História You Belong With Me... - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Simón, Tino, Yam
Tags Gastina, Lutteo, Romance, Simbar, Sou Luna, Soy Luna, You Belong With Me
Visualizações 100
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi...
Td bem com vcs?
Espero que sim!!!
Espero que gostem do capítulo...
Queria comentar tbm que eu mudei um pouquinho o método de escrever okay!?
Bem, é isso!
BOA LEITURA 📖
💛💛💛💛💛💛💛💛💛

Capítulo 13 - "Chapter Thirteen..."


Fanfic / Fanfiction You Belong With Me... - Capítulo 13 - "Chapter Thirteen..."

Luna Valente

Hoje eu havia acordado um pouco mais nervosa do que o normal. Hoje seria o dia em que teríamos que apresentar nossas redações na aula de literatura da Sra. Sanchez, e sinceramente não sei se eu estava muito confortável para falar tudo que eu sentia por Matteo na frente da classe toda...mas enfim teria que fazê-lo.

Eu já estava no refeitório tomando a água com açúcar que a Nina havia me oferecido – ela havia dito que eu estava mais pálida do que o comum – depois de ter tomado a água, resolvi pegar uma fruta – tenho certeza que nada me desceria muito bem nessas condições.

Matteo e Gastón apareceram, se sentaram junto com nós duas e após alguns minutos pareceram perceber meu nervosismo...

-Matteo: Amor, você está bem? – disse com o semblante preocupado.

-Gastón: É Lunita, oque aconteceu, você está meio pálida!? – disse me olhando com uma careta.

Eles não obtiveram resposta, apenas continuaram olhando para a garota que mantinha o olhar em um ponto fixo e o pensamento distante...

-Matteo: Luna, o que aconteceu? – disse se levantando e indo até onde ela estava – alguém te fez alguma coisa? 

-Luna: Não...– murmurou.

-Matteo: Então oque aconteceu? – disse e voltou a ter um semblante preocupado.

-Nina: Não precisa se preocupar Matteo, ela só está ansiosa pelo trabalho de literatura! – disse esclarecendo a situação.

-Matteo: Ah Luna, não se preocupe, vai dar tudo certo! – disse tentando tranquilizar a namorada.

-Luna: Eu não teria tanta certeza disso...– disse afobada – Não gosto de expor meus sentimentos nem aos meus amigos, imagina falar na frente da classe inteira! – disse e respirou fundo.

-Matteo: Ei, é só um trabalho okay!? Nada demais. – disse passando a mão pelos cabelos da namorada – Eu vou estar lá com você. Você não tá sozinha! – disse e pegou na mão dela a reconfortando. 

Eu me sentia um pouco mais segura sabendo que Matteo estaria lá comigo, a presença dele me reconfortava. O sinal tocou indicando o início das aulas no internato. Logo todos os alunos já estavam em suas devidas salas, tendo as aulas do dia. 

A Sra. Sanchez havia acabado de entrar na sala do 3° ano, e todos os alunos estavam tensos pelo que teriam que compartilhar com seus colegas de classe...

-Sra. Sanchez: Bom dia classe. Bom, hoje é o dia da apresentação das redações, vamos seguir a ordem das duplas formadas okay!? 

Isso era ótimo, eu seria a última, mais tempo para me preparar. Como se nada estivesse ao meu favor , já era a minha vez...

-Sra. Sanchez: Luna e Matteo, é a vez de vocês! 

Nós nos levantamos, e nos direcionamos até a frente da sala de aula. Logo vi o Matteo tirar um papel do bolso da calça e depois o vi me olhando...

-Matteo: Quer que eu comece? – disse sussurrando.

-Luna: Uhum! – apenas concordou com um aceno.

-Sra. Sanchez: Bom, estou ansiosa , podem começar! – disse e se ajeitou na cadeira na qual estava sentada.

Matteo limpou a garganta, respirou fundo, abriu o papel, e começou a falar...

-Matteo: Luna, te conheço a mais ou menos 9 anos, e o meu encanto por você nunca passou. Você sempre viu o mundo de uma forma extraordinariamente diferente do que ele era, porém, era uma forma linda de enxergar... – ele deu uma pausa e continuou –tudo que você me ensinou continua guardado no meu coração, e sempre vai estar, você é a única menina pelo qual eu já fui, sou e serei perdidamente apaixonado. Pode parecer pretensioso o que vou dizer agora, mas jamais amarei alguém como amo você. Nossa história começou através de uma amizade pura e verdadeira de duas crianças que gostavam de compartilhar momentos juntos, e olha só onde estamos hoje, quase adultos e esse sentimento não passou. Você com toda certeza é a pessoa mais importante que já passou pela minha vida e eu nunca mais vou aceitar te perder novamente. Você é meu passado, meu presente e certamente o meu futuro. E antes de terminar, queria te dizer que amo você, e nem todas as gotas do mar podem dimensurar o tamanho do amor que sinto por você, sei que já deve estar cansada de ouvir mas, para finalizar. Eu te amo! 

Se eu dissesse que estava bem, eu estaria mentindo, Matteo havia destruído totalmente o meu emocional.

Eu o abracei forte enquanto as lágrimas rolavam pelo meu rosto. Eu podia ouvir as pessoa batendo palmas, e algumas até suspirando, mas parecia que só estava eu e ele ali. Sem dúvidas, Matteo era o amor da minha vida...

Matteo Balsano

Depois de Luna se soltar de abraço e se recompor, ela pegou o papel que estava no bolso de sua blusa, o desdobrou e depois respirou fundo antes de começar a ler...

-Luna: Matteo Balsano, um típico garoto galã, que consquista tudo o que quer sem excessões...bem, isso é o que as pessoas vêem, mas não é exatamente o que eu vejo. Nós nos conhecemos ainda crianças, e dali surgiu algo puro e sincero. Se eu dissesse que passei tecnicamente 9 anos gostando da mesma pessoa, ninguém acreditaria, mas, é a mais pura verdade. Tudo que eu sentia por você continua aqui, e eu confesso tentei esquecer, tentei negar, tentei mentir a mim mesma, mas é aquele ditado "É inútil tentar tirar da cabeça quem não sai do coração". Te digo que não foi fácil, passar pelo o que passei, mas olhando para o que estou vivendo agora, creio que o sofrimento valeu a pena. Sabe Matteo Balsano, eu amo você, sempre te amei, sempre vou te amar, independente do que aconteça. Você é o cara mais lindo que já conheci, e não digo aparentemente, digo pela pessoa que você é, e que se torna a cada dia que se passa. Você sempre me surpreende com suas atitudes, de uma forma boa é claro! E cheguei a uma conclusão que preciso te contar... lembra quando disse que iria achar um príncipe encantado independente do que acontecesse!? Pois bem, percebi que cometi um erro, meu príncipe encantado estava bem do meu lado por 9 anos e eu nunca tive coragem de admitir. E no final das contas tudo acabou melhor do que eu esperava, agora eu sou a garota mais feliz do mundo, pois tenho você Matteo Balsano, ao meu lado. E não se esqueça, sobre nós dois, ninguém nunca vai saber de tudo. Eu te amo! 

"Amo você em todas as línguas, sotaques e jeitos, não bem como evitar." 



Notas Finais


Bjossssssss 😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...