História You Belong With me. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Natasha Romanoff, Personagens Originais, Steve Rogers, Thor
Tags Amizade, Amor, Capitão América
Exibições 25
Palavras 1.719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo!!!
Desculpe qualquer erro😊

Capítulo 5 - Por que tão real?


Fanfic / Fanfiction You Belong With me. - Capítulo 5 - Por que tão real?

Duas semanas depois.

Já tinha se passado duas semanas, que eu estava de volta á terra ou Midgard como minha mãe diz. Eu, Anna e Sean estávamos morando por um tempo na torre Stark, por que nosso apartamento estavam em reforma. Eu conheci a namorada do Thor e a amiga. Eu, Anna, Sean e Tony estamos na mesma, que é sempre se provocando. Minha mãe esta em Asgard com meu pai e deixou eu trazer Erick e Solarah, o povo só fica encima da coitada da Solarah e do pobre Erick. Eu não estava nem conseguindo, olhar na cara do Steve Crush, porquê eu tive um sonho, super erótico com ele, o sonho era tão real. Foi um dos mais pesados que eu tive, eu fiquei uma semana sem falar com ele, só dando “Bom dia” e “Boa noite”, mais depois de cinco dias sem se falar, finalmente conversamos. Também não posso esquecer do dia que ele(Steve), quase me pegou nua no meu quarto(Da torre), ele foi me chamar para ir jantar e entrou sem bater e me viu de calcinha e sutiã, ele ficou super vermelho.

E nesse exato momento, todos nós estávamos discutindo sobre a viagem que Tony nos propôs a fazer pra Malibu.

-Em gente tem que levar biquíni!? – pergunta Anna, subindo as escadas.

-Se quiser, eu irei adorar ver você de biquíni! – fala Sean que leva uma cotovelada na barriga por mim.

-Oi? – Anna já estava lá encima e não escutou.

-Eu falei, que se a gente vai pra Malibu tem que levar biquíni, anta. – ele da um grito.

-Ah, tabom, grossso! – fala ela lá de cima.

-Em gente, vocês não vai se arrumar não!? - perguntei batendo palmas escandalosas, pro povo que se levantou rapidinho

-Estamos, indo! – fala bruce.

Todo mundo subiu as escadas. E eu fiquei observando meus irmãozinhos dormir como anjos, tão fofinhos.

-Em Kristal você não vai! – pergunta Pepper.

-Vou sim, vou acordar o Erick primeiro! – falei e ela subiu as escadas.

Eu acho que não conseguia acorda-lo, estava tão bonitinho dormindo.

-Erick, Erick! – falei dando beijinhos no rosto dele.

-Ai, Krikri deixa eu dormir! – Krikri é um apelido que ele colocou durante minha estadia em Asgard.

-A gente vai viajar, e você vai ficar! – sussurrei em seu ouvido.

-Não! – ele da um pulo.

-Sim, se você não vir! – falei.

-Então vamos! – fala ele indo em direção a escada.

-Vai lá pro quarto! – falei e ele subiu.

Depois de eu pegar a Solarah sem ela acordar, fui para o meu quarto. Onde o Erick estava tomando banho sozinho, eu nem liguei no começo mais agora eu lembrei que ele tem seis anos e talvez esteja afogado na banheira.

-Erick! – falei colocando Solarah na cama e correndo pro banheiro. – Erick! – berrei e o menino nem respondeu, quando cheguei no banheiro me deparei com Natasha conversando e dando banho no meu irmãozinho que ria.

-Pra quê, todo esse berro Krikri!? – pergunta ela olhando pra mim. É todo mundo adotou esse apelido.

-Ai, eu pensei que ele estava tomando banho sozinho! – falei com uma mão na soleira da porta e outra na cintura e puxando o ar.

-Eu vim dar banho, nele por que ele me pediu! – ela fala colocando agua na cabeça dele e por fim terminando.

-Obrigado tia Nat! – fala ele dando um beijo em sua bochecha.

-De nada! – fala ela saindo do banheiro.

-Vamos pequeno, trocar de roupa! – falei pegando a toalha e o enrolando em uma toalha.

-Te amo! – fala ele colocando os braços em volta do meu pescoço.

-Também, Te...Amo! – falei.

-Te amo, mais! - fala ele fazendo biquinho.

-Te amo, mais! – falei o colocando encima da cama e indo buscar uma roupinha confortável pra ele.

-Krikri, por que você fica pensando toda hora no Tio Steve!? – pergunta ele sério e eu travo.

-Eu...é... que nada! – eu realmente não sabia o que falar.

-Tabom. – diz ele e eu visto sua roupinha.

-Krikri, a gente vai te esperar lá embaixo! -escutei a voz de Steve falar do outro lado da porta e me deu um frio na barriga.

-Eu só vou acordar a sol e vou descer! – falei.

-Tudo bem! – ele fala e vai embora.

Rapidamente peguei as malas e coloquei todas roupas que eu precisaria para essa viagem, também coloquei roupas pra Solarah e Erick, mais em uma mala separada é claro. Eu iria acordar a Solarah, só que ela estava tão fofinha dormindo que desisti e acabei a levando no colo e as malas flutuando e Erick veio correndo atrás de mim. O povo todo me esperava, na sala.

-Demorou, em! – fala Anna.

-Ai gente! – falei soltando um muxoxo.

-Espera, você não iria acordar a Sol!? – pergunta-me Steve.

-Ela, tão bonitinha dormindo! – falei sorrindo olhando ora ela que suspirava no meus braços.

-Esta bom, vamos logo! – fala Tony com sua paciência.

-O que você, esta fazendo Kristal!? – pergunta Sean se referindo as malas flutuando.

-Quer levar pra mim!? – perguntei indo na frente.

-Não! – fala ele.

-Então cala-boca animal! – falei entrando no elevador.

-Você, esta de TPM!? – pergunta Tony.

-Não. Sabe a TPM que eu estou? A minha mão na sua cara! – falei nervosa.

-Esta de TPM? – Steve me pergunta tão carinhoso.

-Não só estou sem paciência! – falei. – Quer segurar Solarah pra mim!? – perguntei antes de ele dizer sim, Solarah já estava em seus braços encolhida.

Depois de todo mundo ter entrado no elevador, que estava super apertado. Fomos para o Aeroporto, e um jatinho estava a nossa espera.

-Então, vamos entrar TPM!? – Pergunta Tony zuando a minha cara.

-Que TPM o quê!? – dei um berro que eu acho que quase todo o povo do aeroporto escutou.

-Calma, não congela tudo! – Fala Clint.

-Obrigada! – ironizei pegando a mão do Erick e entrando no Jato.

Sentei-me em uma poltrona, lá pros fundos, eu não estava a fim de falar com ninguém, Erick sentou do meu lado, logo depois Solarah acordou e começou a brincar com Erick. Eu só estava observando eles entrarem, e se sentarem. Steve se sentou na minha frente sozinho, eu fiquei com uma pena dele que resolvi chama-lo pra sentar com nós três.

-Oh Steve, que sentar com nós!? – sussurrei me inclinando para falar com ele.

-Estão em três! – fala ele olhando profundamente em meus olhos e aquilo me deixou incomodada.

-Fazemos assim, as crianças ficam nos nossos colos. Tudo bem pra você! – eu falo e ele assenti.

Então ele sentou, onde eu estava e eu fui pro lado da janela. Eu fiquei com Solarah no colo e Steve ficou com Erick.

-Em Steve! – falei o chamando que olhou para minha linda cara. – Você já teve um sonho, assim muito real com alguem!? – perguntei me referindo aos sonho que tinha com ele.

-Não! – ele fala incomodado.

______---------_____

P.O.V Steve Rogers.

Eu fiquei incomodado, com a pergunta que a Kristal fez a mim... é claro que menti em dizer “não”, pois em muitos sonhos meus, acabei sonhando com ela e os sonhos eram tão reais.

Depois disso ela me encarou um pouco e depois virou pro lado olhando as nuvens. Solarah brincava com Erick e talvez falavam pelas mentes. Acabei dando um cochilo. Acordei com Solarah falando em minha mente, talvez eu tinha que me acostumar com aquilo.

“Tio Steve, já chegamos!”

-Obrigada, Solarah cadê sua irmã! – perguntei.

“Ela já desceu com Erick.”

Eu a peguei no colo, e sai do jato, todo mundo nos esperava, perto de carros.

-Acordou a Florentina! – fala Tony caçoando de mim.

-Cuide da sua vida! – falei.

-Então, vamos povo? – fala Kristal se aproximando de mim e tomando a irmã.

-Vamos. – falei pra ela que sorriu.

_____♡♡♡♡____

P.O.V Kristal.

Eu coloquei Solarah na cadeirinha de carro, e coloquei o sinto em Erick e depois me sentei no volante, mais como um bom irmão, Sean me empurrou:

-Pensa que eu vou deixar dirigir! – fala ele sentando no banco do volante.

-Esta bom! – falei.

E então foi assim em um carro foi: eu, Sean, Anna, Solarah e Erick e no outro foi Natasha, Clint, Steve e Bruce. Por que Tony foi com a namorada dele e o Happy , em outro carro. Meus pais e o Thor iriam nos encontrar lá na casa do Tony.

-O que você tem com o Caps!? – Anã pergunta com o sorriso malicioso na boca que me faz revirar os olhos.

-Ela, não tem nada! – fala Sean prestando atenção na estrada.

-Tem sim, você não viu naquele dia que o Steve foi chamar a Krikri pra jantar, eles voltaram coradinhos! – fala Anna.

-Eu não! – fala ele olhando pra mim e o carro capota.

-Sean, depois é eu que não sei diri... – sou interrompida pela aas notificações do meu celular.

“Vocês estão bem? – uma mensagem de Natasha.

“Sim estamos! – respondi”

“E as crianças?”

“Também”

Depois disso ela não mandou mais mensagens e eu fiquei pensando nos dois pirralhos.

-Sean para o carro. – falei.

-Por quê!? – pergunta ele.

-Eu vou dirigir! – falei freando o carro.

-O que? – pergunta ele saindo do carro.

-Você, escutou muito bem! – falei observando o povo parar os carros.

-Oxi, oque ouve! – Natasha pergunta com a cabeça pro lado de fora do carro.

-Nada, pode seguir a estrada, eu alcanço vocês! – falei e ela fez isso calada.

Sean me deixou dirigir resmungando, e realmente eu consegui alcançar, eles até passar deles eu passei, faz tempo que eu não pego em um volante, por que os dois idiotas pensam que eu vou morrer por setes minutos novamente.

Chegamos lá antes dos vingadores, e ficamos esperando o povo, Tony tinha me passado a localização então não precisava ficar os seguindo. Depois o povo todo chegou com cara de: “dava pra te esperado”.

-Criatura, você não pensa que tinha criança no carro com você? – Natasha fala.

-Tabom, eu fui irresponsável! – falei com Solarah no colo.

“Irresponsável?”

-Mais ou menos! -falei olhando pro rostinho de porcelana dela.

-Tabom, vamos entrar! – Tony fala.

Quando entramos, eu logo coloquei Solarah no chão e me sentei no sofá, pra descansar um pouco, depois Sean e Anna também sentaram, aquilo estava ótimo, o povo começou a pegar as malas, e eu aqui pensando nos sonhos eróticos que eu tenho com Steve, e são tão rea

-Vai ficar ai, pensando na morte da bezerra? – pergunta-me Natasha com seu leve tom brincalhão.

-desculpe! – falei me levantando e ajudando a pegar as malas.

Agora essa frase não saira da minha cabeça:"Por quê tão real?"



Notas Finais


Obrigadas pelos favoritos! 😃😃.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...