História You are not alone Namjin [Mpreg] - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Mpreg, Namjin, Namjin Mpreg, Yoonseok, Yoonseok Mpreg
Exibições 681
Palavras 2.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei e muito
Vocês viram Tell me what to do? Eo singler japonês do SHINee

Taemin ganhou no MAMA ,Exo e o BTS
Aehoo
Espero que gostem e desculpem os erros

Obrigada mesmo pelos mais de 200+ favoritos, agradeço a cada um de vocês

PARABÉNS YAGYUSENPAI

Muitos anos de vida

Capítulo 15 - Pesadelos ou sonhos ?parte -3



Correria?

Sim ,isso descrevia perfeitamente a semana daquele grupo, tão novo mas tão problemático

Muitos os jugavam.

Saira mais de uma vez em uma semana os membros dando entrada em hospitais. A mídia com sua sede por fofoca, cortavam as árvores para por lenha na fogueira e se deixassem, colocavam fogo em toda floresta.

Fazia horas que Hoseok estava desacordado, um pequeno exame de sangue foi feito .

Fizeram a coleta a mais ou menos duas horas e estavama acabando suas análises.

Hoseok ainda dormia, eram 22:00 em ponto e o mesmo dormia desde cedo. Não acordou para mover um músculo nem para fazer suas necessidades.

O silêncio fora do quarto era mortal, Yoongi não estava mais lá, estava no quarto com Hoseok (entrara escondido no quarto, enquanto seus amigos e companheiros de grupo o encobriram)

Seokjin chorava, seus hormônios o afetaram e muito o deixando muito vulnerável a qualquer coisa que o fizesse se assustar ou algo do gênero.

-Calma hyung, hobi está bem - alisava a costa no mais velho ,que estava com sua cabeça na curvatoria do seu pescoço.

-Eu sei Kookie,mas e se não estiver?  - Estava choroso enquanto o pequeno maknae fazia as cariacias em si.

Oh só deus sabe como aquelas carícias faziam bem ao grávido,e que carícias são algo ruim à grávidos?

Isso mesmo, nem uma.

Após se acalmar com copos de águas seguidos e algumas fatias de torta, Seokjin foi surpreendido por o médico um tanto quanto encrenqueiro.

Isso mesmo Donghae, estava lá, talvez para estragar seus planos de ocultar a grávidez.

-O que faz aqui, Senhor Kim? - Perguntou com seu usual deboche e o acastanhado estremeceu

-Meu companheiro de banda passou mal e tivesmos que trazê-lo para cá -sorriu amarelo o médico fitou todos ali, pôde ver que Jin parecia esquecer a tal gravidez

- Cadê o senhor Min?  - sua curiosidade forá puxada assim que não encontrou o quase albino consigo

-Bem ...ele foi à lanchonete - não fitava o homem a sua frente, ainda tinha sua cabeça repousada sobre o corpo de seu dongsaeng .

-E esses? Quem são? - fitava cada um, parecia ler na voz baixa de Seokjin que só o mesmo sabia da gravidez rara.

-Esses s-são meus co-companheiros de b-banda - agarrou-se mais ao mais novo.

.

-Bem tenho que ir, depois volto. Tenho que ver se um paciente que teve um desmaio subto está bem, que por coincidência é nesse quarto -sorriu ladino. Sabia que Hoseok era um dos membros (leu o nome de Seokjin e de Yoongi na ficha do paciente).

Deu as costa e deixou aquele corredor entrando no elevador.

Iria velo depois de uma entrada de emergência no P.S.

-Hoseok, acorde, está dormindo mais que eu - fez uma careta desgostosa, já começava a se estrassar. Fazia horas que estava sentado ali e o mesmo não mexia um músculo só para murmurar algo.

-Vamos Hoseok -sacudiu o corpo, corpo este que estava no mais puro sonho, que mais parecia um delírio.

-Aish... Quer saber, desisto - levantou da cadeira, mas pode escutar um sussurrar vindo do mais novo.

Nã-não me d-deixe de n-novo

O mesmo virou vendo o outro em sua posição de mais cedo.

-Eu não irei desistir -sorriu e voltou a sentar do lado do mais novo e apertou sua mão -Não deixarei de acreditar em minha esperança -inclinou-se selando seus lábios.

P.O.V Hoseok On*

-Yoongi eu o amo -mostrei meu sorriso ao mesmo.

Ele simplesmente se afastou e fitou-me com desprezo.

-Hoseok eu não sou gay - ele riu de escárnio e olhou para o chão logo voltou a me fitar -Quem gostaria de uma coisa feia como você?  Sempre foi horrível, ridículo . Até hoje me pergunto como aceitaram alguém assim em uma banda - sorria, um sorriso debochado. O pior sorriso de todos

Logo após isso ele me olhou e trincou o maxilar e seguiu em direção a porta deixando só sua cabeça para fora do quarto em que eu estava.

- Mate seus sentimentos, talvez até saia da banda, seria o melhor para todos.

E saiu do quarto.

Me encolhi na cama ,observei cada detalhe do teto como se fosse a coisa mais precisa a se faser em tal situação.

Lágrimas?

Não queriam sair

Ódio?

Para que odiar se ele nunca vai me amar?

Os soluços?

Todos presos no garganta em buko de mágoa e choro

A vontade de me matar?

Se ela estivesse comigo antes já teria me matado

Seguirei seu conselho?

O segundo pelo menos

Levantei da cama com dificuldade, parecia estar sem comer à dias.

Olhei ao redor do quarto e só então percebi estar em um quarto de bebê.

Era tão belo.

Poderia dançar ali mesmo, mas um peso extra se fez presente em meu corpo.

Não era nada físico ,era como se estivesse carregando algo muito pesado nas costas.

Em passos lentos me locomovia.

Flores. Ah isso sim era bom, nada melhor do que se jogar em um campo esverdeado com flores de todas as cores.

Campo sempre me levaram a lembrar de Yoongi.

Nós íamos em campos floridos e ficávamos conversando, brincando e até companhamos músicas, as mais belas ele compunha.

Ficar sentado sobre a superfície coberta por vegetação, apenas olhando para quem mais ama era a melhor coisa que existia.

Seus lábios sempre entre abertos, ele umidecia com a língua sua boca tão perfeita, enquanto olhava para meus lábios.

Seus olhos sempre me viram de maneira diferente reparando se algo mudou em  mim ou não.

Deitei na grama e olhava para o por do sol, já tarde, quase fim de tarde ,o começo da noite eu via o se por.

-Como seria tudo melhor sem gêneros -sorri minimamente fitando o chão.

Logo a frente vi o pequeno lago que tanto me chamava atenção, mas nunca entrei .

Entrei no mesmo, sem ao menos tirar minha roupa, meus sapatos ficaram por ali mesmo. Talvez um banho me fizesse o esquecer e bem era o que eu mais queria no momento.

Olhei em volta ,já estava em uma quantidade considerável boa, para banhar-se. Deixei meu corpo sobre a algo, boiando?

Sim

Estava otimo aquilo, até algo me puxar para baixo.

Ao ser puxado, não sentia falta de oxigenio ou que estava molhado, apenas o ar rarefeito.

Eu voava

Sim voava. Era bela a vista.

Olhei para o chão e pude ver em cima de um prédio, Yoongi preste a se jogar

-YOONGI NÃO FAÇA ISSO

Berrei alto e o mesmo me olhou, seus olhos estavam marejados, mas ao me ver sorriu.

-Ho-hobi, suas asas estão no lugar certo- sorriu em meio a fala e voltou a fitar a vista, se ele caísse de lá provavelmente a queda o mataria- Eu não queria ter feito nada disso a você, sei que você só é uma alucinação

-Alucinação?

-Não lembra que o matei?

Matou, ele me matou?

-Não você não me matou, somos da banda Yoongi. Cade os rapazes?

Estava aflito, sua conversa me tomava em meio a muito caos e o caos crescia mais o ver o mesmo negar

-Hoseok a banda acabou ano passado, quando eu o matei- Ele se posicionou para pular -Eu o matei por ser covarde e não o dizer o quanto o amava, por recusar seus sentimentos e o fazer ir naquele lago onde você se afogou. Eu sou um lixo.-Ele abaixou a cabeça e depois voltou a me fitar -Eu lhe amo hobi

Sorriu, seu sorriso que eu tanto me perdia foi a última coisa que vi antes de pular do prédio

-YOONGI

Após meu grito voei em sua direção e tentei o segurar. Tarde demais, eu não sabia controlar minhas asas. Asas essas que descobrir só agora existir.

P.O.V Hoseok off

-Y-yoon-gi - um gemido sofrego pode ser escutado no quarto e o corpo magro se curvar para frente, de supetão, fazendo o mesmo abrir os olhos. Pequenas lágrimas banhavam seus rosto e soluços saiam de seus lábios, pareciam engatar em sua garganta.

-Ho-hobi - escutou a voz vindo do seu lado esquerdo ,olhou na direção da tal voz e pôde ver Yoongi o fitar.

Não mediu esforços em abraçar o outro, que retribuiu com cautela para não machucar o ser tão frágil que parecia de porcelana, em seus braços.

-E-eu p-pensei q-que ha-via o per-perdido -abraçou mais forte seu hyung. Chorava lágrimas de :Agonia, angústia, felicidade e alívio.

-Eu estou aqui Hobi - puxou o rosto delicado, separando o abraço e teve a bela visão do rosto delicado do mais novo. Olhos vermelhos -nem tanto, o choro era recente -,o nariz vermelinho e molhado, os cabelos levementes bagunçados. Tudo na sua certa proporção.

Não iria abdicar daquela visão por nada, e tampouco perder a oportunidade de juntar seus lábios cheinhos aos lábios finos do mais alto.

O beijo era calmo, sem malícia alguma, apenas toques, Yoongi e sua língua "danada" adentraram a boca do mais novo ao receber um gemido quando alertou a coxa alheia.

Suas línguas travaram uma grande luta, o sabor da língua de ambos eram boas. Yoongi tinha seus lábios com o gosto da cafeína e Hoseok de morango, apesar de não ter se alimentado o dia inteiro.

Foram separados ao escutarem um pigarro vindo da porta, poderam ver o médico que o esperava.

Hoseok tinha os lábios vermelhos e inchados, assim como seu rosto que ainda tinha as lágrimas. Encontrava-se envergonhado ao extremo

Yoongi estava totalmente o oposto sorria o sorrios que nunca dera a ninguém, estava mais que feliz.

-Vejo que acordou, senhor Jung- sorriu ladino Donghae

-Ele acordou sim. Está tudo bem com ele? - o Min estava aflito, não queria que nada acontecesse a sua única e tão especial esperança 

-O mesmo teve uma queda de pressão por não ter ingerido nada e descobrimos algo que para vocês não sera tão, digamos, ...surpreendente.

Os mais novos no quarto puxaram o ar para os pulmões esperando a tal noticia, seria boa?

-Ele possui o mesmo hermafroditismo de seus amigos, também possui o sistema reprodutor feminino dentro de si - A bomba então cairá em cima de Hoseok que estava pasmo e Yoongi o fitava.

Não haviam tirado só seu sangue, também tiraram algumas radiografias e fizeram uma ultrassonografia para ver se estava tudo okay com o mesmo.

-Deixarei vocês a sós - se reverenciou mas antes permitiu-se sorrir. Yoongi estava traindo Seokjin com Hoseok?

Era isso que o médico pensava, também pensava na grande descordia que causaria.

-E-eu poderei ter no-nosso f-filho ,hyung- chorava de emoção e abraçou o mais velho.

Ouviram o som da porta sendo aberta brutalmente ,fitaram os quatro projéteis de anjo que andentravam com uma falsa calma, já Seokjin estava ainda aflito.

Ao Donghae deixar o quarto piscou para si e gesticulou um "está muito encrencado em minha mão " ,depois fez um sinal com o dedo polegar passando por cima da pele do pescoço ,fazendo assim uma falsa cena de corta a jugular.

-Como está hyung? -perguntou Taehyung, Baekhyun o aguardava do lado de fora para uma despedida

-Melhor agora, não é ,hyung? -referiu-se a Suga que acenou positivamente e foi surpreendido por um beijo do mais novo, beijo não, selinho.

-Vocês estão juntos ?- perguntou Namjoon com falso interesse, já sabia, todos sabiam que iriam acabar juntos.

-Não sei, o hyung não disse nada- proferiu o maior e o esverdeado o fitou.

-E por que eu é que tenho que pedir algo a você? - Perguntou irônico, debochado seria o certo.

-Eu posso engravidar, você não. Isso te faz o homem da relação, nos filmes e doramas que vejo o homem que pedi o outro em namoro - faz bico e viu os outros arregalarem os olhos -A é me esqueci de dizer...

-Hobi pode ter filhos - interrompeu o mais novo.

-Então não será só eu e Namjoon que seremos pais? O Yoongi também? - Jeon falou e todos riram de sua fala, quer dizer quase todos. Seokjin estava inexpressivo, Yoongi igualmante, mal sabiam eles que realmente Jin estava esperando um filho de Namjoon .

Jeon Jeongguk por favor ,antes de falar pensa -pensava o segundo mais velho na sala ao notará a expressão de Seok mais velho.


Notas Finais


Eu demorei e muito
Por que?

Bem semana passada eu sair e não deu para postar e quando deu fique de castigo, sem celular não seu para escrever o necessário
Bom e estava me sentindo mal mas agora escrevi esse capítulo o próximo sera maior só para os recompensar
Acho que vou postar antes do natal como presente, se não no dia

Obrigado por favoritarem minha outra fic, tentarei att quando a criatividade voltar.

Me digam seus aniversários, eu faço o capítulo dedicado a vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...