História You Belong To Me - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~KimBella23

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Chanbaek, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kaisoo, Lemon, Namjin, Rapmonster, Suga, Taehope, Vhope, Yaoi, Yoolison
Visualizações 34
Palavras 3.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então aqui estou! Fodida. Fodida estou. Eu. Amo. Seventeen. Alguém. Me. Ajuda! CARAT MOD OFF
Oi povo lindo e maravilhosoooooo, imagino que todos já viram o absurdo que a BigfodidaHit publicou lá no Twitter. Eu tô mais confusa que cego em tiroteio mas nós finge que tá tudo bem! MAS NADA TÁ BEM NESSA PORRA QUE É SER ARMY! EU TÔ FICANDO É DOIDA. Ainda bem que eu não ligo pras teorias, pensa quem liga kkkkkk. (Por favor orem pelas ARMYs que ligam pras teorias, elas sofrem muito! Já agradecemos pela colaboração, para mais informações ligue para o número +336567757 ou vai no site www.savethearmyssemnoção.com.br)
Esse capítulo vai ser longuinho (como prometi), e no próximo as coisas vão ficar quentes (daquelas que queimam mesmo!!).
Estou em um dilema e talvez vocês podem me ajudar, eu não sei se fazer o Suga e a Allis se unirem intimamente (sabem do que estou falando), vocês acham que é cedo? Enfim, vocês podem dizer o que pensam nos comentários.
Até a próxima semana, beijos, espero que gostem❤️

Capítulo 20 - Eu preciso de você.


Fanfic / Fanfiction You Belong To Me - Capítulo 20 - Eu preciso de você.

"I need you so please stay with me."

 

Jin pov's

21:30 da noite...

 

"Até que nós também poderíamos dizer para o mundo que estamos juntos." Sugiro depois de ter me convencido a falar com o Namie sobre. 

É que pensei muito no que os garotos disseram hoje na cantina e sinceramente, eu também quero ir por aí segurando a mão do Namie sem preocupação. 

Muitas vezes surgiram boatos que estávamos juntos, nas revistas, facebook, Instagram, as fãs até nos shippa!

Demorou pra contar pra todo mundo.

"Pra que?" Pergunta Namjoon sem destacar os olhos do caderno de matemática. Ué como pra que?!

"Pra todo mundo saber ué." Justifico a minha fala sem saber se começar a elencar os motivos ou não.

"Sim mas não entendo a necessidade." Ele agora me observa com os olhos atentos.

Oh, talvez ele não quer...

"Deixa pra lá!." Digo um pouco sem graça, fingindo dar pouca importância.

 Ele tem vergonha? Medo? 

"Eu vou ver como o Jungkook está, ele parecia estar pouco bem no jantar." Tento fugir dos seus olhos atentos que tentam entender o que disse antes.

"Mas amor, fica aqui comigo..." Pede abrindo as pernas para eu me sentar no meio delas.

Eu deveria? Quer dizer, eu estou chateado. Mas talvez, só um pouquinho.

"Não, você acabou de negar o meu pedido, por que eu deveria atender o seu?" Pergunto pertinente me fazendo de difícil.

"Um: eu não neguei, só queria uma motivação. Dois: você deveria atender o meu pedido porque te interessa." Alega se levantando e se aproximando.

O fito incrédulo com o que ele disse. Namjoon é tão cara de pau, mas tem tanta razão!

Ele para na minha frente, circunda a minha cintura com os braços e me encara.

"Me deixa ir, eu estou bravo com você." Peço pacientemente, até porque eu não conseguiria me soltar dos seus braços fortes demais.

"Te deixar ir? Nunca." Relata colando os nossos corpos, eu não contesto e nem me lamento por estar tão perto dele, só o encaro esperando o seu próximo passo. Ele recambia o meu olhar e cola os nossos narizes roçando as nossas bocas. Fito os seus orbes marrões tentando desvenda-los. Qual é o problema em dizer publicamente que namoramos?

Pô eu pensava que ele não tinha esses problemas. 

E se sou eu quem está criando esse problema sozinho? Ele não disse não, só perguntou o porquê.

Suspiro o sentindo se aproximar ao meu pescoço e inalar o meu cheiro.

"Eu te quero." Sussurra no meu ouvido e começo a suar em antecipação. 

Ele consegue ser tão manipulador, com esse corpo, essa voz. Namjoon fode com o meu autocontrole dá vontade de fazer de tudo com ele só de olhar pros seus lábios. 

"Eu te quero, agora, deitado na minha cama." Diz empurrando o meu corpo com o dele pra trás.

"Agora não." Digo respirando com dificuldade tentando fixar os meus pés no solo.

"Não é um pedido." Relata apertando a minha bunda. Abro a boca para contestar mas ao invés de palavras são os suspiros a saírem pesadamente, sinto todos os meus sentidos desnorteados. 

O olho nos olhos e me aproximo lentamente, quando sinto a sua boca perto da minha lambo o seu lábio inferior começando um beijo lento.

Sinto as suas mãos subirem até o meu abdômen e adentrar a minha camiseta, que logo depois  - não sei como e não quero saber -  está no chão.

"Fica aqui comigo, podemos conversar a noite inteira, ver um filme, namorar, foder." Ele sorri travesso e eu lhe dou um tapa. "Estressadinho você ein!" Alega sorrindo divertido com a minha reação. Ele leva as mãos até as minhas coxas me levantando e por reflexo circundo a sua cintura com as pernas. 

O olho sem entender.

"E agora?" Pergunto perto da sua boca brincando com uma mecha da sua nuca.

"Agora eu poderia te tacar na parede e te foder já que essa é uma das minhas posições preferidas." Diz empurrando o meu quadril para baixo fazendo as nossas ereções se tocarem.

Ele sabe, sabe que eu não consigo resistir, não a ele.

Sorrindo, desço dos seus braços, o viro, o empurro de frente pra parede, colo o meu membro na sua bunda e devagar deixo a minha mão escorregar até o seu membro desperto.

"Ou poderia ser eu o que te fode." Respondo beijando o seu pescoço e ele ri em resposta. "Amor, não brinca comigo, depois eu não consigo parar..." Relato massageando mais lentamente o seu membro.

"Quem disse que você tem que parar?" Pergunta com o tom pesado se girando de frente e me fitando. Com a boca aberta e os olhos semicerrados ele pega a minha mão e a leva até o seu sexo. "Continua..." Implora sem fôlego. 

Quando começo a abrir as suas calças  alguém bate na porta. Me giro verso a mesma.

"Eu acho que é um dos garotos" Alego rindo, e ele revirando os olhos, se abotoa as calças.

"Porra, nunca conseguimos terminar quando começamos! Parece que já estamos casados com filhos, todas as vezes são eles!" Esbraveja alto irritado.

O pior é que é verdade, nunca terminamos, por incrível que pareça um deles sempre chama ou aparece na nossa porta, talvez eles têm um radar contra sexo.

"Sim, você tem razão." Concordo rindo do que ele disse. Coloco a minha camiseta e Namie cobre a sua ereção abaixando a sua camisa.

Ele abre a porta e fita Hoseok com uma cara horrível.

"O que você quer praga?!" Esbraveja e o menor se assusta.

"Desculpa se interrompi vocês..." Pede com embaraço. "Sabem aonde está o Tae?" Pergunta sorrindo um pouco e Namjoon me olha com uma cara que diz: 'QUE PORRA ESSES BOSTAS TEM NA CABEÇA?! É TÃO DIFÍCIL TELEFONAR PRO TAEHYUNG, OU PROCURÁ-LO NO SEU QUARTO?! AONDE ELE PODE ESTAR?! EM PARIS?! NO MEU BOLSO?!'

"Essa manhã você nos perguntou aonde estava o Yoongi e agora o Tae, não somos GPS's!" Alego com bastante calma sem deixar o Namjoon responder. 

"Desculpa hyung, é que sendo os maiores do grupo vocês sabem sempre aonde todos estão, então, sem perder tempo procurando, eu pergunto logo pra vocês." Confessa sorrindo um pouco.

Agora entendo porque eles perguntam sempre pra nós sobre tudo e todos, talvez eles interrompem sempre, mas o lado positivo é que nos vêem como os responsáveis por eles aqui dentro.

 Dou uma cutucada no Nam esperando que ele intenda o que está acontecendo.

Deveria ser óbvio para alguém como ele.

"A-ah sim, você tá procurando o Tae?! Ele tinha que fazer um trabalho de música com o Anthony Hopkins, mas já acabaram a algumas horas, ele deve estar na sala de TV descansando. Boa sorte!" Deseja sorrindo forçado deixando a sua cara parecida com a de um psicopata.

"Por que vocês estão agindo assim?" Pergunta Seok com o cenho franzido. 

Por que será Hoseok? Talvez porque sabemos o que tem entre você e o Kim menor. 

A UNIVERSIDADE INTEIRA JÁ PERCEBEU, SÓ VOCÊS QUE NÃO!

"Nada não, vai lá procurar o Tae!!" Incorajo puxando a porta com um sorriso cinico nos lábios.

"Tá, boa transa!" Exclama sorrindo mais cinico do que eu desaparecendo no corredor.

"Idiota." Digo envergonhado mas sorrindo. 

"Finalmente o Hope percebeu que gosta do Tae." Namjoon diz o que todos pensamos. Hoseok e Taehyung são complicados, mas não como o Kook e o Jimin, eles não são complicados porque querem, é o passado que faz que as coisas entre eles sejam difícil.

Eu gosto tanto de observar as interações deles, é divertente e bonito. 

Divertente porque eles acham que não tem nada de mais entre eles e bonito porque eles são tão carinhosos um com o outro que qualquer um pode notar que eles estão errados. Há realmente algo entre eles mas os dois não percebem. Eles estavam sempre juntos, viam filmes, saiam, jogavam, dormiam, tudo junto. O divertente é que até nós que somos namorados não somos assim, talvez eu e o Joonie porque estamos no mesmo quarto, mas mesmo assim não somos como eles.

"É, espero que o Tae passe por cima das idiotices dele..." Alego pensando em quando Hoseok começou a ignorar o menor.

"Todos erramos meu príncipe, o importante é reconhecer o próprio erro e tentar consertar." Ele me dá um selinho.

O observo com um sorriso no rosto e o coração aquecido. Namjoon pega dois shorts de pijama do armário, depois tira as calças.

"Tire as calças." Diz me lançando o short e colocando o seu. "Você está comodo com essa camiseta?" Indaga sem saber se me dar uma mais cômoda ou me deixar assim.

"Sim." Aceno sorrindo minimamente com a sua preocupação.

Ele paga a luz e acende o abajur encima da escrivaninha, se deita ao meu lado e apoia a cabeça no meu peito.

 

✔️✔️

 

Jungkook pov's

10:15 da noite...

 

Penso no filme enquanto vou até o meu quarto. Hoje estive à tarde inteira com os meus amigos, eu sentia falta dos nossos momentos juntos. Foi tão bom, Travis é a minha bênção, eu absolutamente não o mereço. Entro no corredor e vejo Jimin em pé fora do quarto. Me aproximo e o olho curioso.

"Jimin?" O chamo com um tom preocupado procurando os seus olhos.

Ele me olha e sorri frio.

"Tínhamos que nos ver essa tarde Jungkook." Diz com o tom baixo me olhando nos olhos.

Puta que pariu! Eu me esqueci! Eu tava tão distraído com a nossa briga que nem lembrei.

Ele me fita esperando eu dar uma justificação mas simplesmente não sei o que dizer. 

"O gato comeu a sua língua?" Pergunta sarcástico.

"Eu esqueci e sai com os meus amigos...nem me passou pela mente que hoje tínhamos os ensaios." Tento explicar brincando com os meus dedos.  - Vício que tenho desde criança; normalmente faço isso quando estou nervoso, ou em embaraço. 

"Tudo bem, mas vai ser você que vai explicar pra Luana." Relata entrando e eu o sigo fechando a porta atrás de mim.

Antes ele parecia muito bravo, e agora está tudo bem. O que ele tem?

"It's all right, I will do it." Respondo em inglês tirando os sapatos e me jogando na minha cama. "Eh Jimin." Ele me olha esperando eu continuar. "Eu acho que deveríamos conversar." Sugiro me sentando.

"Sobre?" Indaga se aproximando.

"Sobre nós." Digo atirando a sua atenção. "Eu...eu acho que não está mais funcionando..." Confesso e ele me olha surpreso.

"Do que você tá falando?" Pergunta confuso. "Você não pode." Diz se sentando na minha frente com um semblante apavorado.

Abaixo a cabeça. Sinto o meu coração se apertar e o peito doer.

Ele não quer?

"Eu não sei, parece que eu e você não somos mais os mesmos, acho que já não queremos o mesmo que antes." Alego cautelosamente fitando a sua cara confusão.

"Eu sou o mesmo." Confirma confuso. "Que que tem? Você não gosta mais de mim? É porque brigamos?" Começa a me questionar com um semblante realmente confuso. 

Como assim? É ele que bagunçou tudo, é ele que não é mais o mesmo. 

"Eu sei que brigamos mas isso não muda o que sinto por você." Diz afoitamente.

"Você pode até me amar Jimin mas não demonstra." Respondo mais duramente fitando uma parte qualquer do quarto para não ter que o encarar.

"Eu só estive ocupado, eu tive que estudar muito e você sabe disso. Eu não sou como você, não estudo tudo com vinte minutos bebê." Tenta se explicar mais calmamente.

 

Narradora pov's

 

"Então por que você acha tempo pro Yoongi?" Pergunta o menor chateado. 

Realmente ele não consegue entender. Quando não eram namorados Jimin estava sempre com ele e agora que são, parece que ele nem existe.

O maior entre eles pensa muito bem em como formular a próxima frase sem deixar pistas.

O caçula da família Stark é incrivelmente astuto.

"Kook eu só estive com o Suga porque estamos preparando uma coisa para alguém." Diz atento a não revelar nada.

"Ah." Jungkook não tinha pensado nessa possibilidade.

Uma coisa para alguém? Mas o que pode ser? O garoto pensa muito bem e chega na conclusão que nesse período do ano só pode ser uma coisa. 

"Por acaso você tá falando do aniversário da Allison?" Indaga com o cenho franzido. 

Jimin arregala os olhos e se estapeia sozinho.

"É por isso que eu não tinha que te falar sobre isso! Agora entende?!" Pergunta ainda frustrado por ter deixado a sua boca falar de mais.

E se o senhor Minho descobrir? Que se dane, o Suga também contou pro Hoseok, aliás ele foi meio que obrigado a falar, o seu namoro estava pra acabar.

"Era só isso?! Eu nunca teria dito nada!! Por que não me contou?!" Esbraveja irritado dando tapas no maior. Jimin sabe muito bem que Jungkook sabe manter segredos e obviamente nunca estragaria a surpresa de aniversário da irmã, só não queria trair a confiança do senhor Stark. 

"Seu pai confiou em mim." Alega sorrindo abertamente. "E era divertente ver você disperado por não saber de nada!!" Comenta rindo mais ainda depois de ver a cara do menor.

"Por que você tá rindo? Eu tenho cara de palhaço? Você sai com o seu melhor amigo e não quer me dizer pra onde vai, ainda se lembra que sou o seu namorado? Eu só sirvo para ser bei-" O Stark não acaba de falar pois Jimin cola os próprios lábios nos seus velozmente.

 Basta poucos movimentos vindos do Park para Jungkook se esquecer de tudo e atacar os lábios alheios ferozmente. O menor o beija com força, e talvez até com um pouco de brutalidade, só pra esclarecer ao maior que ele é seu, que ele lhe pertence. Jimin sente Jungkook se aproximar, o mesmo se senta no seu colo e Jimin o ajusta sobre as suas coxas mais comodamente. Os braços do Stark circundam o pescoço do Park, que leva as mãos até a sua cintura. Jimin não aprofunda muito o beijo por precaução, isso pode acabar em uma maneira interessante pra os dois, mas o mesmo já sabe que um beijo não vai ajustar tudo e é melhor não estragar o clima, afinal, Jungkook ainda está um pouco chateado.

"Criança..." Diz com a voz rouca depois de perder o contato com a boca alheia. "O que está acontecendo ein?" Pergunta docemente fazendo carícias nas costas do menor. "Você sempre foi muito seguro sobre tudo, por que agora faz assim? Não confia em mim? Por que está inseguro sobre nós?" Jungkook abaixa a cabeça e então Jimin leva uma mão até o seu queixo erguendo o seu rosto. "Responde amor..." Pede com calma.

"Eu não sei...é só que depois da noite na 10ak não ficamos mais juntos, só nos falamos como amigos, não tem nada de íntimo na nossa relação, as vezes eu só queria que você me desse mais atenção..." Alega fitando os pequenos olhos do Park.

"Você acha que eu não te amo?" Pergunta receoso com a resposta do menor.

 Pra ele é horrível perceber que está dando pouco atenção ao namorado e que o mesmo não se sente amado, a base de uma relação é se sentir apreciado e querido e Jimin acabou descuidando desse detalhe.

"A minha cabeça diz que você me ama, mas o meu coração, ele precisa que você confirme isso todo dia. Eu te preciso, te necessito, normalmente não consigo superar um dia sem te ter por perto, sem me sentir amado por você, mas ultimamente eu tenho passado semanas sem carinho, sem amor, beijos ou carícias..." Os seus dedos insistem em se distrair com a camisa do maior. "Você não pode fazer isso comigo Jimin, eu não posso estar sem você." Alega apoiando as mãos sobre as próprias coxas e afundando a cabeça no vão do pescoso do Park.

"Não era minha intenção te machucar, por favor, diga ao teu coração que eu sinto muito." Prefere afastando ligeiramente o corpo do menor que estava esparramado no seu para o olhar nos olhos. 

Jungkook o olha e sorri pequeno com a sua frase. O menor sempre se deixou encantar pelos pequenos e doces olhos, os que o convencem todas as vezes, afinal, ainda deve nascer quem resista ao eye-smile do Park.

"Para com isso!!" Diz Jungkook dando um tapa no braço do maior. "Você não pode fazer assim!" Alega com com um grande sorriso. 

O pior é que Jimin pode, e Jungkook? Bem, Jungkook deixa, ele deixa porque gosta das palavras doces e dos olhos pequenos do maior. Gosta de ser mimado e tratado com carinho, como um bebê, afinal ele ainda tem dezessete anos, e não existe coisa melhor pra ele do que ser mimado por sete pessoas maiores.

"Você tá pesado ein!" Comenta movendo com dificuldade as pernas. "Engordou?" Tira sarro do garoto torcendo a cara. 

Jungkook o olha incrédulo se levantando com dificuldade do seu colo.

"Eu te pareço gordo?" Pergunta com um sorriso sínico na cara levantando a camiseta.

 

Jimin pov's 

 

O olho incrédulo e sorrio minimamente, Kookie é tão arteiro. 

"Você me parece gostoso..." Digo o olhando de baixo sentado relaxadamente encima da cama. 

"Você pode provar pra ter certeza." Diz lambendo os próprios lábios e depois tirando a própria camiseta. 

Abro e fecho os olhos algumas vezes chocado com a cena.

O garoto satisfeito com a minha reação inclina o próprio corpo para frente e apoia as mãos nas minhas coxas.

"Você não quer?" Pergunta levando a mão até a barra da minha camiseta e tirando-a do meu corpo.

Ele fita o meu abdômen com um sorriso sapeca na cara, tão jovem mas tão malicioso.

Jeon me olha, depois olha para o meu colo pedindo permissão para se sentar, aceno divertido e excitado o observando se acomodar novamente nas minhas coxas. Ele olha para a minha face e depois, lentamente, desce os olhos pelo meu corpo parando no meu abdômen.

Sinto o seu olhar me queimando e tento entender no que ele está pensando.

 "Você é tão bonito!" Alega sorrindo abertamente.

Aprecio o seu sorriso puro nesse clima tão sujo e quente por poucos milésimos de segundos.

Ele pega as minhas mãos e as leva até a sua cintura. Sinto o meu membro doer com a cena.

Eu não posso, ele é jovem demais.

"Você sabe o que está fazendo Jungkook?" Pergunto em tom de aviso me odiando por ser assim.

O garoto revira os olhos e me fita emburrado.

"Eu só quero te sentir." Explica me olhando nos olhos e sinto o meu estômago virar geleia.

Por que até com um clima tão quente ele consegue me fazer sentir assim, estupidamente apaixonado.

"Bebê, você tem dezessete anos, não podemos transar..." Relato indo contra cada meu istinto e cada minha vontade.

 

Narradora Pov's

 

"Jimin, eu não sou uma mulher, sou virgem porque nunca fiz sexo mas se o fizermos nada mudará no meu corpo, com ou sem fazer o meu cu vai ser assim pra sempre. Eu não tenho uma vagina, eu so-" Jimin o cala com a própria mão rindo.

 Seriamente em um momento tão delicado como esse Jungkook tem que ficar fazendo o professor de anatomia humana?!

"Não é verdade que nada mudará, você deve ter certeza do que está fazendo, uma primeira vez é importante, sobretudo nessa idade, você ainda é adolescente, você pode não estar seguro sobre o que quer..." O maior o quer, mais do que qualquer coisa ele já quis na vida.

Ele já sonhou tantas vezes sobre como é ter o interior do menor esmagando-o que chega a ser doentio. Desde quando o conhece todas as vezes que se masturba a sua mente insiste em pensar no garoto dos cabelos castanhos claros, os olhos grande e a boca pequena; e que boca! Jimin sempre tem uma queda quando olha para a boca do Stark, para ele é inevitável não pensar nela na sua, ou no seu falo dentro da mesma. 

Ele quer o Jungkook mas o respeita e quer que o menor esteja seguro.

"Jiminie...eu estou seguro." Relata o menor querendo convencer o Park. "Eu não consigo esperar um ano." Admite corando levemente. Sorrindo Jimin deixa as suas mãos passearem pelas costas do menor sentindo depois de muito tempo a maciez da sua pele. Jungkook tem dois lados, e o Park sempre gostou dessa particularidade do Stark, ele pode ser o garoto gostoso e muscoloso que arranca suspiros dos garotos e das garotas, e o garoto doce e mimado que gosta de carinho, atenção, beijos e abraços.

"Tá bebê, mas não aqui e não agora." Diz Jimin com uma ideia clara de como deve ser a primeira vez dos dois juntos, e claro que o ideal para ele não é em um dormitório e muito menos no da universidade; tem que ser romântico, tranquilo, e sobretudo planejado.

"E quando?" Pergunta ansioso o menor. 

Jungkook sente medo, mas um medo bom, daqueles que você só está nervoso e não quer que nada dá errado. Ele nunca quis e teve a necessidade de fazer sexo com alguém.  -  Até porque se ele quisesse bastava um estalar de dedos e mil garotas já estavam aos seus pés, mas esses são particulares não tão importantes! - Esse interesse bateu na sua porta depois de ter conhecido o Park, o único que conseguiu o conquistar mentalmente e fisicamente. 

Jungkook gosta de tudo o que o Park faz, cada gesto que vem do maior lhe causa suspiros, até no meio das aulas, quando Jimin joga a cabeça para trás e suspira cansado. Jungkook começa a divagar sobre como ele é extremamente bonito e sexy, esquecendo que os dois estão "planejando" uma noite de prazer.

"Jungkook, você está me escutando?" Pergunta Jimin rindo da cara de besta do menor.

"Sim claro!!" Responde imediatamente quando percebe não ter ouvido nem uma palavra que o outro disse. "Éh, quer dizer...não." Responde coçando levemente a cabeça em embaraço. "Você pode repetir?" Indaga e Jimin sorri internamente pensando em quanto ele fica lindo com as bochechas coradas e sem graça.

"Aish, claro tonto! Podemos esse final de semana..." Propõe observando atentamente a reação do menor tentando notar, caso exista, qualquer sinal de hesitação.

Por sua surpresa Jungkook sorri esbanjando felicidade.

"Claro que sim! Nós vamos transar!!" Exclama baixinho animado por finalmente ter um contato mais profundo com o Park.

"Jungkook assim você parece um maníaco sexual!" O repreende Jimin levemente envergonhado pelo namorado dizer coisas sem pensar. Obviamente o Jungkook desligou o cérebro e está se comportando como um garoto de dezessete anos. "Eu sei que você está feliz mas não se expresse dessa maneira, assim parece que você só pensa em transar e não em transar COMIGO, O TEU AMADO NAMORADO." Diz pausadamente a última parte.

"Desculpa Chim!" Pede o menor espremendo as bochechas do maior, admirando o seu bico enorme! "Eu não quis parecer superficial..." Começa a se esclarecer. 

Ele não é tarado, mas todas as vezes que eles se beijam e o clima começa a ficar mais quente o maior acaba com tudo dizendo que eles precisam parar, só que Jungkook não quer parar, ele quer ter mais, mais beijos, mais contato, mais do Park. E se o pouco que eles fazem já é bom, imagina o tudo! É isso que o leva a querer ter uma noite com o namorado. 

"Sei muito bem que o que faremos tem mais a ver com o amor que com o prazer, só disse o que disse sem pensar, é difícil ser super inteligente com você tão perto." Alega acariciando os cabelos escuros do maior, lhe causando um friozinho na barriga.

Jungkook vive fondendo com as emoções do Park de quatro.

Por que ele continua dizendo essas coisas que mexem tanto com o seu coração? 

Por que ele tem que o desnortear dessa maneira?

"Kookie...você é tão bonito." Sussurra fitando os orbes grandes de mais para pertencerem a um oriental. 

"Obrigada Chim..." Jungkook deixa um beijo carinhoso na bochecha do maior.


Notas Finais


É tudo! Sim, eu também fiquei surpresa com o Jin ativo!
Beijos de chocolate❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...