINAIS
Boa leitura sz

Capítulo 5 - Tralala


POV's Lauren

"_Lolo, eu sei que você quer dormir mais, mas você precisa se levantar logo, a gente vai se atrasar pra escola - Camila disse enquanto fazia carinho no meu cabelo -

_Ah Camz, eu não quero ir pra escola hoje - Resmunguei - você me cansou ontem à noite. 
(N/A: Aquela carinha)

_Nada disso Lolo, você que me bateu com o travesseiro primeiro, eu só revidei!

_Não quero ir pra aula Camz! Deita aqui comigo e depois a gente faz qualquer outra coisa, por favorzinho.

Depois de muito insistir ela acabou deitando comigo na cama. Acabamos por ficar conversando até eu pegar no sono de novo."

Acordei às 04:40 com o coração disparado de uma forma incrível e parecendo que alguém tinha jogado um balde de água fria em mim, tentei dormir de novo mas não consegui, acabei optando por ir tomar um banho. Após fazer minha higiene fui para o closet escolher uma roupa. Escolhi uma blusa azul escura, um jeans claro, uma blusa xadrez de rosa com azul e meus coturnos. Peguei minha mochila e ia descer as escadas quando ouvi Taylor falando com Chris.

_Não Chirs! Você tem que parar com isso! E se fosse com você? Você ia gostar?

_Opa! O que tá acontecendo aqui? - Perguntei entrando no quarto -

_Nad... - Chris ia responder mais Taylor o cortou -

_Ele fica implicando com uma garota na escola! Só porque ela disse a irmã dela é lésbica!

_Chris...Isso é errado, você sabe disso, certo? Papai sempre diz pra não implicar com ninguém. - Disse o mais calma possível -

_Mas a mamãe disse...

_A mamãe nem sempre está certa. - O cortei - Lembra quando ela disse que quatro ao quadrado era 8? Sendo que quatro ao quadrado é 16? - Assentiu - Então, essa é mais uma das vezes que ela tá errada.

_Ouviu bocó? - Taylor perguntou puxando a orelha de Chris, às vezes, parece que ela é a irmã mais velha -

_Agora vamos logo, a gente ainda tem que comer. - Disse indo em direção à porta - E Chris? Você vai pedir desculpas pra menina hoje.

Descemos e tomamos nosso café da manhã. Chris estava mais calado que o normal, provavelmente pensando no que iria dizer pra tal menina.

_Lauren, meu carro tá no concerto, vou usar o seu pra ir trabalhar, tudo bem? - Papai perguntou-

_Ok, mas você vai ter que nos levar pra escola e buscar os pirralhos -Ele assentiu-

Meu celular vibrou notificando uma mensagem.

"Lauren, a gente pode estudar depois do colégio hoje? -Camila"

"Podemos, mas você vai ter que me dar carona" L

"Combinado"

Entramos no carro e fomos em direção à escola dos pirralhos e logo depois pro meu colégio.

_Vai querer que eu te busque? - Meu pai perguntou assim que chegamos no colégio -

_Não precisa, eu vou estudar com a...-Pigarreei- Vou estudar depois.

_Certo, até mais tarde então.

Desci do carro e ia ir pra sala quando o Bradley me prensou em um carro quando Bradley me prensou em um carro qualquer e tentou me beijar à força.

_Oi docinho, eu tava com saudades...

_Bradley...Primeiro: não me chama desse jeito. Segundo: me solta. E terceiro: deixa de ser imbecil.

_Ah, qual é Laur, eu tô morrendo de saudade, que tal se a gente cabular aula hoje e for la pra casa agora? - Disse e me beijou -

Bradley e eu ficamos algumas vezes, ele até é bom de cama, mas é um completo imbecil, eu comecei a sair com ele só pra minha mãe parar de pegar no meu pé. Enquanto eu tentava me soltar dele, ouvi aquela voz tão conhecida por mim.

_Bom Dia.

Camila passou do nosso lado e disse, isso fez meu coração ir na boca. Dei uma joelhada no Bradley e fui correndo atrás dela.

_Camila isso não é...-Disse segurando o braço dela – Nada do que você ta pensando.

_Lauren... - Se soltou -Eu não to pensando em nada, com licença, eu vou pra aula.

Ela saiu sem nem ouvir o que eu tinha pra falar, fui atrás dela, mas ela já tinha sumido no corredor. Pelo menos nós vamos ficar juntas hoje à tarde, assim eu posso conversar com ela. Cheguei na sala assim que o sinal bateu, sentei no meu lugar de sempre e mal prestei atenção na aula. Camila ficou a aula inteira com uma expressão abatida, coisa que eu não entendi bem, quando éramos mais novas, eu sempre falava dos garotinhos da escola e ela nunca se importou...Ela não gosta de mim, certo? Afinal, eu passei os últimos anos implicando com ela...Engraçado, hoje mais cedo eu disse pro Chris fazer exatamente o contrário. Bom, não importa, Camila Cabello deve ter uma raiva enorme de mim. As três primeiras aulas passaram e eu nem percebi. Fui pro refeitório e me sentei em uma mesa com Normani, Ally, Lucy, Vero, Ashley e Alexa.

_Que cara de bosta é essa, fantasminha? - Vero disse delicada como sempre -

_Nada. - Respondi seca -

_Hm, sei. - Alexa murmurou - Aposto que não deve ter trepado ontem.

_ALEXA! - Lucy e Ally disseram em uníssono, enquanto Normani e Ashley só sabiam rir -

De longe eu vi Dinah contar algo pra Camila e pro Austin animadamente, fiquei observando a Camila até o momento que nossos olhares se encontraram e ela fez questão de parar de olhar na mesma hora.

_Laur - Normani disse baixo o suficiente para só eu ouvir - Podemos conversar? - Assenti -

Quando o sinal bateu, as meninas foram pra sala e ficamos só Normani e eu.

_E então...? -Perguntei-

_Vou te contar uma coisa, mas você tem que prometer que não vai ficar boladinha comigo, promete?

_Prometo.

_Você sabe que eu namoro o Arin, certo? - Assenti- E que a Sra. Amelie me colocou em dupla com a Dinha, certo? - Assenti novamente não entendendo onde ela queria chegar - Então...Nós fomos fazer o trabalho...E a gente meio que...Se beijou...

_AI MEU DEUS! SÉRIO? - Então provavelmente era isso que a Dinah estava contando pra Camila -

_Você não vai falar que eu tô errada? - A olhei confusa- Por ter beijado uma garota...

_O que?! Claro que não! Mas...Você tá gostando dela?

_Não sei...É tudo muito novo pra mim Laur, mas ela é uma pessoa incrível! Nós temos que sair todas juntas!

_Tudo bem, nós vamos...Mas você tem que terminar  com o Arin primeiro né.

_E eu vou! - Disse decidida - Agora vamos pra sala, por que todo mundo já foi e a gente tá aqui boiando.

Assim como os três primeiros horários, os três últimos passaram super rápido.  Camila saiu da sala assim que o último sinal tocou. Achei que ela não ia me esperar, mas quando cheguei no estacionamento ela estava encostada num carro vermelho, toda BadGirl.

_Então...Vamos? - Ela se limitou em assentir -

Ela entrou no carro e eu fiz o mesmo. Ela saiu do estacionamento e pegou um caminho que não era o da casa dela. 

_Vamos buscar a Sofi na escola - Ela respondeu provavelmente vendo a minha confusão -

Assim que ela parou em frente a escola, percebi que era a mesma escola de Chris e Taylor.
Vi uma rodinha e várias crianças gritando;

_Ah não...De novo não. - Camila disse mais pra ela do que pra mim -

Camila desceu do carro e foi até as crianças, assim que ela entrou no meio da rodinha a maioria das crianças saíram correndo, e ela voltou com a Sofia abraçada na cintura dela.Eu ia perguntar algo sobre, mas Camila negou com a cabeça. Fizemos o caminho até a casa dela em silêncio, e quando ela parou em frente Sofi saiu correndo provavelmente indo pro quarto.

_Tem umas crianças na escola que implicam com ela, assim como você faz comigo. - Ela olhou em um ponto fixo fora do carro - Sabe, eu aguento tudo o que você e o resto da escola diz. Mas ela é só uma Criança - Negou com a cabeça - Vamos logo.

Será que quando eu implicava com a Camila ela chegava assim em casa também? A ideia dela se trancar no quarto e ficar chorando, apertou meu coração. Eu não precisava implicar com ela...Certo? Era só a evitar. Eu sou uma pessoa horrível.
Nós já estávamos na sala da casa dela e eu nem havia percebido.

_Lauren! - Aquela voz grossa e paterna me chamou -

_Tio Ale! - Me levantei e abracei ele, Camila estava com a mesma expressão de ontem quando abracei sua mãe e irmã -

Tio Ale é uma ótima pessoa, nós éramos muito próximos, sempre saíamos juntos e ele é como um segundo pai pra mim. De tudo, as tardes que eu passava com ele e Camila com toda certeza era o que eu sentia mais falta. Ficamos conversando até ele ter que ir trabalhar.

Sentei ao lado da Camila de novo e a continuava com aquela cara de comeu e não gostou.

_Eu não vou roubar eles de você Camila - Disse enquanto abraçava ela pelos ombros -

_Eu sei disso idiota - Ela disse com uma expressão de "falsa brava", e logo depois riu-

Ficamos estudando durante boa parte da tarde, fizemos umas anotações e repassamos tudo. Quando fui juntar minhas coisas, acabei deixando a mochila aberta e caiu tudo no chão, ela foi me ajudar a juntar as coisas e acabou tropeçando e caindo em cima de mim.
Nossos rostos foram se aproximando até que...

_Já tá ficando tarde né? - Ela disse se levantando

A gente ia se beijar?! Masoq...

_Hm...É...Eu..Eu já vou indo, só vou me despedir da Sofi, tudo bem? - Ela assentiu -

Subi as escadas e parei na porta do quarto da Sofia. Bati na porta e ouvi um resmungo "Vai embora"

_Sofi...Sou eu, Lauren.

Após alguns segundos ela destrancou a porta e me olhou, eu me limitei em me abaixar pra ficar na altura dela, abraçá-la e dizer que ia ficar tudo bem.

_É o Chris.

_O que tem ele? - Perguntei sem a soltar -

_É ele que implica comigo na escola. - Olhei pra ela totalmente incrédula. Não acredito que o Chris fazia isso justamente com ela.

_Ah Sofi...Eu vou falar com ele, certo? - Ela assentiu - E eu prometo que volto pra gente assistir Rei Leão, tá bom?

_Você promete? - Ela perguntou com os olhinhos marejados -

_Prometo, mas agora eu tenho que ir.

Me despedi da Sofi e desci encontrando Camila toda largada no sofá.

_Eu já vou, ok?

_Você quer que...Eu te leve? - Ela perguntou já se levantando -

_Não precisa...E além do mais você não pode deixar a Sofi sozinha.

_Minha mãe já chegou, e tá tarde pra você ir sozinha. Vem logo.

Entramos no carro e ela esperou eu colocar o cinto.

_Se importa? - Perguntou apontando pro som do carro -

_O carro é seu - Dei de ombros -

Fizemos o caminho todo caladas, o carro só não estava em completo silêncio pela música que tocava. Quando chegamos na minha casa, eu  me lembrei do incidente de hoje mais cedo com o Bradley.

_Camila...Hoje mais cedo...Eu e o Bradley...

_Lauren, você não tem que me explicar nada...

_Eu sei, mas é que a gente não tem nada...Ele tinha me beijado à força.

_Ah...- Ela me pareceu surpresa - Tudo bem...Até amanhã então.

_Até...Pode me dar um abraço? - Ela assentiu -

A abracei e ela retribuiu. Fui dar um beijo na bochecha dela, mas aparentemente ela teve a mesma ideia, nossos lábios se encostaram em um breve selinho, e ela rapidamente dezfez o contato. Eu não disse nada, só saí  do carro e fui em direção à minha casa, quando cheguei na porta dei um sorriso largo e acenei pra ela.  Ela se limitou em acenar com a cabeça e ir embora. Entrei em casa ainda sorrindo, mas meu sorriso morreu quando eu levantei o olhar e dei de cara com a minha mãe.

_Quem era no carro? - Ela perguntou batendo o pé -

_O Bradley. - Respondi rapidamente -

_Mas esse não é o carro dele.

_É do Keaton, o dele tá no concerto.

_Uhum - Disse desconfiada - Não vai jantar?

_Não tô com fome. - Disse indo em direção as escadas - Quando os pirralhos acabarem de comer, pede pra eles irem no meu quarto.

Subi pro meu quarto e larguei a mochila no canto. Fui pro banheiro, tomei um banho e vesti meu pijama.
Depois de alguns minutos os pirralhos entraram no quarto.

_Oi Laur - Eles disseram em uníssono -

_Hey pirralhos-  Fiz sinal pra eles se sentarem na cama comigo - Pediu desculpas pra menina?

_Pedi...

_Mentira Laur, ele não pediu!

_Pedi sim Taylor! Fica quieta!

_Não pediu nada Chris, e ainda fez um monte de gente zoar ela, eu vi, não mente pra mim. A Sofi Chris? Justo ela? - Vi ele olhar pra Taylor - Taylor, pode ir pro seu quarto.

_Eu acho que gosto da Sofia...Ele disse quando a Taylor saiu do quarto - Mas eu acho que ela gosta da Tay, e que a Tay gosta dela.

O que?!?!?! Como assim? Taylor e Sofia? Não é possível.

_Chris, vai dormir, amanhã a gente conversa.

Ele saiu do meu quarto e eu me joguei na cama, assim que fiz isso, todo o meu dia se passou na minha na minha frente, e só um nome veio na minha cabeça : Camila. Nós quase nos beijamos hoje, certo? Fiquei até 00:45 acordada pensando nisso, até que resolvi fazer algo, me vesti com a primeira roupa que vi na frente e pulei a janela do meu quarto, ia ir na casa da Camila.

Quando cheguei lá, achei que seria muito inconveniente entrar pela porta da frente, e como  a luz do quarto dela estava acesa, resolvi entrar do mesmo jeito que saí da minha casa : Pela janela. 
Subi na árvore que era ao lado da janela dela e me pendurei em um dos galhos mais próximos da janelr e mandei uma mensagem pra ela :

"Camila, abre a janela do seu quarto  - L"

Assim que ela abriu a janela, eu tomei impulso e me joguei pra dentro.

_Mas que porra você tá fazendo Lauren?

_Não fala nada, só me deixa fazer o que eu tenho  que fazer.

Coloquei minhas mãos no rosto dela e a beijei. De início, foi só um encostar de lábios, mas ela parecia ansiar por esse beijo tanto quanto eu, então eu pedi permissão com a língua e ela cedeu. Ficamos nos beijando até o ar se fazer necessário.

_Camila, meu Deus...Er...Me desculpa - CARALHO OQ EU TÔ FAZENDO?

_Xiu. - Ela disse e voltou a me beijar.

_Camila, o que a gente tá fazendo? - Disse entre selinhos -

_ Isso -Selinho- se chama -Selinho- se beijar -Selinho-

Ficamos nisso por muito tempo  [...]

 


Notas Finais


Foi isso! Gente, eu tive que dividir esse capítulo em duas partes, por que se eu continuasse agora ia ficar um lixo, sério, acreditem em mim. Espero que tenham gostado :) E COMENTEM, SÉRIO, eu fico MUITO MUITO MUITO feliz quando aparece notificação de comentário, então comentem por favorzinho, nem que seja um "continua" suas mãozinhas maravilhosas não vão cair, e se caírem, digitem com o pé igjsigisu.
Até a próxima sz

Meu Twitter : @AnnaTPV


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...