História You belong with me - imagine Jimin - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 37
Palavras 1.732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa os erros ortográficos

Desculpa também minha ausência, prometo melhorar, tem ocorrido muitas coisas que me deixam estressada ou triste, me desculpa mesmo

Eu também gostaria de saber se vocês estão gostando por que vcs não comentam nada, falem pra mim, eu nao mordo😂

Obrigada e Boa leitura

Capítulo 17 - Encontro


Fanfic / Fanfiction You belong with me - imagine Jimin - Capítulo 17 - Encontro

Acordei com Jimin mexendo no meu cabelo e sorrindo

(S/n): bom dia - digo quase num sussurro por ter acabado de acordar - que horas são?

(Jm): bom dia, sao 6:20, você vai se arrumar?

(S/n): vou sim e acho que você deveria ir também - nos levantamos e fomos nos arrumar, tomamos café e fomos pra escola no carro do Jimin, chegando lá ele desce do carro e eu fui pegar minha mochila que estava em meus pés, quando ia abrir a porta ele a abre pra mim - obrigada - ele sorriu, eu sai do carro ele fechou a porta e o trancou, ele passou um braço em volta do meu pescoço e estávamos entrando na escola até que jin chega com um garoto

(Jin): oi (s/n), oi Jimin

(S/n e jm): oi

(Jm): eu vou pra sala tá?! Nos vemos depois - ele me da um selinho e saiu andando

(Jin): que fofo

(S/n): não enche! Então... vc está melhor?

(Jin): estou sim, graças a você. Bom... eh queria te apresentar meu namorado Namjoom - namjoom que estava com a cabeça abaixada a levantou, ô homem gato viu... calma (s/n) ele é gay, e vc tá em outro

(S/n): ah... prazer namjoom - fizemos um aperto de mão

(Nam): o prazer é todo meu, e pode me chamar de Nam

(S/n): ok Nam. É... vcs estão juntos a quanto tempo?

(Nam): faz 2 meses que estamos juntos. E vc e o Jimin?

(S/n): ah... eu e o Jimin...

(Jin): eles estão enrrolados, nem saíram ainda - putz... o encontro é hoje

(S/n): Jiiinnn... misericórdia... obrigada, vc me lembrou aí hoje vou ter um encontro com o Jimin - o sinal toca - vamos? - eles assentiram e fomos pra sala

Quebra de tempo

As aulas passaram normalmente e o intervalo também, fiquei com Jimin, Jin e Nam, tocou o sinal para irmos embora, eu estava na saída quando Sun-he me chama

(Sun): (s/n), posso falar com você?

(S/n): claro - ela estava sentanda num banco e bateu as mãos nele pra eu me sentar em seu lado, Jimin estava comigo eu apenas disse pra ele ir, e ele foi, fui até ela e me sentei em seu lado - diga

(Sun): eu... queria te pedir... desculpa por te bater aquele dia e te chamar de "vadiazinha"

(S/n): não... tudo bem, você tava nervosa. É so isso?

(Sun): é sim, desculpa fazer você perder tempo

(S/n): imagina, bom... eu vou indo Sun-He

(Sun): ok, tchau (s/n)

(S/n): tchau Sun-He - fui até em casa, entrei e ouvi gemidos altos vindo do andar de cima, joguei a mochila no sofá e fui até o meu quarto, que é de onde eles vinham, e vi Jimin se masturbando, sentado na beira da cama, entrei e ele nem notou minha presença - quer ajuda? - ele deu um pulo de susto

(Jm): não vou negar sua ajuda não, eu quero sim - fechei a porta e fui até sua frente e ajoelhei e o masturbei com as mãos e Jimin voltou a gemer - aaww ooonn - logo abocanhei seu membro o fazendo soltar um gemido alto - AAAWWNNN (S/N) - sorri de lado sem tirar o membro de minha boca e continuei até ele gozar e eu engolir tudo - ai... isso foi muito bom... obrigado

(S/n): por nada - digo me levantando

(Jm): tá tudo certo pro nosso encontro hoje?

(S/n): claro que está

(Jm): ainda bem. O que a Sun-he queria com você?

(S/n): ah... nada de mais. Ela so me pediu desculpas

(Jm): ata... okay então - ele sorri pra mim

(S/n): eu vou arrumar alguma coisa pra eu comer

(Jm): mais você já comeu

(S/n): comi o que?

(Jm): eu - ele sorriu safado e se levantou colocando sua calça

(S/n): ridículo - sorrio - você vai querer sanduíche?

(Jm): vc vai comer sanduíche?

(S/n): vou sim, to com preguiça de cozinhar, fala logo se vc vai querer

(Jm): calma... eu quero sim

Desci as escadas e fui até a cozinha e comecei a fazer os sanduíches e também fiz suco de laranja, coloquei tudo na bancada e chamei Jimin e o mesmo veio correndo, se sentou e comeu, eu fiquei em pé mesmo e comi

(S/n): você viu a Ana?

(Jm): ela foi na cidade vizinha resolver umas coisas do serviço dela

(S/n): ata... obrigada

(Jm): por nada... - peguei a louça suja e comecei a lavar - (s/n)?!

(S/n): oi?! - disse virando a cabeça para ver Jimin

(Jm): eu queria te falar uma coisa que eu te disse poucas vezes...

(S/n): diga - ele se levantou e me abraçou por trás trás susurrou em meu ouvido

(Jm): eu te amo, mais que tudo no mundo

(S/n): Jimin... eu não sei bem como expressar o quanto eu te amo, acho que eu apenas falar "eu te amo" não mostraria o que eu sinto por você - me viro pra ele e o beijo

(Jm): eu não vejo a hora de você sair da necessidade de absorventes - eu sorrio e coro

(S/n): calma, falta so 3 dias...

(Jm): 3 dias é muita coisa

(S/n): aigoo Jimin, calma

Me viro a termino de lavar a louça, vou pro meu quarto e faço a lição com o Jimin, quando olhei no relógio já eram 17:30h

(Jm): nós vamo sair ás 19h ok?

(S/n): por que nao me avisou antes? Agora vou ter que me arrumar correndo

(Jm): nossa... quer se aperfeiçoar tanto assim pra mim?

(S/n): quero... agora sai do quarto que eu vou começar a me arrumar

(Jm): mais eu quero ver como você vai ficar

(S/n): você vai ver, so que depois. Tchau Jimin - levei ele pra fora do quarto e tranquei a porta

Agora é a hora... fui pro banheiro e tomei um banho, lavei meu cabelo, saí e sequei ele deixando o mesmo solto, fiz um delineado de gatinho e um batom vermelho, abri meu guarda roupa, aigoo... essa é a hora mais difícil, até que não... bati o olho num preto colado, mas não chega a ser pirigueti, é um... colado formal) coloquei ele, calcei um scarpan preto e peguei uma bolsa de mao preta com detalhes em prata, olhei meu celular e eram 18:40h, pronto... abri a porta e desci as escadas e Jimin estava sentado no sofá, quando ele me viu se levantou e eu pude ver a sua roupa, ele estava com um terno so que sem a gravata (capa), ele sorriu

(Jm): você está linda de mais, não vou poder deixar você sair assim

(S/n): aigoo Jimin, por que?

(Jm): os outros homens vão ficar te olhando

(S/n): querido... já esqueceu que eu sou sua?

(Jm): não esqueci não, so quero que você se lembre. Vamos?

(S/n): vamos - fomos até a garagem e pagamos o carro do Jimin que estava nela, entramos e fomos até o restaurante jogando conversa fora, quando chegamos não pude deixar de notar que era um lugar bem chique e caro - Jimin... Não precisava de tudo isso

(Jm): precisa sim, vamos - ele pegou minha mão e entrelaçamos nossos dedos, entramos e fomos até a recepção para confirmar nossos nomes na lista - Boa noite, eu reservei a mesa 7

(Xx): Boa noite, qual o nome do senhor por favor?

(Jm): Park Jimin - ela escreveu o nome dele no computador e sorriu fraco

(Xx): a mesa é logo ali - ela apontou pra uma mesa pra duas pessoas e fomos até ela e nos sentamos, logo o garçom veio e deixou os cardápios, tudo era muito caro

(S/n): Jimin...

(Jm): eu sei que é caro, mais você merece

(S/n): por que eu mereço?

(Jm): porque você transformou a vida de uma pessoa... a minha vida - disse pegando minha mão que estava em cima da mesa - escolha o que quiser, não se preocupe com o preço - ele sorriu pra mim e voltou a ver o cardápio - já escolheu? - assenti com a cabeça e Jimin fez sinal pro garçom que veio até nós

(Garç): o que vão querer?

(Jm): eu vou querer ganjang e uma taça de vinho

(S/n): eu quero bulgogi e suco de frutas vermelhas por favor

(Garç): ok... daqui a pouco trago os pratos - ele se virou e saiu

(Jm): por que não pediu vinho?

(S/n): eu sou de menor

(Jm): ah verdade, esqueci... quando você faz aniversário?

(S/n): daqui exatamente um mês

(Jm): wow, já vou começar a me preparar, acho que você deveria também - olhou safado pra mim

(S/n): pervertido - os pratos chegaram e comemos

(Jm): isso tava muito bom, o que vai querer de sobremesa?

(S/n): uma taça de mousse de nutella com ninho

(Jm): também - o garçom veio novamente e Jimin pediu os doces e cochichou algo no ouvido dele e deu uma coisa escondido pra ele

(S/n): o que você deu pra ele?

(Jm): amor pra jogar no seu doce

(S/n): ai Jimin - rimos e logo a sobremesa chega, era linda tinha uma camada de ninho no meio, um morango em cima e um anel de prata, pera ... um anel de Prata? Fiz uma expressão de "oque?" E olhei pro Jimin e o mesmo sorri

(Jm): (s/n)... quer namorar comigo? - meu Deus, meu coração estava a mil, aii que fofo

(S/n): sim, sim, sim, sim - disse empolgada, ele pegou o anel e colocou em meu dedo e me beijou, um beijo calmo e cheio de amor - Jimin... eu nao sei nem o que dizer - disse com um sorriso bobo no rosto

(Jm): não precisa dizer nada, seu sorriso já diz tudo - ficamos mais um tempo conversando - vamos? Já está ficando tarde

(S/n): vamos - nos levantamos e fomos até a caixa para pagar, enquanto Jimin pagava e ficava olhando o anel e ao mesmo tempo ficava sorrindo

(Jm): gostou?

(S/n): eu amei, é lindo... e o valor sentimental dele é mais lindo ainda

(Jm): o valor sentimental é gigante, igual meu amor por você - ele deu um selinho em mim, pegou minha mão e fomos pro carro e em seguida pra casa, chegamos e Jimin guardou o carro e entramos, fui pro quarto e troquei de roupa e me joguei na cama olhando pro teto, logo Jimin entra e coloca sua famosa calça de moletom, e sem camisa, e senta na beira da cama - te amo

(S/n): eu também - sorrimos e logo bocegei

(Jm): quer dormir?

(S/n): quero... logo poderemos comemorar sabe? - falei manhosa

(Jm): não vejo a hora. Posso cantar pra você dormir? - eu assenti com a cabeça

Nos deitamos de conchinha e Jimin cantava baixo em meu ouvido, que voz maravilhosa, to ainda mais apaixonada, depois de um tempo ouvindo aquela voz divina eu adormeço

Continua...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...