História You Are Trapped {Adaptação Narry} - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry, Lilo, Narry, Narry Storan, Niall, One Direction
Exibições 73
Palavras 2.395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Avisos:

Quem leu o capítulo antes de eu ter corrigido, Josh (baterista da Oned que era o inimigo do Harry e eu coloquei Liam, I’m sorry) Já corrigi, se quiserem reler, ótimo, se não, apenas se lembrem de o Josh é o estilista que está pé de guerra com nosso Cupcake.



Liam e Niall são amigos, trabalham juntos e têm a mesma idade.



Aiden e Joshua são um couple gaymaravilindo de The Originals, então não confundam os Joshs.
O amigo do Harry, caso com Aiden, sempre será Joshua, já o arqui-inimigo do Harry sempre será Josh.



Zayn nessa fic ficou sme nenhum couple dos meninos fixos da banda, então escolhi um de uma série também, espero que conheçam o Dan Humphrey de Gossip Girl, se não, vou deixar o link de um gif dele nas notas finais. Ele é nerd e super fofo, e ficará bem no personagem dessa fic.



Agora chega de falação, boa leitura!

Capítulo 2 - A investigação, o investigado e o investigador


Fanfic / Fanfiction You Are Trapped {Adaptação Narry} - Capítulo 2 - A investigação, o investigado e o investigador

 

- Niall, o que você tem? Por que está chorando? _ Liam foi até o amigo que acabara de entrar na enorme cozinha.

- Nada, só estou chorando de raiva.

- Por quê? Algum cliente novato te perturbou? Me fale quem é que o Aiden vai cuidar dele direitinho, ninguém pode perturbar os funcionários.

- Não precisa falar nada, eu errei primeiro, mas ainda assim aquele babaca preconceituoso não precisava ter falado daquela maneira.

- Quem é?

- Nem sei, é o que está na mesa próxima à janela. _ Liam correu para espiar e voltou com uma cara de dúvida.

- Harry Styles? Mas ele sempre ignora todo mundo. Aquela bicha é uma esnobe, até as formigas tem mais reconhecimento dele que nós serviçais.

- Como eu disse, eu errei primeiro, esquece isso, vou levar outro whisky para ele, só vim respirar um pouco.

- Tenha paciência com ele e não fale nada, pois ele não é apenas cliente VIP, mas também é amigo dos nossos chefes.

- Não se preocupe. _ Niall respirou fundo e saiu da cozinha, e fingindo que nada aconteceu colocou o outro copo de frente ao cliente, que nem sequer olhou para ele e o despediu com um aceno de mão, como se ele fosse uma mosca inconveniente.

 

-x-

 

Harry apenas olhou para o garçom quando ele estava de saída, e sorriu ao ver essas costas vestidas num uniforme impecavelmente branco, se lembrava delas nuas, num ensaio para uma revista.

Harry se lembrou de que quando olhava para a revista, admirando as costas e a boca do modelo, Zayn chegou por trás, espiando o que estava vendo e ao olhar o jovem o reconheceu, disse que a história que corria, era que Josh e Niall eram amantes, que o mais velho o trouxe da Irlanda para ajudá-lo a ficar famoso na Inglaterra.

Josh estava casado há seis meses com o Louis, seu fotógrafo. Ambos aparentavam ser um casal perfeito também, assim como os amigos do Harry, Aiden e Joshua.

Essa fofoca deveria ter feito o Harry feliz, porém ele não conseguiu, apenas fingiu, com um sorriso astuto para o Zayn.

Harry parou de lembrar do passado para se perguntar de como ele veio parar aqui, claro que a maioria dos funcionários eram estudantes de moda, música, ou tudo que era ligado à arte, isso explicaria, mas Harry odiava saber as coisas pela metade, precisava ter a informação completa.

- Joshua? _ o Harry perguntou ao telefone.

- Harry! Como está? _ perguntou feliz.

- Bem, e você? Por que não está aqui no Pallaccium?

- Eu e o Aiden viemos ao Caribe, para relaxar e namorar.

- Urgh! Me poupe da felicidade cor de rosa. Te liguei para tirar uma dúvida.

- Claro, pode perguntar.

- Quem é esse novo funcionário? _ perguntou fingindo não conhecê-lo.

- Niall?

- Não sei Joshua, por isso te liguei.       

- Desculpe. Ele é o Niall Horan, recém chegado do Canadá.

- Não era da Irlanda?

- Também, ele tem família na Irlanda e no Canadá, morou no Canadá vários anos, mas no último ele passou na Irlanda.

- Hum... E como ele veio parar aqui no Pallaccium?

- E-e-ele conhece um de nossos garçons._ Joshua respondeu ansioso.

- Talvez até conheça mesmo. Mas tenho certeza de que não é por isso que ele está aqui.

- Harry!

- Tudo bem Joshua, não quer falar não fale, aproveite o fim de semana, tchau.

E desligou sem nem esperar a resposta do Joshua, que ficou desolado do outro lado da linha.

“Obrigado amigo, você me respondeu o que queria, sempre posso contar com sua inocência. Josh! Claro que foi ele quem indicou  Niall para trabalhar aqui, melhor assim, vai ser muito mais divertido.”

Harry se levantou após tomar o whisky, pretendia ficar em casa, mas agora iria voltar, sabia que o seu inimigo estaria aqui para prestigiar o pupilo e ele não perderia isso por nada, e não perderia isso por nada em grande estilo.

 

-x-

 

Harry voltou três horas depois, acompanhado de uma modelo japonesa e um modelo americano, ambos lindos, quando passou por Niall, de canto de olho viu sua mão se contrair. Sentiu uma satisfação ao ver a raiva do irlandês.

Foram para o salão da pista de dança, se jogou num dos estilosos sofás que ficavam próximos a parede, seus acompanhantes fizeram o mesmo, procurou pelo casal na pista e os viu, sorrindo e dançando animados.

Louis... seu idiota.

O fotógrafo baixinho, sorria enquanto olhava apaixonado para Josh, que segurava sua cintura, Harry não suportou olhar por muito tempo e virou o rosto e notou que não era apenas ele que observava o casal, Niall estava parado olhando também, mas com tristeza.

- Ei você, não vai nos servir? _ gritou para o garçom que se espantou ao notar que era ele quem o chamava, mas ainda assim veio.

Niall serviu Harry e os acompanhantes, que acariciavam o cacheado, como se ele fosse um gato, e ás vezes, beijavam seus lábios, Niall serviu rapidamente e saiu do salão.

Harry se distraiu com os modelos e quando voltou a olhar para a pista a procura do casal, só viu Louis, que dançava e ria com alguns amigos, descendo até o chão e empinado a bunda gigante que tinha, Harry não resistiu e deixou um sorriso escapar.

Ele se levantou para ir ao banheiro e novamente não era o único que observava a cena, um dos garçons, que lembrava vagamente de vê-lo por lá, também olhava hipnotizado o baixinho dançando e rebolando.

- Gosta do que vê? _ sussurrou no ouvido dele, que se assustou e quase deixou a bandeja cair, mas Harry o ajudou a equilibrar. _ Calma criança, não precisa se assustar tanto.

- Sr. Styles? Eu...

- Tudo bem, como não ficar hipnotizado? Bunda demais. _ brincou e saiu sorrindo da expressão assustada do mais novo. Payne. Havia lembrado o nome dele.

Foi ao banheiro, Josh não estava por lá, sorriu ao pensar que com certeza ele estaria em algum lugar com Niall, que misteriosamente também tinha sumido do salão, e podia apostar que ele não estava na cozinha.

Telhado.

Subiu até lá e viu que a porta estava entreaberta, e pôde ouvir suas vozes sussurrando:

- Como foi hoje? _ era a voz do Josh.

- Tudo bem, obrigado por te me ajudado, obrigado por tudo.

O loiro disse com a cabeça baixa, Josh segurou em suas mãos e o olhou com carinho.

- Não precisa agradecer Niall.

O vento bateu a porta e Harry saiu apressado de lá, voltando para o salão.

Louis continuava a dançar, alheio a tudo, Harry se segurou para não ir até ele, até aquele ser bobo da cara linda e sorridente e lhe dizer a verdade.

Se jogou no sofá e puxou o modelo para um beijo, precisava se distrair, antes que fizesse besteira, tinha orgulho, e nem mesmo Louis tiraria isso dele.

A japonesa passou a perna dela sobre a sua enquanto beijava sua nuca, querendo brincar também, mas ele a ignorou, não porque o beijo estava muito bom, mas porque tinha que ser quando ele quisesse.

 

-x-

 

Niall voltou ao salão e viu Louis dançando animado, viu também o Josh se juntando a ele e desviou olhar, que foi em direção ao Harry que beijava o modelo, enquanto a mulher se esfregava nele, não queria mais servi-lo e nem presenciar aquilo de perto, mas precisava manter esse trabalho, foi um dos mais tranquilos que conseguiu ao se mudar para Londres.

_ Com licença, me desculpe atrapalhar. _ Falou quando parou de frente ao trio que o ignorou. _ Hum-hum._ tossiu para chamar a atenção

E enfim, pararam de se agarrar para olhar para ele, Harry não pediu nada, apenas se levantou, puxando a modelo japonesa.

- Só o cavalheiro vai querer. _ disse apontando o modelo que continuava sentado. _ Agora sim é sua vez querida._ sussurrou no ouvido dela, que se derreteu e deu um sorriso bobo.

Harry se afastou, a puxando deixando o Niall com uma expressão curiosa, o modelo pediu uma bebida e foi em direção à pista sem se importar que fora trocado por uma mulher.

 

-x-

 

- Zayn, vou precisar de um favor. _ disse entrando no escritório do amigo na segunda-feira.

- Bom dia para você também.

- Obrigado, como estava dizendo, preciso de um favor.

- O que quer?

- Quero que descubra tudo sobre uma pessoa.

- Quem é o coitado?

- Niall Horan, lembra do irlandês da revista? O dos olhos lindos?

- Ah sim, lembro. O amante.

- Sim, ele está trabalhando no Pallaccium.

- Sério? Por quê?

- Provavelmente a pedido do Louis que foi influenciado pelo maldito marido.

- Vou descobrir sim, agora me deixe trabalhar, temos muita coisa para organizar, como estão seus croquis?

- Tudo certo, não se preocupe com essa parte, só se foque na escolha dos modelos e viagens, hospedagens e a parte burocrática.

- Cuide dos modelos também. Por favor! Nós sempre discutimos quando eu escolho, você sempre tem alguma crítica com minhas escolhas.

- Eu escolho então. Onde está lista dos nossos modelos fixos?

- Aqui _ disse estendendo uma pasta transparente para ele. _ Obrigado Harry.

- Vamos dizer que estamos quites, você me faz um favor e eu te faço outro.

- Tudo bem, você odeia dever as pessoas, mas eu sou seu amigo, e amigo não cobra nada de volta.

- Eu sei que não. _ respondeu sorriu para ele antes de sair do escritório.

 

-x-

 

- Sr. Harry Styles? _ perguntou uma voz desconhecida ao telefone.

- Quem é? _ perguntou.

- Sou o Dan, Dan Humphrey, amigo do Zayn, ele me disse que você encomendou uma investigação.

- Ah sim, eu encomendei, já está pronta? _ perguntou espantado, ainda era terça-feira.

- Sim, já estava pronta na verdade, só precisei acrescentar umas coisinhas, os últimos acontecimentos.

- Podemos nos encontrar?

- Claro, quando quiser.

- Hoje, no almoço?

- Claro, eu te vejo mais tarde, mande o endereço por mensagem.

- Eu mando, até mais.

- Até.

 

-x-

 

Harry chegou no horário marcado ao restaurante japonês e foi para o bar esperar pelo investigador, mas assim que se aproximou e bateu o olho nas costas a sua frente, soube que era ele.

- Olá.

- Bom dia Dan Humphrey. _ o homem se virou para ele sorrindo. Era bonito, o cabelo preto e ondulado.

- Harry Styles. _ disse estendendo a mão.

- Vamos sentar?

- Claro.

Eles sentaram á mesa, pediram sushi e enquanto aguardavam ficaram conversando sobre amenidades.

- De onde conhece meu sócio? _ perguntou Harry.

- Ele foi meu veterano na faculdade de administração.

- Hum... Como ele era?

- Pegador, preguiçoso, lindo. _ falou sorrindo.

- E você, o estudioso, esforçado e que tinha um amor platônico. _Harry palpitou e Dan sorriu concordando.

- Sim, mas isso foi nos primeiros semestres da faculdade, depois eu desapeguei, fiquei mais bonito e ele menos metido, viramos amigos.

- Hum... Entendi. Agora vamos ao que interessa?

- Vamos.

- Você disse que a investigação já estava pronta. Posso saber quem encomendou? Ou você mantém isso em sigilo?

- Sim, mantenho, mas como foi o Zayn quem pediu, não tem problema você saber.

- Zayn?

- Sim, ele pediu há uns seis meses, parece que o viu em uma revista e ficou curioso.

- Ah sim. _ Harry sorriu do amigo, que mesmo não pedindo, fez isso por ele.

- Niall aparentemente não tem nada com Josh, ou não tinha, ou eles mantêm isso em muito segredo.

- Ok. Me conte tudo o que descobriu.

- Nasceu na Irlanda, mas com 13 anos foi para o Canadá com a família e há quase dois anos voltou para a Irlanda, e há seis meses está na Londres.

- Ok. Isso já sabia.

- Sim, mas o que não sabe é que ele voltou para a Irlanda após conhecer e ficar amigo do Josh.

- Como?

- Sim, Josh foi para o Canadá, num desfile.

- Eu também fui...

- Sim, e lá ele conhece um dos modelos locais, Niall, ficaram amigos, mantiveram contato e meses depois ele veio para a Irlanda.

- Uau.

- Sim, e após a lua de mel, Josh foi à Irlanda e um mês depois nosso amigo Horan veio para a Londres.

- Uau, mil vezes uau.

- Que eles são amigos íntimos é fato, se são algo a mais... É a questão.

- Louis sabe?

- O marido?

- Sim, ele sabe dessa amizade íntima?

- Sabe que são amigos, mas que se conhecem há tanto tempo não sei dizer.

- Nosso sushi. _ Harry exclamou empolgado quando viu a comida chegando.

- Amo sushi. _ Dan falou sorrindo igual criança, babando nos pratos a sua frente.

- Eu também.

- Eu sei, Zayn me disse um dia desses.

Eles quase não falaram enquanto comiam, só quando elogiavam a comida, só voltaram a conversar quando terminaram.

- Como ele foi parar no Palllaccium?

- Sondei algumas pessoas, ele tem mesmo um amigo que é funcionário de lá, Liam. _ disse mostrando a foto, ele reconheceu o garçom que estava secando o Louis. _ Liam Payne, mas foi o Louis quem pediu aos seus amigos para contratá-lo.

- Sabia. _ falou triste. _ Mais alguma coisa?

- Sim, ele estuda música, transferiu a matrícula para a faculdade de Londres. Ele é colega de curso do Liam, às vezes se apresentam em restaurantes e bares.

            - O que ele toca?

            - Piano, violão, e outros instrumentos, é um músico nato. Vai se dar muito bem no futuro.

- Idade.

- 19 anos.

- A sua. _ esclareceu sorrindo, ficou curioso.

- Tenho 28, assim como você.

- Você foi meu irmão na vida passada?

- Vou investigar e te aviso. _ brincou.

- Eu preciso ir, mas se descobrir outras coisas, me avise e se quiser sair para beber, ou comer sushi, me avise também.

- Eu te chamo sim, Harry. Foi um prazer.

- Igualmente. _ Harry se levantou, pagou a conta e voltou ao escritório, se sentiu muito bem com o investigador, e descobriu porque Zayn mantinha uma amizade com ele há tanto tempo, Dan era uma boa pessoa que fazia com que os outros se sentissem a vontade em sua presença.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...