História You Became My World - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Criminal, Justin Bieber, Romance
Exibições 187
Palavras 2.672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi meus amores!!!
Tudo bem com vocês? Espero que sim.
Ebaaa voltei, parece que agora vai, depois de tanto tempo minha imaginação está voltando de novo.
Bem espero que gostem e me perdoem pelos os errinhos otograficos.
Boa leitura 📖

Capítulo 52 - Quero uma troca


– Eu havia te falado que seria uma menina Samantha, eu nunca me engano – Justin sorrir ao ver que seria uma menina e não um menino – Ei Olivia eu avisei a mamãe que você seria uma menina mas ela não acreditou – Justin fala se enclinando para o rumo da minha barriga a mostra 

Eu estava deitada na cama do hospital de barriga para cima, Ronnie acabou de guarda o aparelho que ela havia passado em minha barriga para ver o sexo e   batimento cardíaco do meu bebê. Que é uma menina.

– Eu não duvidei – Falei sorrindo e as enfermeiras me ajudaram a fica de pé 

– A duvidou sim, pelo menos um poquinho.

– Pode até ser, mas foi só um poquinho 

Ele me olhou negando com a cabeça e eu fui para o banheiro, troquei-me de roupa. 

[...]

Assim que chegamos em casa fui direito para meu quarto. Estava exausta. Minha barriga está enorme, nem acredito que estou de 5 meses.

Esses dois meses passaram tão devagar que eu quais pirei. Eu estou tão ansiosa para ver o Fred, ele me liga toda hora, e minha mãe sumiu do mapa mas o Erick. Quem está me dando noticia dela e dando recados é a Helena, hoje ela chega de Boston. O netinho dela está de dois meses e é a coisa mas fofa do mundo. A Rosely está de oito meses e está á grávida mas linda do mundo.

E eu estou dormindo mas do que tudo.

Tirando tudo isso tudo o Justin me proibiu de sair de casa depois do ocorrido de quais morte da Ronnie. Não sei se suportaria perdê-la. E quem levou o tiro no lugar dela foi o Bill e infelizmente ele morreu. Mas mataram o  infeliz que tentou matar minha prima.

Fechei meus olhos e tirei os meus sapatos e comecei a cochilar para poder descansar um pouco.

Justin On 

Entrei no quarto e vejo a Samantha dormindo. Ela está tão linda grávida.  A cada dia vejo que ela me mudou. Me fazendo ser um pouco do homem que eu fui antes de pensar que o Fred estava morto. Virei-me de costas e mandei a Emília avisar a Samantha que irei viajar e voltarei só amanhã de San Diego. 

Irei lá mas o Chris e Ryan colocar meus dotes de um bom criminoso na área e irei ver com Charles sobre o Brian que está colocando em risco a vida das meninas. Nesses dois meses que se passaram tentaram pegar a Rose e a Ronnie umas três vezes mas não conseguiram. O que mas me incabula é que eles não tentaram fazer nada contra a Samantha e isso me preocupa. E esse é um dos motivos pelo o Chaz não ir com nós para San Diego. Ele irá ficar tomando conta das meninas.

– Vamos Bieber os carros já estão prontos – Chris aparece me entregando as chaves do mesmo 

– Vamos – Pego as chaves – Cadê o Ryan ?

– Foi se despedir da Ronnie e vai nos encontrar na fronteira mas o Steven e o Eduardo 

– Okay... então vamos 

Assim o Ryan fez, nos encontramos na fronteira de Los Angeles e fomos para San Diego. 

[...]

Samantha On 

– Não acredito que ele foi sem se despedir de mim – Me sento no sofá cruzando os braços 

– Você estava dormindo Sam, por isso que ele não se despediu 

– Eu sei 

Respiro fundo e olho para a porta ao ver o Chaz mas a Rose chegando.

– Oi Small – Chaz me levanta do sofá e me abraça – E como vai o meu muleque?

– Hm. Você pode desistir da hipótese de criar um time de futebol Chaz é uma menina 

– Melhor ainda, vai da um belo casal

– Tire essa idéia da cabeça Chaz, minha filha ainda nem nasceu para pensar em arrumar um namorado para ela

– O namorado dela também não nasceu 

– Mas vai, mês que vem – Chaz sorri de lado 

– Não vou te abraça, por que não tem como – Fala apontando para a barriga 

– Né. Não posso falar nada 

Nós sorrimos e o Chaz me abraça 

– Qual será o nome da sua nene Sam? – Rose sorrir se sentando no sofá

– Olivia, o Justin que escolheu 

– Oi a aí, até o nome da certo para juntar como um casal 

– Nada haver Chaz

– É verdade Samantha o nome do meu bebê é Oliver 

– Mais, mas você copiou o nome da minha bebê – Falei rindo 

– Não. Você sabe que eu sempre amei esse nome – Rose Cruza os braços fingindo-se de chateada 

– Eu sei amor – Dou um beijo em seu rosto – Estou brincando 

– Minha norinha terá o melhor sogro do mundo 

– Vai se ferrar Chaz – Pego a almofada que estava em cima do sofá e taco em sua cabeça.

Chaz sobe lá para cima sorrindo e eu me sento no sofá. 

– Hm! Eu quero chocolate Samantha – Rose sorrir ao fala

– Tem lá dentro da geladeira 

– Vai buscar pra mim por favor Sam

– Não. Deixe de ser preguiçosa.

[...]

– Sam eu vou dormi, quer alguma coisa – Emília pergunta me olhando sentada no sofá

– Não obrigada. Pode ir descansar

Ela sorri e sai andando para o rumo do seu quarto. 

– Vai ficar acordada Samantha – Chaz fala se sentando no meu lado do sofá

– Estou sem sono. E a Ronnie já chegou?

– Já, e já está dormindo 

– E a Rose?

– Tá lá em cima 

Balanço a cabeça que sim, Chaz se levanta do sofá beijando minha testa

– Não se preocupe Samantha, nada vai acontecer com Justin e nem com os meninos

– É o que eu espero Chaz

Ele sorrir e sobe as escadas. Me levanto do sofá, e vou subindo as escadas lentamente. 

Tomo um banho e visto uma das camisetas do Justin. Arrumo a cama e me deito; me acostumei com o Justin dormindo do meu lado, para mim está sendo horrível dormi sem ele aqui. Um vazio imenso.

Meu celular toca e eu me inclino para um lado e o pego, era a Pattie 

– Oi Dona Pattie – Me ajeito na cama 

– Oi filha tudo bem? 

– Está sim e aí? 

– Aqui tá tudo bem, o seu filhote está louco para fala com você 

– Passa pra ele – Falo animada me sentando na cama

– Oi mamãe 

– Oi amor da minha vida tudo bem?

– Tá mamãe, mamãe a vovó disse que eu vou ganhar o irmãozinho

– Vai mas...

– Ebaaa – Fala me interrompendo 

– Amor mas não será um irmãozinho e sim uma irmãzinha 

– Uma maninha – Fala carinhosamente 

– É 

– Mamãe a vovó tá mandando eu dormi, boa noite mamãe 

– Boa noite filho – Ouço ele entrega o celular para Pattie 

– Então vai ser uma menina

– Vai sim Pattie

– Eu sabia que seria, qual vai ser o nome?

– É de família então, desde da época que contei para o Justin que estava gravida ele disse que seria uma menina – Sorrio – O nome dela é Olivia 

– Foi o Justin que escolheu 

– Foi

[...]

– Samantha vamos comigo  no shopping – Rose me balança na cama

– Para onde? – Falei me sentando na cama

– No shopping 

– Pra que?

– Vou comprar o berço do Oliver.

– Tá bom – Bocejo – Agorinha eu desço 

– Obrigada – Ela me dá um beijo em minha bochecha e sai 

Cocei os olhos e me levantei da cama, tomei um banho vendo se despertar o sono e visto um vestido preto e uma sapatilha preta também. Passo uma base para tirar as olheiras e passo um rimel juntamente com um batom nudez.

Desço as escadas e olho para o Rose impaciente na porta, me esperando 

– Vamos 

Balanço a cabeça que sim, é passo por ela entrando no carro e logo em seguida ela entra no mesmo e o Jake começa a dirigir.

–Samantha está tudo bem? –Rose pergunta ao perceber o silêncio que estava entre nós

–Está, só estou cansada Rose

–Cansada de que? 

–De tudo, a cada esquina a um perigo, um perigo a mim ou a você, eu quero paz Rose, eu queria que tudo isso acabasse, que fosse aquela tranquilidade entre mim e o Justin quando tudo começou 

–Você vai ver que tudo vai se resolver Sam

–É o que eu espero

Sorrio para ela e saio do carro, e entramos dentro do shopping. 

[...]

Estávamos na casa da Rose e ela já havia comprado o berço e ele é da cor branca. O quarto do Oliver já está pronto ele é pintado de branco e o kit de bebê e azul escuro tipo realeza.

–Está tudo tão lindo Rose –Falo ao sair do quarto fechando a porta que tinha escrito o nome dele.

–Né, estou tão ansiosa para ver o rosto do meu pequeno Oliver –Acariciar a barriga enquanto descemos as escadas 

–Samantha temos que ir o Justin que vê-la –Fala o Jake abrindo a porta da casa da Rose 

–Claro –Sorrio –Vamos Rose

–Eu não vou, o Chaz vai vim aqui para podermos ir na casa dos meus pais

–Arran –Falo sentindo um aperto no meu coracao. Passo a mão em meu rosto por me senti um pouco mal

–Está tudo bem Sam –Rosely pega em minhas mãos – Suas mãos estão geladas 

–Tive um pressentimento ruim, tome cuidado Rose

–Pode deixar 

[...]

Assim que vejo o Justin o abraço e o mesmo me dá um beijo 

–Como foi ficar sem mim?

–Horrível –Falo me soltando dele –Como foi as coisas lá em San Diego? 

–Em uma parte foi boa, mas quando fomos falar com o Charles sobre o Brian o encontramos morto, num estado deplorável. 

–Credo. Mas o bom é que vocês chegaram bem – Sorrio

De repente sinto aquele mesmo pressentimento ruim que senti na casa da Rose mas dessa vez o Justin teve que me segura para me manter de pé 

–O que foi Samantha? –Pergunta preocupado.

Não respondo e sem minha vontade começo a chorar, sem entender o porquê que daquele choro.

–Mas que droga Samantha o que aconteceu? –Justin pergunta novamente 

Quando ia abrir a boca para fala o meu celular toca, o pego de dentro da minha bolsa e olho o número, não reconhece o número mas mesmo assim o atendo

–Oi Samantha tudo bem querida? –Fala um homem do outro lado da linha –Você não me conhece, deixe-me apresenta sou Brian

Estremeci ao ouvir o nome Brian

–O que você quer? –Falo tentando firma a voz

–Estava esperando essa pergunta 

–Se já estava, então fala o que quer?

–Acalme-se princesa... mas chega de enrolaçao eu quero uma troca 

–Samantha o que está acontecendo você está tremendo? –Fala o Justin

Não falei nada, apenas coloquei no viva voz e coloco o celular em cima da mesa 

–Que troca?

–A troca de você entre a sua querida Helena e a Rosely que está sentido dor para ganhar bebê, você não vai querer que o filho de sua amiga nasça num lugar como estou vai

Fiquei em choque sem saber o que responde, minha garganta secou e meus olhos se encheram de lágrimas 

–Se não trocamos o que irar fazer? –Justin  pega o celular o tirando do viva voz

Me sento no sofá ainda em choque e tentado aximilar o que acabei de escutar 

Justin On

Eu estou furioso, e sem pensa peguei o celular e o perguntei o que ele irá fazer com elas se não trocamos

–Eu acho que vou matar a querida Helena e depois que a Rosely ter o bebê irei vendê-lo o mais rápido possível. E cuidarei da Rosely até ela se curar do parto e a venderei, ela é muito linda e valerá uma boa grana– Fala com cinismo

–Você é um desgraçado, você não sabe com quem está mexendo 

–Ah sei sim, sabe como sei... você é igual a mim, você matou irmão do seu pai sem dó e piedade, já abusou de meninas menor se idade e comprou garotas e depois de ter o que queria as vendia 

–Você não sabe de nada

–Tem certeza, nos poderíamos fazer uma boa dupla não acha. Somos iguais Bieber a única coisa que somos diferentes é que você nunca foi preso e eu já

–Não sou igual a você eu sou pior

–Haja paciência garoto, pense bem antes de fazer qualquer burrada, a vida da mulher do seu amigo está em risco, o bebê vai nascer prematuro e no estado que estamos ela pode pegar uma infecção e fica doente e morrer –Ele rir alto – Tem meia hora para fazer a troca. 

–Eu fico no lugar delas

–Eu não quero você vivo, quero você morto, e agora só quero a Samantha 

–Porque? 

–Vou fazer você sofre primeiro, ai ela vai morrer e você vai querer se vingar e as coisas irá ficar mais interessante e aí eu matarei você.

Ele rir alto e desliga o celular. Aperto o celular na mão e o coloco em cima da mesa. 

Havia me esquecido desse outro lado meu, não acredito que esse filho de uma puta pesquisou sobre minha vida e sabe tudo que fiz antes de conhecer a Samantha e depois que pensei que o Fred morreu e juntou a morte da Bella. 

Olhei para o sofá e a Samantha não estava, olhei para o rumo das escadas e a vejo vestida uma calça legging preta e uma camiseta branca junto com uma blusa de frio. Ela passa por mim e pega o celular em cima da mesa.

–Você vai me levar lá ou vou ter que pega um táxi –Fala com voz de choro

–Samantha você não vai, você também está grávida e correrá o mesmo risco, pensaremos o que fazer para salvar elas 

–Não seja idiota Justin, a Rosely pode morrer e a Helena também, eu não conseguiria viver se soubesse que poderia salvar a vida delas e não estivesse feito nada.

–Mas Samantha 

–Vai me levar ou vou ter que pegar um táxi –Fala me interrompendo 

[...]

Já havia ligado para os meninos avisando o que aconteceu, e o Chaz disse que levaria a Samantha até onde foi o combinado da troca, e eu mas o Ryan iríamos está em outro carro para seguir eles até sabemos em que lugar a Samantha está. Antes da Samantha sair ela me beija, o beijo dela parecia ser de despedida, parecia que seria a última vez que sentiria seus lábios ao meus, ou que a viria viva, a abraço e ela começa a chorar.

–Me deixe ir Justin –Fala se afastando de mim –Eu te amo

–Eu te amo –Dou um outro beijo nela e ela entra no carro do Chaz e ele sai dirigindo até que o carro suma de minha vista.

Peguei o outro carro e sair atrás deles mais o Ryan.

Samantha On 

Respirei fundo, tentado parece forte, mas não deu muito certo, Chaz me olha mas não fala nada, peguei meu celular e  coloquei o número da Brian para chamar até  que ele atende

–Como vou sabe se você não está trapaceando com a troca?–Falo sem da tempo do mesmo fala

–Mesmo não parecendo sou homem de palavra 

–Eu estou parada aqui no lugar que planejamos a troca e não estou vendo ninguém –Falo após o Chaz parar

Era na saída da cidade para uma estrada de chão, engulo em grosso 

–Não estou vendo você 

–Estou dentro do carro

–Olhe novamente

Olhei para o rumo da estrada de chão e vejo a Helena e logo atrás a Rosely meia encurvada para frente por causa da dor que estava sentido. Desligo o celular e saio de dentro do carro e vou até elas 

–Agora entregue elas –Falo aos homens que segurava as mesmas

–Claro

Eles soltam elas e eu seguro a Rosely, Chaz sai do carro e vou com ela até perto do carro entrego a Rosely para o Chaz e vou andando em direção aos homens. 

Eu queria sair correndo dali mas se eu fizer isso eles atiraria em mim.

Chego perto deles e um deles pega bruscamente em meu braço e foi me empurrando e me colocaram dentro do carro e um homem moreno cheio de tatuagem e o cabelo era num corte estranho, seus olhos eram verdes claro.

–Oi querida

Não respondo apenas abaixo a cabeça

–Não fazer nada a você – sorrir com cinismo –Não agora


Notas Finais


Bjs da Nica 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...